Tomada de decisao (estudo 8 de 8)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Tomada de decisao (estudo 8 de 8)

on

  • 462 views

 

Statistics

Views

Total Views
462
Views on SlideShare
462
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Professor Pedro Siena,
    Ganhei vários dias de aprendizado entrando na sua página.
    Parabéns.
    Junia Alencar
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Tomada de decisao (estudo 8 de 8) Tomada de decisao (estudo 8 de 8) Presentation Transcript

  • EncontrosEncontro 1 Encontro 5Uma Visão Secular  Neurolinguística Técnicas  Sistemática  PROACT itd  Cultural  ProblemasEncontro 2  MotivaçõesEm busca de uma visão cristã  Por quê? Encontro 6  Uma visão tradicional TécnicasEncontro 3  ProblemasEncarando o INCA  Imediato  Como Selecionar?  Negativo  Princípios &  Concreto Valores  Agente Encontro 7Encontro 4Uma outra visão Técnicas  Deus ofertando uma liberdade  Objetivo de escolha  Alternativas
  • ReferênciasDecision Making & The Will of Godby Garry Friesen & J. Robin Maxson
  • ReferênciasSmart Choices | A practical guide to making betterlife decisions by John S. Hammond, Ralph L. Keeney& Howard Raiffa
  • ReferênciasDriven | How Human Nature Shapes Our Choicesby Paul R. Lawrence & Nitin Nohria
  • http://projeto490.blogspot.com.br/
  • Técnicas
  • PrOACT itd
  • Elementos p/ Tomada de Decisão Problema Objetivo Alternativas Conseqüências Trocas incerteza tolerância ao risco decisõesrelacionadas
  • Conseqüência s
  • 23 Naquele monte, perto da fronteirade Edom, o Senhor disse a Moisés e aArão:24 "Arão será reunido aos seusantepassados. Não entrará na terra quedou aos israelitas, porque vocês dois serebelaram contra a minha ordem juntoàs águas de Meribá.25 Leve Arão e seu filho Eleazar parao alto do monte Hor.26 Tire as vestes de Arão e coloque-asem seu filho Eleazar, pois Arão seráreunido aos seus antepassados; elemorrerá ali".
  • 23 Naquele monte, perto da fronteirade Edom, o Senhor disse a Moisés e aArão:24 "Arão será reunido aos seusantepassados. Não entrará na terra quedou aos israelitas, porque vocês dois serebelaram contra a minha ordem juntoàs águas de Meribá.25 Leve Arão e seu filho Eleazar parao alto do monte Hor.26 Tire as vestes de Arão e coloque-asem seu filho Eleazar, pois Arão seráreunido aos seus antepassados; elemorrerá ali".
  • 27 Moisés fez conforme o Senhorordenou; subiram o monte Hor à vistade toda a comunidade.28 Moisés tirou as vestes de Arão e ascolocou em seu filho Eleazar. E Arãomorreu no alto do monte. Depois disso,Moisés e Eleazar desceram do monte,29 e, quando toda a comunidade soubeque Arão tinha morrido, toda a naçãode Israel pranteou por ele durantetrinta dias. Números 20
  • Trocas
  • Trade-off ou tradeoff é umaexpressão que define umasituação em que há conflito deescolha. Ele se caracteriza emuma ação econômica que visa àresolução de problema masacarreta outro, obrigando umaescolha. Ocorre quando se abremão de algum bem ou serviçodistinto para se obter outro bemou serviço distinto.
  • 41 Foi assim nos vinte anos emque fiquei em sua casa.Trabalhei para você catorzeanos em troca de suas duasfilhas e seis anos por seusrebanhos, e dez vezes vocêalterou o meu salário. Gênesis 31
  • 22 Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos23 e trocaram a glória do Deusimortal por imagens feitassegundo a semelhança do homemmortal, bem como de pássaros,quadrúpedes e répteis. Romanos 1
  • 24 "Ninguém pode servir adois senhores; pois odiaráum e amará o outro, ou sededicará a um edesprezará o outro. Vocêsnão podem servir a Deus eao Dinheiro Mateus 6
  • Incertezas
  • Deixe claro suas incertezas.Uma tomada de decisão eficazexige que você confronte suasincertezas, e acesse ospossíveis impactos.
  • 65 No meio daquelas nações vocês nãoencontrarão repouso, nem mesmo umlugar de descanso para a sola dos pés. Láo Senhor lhes dará coração desesperado,olhos exaustos de tanto esperar, e almaansios66 Vocês viverão em constante incerteza,cheios de terror, dia e noite, sem nenhumasegurança na vida.67 De manhã dirão: Quem me dera fossenoite! E de noite: Ah, quem me dera fossedia!, por causa do terror que lhes encheráo coração e por aquilo que os seus olhosverão.
  • tâlâtaw-lawUma raiz primitiva; suspender;figurativamente (através dahesitação) estar incerto; porimplicação (de dependênciamental) habituarUso KJV: ser dobrado, pendurar(em dúvida).
