Your SlideShare is downloading. ×
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Portfolio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Portfolio

2,075

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,075
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Cor . Técnica aplicada O Estudo da Cor no Design Prof a Patrícia ThormannEste portfólio foi Técnicasdesenvolvido a partir • Avaliação diagnóstica - Análise com filtros de luz.............................3das técnicas aplicadas • Histórico do Desenvolvimento da Teoria das Cores..........................4em sala de aula e • Composição Cromática através de objetos Geométricos ................7trabalhos extraclasse, • Semiologia das cores .........................................................................9dos alunos da disciplina • Dimensões cromáticas .......................................................................11de Estudo da cor em • Mistura ótica das cores ......................................................................142008, 2009 e 2010 nos • Propostas de Harmonia das cores......................................................19cursos de Design da • Projeto Final .......................................................................................22ULBRA.
  • 2. Introdução O uso da cor no design é da teoria do design. A evolução indispensável na conceituação, teórica, aplicabilidade, usabilidade diferenciação e observação das e referenciais ergonômicos, estão “ A cor é vista: impressiona imagens. Sua influência esta ligada focados no alcance dos objetivos a retina. E sentida: provoca diretamente ao poder de escolha do geral e específicos da disciplina. uma emoção. E é construtiva, público interessado. pois, tendo um significado As técnicas apresentadas neste próprio, tem valor de símbolo material estão focadas na ementa da e capacidade, portanto, de disciplina de Estudo da cor, que faz construir uma linguagem parte da grade curricular dos cursos própria que comunique uma de Design na Universidade Luterana idéia.” do Brasil. Farina, 2006 A ementa da disciplina tem por princípio a aplicação da cor como elemento básico e funcional dentro Aplicação das técnicas em laboratório Agradecimentos A ULBRA e ao Coordenador dos cursos de Design e Design Gráfico, Cid d`Ávila, um dos idealizadores das técnicas da disciplina Estudo da cor, apaixonado por cor como eu e principal insentivador de práticas para divulgação de trabalhos dos alunos. A todos os alunos que dedicaram-se as atividades da disciplina e principalmente aqueles que estão aqui citados, através de suas obras. Ao SENAI Artes Gráficas que através de seus equipamentos, possibilitou a conversão digital de todos trabalhos aqui apresentados. Créditos Projeto Gráfico, Texto e Arte-final: Revisão Ortográfica: Tratamento de imagem: Profa Patricia Thormann Thomazi Walter Amorim Ortiz Douglas Aguiar Material desenvolvido no software InDesign CS4, conforme as técnicas apresentadas na disciplina de Editoração Eletrônica ministrada pela Profa Patricia Thormann. Esta disciplina faz parte da grade curricular do curso de Design Gráfico na ULBRA.2
  • 3. Avaliação diagnóstica - Análise com filtros de luz O Estudo da Cor no Design Conteúdo Avaliação diagnóstica através de experimento com filtros de luz. Técnica Construção de 3 filtros de luz RGB (vermelho, verde e azul violeta), conforme características técnicas indicadas. Análise de impressos com cores variadas, sobrepondo os filtros de luz e avaliando as mudanças cromáticas das imagens, conformeFiltros desenvolvidos pela professora Patricia Thormann o filtro de luz sobreposto. Material • 1 folha de papel cartão, formato A3 (420mm x 297mm); • papel celofane: Aazul, vermelho, verde; • revistas para recorte de imagens; • papéis coloridos (diversos) para recortes; • materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis, etc. Conclusão De uma forma generalizada, a maioria dos alunos chegaram na universidade com uma visão equivocada sobre cores e com problemas relacionados à motricidade fina. Embora existam pequenos entraves, o interesse por atividades práticas, aumentou o aprendizado e a motivação em sala de aula e laboratório.Observação da análise com filtro de luz azul sobre flores amarelas.Resultado: flores verdes 3
