Como escolher uma boa escola de inglês
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Como escolher uma boa escola de inglês

on

  • 1,858 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,858
Views on SlideShare
1,858
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Como escolher uma boa escola de inglês Como escolher uma boa escola de inglês Document Transcript

  • Como escolher uma boa escola de inglêsA pergunta deveria ser: Existem boas escolas de inglês?E a resposta: Existem alguns professores bons e poucas escolas boas.Muitas pessoas escolhem uma escola de inglês influenciados pela mídia, pela que tem mais propagandaou aquelas que você encontra com mais facilidade por ter várias espalhadas em sua cidade. Estaspessoas imaginam que estas sejam as melhores, pois se tem mais escolas, é porque são boas. Egeralmente não é assim, se tem mais escolas é porque tem mais mídia e consequentemente maisfranquias, um coisa eleva a outra.A primeira coisa que você deve fazer para escolher uma escola é ir visitá-la, sem compromisso. Deveráconhecer o perfil das pessoas que serão seus professores, não importa se são estrangeiros oubrasileiros, há muitos brasileiros professores de inglês bons como há estrangeiros que vieram para oBrasil em busca de oportunidades e acabam dando aulas em cursos de inglês, mas sem preparaçãonenhuma para isso. Escolha professores que além de terem boa experiência em inglês tenhamfundamentos didáticos pedagógicos. Morar em Londres, ser garçonete ou entregar cartões por meio ano,ao retornar ao Brasil não a qualifica para ser professor de inglês, portanto, cuidado quanto à experiênciainternacional que seu futuro professor lhe apresentar.A segunda coisa a ser feita é participar de uma aula de um nível avançado que tenha na escola, se aescola não permite você participar de uma aula grátis para conferir se realmente vale a pena, desistadesta escola, pois ela já estará entregando o jogo. Ao participar da aula, se você for iniciante no inglês,pode até achar que o pouco que os alunos falam durante a aula seja muito bom, cuidado para não seenganar. Se você participar de uma aula onde os alunos tenham 2 ou mais anos de curso e não sãoquase fluentes, desista dessa escola. Você perceberá isso caso o aluno tenha dificuldade em falar, fizerpausas para pensar ao falar ou o professor tiver que corrigi-lo muitas vezes. Também, após a aula, tentefalar com um ou dois alunos em particular, assim você saberá o nível de satisfação dele.A terceira coisa a ser analisada é o material. Veja se o material não é composto por aqueles livros que noinício do capítulo tem um diálogo, uma explicação básica de uma regra, o resto do capítulo composto porexercícios de gramática e um cd com o som dos diálogos. Com esse tipo de material, que geralmente écomposto por 8 livros, um para cada semestre para você atingir o nível intermediário, que levarão nomínimo 4 anos para você os completar, você passará mais de 4 anos estudando e não será fluente eminglês. Terá um conhecimento básico de gramática e no máximo conseguirá manter alguns diálogossimples numa conversa. Se o professor ligar um aparelho de cd durante a aula, peça licença e não voltemais naquela escola. Isto geralmente demonstra que o professor não tem domínio total do inglês ou estáseguindo um script pronto devido ao material didático que compõe o curso.A quarta coisa a ser analisada é a relação entre aprender gramática, fazer exercícios de gramática econversação. Se 95% do tempo ou mais o professor não conversar em inglês, peça licença e vá procuraroutra escola. Se pelo menos 80% do tempo da aula não for somente de conversação em inglês entrealunos ou alunos e professor, desista dessa escola. Se o professor der uma explicação de gramática e oresto da aula de tempo para resolver exercícios, desista. Pois geralmente as aulas de inglês são curtas,em média 2 horas por semana, e você ficará uma aula toda resolvendo exercícios de gramática? Se o seucurso é feito com uma aula de 2 horas por semana, terá em 15 dias aprendido uma regra de gramáticaapenas. As aulas precisam ser muito dinâmicas, com muita conversação, o tempo todo, sem pausas para
  • baixar a cabeça e resolver exercícios em um livro e depois corrigir todos os exercícios. Isto se chamamatar o tempo. Também leve em consideração o tamanho das turmas. Em turmas maiores do que 6alunos o tempo que o professor se dedica a cada um é muito pouco. O ideal seria no máximo turmas de 4alunos, mas o custo seria maior.A quinta coisa a ser analisada é a relação do tempo que a escola exige que você faça exercícios eestude sozinho em casa pela quantidade de horas que estuda na escola. Se a escola passou por todas asanalises descrita acima, verifique se a escola não lhe dá exercícios para fazer em casa que consomemmais tempo do que o tempo de aula. Pois em casa você estará sozinho, sem o professor, não saberá apronúncia correta das palavras e provavelmente fará só exercícios de gramática que estão no livro deexercícios que compõe o material didático do