  • 17 Ordene aos que são ricos nopresente mundo que não sejamarrogantes, nem ponham suaesperança na incerteza dariqueza, mas em Deus, que de tudonos provê ricamente, para anossa satisfação.18 Ordene-lhes que pratiquem obem, sejam ricos em boas obras,generosos e prontos a repartir. 1 Timóteo 6
  • Tolerância ao Risco
  • Pense muito sobre suatolerância ao risco. Umaclara consciência de seuslimites de aceitação de riscofarão seu processo detomada de decisão mais suavee mais efetivo.
  • 26 Não seja como aquelesque, com um aperto de mãos,empenham-se com outros e setornam fiadores de dívidas;27 se você não tem comopagá-las, por que correr orisco de perder até a camaem que dorme? Provérbios 22
  • 37 "Quem ama seu pai ou sua mãe mais doque a mim não é digno de mim; quem amaseu filho ou sua filha mais do que a mimnão é digno de mim;38 e quem não toma a sua cruz e não mesegue, não é digno de mim.39 Quem acha a sua vida a perderá, equem perde a sua vida por minha causa aencontrará.40 "Quem recebe vocês, recebe a mim; equem me recebe, recebe aquele que meenviou. Mateus 10
  • DecisõesRelacionadas
  • O que você decide hoje podeinfluenciar suas escolhasamanhã, e seus objetivos deamanhã podem influenciarsuas escolhas hoje.
  • 33 Busquem, pois, em primeirolugar o Reino de Deus e a suajustiça, e todas essas coisas lhesserão acrescentadas.34 Portanto, não se preocupemcom o amanhã, pois o amanhãtrará as suas própriaspreocupações. Basta a cada dia oseu próprio mal. Mateus 6
  • O Caso Neemias
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinhamescapado e que restaram do cativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam:Os restantes que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande aflição eopróbrio; também está derribado o muro de Jerusalém, e as suas portas queimadas afogo. 4 Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; econtinuei a jejuar e orar perante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deusgrande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que teamam e guardam os teus mandamentos: 6 Estejam atentos os teus ouvidos e abertos osteus olhos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite,pelos filhos de Israel, teus servos, confessando eu os pecados dos filhos de Israel, quetemos cometido contra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos; 7 na verdade temosprocedido perversamente contra ti, e não temos guardado os mandamentos, nem osestatutos, nem os juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8 Lembra-te, pois, dapalavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirdes, eu vosespalharei por entre os povos; 9 mas se vos converterdes a mim, e guardardes os meusmandamentos e os cumprirdes, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidadedo céu, de lá os ajuntarei e os trarei para o lugar que tenho escolhido para ali fazerhabitar o meu nome. 10 Eles são os teus servos e o teu povo, que resgataste com o teugrande poder e com a tua mão poderosa. 11 Ó Senhor, que estejam atentos os teusouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teus servos que se deleitam em temer oteu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Eraeu então copeiro do rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado o 4 Tendo eu ouvidomuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo.estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei poralguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu, 5 e disse: ÓSenhor, Deus do céu, Deus grande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdiapara com aqueles que te amam e guardam os teus mandamentos: 6 Estejam atentos osteus ouvidos e abertos os teus olhos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hojefaço perante ti, dia e noite, pelos filhos de Israel, teus servos, confessando eu ospecados dos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; sim, eu e a casa de meu paipecamos; 7 na verdade temos procedido perversamente contra ti, e não temosguardado os mandamentos, nem os estatutos, nem os juízos, que ordenaste a teu servoMoisés. 8 Lembra-te, pois, da palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vóstransgredirdes, eu vos espalharei por entre os povos; 9 mas se vos converterdes amim, e guardardes os meus mandamentos e os cumprirdes, ainda que os vossosrejeitados estejam na extremidade do céu, de lá os ajuntarei e os trarei para o lugarque tenho escolhido para ali fazer habitar o meu nome. 10 Eles são os teus servos e oteu povo, que resgataste com o teu grande poder e com a tua mão poderosa. 