  • 4. Histórico do Desenvolvimento da Teoria das Cores Conteúdo Histórico do desenvolvimento da Teoria das Cores através de análise de texto e seminário . Técnica Desenvolver uma análise comparativa de forma gráfica, entre dois momentos da Teoria Histórica das cores. Material • 1 folha de papel cartão, formato A3 (420mm x 297mm); • revistas para recorte de imagens; • papéis coloridos (diversos) Charle Oliveira para recortes; • materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis,etc; • materiais decorativos. Conclusão Esta técnica abordou a liberdade de expressão e durante seu desenvolvimento, foi observado claramente a dificuldade de conversão da interpretação teórica em um desenvolvimento livre e criativo. Sendo em alguns casos, indispensável a interferência do professor. Embora tenha existido esta dificuldade os alunos chegaram a resultados de diferentes linhas de criatividade, com técnicas e aplicações diferenciadas. Vagner Sandrei4
  • 5. Histórico do Desenvolvimento da Teoria das CoresPatricia Dorneles Haack Tainã L. Simões Giovana Gobbi 5
  • 6. Histórico do Desenvolvimento da Teoria das Cores “Inspirados pela infinita paleta do mundo natural aprendemos, durante dezenas e milhares de anos, a criar e manipular a cor. Contudo, seus efeitos sobre nossas psiques permanecem misteriosos”. Fraser 2007 Michele Staggemeier Caroline Clezar6
  • 7. Composição Cromática através de objetos Geométricos Conteúdo Natureza e classificação das cores (cores primárias, secundárias, etc);. Propriedades ilusórias das cores; sínteses cromáticas. Técnica Composição cromática das cores primárias da arte. Definir uma das cores primárias e trabalhar suas tonalidades (mais claras e escuras). Escolher o material, recortar e montar os objetos geométricos, formando uma composição dentro das formas apresentadas para escolha do aluno. Aplicação em papel cartão no formato A3. Charle Oliveira Material • 1 folha de papel cartão, formato A3 (420mm x 297mm); • modelo de composição geométrica; • papéis coloridos (azul, vermelho ou amarelo ) para recorte e montagem; • materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis,etc; • materiais decorativos. Conclusão Janaína Santos Conforme o que foi analisado na avaliação diagnóstica, a motricidade fina é realmente um problema para maioria dos alunos durante as atividades práticas. Nesta técnica específicamente, foi percebida a dificuldade na escolha das estratégias de montagem. As relações entre o tipo de objeto geométrico escolhido, e os melhores materiais para confecção da atividade, tornou esta técnica indispensável para obtenção de habilidades que a muito não estavam sendo trabalhadas. 7
  • 8. Composição Cromática através de objetos Geométricos Modelos de composição geométrica Vladimir Oliveira do Canto Suellen Oliveira dos Santos Taís de Oliveira8
  • 9. Semiologia das cores Conteúdo Semiologia das cores. Cor e Cultura. Psicodinámica das cores Técnica Interpretação do signo como cor, significante como objeto e o significado como a interpretação do sentimento. Esta análise é desenvolvida durante a visualização do filme A vida em preto e branco. Escolher durante o filme um signo com seu significante, demonstrar o significado através de uma composição de imagens e desenhos que possuam o mesmo signoJoni Bilhar escolhido. Material • 1 folha de papel cartão, formato A3 (420mm x 297mm); • revistas para recorte de imagens; • materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis, etc; • materiais decorativos. Conclusão As relações psicológicas da cor são diversas ocasionando inúmeras interpretações. Nesta atividade foi abordada a cor como signo, e o resultado da técnica, de uma forma generalizada, foi positivo. As análises e interpretações dos grupos apesar de demonstrar grande diversidade nos sentimentos, foram coerentes com a proposta.Danieli Trojack Rodrigues 9
  • 10. Semiologia das cores Catharina S. Costa Christian Kotoman Charle Oliveira Caroline Clezar10
