Pólos de Competitividade: Somar para multiplicar (17JUL09)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Pólos de Competitividade: Somar para multiplicar (17JUL09)

on

  • 2,190 views

Apresentação Powerpoint sobre a sessão de assinatura de contratos dos Pólos de Competitividade

Apresentação Powerpoint sobre a sessão de assinatura de contratos dos Pólos de Competitividade
Apresentado por: Nelson de Souza

Statistics

Views

Total Views
2,190
Views on SlideShare
1,337
Embed Views
853

Actions

Likes
0
Downloads
22
Comments
0

9 Embeds 853

http://www.planotecnologico.pt 466
http://www.cnel.gov.pt 169
http://preprod.planotecnologico.pt 165
http://www.estrategiadelisboa.pt 34
http://planotecnologico.net 15
http://ww2.leiriaregiaodigital.pt 1
http://www.slideshare.net 1
http://www.google.com.br 1
http://www.google.pt 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pólos de Competitividade: Somar para multiplicar (17JUL09) Pólos de Competitividade: Somar para multiplicar (17JUL09) Presentation Transcript

  • Nelson de Souza 17 Julho 09
  • QREN: prioridade para a acção nas e mpre s as 1.350 Pro je c to s apro vado s no s SI do QREN: Nº Proj. 913 Incentivo 667 2.543 pro je c to s 526 3.922 M€ de inve s time nto 137 206 1.255 M€ de inc e ntivo s do QREN SI SI PME SI I&DT SI Inovação – novos produtos e processos Inovação SI PME – intervenção em factores imaterais SI I&DT - actividades de I&DT
  • O coope rativo e cole ctivo no QREN Mil € Nº Investi- Incentivo projec- mento QREN tos Projectos conjuntos 55 84.268 38.462 Projectos I&D em co- 211 178.949 108.954 promoção Pólos e Clusters 18 16.888 12.666 Tota l Colectivo 360 360.165 216.665
  • Es traté gias de e ficiê ncia cole ctiva Co njunto s c o e re nte s de inic iativas de ino vaç ão de um ag re g ado de e mpre s as que fo me nte m e c o no mias de ag lo me raç ão atravé s da c o o pe raç ão e do func io name nto e m re de TIPOS DE EEC ABORDAGEM/ORIENTAÇÃO Pólos de Competitividade e Base nacional e orientação Tecnologia internacional Outros Cluster Foco regional PROVERE Valorização regional/local ARDU Dimensão urbana
  • O proce s s o de mobilização e s e le cção 1.o sinal político e a acção das instituições 2. o concurso de selecção 3.a montagem das parcerias 4.a avaliação das propostas e a intervenção de peritos externos 5.as audiências públicas 6.a Comissão de Avaliação 7.as 1ªs decisões 8.o detalhe dos Programas de Acção 9.o reconhecimento formal 10.a clusterização, a execução e a avaliação de resultados
  • Os re s ultados (1) 11 8 PÓLOS DE OUTROS CLUSTERS COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA habitat * ind. criativas * agro centro* pedra natural * sáude * moda * agroindustrial * mobiliário * agro ribatejo * energia * florestal * tooling * vinhos douro * mar petroquímica * mobilidade * tecnologias produção * tice * turismo
  • Os re s ultados (2) Mil € Nº INVESTI- TIPO DE INVESTIMENTOS PROJEC- MENTO TOS Projectos de dinamização (SIAC) 18 16.888 Projectos “âncora” 104 570.000 Projectos complementares 300 1.500.000 (estimativa POFC)
  • Os protagonis tas Tipo de entidades participantes em Nº projectos entidades TOTAL 593 Empresas 368 Associações empresariais 49 Instituições do SCTN e formação 118 Outras entidades 58