11 ÓSenhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teusservos que se deleitam em temer o teu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Era eu então copeiro do rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado omuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4 Tendo eu ouvido estaspalavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei ajejuar e orar perante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deusdo céu, Deus grande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdia para comaqueles que te amam e guardam os teus mandamentos: 6 Estejam atentos os teusouvidos e abertos os teus olhos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hoje façoperante ti, dia e noite, pelos filhos de Israel, teus servos, confessando eu os pecadosdos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos;7 na verdade temos procedido perversamente contra ti, e não temos guardado osmandamentos, nem os estatutos, nem os juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8Lembra-te, pois, da palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vóstransgredirdes, eu vos espalharei por entre os povos; 9 mas se vos converterdes amim, e guardardes os meus mandamentos e os cumprirdes, ainda que os vossosrejeitados estejam na extremidade do céu, de lá os ajuntarei e os trarei para o lugarque tenho escolhido para ali fazer habitar o meu nome. 10 Eles são os teus servos e oteu povo, que resgataste com o teu grande poder e com a tua mão poderosa. 11 ÓSenhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teusservos que se deleitam em temer o teu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Era eu então copeiro do rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado omuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4 Tendo eu ouvido estaspalavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orarperante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, queguardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam osteus mandamentos: 6 Estejam atentos os teus ouvidos e abertos os teus olhos, paraouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos de confessando eu os pecados dos filhosIsrael, teus servos,de Israel, que temos cometido contra ti; sim, eu e acasa de meu pai pecamos; 7 na verdade temos procedidoperversamente contra ti, e não temos guardado os mandamentos, nem os estatutos, nemos juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8 Lembra-te, pois, da palavra queordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirdes, eu vos espalharei porentre os povos; 9 mas se vos converterdes a mim, e guardardes os meus mandamentos eos cumprirdes, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidade do céu, de lá osajuntarei e os trarei para o lugar que tenho escolhido para ali fazer habitar o meunome. 10 Eles são os teus servos e o teu povo, que resgataste com o teu grande poder ecom a tua mão poderosa. 11 Ó Senhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração doteu servo, e à oração dos teus servos que se deleitam em temer o teu nome; e fazeprosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Era eu então copeirodo rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado omuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4 Tendo eu ouvido estaspalavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orarperante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, queguardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam osteus mandamentos: 6 Estejam atentos os teus ouvidos e abertos os teus olhos, paraouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos deIsrael, teus servos, confessando eu os pecados dos filhos de Israel, que temos cometidocontra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos; 7 na verdade temos procedidoperversamente contra ti, e não temos guardado os mandamentos, nem os estatutos, nem Lembra-te, pois, daos juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Sevós transgredirdes, eu vos espalharei por entre os povos; 9 mas se vos converterdes amim, e guardardes os meus mandamentos e os cumprirdes, ainda que os vossosrejeitados estejam na extremidade do céu, de lá os ajuntarei e os trarei para o lugarque tenho escolhido para ali fazer habitar o meu nome. 10 Eles são os teus servos e oteu povo, que resgataste com o teu grande poder e com a tua mão poderosa. 