curso.Aí vem a pergunta: mas se só estudar no curso, que geralmente são duas horas por semana, não vouaprender ou levará muito tempo para aprender, então porque evitar estudar em casa? A questão não énão estudar em casa. A questão é que você está pagando um curso de inglês, perdendo tempo sedeslocando até ele, e você só terá um aprendizado satisfatório se tiver que estudar sozinho em casa? Equando está no curso o professor segue o que está no livro e coloca o cd para ouvir, os mesmos quevocê tem em casa? Então desista do curso e estudo sozinho em casa, que seu aprendizado será muitomaior e não terá quase custos.A sexta coisa a ser analisada é a rotatividade de professores entre as aulas. Se o seu professor duranteum semestre todo for sempre o mesmo, não é boa coisa. Você deverá ter professores diferentes para nãoacostumar com o sotaque de um só.Escolas e professoresÀs vezes, temos escolas ruins, geralmente as que têm muita mídia, e alguns de seus professores sãobons. Mas mesmo o professor sendo bom, ele deve seguir o roteiro, usar o material didático distribuídopela escola. Dessa forma a aula fica ruim e pouco proveitosa.Às vezes, temos escolas muito boas, porém dá a coincidência do seu professor ser ruim. Isso geralmenteacontece muito pouco porque quando a escola realmente é boa, com métodos de aprendizado bons, elafaz uma seleção rigorosa dos professores e só contrata quem realmente se enquadra no perfil da escola.Mas se o seu professor não se dedica ao trabalho que está sendo pago para fazer, peça para ir paraoutra turma ou faça uma reclamação formal à escola.Às vezes, a escola é composta por somente um professor, na verdade ele dá aulas particulares. Às vezesele até possui um local específico para isso, o que se torna mais fácil de achá-lo, outras vezes ele dáaulas em sua própria moradia. Geralmente esses professores tem um material próprio, o qual elaborou ereuniu com suas próprias experiências. Também, geralmente, aulas com um professor desses são maisproveitosas e são praticamente 100% de conversação, onde você adquire a fluência em inglês em poucotempo. A questão nesse caso é o alto custo. Aulas particulares não são baratas.Escolas de inglês são comércio?Será? Para responder isso, vamos analisar o material preferido da maioria das escolas de inglês do paíse o tempo médio de duração dos mesmos.
  • Eu estudei inglês em 6 escolas diferentes, incluindo as mais famosas na mídia e tive uma amiga que teveuma franquia de uma dessas escolas por alguns anos, depois trocou para outra franquia.Destas, apesar do material ter mais ou menos conteúdo, a capa ser diferente, no geral o material era iguale o método de ensino era o mesmo.O material era composto por livros. Um livro para cada semestre, que na verdade são uns 4 meses deaula descontando as férias, e em média uns 8 livros para você ter aulas por 8 semestres, equivalentes a 4anos. Após isso teria o inglês avançado, só de conversação por mais 2 semestres. Não me lembro de terpresenciado uma turma de alunos avançados na escola, talvez seus horários fossem diferentes.Cada livro era composto por capítulos, geralmente com um diálogo inicial, uma explicação de uma regragramatical, algumas palavras (até aqui o conteúdo ocupou uma página e meia do capítulo) e o resto docapítulo exercícios de gramática e mais exercícios. Geralmente para acompanhar o diálogo tem um cd,porém são diálogos muito curtos que nunca chegam a mais do que seis frases, com vocabulário reduzido,simples e que talvez você nunca vá usar na vida real ou será que você ao conhecer um estrangeiroperguntaria qual “a cor favorita dele” ou qual “sabor ele prefere”?Alguns livros vêm acompanhados de um livro extra somente de exercícios, outros a metade final do livro écomposto de exercícios de gramática, ambos os casos para serem feitos em casa ou somente comosuplemento.A cada dois ou três capítulos há uma prova que consiste em testar seu conhecimento das regrasgramaticais e no final da prova um ditado de umas 15 ou 20 palavras que foram estudadas nos capítulos.Em algumas aulas, o professor nunca conversou em inglês, somente tirava algumas dúvidas que osalunos tinham. Pois ele deve seguir o script pronto, ou seja, acompanhar o material didático, o que estáno livro. No início da aula toca o cd para os alunos ouvirem o diálogo, após os alunos repetem o diálogo,às vezes cada aluno faz o papel de uma das pessoas que está falando no diálogo (por fim você nem falatodo ele, pois seu colega falou uma parte e você outra). O resto da aula é baixar a cabeça e fazer osexercícios. Quase no final da aula os exercícios são corrigidos, quando dá tempo, e a aula acabou. Emalguns casos, quando há, você deverá fazer os exercícios de gramática extras do livro de exercíciosreferentes ao capítulo estudado em casa.Lembro que antes dos testes, todos os alunos folheavam o livro de gramática para revisar as aulas, poistodos já haviam esquecidos o que havia sido estudado apenas 2 ou 3 semanas anteriores. Isto aconteceporque o método é falho.Então, já tem a resposta da pergunta se “Escolas de inglês sãocomércio?”Vejamos, por que o método de ensino da maioria destas escolas é exatamente como expus acima?Porque desta forma eles seguram um aluno por no mínimo quatro anos, ensinando algumas poucaspalavras e enchendo sua cabeça com gramática, e ainda de uma forma pouco aproveitada. Somente noquinto ano de escola de inglês, se você não repetiu nenhum semestre ou eles te convenceram que vocêdeveria repetir para “pegar melhor o conteúdo” eles começarão a te dar aulas somente de conversação.Ou seja, você só vai realmente aprender o que é mais importante no final de tudo e depois de muitotempo. View slide