  • 11. Dimensões cromáticas Conteúdo Dimensões cromáticas. Matiz, Tom (brilho), Saturação. Discos de Cores. Técnica Composição e análise das dimensões cromáticas, através da mistura de tintas das cores primárias da arte (azul, vermelho e amarelo). Criar um esquema de 6 cores escolhidas em uma imagem, com as especificações de Matiz, Saturação e Brilho e suas variações. Material • 1 folha de papel cartão,Carlos Alberto Fornari formato A3 (420mm x 297mm); • tinta gouache nas cores (preto, branco, azul, vermelho e amarelo ) ; • pincel nº12; • forma de gelo; • revistas para recorte de imagens; • materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis, etc; Conclusão O trabalho com tintas, em geral, inicia-se com um desconforto pela falta de habilidade e finaliza-se com uma satisfação dos alunos com o resultado obtido. Com a prática, a aprendizagem e a interpretação da teoria torna–se mais eficaz.Roberto Auricchio 11
  • 12. Dimensões cromáticas Rita de Cássia Romão Natasha Fonseca Fernandes Lima Daniela Dossin Porcher12
  • 13. Dimensões cromáticas “ A cor é o toque, o olho, o martelo que faz vibrar a alma, o instrumento de mil cordas.” Kandinsky, 1969 Letícia da Silva LuzCatharina S. Costa Patrícia Dornelles Haack 13
  • 14. Mistura ótica das cores Conteúdo Cores compostas e cores especiais. Mistura de cores através do processo mecânico (reticulagem). Técnica Desenvolver uma ilustração através da técnica de pontilhismo. A imagem não possui traços, apenas mistura de cores através de pontos ciano, magenta e amarelo. Material • 1 folha de papel cartão, Mariana Winter formato A3 (420mm x 297mm); • canetas com ponta 0,4mm (Stabillo, Staedtler, etc), nas cores, ciano = azul médio, magenta = rosa pink, amarelo. Luana Santana Machado14
  • 15. ConclusãoO trabalho com pontosrepresentando retículas édesgastante, demorado erepetitivo, mas o resultadoindividual das misturas de cores,das composições ilustrativas eprincipalmente o produto finaltorna esta atividade uma dasmais bonitas e significativasdentro do conteúdo de estudoda cor. Taís de Oliveira Maurício Michita 15
  • 16. Mistura ótica das cores Natasha Fonseca Fernandes Lima Rodrigo Malta Giselle S. Teracini16
  • 17. Mistura ótica das coresVagner SandreiSabrina Kraey Alessandra Sperb Morandi 17
  • 18. Mistura ótica das cores “Os artistas trabalharam por séculos para misturar cores e criar efeitos coloridos sem realmente saber o que era a cor ou como funcionava. Seu sucesso foi extraordinário, mas só uma compreensão científica do expectro permitiu avanços como a fotografia colorida.” Fraser , 2007 Charle Oliveira Anderson P. Silva18 Lorem ipsum dolor
  • 19. Propostas de Harmonia das cores Conteúdo A cor no computador (cor virtual). Esquemas, sistemas cromáticos e planos espaciais. Escalas e paletas cromáticas. Contraste de cores. Harmonia de cores. Atividade A imagem original escolhida e uma proposta de composição cromática, conforme características dos contrastes e harmonias propostos, entregue em papel cartão no formato A3 e apresentado para o grupo. Lorem ipsum dolor Material • Folhas de papel cartão, formato A3 (420mm x 297mm). • Para mudança cromática digital é indicado o uso dos softwares: CorelDraw ou Illustrator e Photoshop. • Impressão digital ou jato de tinta. • Poderá ser utilizado qualquer tipo de técnica que resulte na mudança cromática requisitada. • Materiais de apoio: estilete, tesoura, cola, régua, lápis,etc; Lorem ipsum dolor 19
  • 20. Propostas de Harmonia das cores Conclusão Após as atividades anteriores mais focadas em conteúdos e aplicacões específicas, esta técnica tem a função de habilitar profissionalmente as mudanças cromáticas conforme a característica dos produtos, contemplando a teoria e o gosto pessoal do aluno. As idéias e propostas surgem Murilo Queiróz com observações inusitadas, significativas e eficientes. Caroline Clezar20
  • 21. Propostas de Harmonia das coresHenrique Martinz Ortiz 21
