Como ter fluência no inglês
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Como ter fluência no inglês

on

  • 2,452 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,452
Views on SlideShare
2,452
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
132
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Muito boa essa apostila, inclusive conheci um curso muito de bom também de ingles, eu gostei porque ele é muito focado na fluencia, achei muito bom, vou deixar uma aula pra vcs: http://supercursos.besaba.com/fluenciaingles
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Como ter fluência no inglês Document Transcript

  • 1. Como ter fluência no inglêsO inglês básico de Charles K. OgdenCharles K. Ogden foi um linguista, filósofo e escritor inglês.Foi o inventor de Basic English, que é uma linguagem minimalista que possui apenas 850 palavras ealgumas poucas regras gramaticais. Ogden provou, através de diversos trabalhos, que é possível secomunicar com estas poucas palavras e que as mesmas são suficientes para qualquer assunto do dia adia.Mesmo 850 palavras sendo suficientes para a comunicação do dia a dia, Ogden propôs que você deveestudar mais 150 palavras referentes ao seu campo de atuação ou trabalho, totalizando 1000 palavras.Essas 1000 palavras seriam suficientes para sua comunicação nos assuntos do dia a dia e no seutrabalho.Por fim, para uma comunicação completa em qualquer situação, Ogden propôs que o estudante deveriaaprender mais 200 palavras internacionais, mais palavras de comércio, economia e ciências.Completando por fim 2000 palavras, formando um vocabulário básico que seria suficiente para secomunicar em qualquer situação. Levando em conta que Ogden fez este estudo 80 anos atrás, acreditoque deveríamos incluir nesta lista mais palavras, principalmente sobre comunicações, tecnologia e quesão áreas que evoluíram muito nas últimas décadas.Ogden também propôs uma gramática básica com métodos simples de aprendizagem.As teorias de Ogden são muito utilizadas hoje em dia na Ásia para o ensino de inglês com excelentesresultados.Quanto vocabulário preciso aprender para ter fluência em inglês?A língua inglesa, segundo The Global Language Monitor, já atingiu 1 milhão de palavras. Dicionárioscomo Oxford English Dictionary contém mais de 600 mil palavras em inglês.Há estudos que mostram que um adulto americano conhece em média 5 mil palavras e a maioria, comoigualmente no Brasil, não conhece as regras gramaticais ou conhece apenas algumas regras básicas.Levando tudo o que foi exposto acima, sobre as 2 mil palavras do vocabulário minimalista de Ogden e amédia de palavras que um falante de inglês nativo conhece, podemos concluir que se conhecermos 5 milpalavras em inglês seria mais do que o suficiente para nos comunicarmos e entendermos de qualquerassunto em inglês.Somente aprender o vocabulário inglês é suficiente?
  • 2. Sabemos que somente conhecer e saber o significado de uma palavra não é o suficiente, mas é oprincípio de tudo. Imagine um tabuleiro de xadrez. Para jogar, primeiro você precisa saber o nome daspeças que compõe o jogo, como a torre, o bispo, a rainha etc. No inglês, estas seriam as palavras queprecisamos aprender.No xadrez, para jogar corretamente não basta somente conhecer as peças, precisamos conhecer asregras para fazer o movimento correto de cada peça, que são muito básicas. Podemos aprender de duasformas, ler um manual de regras de como jogar ou ver pessoas jogando. As regras dos movimentos sãotão simples e básicas que após você ver alguém jogar já terá aprendido.No inglês é a mesma coisa, podemos estudar livros inteiros de gramática ou ler/ouvir assuntos em inglêse perceber naturalmente as regras gramaticais, que na verdade não as aprenderemos como regras, massim o modo correto de falar ou o padrão da fala, como no português, que quando falamos não pensamosse estamos aplicando a regra corretamente na frase que formamos, apenas falamos como aprendemosatravés do tempo e repetição das mesmas.Quando lemos ou escutamos alguém falar, de uma forma errada ou invertida, as palavras de uma frase,imediatamente sabemos que não está correto, não porque analisamos as regras, mas sim porque estáfora do padrão que temos memorizado em nosso cérebro. Podemos até fazer uma pausa e aplicar aregra, mas a percepção inicial não veio da aplicação da regra, veio do padrão memorizado ao longo dotempo de tanto ouvi-lo ou utiliza-lo.Quais os passos para ter sucesso no aprendizado de inglês?No estudo de inglês podemos aplicar a mesma sequência do aprendizado do jogo de xadrez.Primeiro passo é aprender novas palavras e seu significado, podendo começar pelas palavras maisusadas do dia a dia, depois as palavras referentes a sua profissão ou que se enquadram em convíviosocial, depois complementar com palavras de diversas áreas ou grupos de palavras diferentes.Para aprendermos estas palavras, podemos simplesmente decorar ou memorizar, pois o objetivo até estaaltura é ter conhecimento das palavras e seu significado, e não como elas se encaixam ou quais regrasdevem ou não ser aplicadas às mesmas. Do mesmo modo que no xadrez, não podemos aprender asregras, apesar de serem simples, que devemos aplicar em cada peça para fazer o seu movimento se nemmesmo conhecemos as peças.Segundo passo, a partir do ponto que o seu vocabulário está suficientemente bom para o seu perfil e suasnecessidades, é hora de partir para o estudo de regras simples e, que na verdade, não seriam nemnecessárias aprender caso sua necessidade em inglês não seja para ser um escritor, jornalista,profissões similares ou para exames de língua inglesa. As regras simples podem ser aprendidasautomaticamente ao praticar seu inglês lendo, ouvindo ou assistindo documentários e filmes, da mesmamaneira como expliquei acima que sabemos os padrões do português sem a necessidade de analisar asregras.Terceiro passo, a prática. Consiste em ler, ler de novo e mais uma vez até o entendimento total do queleu. Ouvir, ouvir de novo e mais algumas vezes até o entendimento total do que ouviu. Para esta etapa