  • Por que não é ensinado somente conversação desde o princípio?Porque se você no primeiro ano aprender a conversar em inglês, para quê ficaria mais quatro anosestudando alguns simples vocabulários e muita gramática que dificilmente vai usar?Se você fizer esta pergunta em qualquer escola que utiliza estes métodos, eles dirão a você que aconversação é no final porque primeiro você precisa aprender a gramática para aí partir para o diálogo,senão como você vai aplicar corretamente as regras gramaticais no que vai falar?Você aplica as regras gramaticais quando vai falar em português? Você conhece todas as regrasgramaticais do português? Então porque temos que aprender todas as regras gramaticais no inglês, quenem mesmo os nativos ingleses sabem, para aí partir para o “nível avançado” e começar a falar paravaler? A resposta é: sua mensalidade.Se você aprender inglês em um ano, não volta mais para a escola e a escola perde quatro anos de suamensalidade.Então não devo estudar em uma escola de inglês?Deve, porém não estude em escolas que possuem os métodos descritos acima e também faça asanálises propostas lá no início.Eu estudei em uma escola com um método muito bom, 90% conversação em inglês desde o princípio,nenhum exercício para fazer em casa, até mais de um professor no mesmo dia e os professores nãofalavam em português durante as aulas. O aproveitamento foi fantástico, aprendendo em três meses maisdo que quatro anos em escolas com métodos tradicionais. Infelizmente não vou divulgar o nome dessaescola porque não estou fazendo propaganda de nenhuma escola e não quero comprar briga com asoutras. Apenas cito isso para mostrar que existem escolas e métodos que realmente funcionam. Mas tudotem seu preço, se você quer estudar em uma escola dessas, prepare o bolso. Faça um esforço que vale apena.Só aprenderei inglês se frequentar uma escola?A resposta é não. Milhares de pessoas estudam por conta própria e se dão muito bem, mais do que seestivessem em escolas de inglês. O motivo disso é que quando uma pessoa se matricula na escola achaque a obrigação dela aprender é da escola, e se você não aprender culpará a escola. Quando vocêestuda por conta própria, não há desculpas e nem quem culpar, você se policiará e fará seus própriosobjetivos de acordo com suas necessidades.O que impede muitas pessoas de evoluírem ao estudarem inglês sozinhos é a falta de auto controle eplanejamento.Em minha opinião, qualquer pessoa tem condições de aprender inglês sozinho. Poderia adquirir um bomvocabulário, as regras básicas, se tornar fluente através de artigos, notícias, documentários e filmes. Issotudo em menos de um ano. View slide
  • Após isso, para praticar, não descarto a possibilidade de procurar uma escola para estudar, porém irdireto para o “nível avançado” onde geralmente é só conversação, ou procurar um professor de inglêsexperiente para treinar conversação com ele, mais do que três meses não seriam necessários.Como ter fluência em inglês em apenas 12 mesesEstudando 250 palavras novas por semana, em apenas quatro meses você terá um vocabulário de quatromil palavras que são mais do que suficientes para ter fluência na maioria dos assuntos.Dedique mais seis meses praticando seu vocabulário pelo menos uma hora por dia e no final de umperíodo de 10 meses terá fluência em compreensão oral e leitura sobre qualquer assunto.Dedique mais dois meses de conversação com um bom professor e no final de 12 meses, você teráfluência completa desde conversação até compreensão de qualquer assunto, além de ter um vocabulárioinvejável.Veja os segredos para aprender inglês e como ter fluência no inglês no bloghttp://pytheasenglishsil.blogspot.com.br e saberá como ter um aproveitamento surpreendente paraaprender inglês sozinho.Não deixe de conferir o conteúdo da versão completa de Pytheas English, o qual possui maisde 8500 palavras em diversas categorias além de 400 artigos para você ler, ouvir e criar seus cenáriosvirtuais para fortalecer a memorização das palavras estudadas. Todas as palavras e artigos possuem sompara você praticar e aprender a pronúncia correta.Conteúdo retirado do blog http://pytheasenglishsil.blogspot.com/ onde tem: • Dicas para aprender inglês. • Aulas de inglês. • Listas de palavras em inglês. • Dicas para escolher uma boa escola de inglês. • Dicas para ser fluente em inglês. • Downloads grátis. • Promoções e sorteios grátis.