DEPOIS DE xxxx a 30-10 COLOCAR A FOTO DA ETELVINA
DEPOIS DE 30-10 COLOCAR A FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL
DEPOIS da  FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL Coloca foto do popcard
DEPOIS da  FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL Coloca foto do popcard
 
Após 6-11 a 20-11 colocar foto
 
 
Colocar 2 fotos após lançamento (3/12)
Colocar 2 fotos após lançamento (3/12)
 
 
 
<ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </l...
<ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </l...
çã
<ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </l...
<ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </l...
 
 
4 - As habilidades desenvolvidas possibilitam aos beneficiários lidarem com processos mais complexos de confecção e produç...
4 -  Os beneficiários do projeto ampliaram seu acesso a direitos (prioritariamente trabalho, saúde e educação) 3 - Foram c...
4 - Houve melhora na salubridade e os beneficiários reconhecem os benefícios dessa melhora.  1 - O projeto previa  ações v...
4 - Percebeu-se mudança significativa na produtidade. Tempo e recursos foram comprovadamente otimizados.  1 - O projeto pr...
4 - Constatou-se melhorias nos vários aspectos da comercialização e os produtos apresentaram boa aceitação no mercado. 3 -...
4 - Novos parcerios foram agregados ao projeto, assegurando melhores condições de sustentabilidade a iniciativa. 1 - O pro...
4 - O projeto provocou movimentos coletivos de mudança de comportamento em relação a questões ambientais. Iniciativas comu...
4 - Foi possível observar uma multiplicação de práticas e tecnologias desenvolvidas pelo projeto nas atividades da comunid...
4 - O universitário aprimorou sua competência técnica na área de atuação escolhida e consegue reconhecer o impacto dessa s...
4 - As contribuições advindas do projeto propiciaram um enriquecimento dos conteúdos trabalhados pela universidade. 3 - As...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cronograma de ações 2007-2008

702 views
640 views

Published on

Cronograma de ações agosto de 2007 a março de 2008

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
702
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
136
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cronograma de ações 2007-2008

