ApresentaçãO Reporting Online
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

ApresentaçãO Reporting Online

on

  • 227 views

Masters Dissertation Audit

Masters Dissertation Audit

Statistics

Views

Total Views
227
Slideshare-icon Views on SlideShare
224
Embed Views
3

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 3

http://www.linkedin.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    ApresentaçãO Reporting Online ApresentaçãO Reporting Online Presentation Transcript

    • Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra MESTRADO EM AUDITORIA EMPRESARIAL E PÚBLICA (2ª edição) Dissertação O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas integrantes do PSI20 Mestrando: Paulo Tavares Orientadora: Dr.ª Guilhermina Freitas Coorientadora: Eng.ª Isabel Pedrosa COIMBRA,2011
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasSUMÁRIO integrantes do PSI20 PARTE A- Enquadramento teórico 1.Conceito de relato financeiro 2. Do relato financeiro tradicional ao reporting online 3. Enquadramento legal do reporting online 4.Informação a divulgar e formatos de apresentação 5.Vantagens e desvantagens PARTE B- Trabalho empírico 1.Seleção da amostra e Objetivos 2.Metodologia 3.Resultados 4.Conclusões Referências BibliográficasDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 2
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 1.Conceito de relato financeiro integrantes do PSI20  Consiste no ato de narrar um conjunto de informações de caráter financeiro e que estão previstas na NCRF1, 8 e que compreende: Balanço; Demonstração dos Resultados; Demonstração das Alterações do Capital Próprio; Demonstração dos Fluxos de Caixa; Notas explicativas e resumo das políticas contabilísticas adotadas. (OTOC) Pretende dar resposta à seguintes questões: Que recursos a entidade controla?; O que deve a entidade?; A entidade é rentável?. (BROWNLEE et al,1998)DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 3
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 1.Conceito de relato financeiro integrantes do PSI20  O relato financeiro tem de encerrar três objetivos essenciais: Produzir informação útil; Salvaguardar a posição dos acionistas e credores; Produzir informação sobre os recursos da organização. (FASB,2000)DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 4
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 2. Do relato financeiro tradicional integrantes do PSI20 ao reporting online  Os progressos tecnológicos alcançados nas duas últimas décadas têm permitido às organizações uma maior abertura para a implementação de sistemas de informação nos seus processos internos e de comunicação com a sociedade e os mercados.  As DF s periódicas perdem grande parte da importância que atualmente lhes é atribuída, assumindo, doravante, um caráter de oportunidade.  O reporting online pode substituir o relato tradicional, dadas as capacidades de busca e apresentação que a Internet disponibiliza, permitindo às organizações aumentar, em quantidade e em qualidade, a informação corporativa que é prestada. (BONSÓN & ESCOBAR,2004)DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 5
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 2. Do relato financeiro tradicional integrantes do PSI20 ao reporting online Com Ano recolha Organizações Autor (es) País (es) Amostra Com site informação informação Cotadas? financeira (CRAVEN & Sim Reino Unido 1998 206 74% 53% MARSTON, 1999) FTSE (IASC, 1999) 22 Países 1998 Sim 660 86% 62% (FASB, 2000) EUA 1999 100 Fortune 100 99% 93% (GANDÍA, 2001) Sim Espanha 2000 35 97% 91% IBEX (LYBAERT, 2002) Países Sim 2000 188 86% 94% Baixos AEX (LARRÁN & GINER, Sim Mercado Espanha 2000 144 74% 36% 2002) contínuo Sim Portugal 22 82% 77% PSI20 2001 (CARREIRA, 2003) Sim Espanha 42 98% 88% IBEX 35 (ALLAM & LYMER, 5 Países 2002 Sim 250 99,6% 100% 2003) (MARTSON & Sim Alemanha 2003 100 100% 99% POLEI, 2004) DAX (ALVES, 2005) Portugal 2004 Sim 250 48% - (PENDLEY & RAI, US 2007 Não 196 93% 99% 2009) Companies Fonte: adaptado de FERNANDES,2008DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 6
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 2. Do relato financeiro tradicional integrantes do PSI20 ao reporting online Relato tradicional Reporting Online Ênfase • Foco nos acionistas • Foco nos vários utilizadores Suporte • Papel • Digital • A informação de desempenho é • A informação disponível tem Fontes de informação controlada pela organização várias fontes Contexto • Informação histórira • Informação prospetiva Periodicidade do reporte • Reporte periódico • Reporte contínuo (relato) Relação com os • Distribuição da informação • Diálogo corporativo stakeholders • Leque variado de informação Âmbito da informação • Demonstrações Financeiras de desempenho Âmbito da divulgação da • De âmbito nacional • De âmbito global informação financeira Interatividade • Modelo estático • Modelo dinâmico Destinatários da • Preparado com base na • Satisfação da procura dos informação financeira orientação dos reguladores mercados Fonte: adaptado de (ICAEW, 1998, p. 3)DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 7
