Aristides Luis Madureira [email_address]
 
<ul><li>Documento de Aparecida </li></ul><ul><li>Sínodo da Palavra </li></ul><ul><li>Campanha da Fraternidade 2009 - 2010 ...
<ul><ul><li>É o setor que mais cresce POR QUÊ? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais os desafios desse setor? </li></ul></ul><u...
Administração Participativa <ul><li>A Administração Participativa é uma das idéias mais antigas da administração. Ela nasc...
MODELOS DE ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA <ul><li>Modelo diretivo : o gestor designa a participação de cada funcionário nas d...
<ul><li>Modelo participativo : todas as pessoas expressam suas opiniões de forma livre, onde cada um é responsável por seu...
 
Desafios administrativos Uma organização sem fins lucrativos requer quatro coisas para  funcionar : Um plano – Marketing –...
<ul><li>Da compreensão por parte de todos da  visão , dos  princípios  e dos  valores  do fundador ou idealizador da organ...
Desafios de motivação <ul><li>Quando as pessoas não se sentem parte da atividade Fim </li></ul><ul><li>Quando há uma conce...
<ul><li>A maior ameaça da Igreja hoje  (Doc. Aparecida 13)  </li></ul><ul><li>É a mediocridade, é o fazer de conta, é a hi...
O maior desafio da Igreja hoje   (Doc. Ap. 14)  <ul><li>É não ter medo  (Mt 28,5).  É acreditar na vitória de Cristo ressu...
 
Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo. porque tive fome e me de...
<ul><li>Desenvolver  uma espiritualidade solidária. </li></ul><ul><li>Dar a conhecer as ações evangelizadoras da paróquia....
<ul><li>a) Obras de Misericórdia corporais 1-Dar de comer a quem tem fome; 2-Dar de beber a quem tem sede; 3-vestir os nus...
Material: Cartazes Mensagens Cartilha
I Etapa Reunir equipe Listar Pastorais e movimentos paroquiais Agendar segundo realidade as mensagens a cada mês II Etapa ...
Editora A partilha 0800 9402255 www.editoraapartilha.com.br [email_address]
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Dizimo e as_obras_de_misericordia

2,009

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,009
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
41
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Dizimo e as_obras_de_misericordia