  1. 12. DEPOIS DE xxxx a 30-10 COLOCAR A FOTO DA ETELVINA
  2. 13. DEPOIS DE 30-10 COLOCAR A FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL
  3. 14. DEPOIS da FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL Coloca foto do popcard
  4. 15. DEPOIS da FOTO DOS PASSAROS DE STENCIL Coloca foto do popcard
  5. 17. Após 6-11 a 20-11 colocar foto
  6. 20. Colocar 2 fotos após lançamento (3/12)
  7. 21. Colocar 2 fotos após lançamento (3/12)
  8. 25. <ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </li></ul><ul><li>Bolsa colorida-peB </li></ul><ul><li>Camiseta desenhada </li></ul>
  9. 26. <ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </li></ul><ul><li>Bolsa colorida-peB </li></ul><ul><li>Camiseta desenhada </li></ul>
  10. 27. çã
  11. 28. <ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </li></ul><ul><li>Bolsa colorida-peB </li></ul><ul><li>Camiseta desenhada </li></ul>
  12. 29. <ul><li>Colocar 4 fotos após fechamento das bolsas </li></ul><ul><li>-Ju dando aula </li></ul><ul><li>-Daniel viajando </li></ul><ul><li>Bolsa colorida-peB </li></ul><ul><li>Camiseta desenhada </li></ul>
  13. 32. 4 - As habilidades desenvolvidas possibilitam aos beneficiários lidarem com processos mais complexos de confecção e produção de produtos e resultam na diversificação de produtos e serviços. 3 - As habilidades profissionais desenvolvidas são restritas ao desenvolvimento de tarefas ou produtos que seguem o plano original de trabalho. 2 - Foram realizados treinamentos em várias áreas, mas os beneficiários não tiveram tempo ou oportunidades de colocar em prática. 1 - As atividades de capacitação previstas não foram implementadas Aprimoramento das habilidades profissionais Desenvolvimento de novas competências Beneficiários         4 - Os beneficiários do projeto demonstram um aumento em sua auto-confiança, têm uma atitude proativa e encontram-se instrumentalizados para expressar e buscar a satisfação de suas necessidades/ prioridades também em orgãos de representação de cidadãos (conselhos, ouvidorias) exercendo papéis de agentes de desenvolvimento (liderança) na comunidade. 3 - Os beneficiários do projeto demonstram um aumento em sua auto-confiança, conseguem eleger necessidades/ prioridades e assumir uma atitude proativa para satisfazê-las, também com públicos externos ao projeto. 2 - Os beneficiários do projeto demonstram um aumento em sua auto-confiança. Estão mais conscientes de suas potencialidades e mais seguros em sua forma de expressão dentro do grupo de trabalho. 1 - O projeto desenvolveu ações insuficientes para promover o empoderamento dos beneficiários. Empoderamento dos beneficiários Indivíduos/organizações assumem novos papéis Beneficiários Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  14. 33. 4 - Os beneficiários do projeto ampliaram seu acesso a direitos (prioritariamente trabalho, saúde e educação) 3 - Foram criadas novas oportunidades de trabalho que proporcionaram segurança alimentar ao beneficiário e sua família. 2 - A partir das ações do projeto, os beneficiários passaram a acreditar que podiam criar e desenvolver formas alternativas de trabalho (visualização de novos horizontes) 1 - O projeto desenvolveu ações insuficientes para promover uma melhoria na qualidade de vida dos beneficiários. Melhoria na qualidade de vida (trabalho, saúde e educação) Ampliação de rede de relacionamentos Beneficiários         4 - Foram criadas condições efetivas de incremento de renda e os beneficários já usufruem desse resultado. 3 - Foram criadas as condições necessárias para o incremento de renda. Em pouco tempo os beneficiários poderão usufuir dessas melhorias. 2 - Apenas as primeiras ações que levariam a melhoria de renda foram implementadas. Não chegou-se a condições mínimas que levariam a melhoria da renda. 1 - Não foram implementas as ações previstas para melhoria de renda Incremento de renda Incremento de renda Beneficiários Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  15. 34. 4 - Houve melhora na salubridade e os beneficiários reconhecem os benefícios dessa melhora. 1 - O projeto previa ações voltadas à melhoria da salubridade que não foram implementadas. Melhores condições de segurança e salubridade Desenvolvimento de novas competências Beneficiários / iniciativas         4 - Beneficiários do projeto passaram atuar como multiplicadores das metodologias utilizadas/desenvolvidas no projeto. 1 - O projeto previa a formação de multiplicadores, mas isto não ocorreu ou ocorreu de forma precária. Beneficiários do projeto atuam na capacitação de outros participantes do projeto; no envolvimento de outros atores da comunidade para o desenvolvimento do projeto; - Treinamento de multiplicadores locais; Desenvolvimento de novas competências Beneficiários Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  16. 35. 4 - Percebeu-se mudança significativa na produtidade. Tempo e recursos foram comprovadamente otimizados. 1 - O projeto previa atividades voltadas à melhoria da produtividade que não foram implementadas ou não atingiram o resultado esperado. Melhoria na produtividade Melhorias na gestão e produção e comercialização Beneficiários / iniciativas         4 - A partir do projeto, a organização foi formalizada e possui bases mínimas de sustentação (política, organizacional e financeira) 3 - O grupo vem crescentemente se organizando na direção da formalização da iniciativa. 2 - Percebe-se no grupo uma conscientização quanto à importância da formalização da iniciativa, ainda não acompanhada das ações a serem desenvolvidas nesse sentido. 1 - Não foi possível perceber no projeto nenhum movimento do grupo em direção à organização para a formalização da iniciativa. Formalização das iniciativas (em cooperativas, associações, etc) Melhorias na gestão e produção e comercialização Beneficiários / iniciativas Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  17. 