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 3. Enquadramento legal do integrantes do PSI20 reporting online  as entidades mostram a preocupação de publicar informação corporativa de forma voluntária, transmitindo segurança e transparência aos stakeholders . (BONSÓN & ESCOBAR,2004)  O setor de atividade, a sua localização geográfica e a dimensão das organizações condicionam, em alguns casos de forma significativa, a quantidade da informação divulgada nos websites .  Refere a importância da segurança da informação financeira destacando quatro componentes qualitativas : Integridade Avaliação Autenticidade Autorização  Defende dois princípios fundamentais: Neutralidade Equivalência  Em Portugal não existe legislação para o reporting online, sendo imposta a do relato tradicional.  Com a criação da IES, as organizações estão legalmente obrigadas a proceder ao envio, via Internet, das obrigações fiscais e contabilísticas, reportando a uma só entidade, a DGCI.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 8
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 4. Informação a divulgar e integrantes do PSI20 formatos de apresentação CMVM, 2000 AECA, 2001  Data de publicação e última Conteúdos mínimos atualização  Fonte de informação Responsabilidade da organização  Informação sobre erros ou Identificação da informação financeira nos inexatidão da informação websites  Tipologia do documento Informação suplementar, resumos e dados desagregados  Data e hora da informação Reciprocidade dos formatos de apresentação Navegabilidade, acessibilidade e manutenção da informação no website Segurança Hiperligações (links) Informação de contacto da organizaçãoDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 9
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 4. Informação a divulgar e integrantes do PSI20 formatos de apresentação 3ªFASE 2ª FASE 1ª FASE Fonte: adaptado de (FERREIRA & SANTOS,2005)DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 10
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas 5. Vantagens e desvantagens integrantes do PSI20 Pontos Fortes Pontos Fracos Oportunidades Ameaças Fonte: elaboração própriaDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 11
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 1.Seleção da amostra e Objetivos  A amostra é constituída pelas vinte organizações do PSI20: Financeiras: Banco Português de Investimento (BPI), Banif, Banco Comercial Português (BCP), Banco Espírito Santo (BES); Não financeiras: Altri, Brisa, Cimpor, EDP- Energias Renováveis, EDP Renováveis, GALP, Jerónimo Martins, Mota Engil, Portucel, PT-Telecomunicações, Rede Elétrica Nacional (REN), Semapa, Sonae Indústria, Sonae, Sonaecom, ZON Multimédia.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 12
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 1.Seleção da amostra e Objetivos O objetivo fundamental deste estudo consiste em determinar em que medida e de que forma as organizações pertencentes ao índice PSI20 utilizam os websites para divulgar a informação corporativa, pretendendo-se avaliar:  quantidade;  qualidade.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 13
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 2.Metodologia  Definiram-se os seguintes procedimentos: 1. Seleção da amostra das organizações; 2. Elaboração de uma grelha de atributos, considerando-os como as melhores práticas de reporting online. Estão distribuídos e ponderados da seguinte forma:  conteúdo (60%); apresentação (20%); navegabilidade (20%). (Adaptado de CABEDO,2001) 3. Consulta das páginas de Internet, entre 18/10/2011 e 25/10/2011, para validar a existência ou ausência dos atributos;DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 14
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 2.Metodologia 4.Recolha dos dados e elaboração de um “ranking”; 1º Recolha de dados dos websites 2º Atribuição das PFs (pontuações finais)  Conteúdo: PP(pontuação parcial) da organização*60%; Apresentação: PP da organização*20%; Navegabilidade: PP da organização*20%. 5. Análise dos dados obtidos, atendendo à tipologia das organizações (financeiras e não financeiras), setor de atividade (análise intra e intersetores)e grupo económico.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 15
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados Pontuação parcial PF Classificação Grupo Conteúdo Apresentação Navegabilidade (0 a 20) (* a *****) Organizações atividade (0 a 20) (0 a 20) (0 a 20) 641 BANCO BPI R 12 18 12 13,2 *** Financeiras BANCO ESPIRITO 641 SANTO 11,5 20 8 12,5 ** 641 BANIF 11 18 10 12,2 ** 641 BCP R 12 18 6 12,0 **DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 16