  1. 1. Aristides Luis Madureira [email_address]
  2. 3. <ul><li>Documento de Aparecida </li></ul><ul><li>Sínodo da Palavra </li></ul><ul><li>Campanha da Fraternidade 2009 - 2010 e 2011 </li></ul><ul><ul><li>Fraternidade e segurança pública </li></ul></ul><ul><ul><li>Fraternidade Economia e Vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Fraternidade e Vida no planeta </li></ul></ul>
  3. 4. <ul><ul><li>É o setor que mais cresce POR QUÊ? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais os desafios desse setor? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais as implicações para a Igreja? </li></ul></ul><ul><ul><li>Por incrível que possa parecer, grandes autores da administração buscam desenvolver seus modelos de planejamento estratégico tendo por fonte inspiradora a Igreja enquanto organização . Afinal, ela é a multinacional sem fins lucrativos mais bem sucedida do planeta. </li></ul></ul><ul><ul><li> E J esus , seu fundador, como modelo de gestor </li></ul></ul><ul><li>1º Setor – Estado </li></ul><ul><li>2º Setor – Privado (mercado) </li></ul><ul><li>3º Setor – Não governamental, não é de mercado e sem fins lucrativos </li></ul>
  4. 5. Administração Participativa <ul><li>A Administração Participativa é uma das idéias mais antigas da administração. Ela nasceu na Grécia com a invenção da democracia. Continua a ser uma idéia moderna, que integra as práticas mais avançadas e é considerada um dos novos paradigmas da administração. </li></ul>
  5. 6. MODELOS DE ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA <ul><li>Modelo diretivo : o gestor designa a participação de cada funcionário nas decisões. </li></ul><ul><li> Problemas do modelo diretivo: </li></ul><ul><li>Ineficiência global do sistema; </li></ul><ul><li>Fragilidade da empresa; </li></ul><ul><li>Insatisfação e desmotivação dos trabalhadores; </li></ul><ul><li>Autoritarismo. </li></ul><ul><li>Obs.: As organizações que utilizam o modelo diretivo são denominadas mecanicistas. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Modelo participativo : todas as pessoas expressam suas opiniões de forma livre, onde cada um é responsável por seu desempenho e comportamento. </li></ul><ul><li>Obs.: As organizações que seguem o modelo participativo são chamadas de orgânicas. </li></ul>MODELO DIRETIVO MODELO PARTICIPATIVO AUTORIDADE HIERARQUIA OBEDIÊNCIA AUTOGESTÃO DISCIPLINA AUTONOMIA
  7. 9. Desafios administrativos Uma organização sem fins lucrativos requer quatro coisas para funcionar : Um plano – Marketing – Pessoas – Dinheiro Peter Drucker 1º Grupo - Funcionários 2º Grupo - Voluntários ( agentes pastorais e outros ) 3º Grupo – Fiéis ( Todo Batizado )
  8. 10. <ul><li>Da compreensão por parte de todos da visão , dos princípios e dos valores do fundador ou idealizador da organização. </li></ul>O sucesso da Atividade Fim depende: Atividade Fim Evangelização Anúncio Implantação do Reino
  9. 11. Desafios de motivação <ul><li>Quando as pessoas não se sentem parte da atividade Fim </li></ul><ul><li>Quando há uma concentração nos esforços dos afazeres paroquiais na atividade meio </li></ul><ul><li>Falta de uma visão ampla sobre a Instituição </li></ul><ul><li>Não se sentem membros efetivos dos afazeres da Instituição </li></ul><ul><li>Quando há dúvidas sobre os métodos administrativos adotados </li></ul><ul><li>A falta de transparência na administração </li></ul><ul><li>... </li></ul>
  10. 12. <ul><li>A maior ameaça da Igreja hoje (Doc. Aparecida 13) </li></ul><ul><li>É a mediocridade, é o fazer de conta, é a hipocrisia, o comodismo, é um cristianismo de fachada, só de aparência. É a repetição de fórmulas, é reduzir a nossa fé a algumas normas, proibições ou devoções fragmentadas, participação ocasional. </li></ul>
  11. 13. O maior desafio da Igreja hoje (Doc. Ap. 14) <ul><li>É não ter medo (Mt 28,5). É acreditar na vitória de Cristo ressuscitado que nos estimula à conversão e a manter viva a esperança que não engana.  É, sobretudo mostrar a capacidade  para promover e formar discípulos e missionários que respondam à vocação recebida e comuniquem por toda parte, transbordando de gratidão e alegria, o dom do encontro com Jesus Cristo. Não temos outro tesouro a não ser este. Não temos outra felicidade nem outra prioridade senão a de sermos instrumentos do Espírito de Deus na Igreja, para que Cristo seja encontrado, seguido, amado, adorado, anunciado e comunicado a todos, não obstante todas as dificuldades e resistências. Este é o melhor serviço - o seu serviço! - que a Igreja deve oferecer às pessoas e nações&quot;. </li></ul>
  12. 15. Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo. porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim. Perguntar-lhe-ão os justos: - Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos? Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar? Responderá o Rei: - Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes.
  13. 16. <ul><li>Desenvolver uma espiritualidade solidária. </li></ul><ul><li>Dar a conhecer as ações evangelizadoras da paróquia. </li></ul><ul><li>Envolver as pastorais, movimentos e outros organismos na conscientização do dízimo. </li></ul><ul><li>Possibilitar experiências de misericórdia de modo individual e coletivo. </li></ul><ul><li>Aumentar o número de dizimistas e a arrecadação mensal. </li></ul><ul><li>Auxiliar as equipes com ideias e atividades de evangelização. </li></ul><ul><li>Promover um ano de trabalhos da pastoral que dispense falar diretamente sobre a questão dinheiro. </li></ul><ul><li>Despertar o sentido de pertença dos fiéis para com a comunidade. </li></ul><ul><li>Animar os dizimistas inadimplentes ao retorno da devolução. </li></ul><ul><li>Manter a perseverança dos dizimistas. </li></ul><ul><li>Animar as celebrações mensais do dízimo. </li></ul><ul><li>Melhorar o relacionamento entre as pastorais e os movimentos com a pastoral do dízimo. </li></ul><ul><li>Despertar os agentes de pastorais à fidelidade da devolução do dízimo na paróquia. </li></ul><ul><li>Auxiliar aos sacerdotes com elementos práticos para o desenvolvimento das homilias; principalmente àqueles que apresentam dificuldades em abordar o tema dízimo e ofertas em público. </li></ul><ul><li>Promover ações sociais em benefício de instituições ligadas à paróquia. </li></ul><ul><li>Valorizar e promover o trabalho voluntário na paróquia. </li></ul><ul><li>Melhorar a estima e o orgulho (positivo) de ser católico nos batizados. </li></ul><ul><li>Traz à realidade social os alienados e indiferentes. </li></ul><ul><li>Propicia a comunhão fraterna da família cristã. </li></ul>
  14. 17. <ul><li>a) Obras de Misericórdia corporais 1-Dar de comer a quem tem fome; 2-Dar de beber a quem tem sede; 3-vestir os nus; 4-visitar os doentes; 5-visitar os presos; 6-acolher os peregrinos; 7-enterrar os mortos. </li></ul><ul><li>b)Obras de Misericórdia Espirituais 1-dar bom conselho; 2-corrigir os que erram; 3-ensinar os ignorantes; 4-suportar com paciência as fraquezas do próximo; 5-consolar os aflitos; 6-perdoar os que nos ofenderam; 7-rezar pelos vivos e pelos mortos. </li></ul>
  15. 18. Material: Cartazes Mensagens Cartilha
  16. 19. I Etapa Reunir equipe Listar Pastorais e movimentos paroquiais Agendar segundo realidade as mensagens a cada mês II Etapa Pastoral do Dízimo entra em contato com coordenadores Listar atividades de cada organismo Elaborar e desenvolver as atividades para cada mês Instituir um final de semana para a PD III Etapa Celebração de abertura Celebração de encerramento É fundamental a participação do sacerdote ao longo do processo
  17. 20. Editora A partilha 0800 9402255 www.editoraapartilha.com.br [email_address]
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×