  • 22. Projeto Final Conteúdo Abordagem completa dos conteúdos do semestre. Requisitos e normas para o desenvolvimento de artigo técnico para publicação. Definições sobre as formas de pesquisa. Diretrizes Mudança cromática de um produto real, através de pesquisa com público interessado, confrontando e interpretando os conteúdos da disciplina com os resultados da pesquisa e aplicando estes resultados através de análise em artigo técnico para publicação, com modelo fornecido contendo as imagens do projeto. Apresentação A imagem original do produto escolhido, as imagens utilizadas na pesquisa e a imagem do resultado final com a mudança cromática proposta, foram apresentadas para o grupo em papel cartão no formato A3. Obs.: Técnica livre para apresentação em papel cartão no formato A3, da proposta de mudança Modelo de Artigo técnico para publicação cromática. Conclusão As características do projeto, relacionadas a dos alunos, mas através dos aplicações digitais, análise e interpretação dos assessoramentos e ajustes textos, em forma de artigo, contendo uma direcionados pela professora, este pesquisa com o público interessado, necessita de desconforto de forma generalizada, uma demonstração de conhecimento global sobre foi cessado e os produtos a disciplina por parte do aluno. tornaram-se extremamente Foi percebido a partir do caráter técnico significativos. requisitado no projeto um desconforto inicial22
  • 23. Projeto FinalJuliana Terra da Silva 23
  • 24. Projeto Final Rafaela Ortega Calvo24
  • 25. Projeto FinalNatasha Fonseca Fernandes Lima 25
  • 26. Projeto Final Ronaldo Ortiz26
  • 27. Conclusão O estudo da cor faz parte do grupo de disciplinas do 1º aumentando as possibilidades de interdisciplinaridade semestre dos cursos de Design. Sabe-se que o ingresso e tornando o intercâmbio de informações mais dos alunos na disciplina, normalmente ocorre, quando significativo. estão cursando entre o 1º e 2º semestre. Todas as técnicas apresentadas neste portfólio Sendo assim as informações tratadas nesta disciplina seguem uma linha de avaliação baseada na soma tem como diferencial uma junção dos conhecimentos de competências, onde são apresentados todos os sobre cores. conteúdos e critérios para obtenção da nota através da junção de atividades, práticas (todas as técnicas) As técnicas e o projeto final, conforme os resultados e teóricas (provas), contemplando uma análise apresentados neste portfólio, vem alinhando o fundamentada, sobre a retenção do conhecimento por conhecimento dos alunos em relação à aplicação parte do aluno. e uso destas informações em outras disciplinas onde a cor é indispensável. Embora muitos alunos não sigam as matrículas conforme o fluxo correto da grade curricular dos cursos de Design, ainda assim eles obtém o conhecimento sobre cores nos primeiros semestres, “As cores imprimem significado, e nossa interpretação Avaliação das técnicas de uma das turmas do mesmo dependerá de fatores como bagagem cultural, tendências, idade e preferências individuais.” Ambrose, 2009 27
  • 28. Referências BibliográficasALBERS, Josef. A interacão da cor. São paulo: WMF Martins fontes, 2009.PEDROSA, Israel. O universo da cor. 9 ed. Rio de Janeiro: Editora Universidade de Brasília, 2004.PEDROSA, Israel. Da cor a cor inexistente. 10 ed. Rio de Janeiro: SENAC, 2009.GUIMARÃES, Luciano. A cor como Informação: a construção biofísica, Linguistica e cultural da simbologia das cores.3ed. São Paulo: NannaBlume, 2004.ADAM, Pegie Stark, Color, Contrast, and Dimension in News Design: Understanding the Theory of color and its applications. St. Petersburg, Florida: ThePoynter Institute for Media Studies, 1995.BARROS, Lilian Ried Miller. A cor no processo Criativo: um estudo sobre a Bauhaus e a teoria de Goethe. 2ed. São Paulo: SENAC/SP, 2006.AMBROSE, Gavin. COR: design básico. Porto Alegre: Bookman, 2009.GOLDING, Mordy. Guia de cores para web designers. São Paulo: Quark, 1997.FARINA, Modesto, Clotilde Perez, Dorinho Bastos. Psicodinâmica das cores em comunicação. 5 ed. São Paulo: Edgar Blucher, 2006.FRASER, Tom, Adam Banks. O guia completo da cor: livro essencial para a consciência das cores. São Paulo: SENAC/SP, 2007PERAZZO, Luiz Fernando. Elementos da cor. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2001.ROUSSEAU, René-Lucien. A linguagem das cores. São Paulo: Pensamento, 1993.Leituras de ApoioBERNHARDT, Michele. Cores e signos. Inglês. (http://www.colorstrology.com/)CORTES, Maria Claudia. Vídeos sobre a psicodinâmica das cores aplicada. Inglês. (http://www.mariaclaudiacortes.com/)COMMONS, Criative. Paleta interativa de cores para web. Inglês (http://www.meyerweb.com/eric/tools/color-blend)

×