11 ÓSenhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teusservos que se deleitam em temer o teu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Era eu então copeiro do rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado omuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4 Tendo eu ouvido estaspalavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orarperante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, queguardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam osteus mandamentos: 6 Estejam atentos os teus ouvidos e abertos os teus olhos, paraouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos deIsrael, teus servos, confessando eu os pecados dos filhos de Israel, que temos cometidocontra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos; 7 na verdade temos procedidoperversamente contra ti, e não temos guardado os mandamentos, nem os estatutos, nemos juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8 Lembra-te, pois, da palavra queordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirdes, eu vos espalharei porentre os povos; 9 mas se vos converterdes a mim, e guardardes os meus mandamentos eos cumprirdes, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidade do céu, de lá osajuntarei e os trarei para o lugar que tenho escolhido para ali fazer habitar o meu 10 Eles são os teus servos e o teu povo, quenome.resgataste com o teu grande poder e com a tuamão poderosa. 11 Ó Senhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração doteu servo, e à oração dos teus servos que se deleitam em temer o teu nome; e fazeprosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. (Era eu então copeirodo rei.)
  • Neemias 11 Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no anovigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2 que veio Hanâni, um de meus irmãos, comalguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram docativeiro, e acerca de Jerusalém. 3 Eles me responderam: Os restantes que ficaram docativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado omuro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4 Tendo eu ouvido estaspalavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orarperante o Deus do céu, 5 e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, queguardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam osteus mandamentos: 6 Estejam atentos os teus ouvidos e abertos os teus olhos, paraouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos deIsrael, teus servos, confessando eu os pecados dos filhos de Israel, que temos cometidocontra ti; sim, eu e a casa de meu pai pecamos; 7 na verdade temos procedidoperversamente contra ti, e não temos guardado os mandamentos, nem os estatutos, nemos juízos, que ordenaste a teu servo Moisés. 8 Lembra-te, pois, da palavra queordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirdes, eu vos espalharei porentre os povos; 9 mas se vos converterdes a mim, e guardardes os meus mandamentos eos cumprirdes, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidade do céu, de lá osajuntarei e os trarei para o lugar que tenho escolhido para ali fazer habitar o meunome. 10 Eles são os teus servos e o teu povo, que resgataste com o teu grande poder ecom a tua mão poderosa. 11 Ó Senhor, que estejam atentos os teus ouvidos à oração doteu servo, e à oração dos teus servos que se deleitam em temer o teu nome; e faze e dá-lhe graça perante esteprosperar hoje o teu servo,homem. (Era eu então copeiro do rei.)
  • Preencha com versículos do texto Valores Tomada Ação ou Sentidos e de Opinião Princípios Decisão• ? • ? • ? • ?• ?? • ?? • ?? • ??
  • O Caso Neemias  Qual era o problema?  Como ele identificou o problema?  Como ele avaliou o problema?
  • EncontrosEncontro 1 Encontro 5Uma Visão Secular Técnicas  Neurolinguística  PROACT itd  Problemas  Sistemática  Motivações  Cultural Encontro 6Encontro 2 TécnicasEm busca de uma visão cristã  Problemas  Como Selecionar?  Por quê?  Princípios & Valores  Uma visão tradicional Encontro 7Encontro 3 TécnicasEncarando o INCA  Objetivo  Imediato  Alternativas  Negativo Encontro 8  Concreto Técnicas  Conseqüências  Agente  TrocasEncontro 4  IncertezasUma outra visão  Tolerância ao Risco  Deus ofertando uma  Decisões Relacionadas liberdade de escolha Caso Neemias