  • 3. podem ser utilizados artigos, documentários, filmes ou sites de língua inglesa com assuntos referentes aoseu estudo. Essa é a etapa mais importante, pois é aqui que você irá memorizar os padrões da fala, poisas palavras propriamente ditas você já conhece e sabe seu significado.Veja “Os segredos para aprender inglês” que aborda as técnicas e formas como memorizamos eacessamos as informações do nosso cérebro. Há um link no fim deste artigo.Como saber se tenho fluência em inglês?Dizem alguns entendidos que quando você sonha no idioma que está estudando, é sinal que estáaprendendo. Se os sonhos são formados a partir do que temos no nosso subconsciente, e no nossosubconsciente está o que memorizamos ou aprendemos, esta teoria é válida. Porém não é uma forma demedir nosso progresso no aprendizado, pois se você sonha que é um astronauta não quer dizer que jápode ser um, pois talvez não tenha nem os conhecimentos mínimos necessários para isso.Em minha opinião, você saberá que possui fluência em inglês quando ler, ouvir ou falar sobre algumassunto de seu interesse sem precisar pensar, simplesmente ler, ouvir ou falar usando os padrões oucenários já gravados em sua memória, assim como explicamos em “Os segredos para aprender inglês”.Se você tiver que acessar as informações referentes ao significado de alguma palavra ou pensar na regraaplicada na construção da frase, significa que você não tem fluência.Por isso é muito importante aprender como nosso cérebro memoriza e acessa o que aprendemos, compadrões prontos.Ao se comunicar, se você tiver que criar novos padrões/cenários para expressar ou entender algosignifica que você não domina o assunto e não tem fluência. Você poderá ter fluência em muitosassuntos, como coisas do cotidiano e sobre sua profissão, porém ao se comunicar com alguém de outraprofissão não dominada por você não encontrará os padrões em sua memória, terá que criá-los, e estarápraticamente no nível de aprendizado sobre esse novo assunto. Se continuar a se comunicar sobre estemesmo assunto por várias vezes, seu cérebro irá gravar os padrões em sua memória e quando vocênecessitar seu cérebro simplesmente utilizará os padrões memorizados e você será fluente nesteassunto.Portanto, afirmar que uma pessoa é fluente no inglês é muito relativo, pois ela pode ser fluente nosassuntos de seu interesse, porém não será fluente em assuntos que não são do seu convívio.Como Pytheas English pode ajudar você aprender inglês?Pytheas English possui mais de 8500 palavras em mais de 20 grupos diferentes. Incluindo um grupo com3 mil palavras mais usadas onde o vocabulário minimalista de Ogden está incluso contendo algumasrevisões baseadas nos avanços da sociedade atual e estudos de palavras mais utilizadas em inglês. Alémdisso possui um grupo com mais de 500 verbos entre regulares e irregulares, quase 200 adjetivos, maisde 100 falsos cognatos, grupos específicos para recursos humanos, finanças, economia, 3 mil palavras
  • 4. de inglês técnico além de grupos variados com palavras de agricultura, alimentos, bebidas, frutas,vegetais, 300 animais, casa, escritório, etc. Todas as palavras com som em inglês e tradução.Pytheas English também possui 52 aulas de gramática, com explicações resumidas e muitos exemplos.Apesar de não ser um conteúdo completo para quem necessita de uma gramática avançada, tem maisconteúdo do que a gramática proposta por Ogden.Pytheas English também possui 400 artigos em assuntos variados como desenvolvimento, economia,saúde, educação, tecnologia e agricultura. Todos com som em inglês para você, além de aprender apronúncia correta, criar e memorizar seus cenários mentais e padrões.Mesmo que sua necessidade seja de um inglês mais aprofundado na área de gramática, Pytheas Englishé o princípio de tudo, pois você irá adquirir vocabulário, fluência e as principais regras da língua inglesa.Desta forma, para você atingir o total de suas necessidades gramaticais será como colocar a cereja nobolo, pois você terá os ingredientes necessários, a receita do bolo e saberá como fazê-lo. A cereja será ocomplemento final, da mesma maneira que a gramática avançada será sua etapa final do aprendizadoquando o resto todo já estará concluído.Para finalizar, Pytheas English possui tudo o que você precisa para aprender inglês, ter fluência no inglêsdo dia a dia e fluência em muitas áreas diferentes.Veja os segredos para aprender inglês e no blog http://pytheasenglishsil.blogspot.com.br esaberá como ter um aproveitamento surpreendente para aprender inglês sozinho.Não deixe de conferir o conteúdo da versão completa de Pytheas English, o qual possui maisde 8500 palavras em diversas categorias além de 400 artigos para você ler, ouvir e criar seus cenáriosvirtuais para fortalecer a memorização das palavras estudadas. Todas as palavras e artigos possuem sompara você praticar e aprender a pronúncia correta.Conteúdo retirado do blog http://pytheasenglishsil.blogspot.com/ onde tem: • Dicas para aprender inglês. • Aulas de inglês. • Listas de palavras em inglês. • Dicas para escolher uma boa escola de inglês. • Dicas para ser fluente em inglês. • Downloads grátis. • Promoções e sorteios grátis.