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados Pontuação parcial PF Classificação Grupo Conteúdo Apresentação Navegabilidade (0 a 20) (* a *****) Organizações atividade (0 a 20) (0 a 20) (0 a 20) 465 PT TELECOM SGPS N 16,5 18 14 16,3 **** 465 SONAECOM R 15 20 12 15,4 **** 351 REN 14 20 12 14,8 *** 463 SONAE R 14,5 20 9 14,5 *** 351 EDP-ENERGIAS R 11 20 19 14,4 *** 465 ZON MULTIMEDIA R 12,5 20 12 13,9 *** Não Financeiras 310 SONAE INDUSTRIA R 11,5 20 13 13,5 *** 061/062 GALP ENERGIA -B- 11,5 20 11 13,1 *** 421 MOTA-ENGIL 11,5 20 10 12,9 ** 171 ALTRI 12 18 10 12,8 ** 171 SEMAPA R 11 18 13 12,8 ** 351 EDP RENOVAVEIS 11 16 14 12,6 ** 171 PORTUCEL 12 12 14 12,4 ** 522 BRISA 11 18 10 12,2 ** 236 CIMPOR R 11 18 10 12,2 ** 463 JERONIMO MARTINS 9,5 16 6 10,1 **DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 17
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados Pontuações finais por grupo de atividade 20.0 16.3 18.0 15.4 14.5 14.8 14.4 16.0 13.9 13.5 13.1 14.0 12.6 12.8 13,1 12.4 12.9 12.2 12.2 10.1 12.0 10.0 8.0 6.0 4.0 2.0 0.0 REN BRISA SONAECOM R EDP-ENERGIAS R SEMAPA R ALTRI PORTUCEL GALP ENERGIA -B- SONAE R EDP RENOVAVEIS MOTA-ENGIL SONAE INDUSTRIA R CIMPOR R JERONIMO MARTINS ZON MULTIMEDIA R PT TELECOM SGPS N 465 463 351 171 421 310 522 236 061 Pontuação final (0 a 20) Fonte: elaboração própriaDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 18
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados PP’s dos quatro melhores websites 20 20 20 20 18 16.5 18 14 15 14.5 14 16 14 12 12 12 9 10 8 6 4 2 0 PT TELECOM SGPS SONAECOM R SONAE R REN Conteúdo Apresentação Navegabilidade (0 a 20) (0 a 20) (0 a 20) Fonte: elaboração própriaDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 19
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados PPs dos quatro piores websites 18 18 18 16 16 14 14 12 12 11 10 11 12 10 9.5 10 8 6 6 4 2 0 PORTUCEL BRISA CIMPOR R JERONIMO MARTINS Conteúdo Apresentação Navegabilidade (0 a 20) (0 a 20) (0 a 20) Fonte: elaboração própriaDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 20
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 3. Resultados Análise entre grupo económico 15.4 14.5 14.4 16.0 13.5 12.6 14.0 12.0 10.0 8.0 6.0 4.0 2.0 0.0 SONAECOM R SONAE R SONAE EDP-ENERGIAS EDP INDUSTRIA R RENOVAVEIS Pontuação final (0 a 20) Fonte: elaboração própriaDEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 21
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasPARTE B- Trabalho empírico integrantes do PSI20 5. Conclusões  Diferentes práticas de reporting online entre as organizações financeiras e não financeiras.  Variações intra e inter grupos de atividade.  Variações entre holdings pertencentes ao mesmo grupo económico.  As organizações estudadas valorizam mais a apresentação que o conteúdo da informação, nos seus websites.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 22
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresasReferências Bibliográficas integrantes do PSI20  AECA. (2001). Código de buenas práticas para la divulgación de información de información financiera en Internet. Asociación Espanõla de Contabilidad y Administración de Empresas, Comisión de Nuevas Tecnologías y Contabilidad de AECA. Brownlee, E. R., Ferris K. R., e Haskins M. E., 1998. Corporate Financial Reporting Text and Cases. Irwin /McGraw- Hill, New York, 4th Edition.  BONSÓN, E., & ESCOBAR, T. (Outubro-Dezembro de 2004). La Difusión Voluntária de Información Financiera en Internet.Un Análisis comparativo entre Estados Unidos, Europa del Este y la Unión Europea. Revista Espanõla de Financiación y Contabilidad , XXXIII (nº123), pp. 1063-1101. CMVM. (Janeiro de 2000). Entendimentos e recomendações da CMVM sobre a utilização da Internet. Obtido em 25 de Agosto de 2011, de Website Comissão de Mercado de Valores Mobiliários: http://www.cmvm.pt/cmvm/Pages/default.aspx FASB. (2000). Electronic Distribution of Business Reporting Information. Steering Committee Report Series.  FERNANDES, J. S. (19 de Fevereiro de 2008). Información financiera en soporte eletrónico: un análisis de las empresas portuguesas . Universidad de Huelva, Espanha. FERREIRA, A., & SANTOS, C. (Julho de 2005). Modelação do relato financeiro: facilitador da linguagem XBRL. Contabilidade de Gestão- OTOC , pp. 81-111. GANDÍA CABEDO, J. L. (2001). La Divulgación de Información Financiera en la Era Digital. AECA. ICAEW. (1998). The 21st Century Annual Report. Institute Of Chartered Accountants in England & Wales , Corporate Governance. IFAC. (2002). Financial Reporting on The Internet. New York.DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 23
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas integrantes do PSI20 AGRADECIMENTOS… OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO…DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 24
    • O Reporting Online: caracterização das práticas das empresas integrantes do PSI20 DISCUSSÃO…DEZEMBRO 2011 Paulo Tavares 25