36. 4 - Constatou-se melhorias nos vários aspectos da comercialização e os produtos apresentaram boa aceitação no mercado. 3 - Houve melhorias no processo de comercialização, mas o mercado não respondeu satisfatoriamente a elas. Não houve demanda para o produto desenvolvido ou ela não atingiu o nível esperado. 2 - Os beneficiários passaram por treinamentos nestas áreas, mas não colocaram em prática os novos conhecimentos adquiridos. 1 - O projeto previa atividades voltadas à melhoria da comercialização que não foram implementadas. Melhoria da comercialização (distribuição, comunicação, etc..) Melhorias na gestão e produção e comercialização Beneficiários / iniciativas         4 - Foi observada uma melhoria no produto, em seu armazenamento/ conservação e também em sua apresentação (embalagem, precificação) 3 - Além da melhoria no produto em si, observou-se melhoria em suas formas de armazenamento e conservação. 2 - Observou-se uma melhoria de natureza intrínseca na qualidade dos produtos. 1 - Não houve melhoria na qualidade dos produtos. Melhoria da qualidade dos produtos Melhorias na gestão e produção e comercialização Beneficiários / iniciativas Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  18. 37. 4 - Novos parcerios foram agregados ao projeto, assegurando melhores condições de sustentabilidade a iniciativa. 1 - O projeto não ampliou o rol de parcerias desde o início do projeto. Novas parcerias estratégicas que não envolveram aporte financeiro Ampliação da rede de relacionamentos Beneficiários / iniciativas         4 - Os benefiários tiveram acesso a novas oportunidades de negócio durante a execução. 1 - O projeto não chegou até a fase de comercialização de produtos. Concretização de novas oportunidades de negócio Captação e gestão de recursos - acesso a fianciamentos; novas formas de captação de recursos Beneficiários / iniciativas         4 - Foi possível perceber relevante melhoria na infraestrutura. 1 - Não houve melhoria na infra-estrutura ou ela não influenciou diretamente o processo de produção. Melhoria na infraestrutura para a produção Melhorias na gestão e produção e comercialização Beneficiários / iniciativas Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  19. 38. 4 - O projeto provocou movimentos coletivos de mudança de comportamento em relação a questões ambientais. Iniciativas comunitárias de conservação (coleta seletiva em bairros, acordos com catadores, etc) 3 - O projeto provocou mudanças atitudinais em indivíduos. Alguns adotaram práticas de conservação no cotidiano (reciclagem, economia de água, diminuição do uso de sacolas plásticas). 2 - O projeto desenvolveu atividades de educação ambiental que se mostraram insuficientes para sensibilizar a comunidade da importância do tema no seu cotidiano (sim a natureza está em degradação por culpa do homem, não posso fazer nada) 1 - O projeto previu atividades de educação ambiental que não foram implementadas. Ampliação da consciência socioambiental Mudanças de hábitos na interação com o meio ambiente Comunidade (entorno do projeto)         4 - O projeto conseguiu outros financiamentos para atividades relacionadas às suas ações. 1 - Não foram fomentadas ou empreendidas iniciativas de captação de recursos para continuidade do projeto. Acesso a financiamentos (governamentais ou não) Captação e gestão de recursos - acesso a fianciamentos; novas formas de captação de recursos Beneficiários / iniciativas Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  20. 39. 4 - Foi possível observar uma multiplicação de práticas e tecnologias desenvolvidas pelo projeto nas atividades da comunidade do entorno. 1 - Não houve apropriação por parte da comunidade de nenhuma das práticas e tecnologias desenvolvidas. Apropriação das práticas e tecnologias por parte da comunidade Ampliação da rede de relacionamentos Comunidade (entorno do projeto)         4 - O projeto apresentou evidências de mudanças de hábitos de consumo na comunidade do entorno do projeto. 1- O projeto previu intervenções visando a mudança de hábitos relacionados a consumo que não foram implementadas. Mudanças de hábitos - consumo de produtos fruto das atividades do projeto Melhorias na gestão e produção e comercialização Comunidade (entorno do projeto) Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  21. 40. 4 - O universitário aprimorou sua competência técnica na área de atuação escolhida e consegue reconhecer o impacto dessa sua atuação nos âmbitos social, ambiental e econômico. 3 - A opção pela especialidade técnica dentro de sua área de formação foi definida ou consolidada com base em sua participação no projeto. 2 - O universitário entrou em contato com uma realidade social diferente da sua própria e ampliou conhecimentos técnicos e repertório cultural. 1 - O universitário não sofreu influências significativas do projeto em sua formação enquanto profissional Construção da identidade profissional: influência do projeto na formação do universitário enquanto profissional Desenvolvimento de novas competências Universitários         4 - Os universitários apreenderam conteúdos específicos para o trabalho com projetos sociais, puderam realizar uma aproximação entre teoria e prática, e desenvolveram a habilidade de trabalhar e dialogar com os diferentes grupos parte dos projetos. 3 - Os universitários apresentaram boa evolução em conhecimentos específicos e puderam realizar uma aproximação consistente entre a teoria aprendida na universidade e a prática do projeto. 2 - As atividades de capacitação propiciaram aos universitários o conhecimento de conteúdos específicos (sobre meio ambiente, etc) necessários ao trabalho em projetos sociais. 1 - As atividades de capacitação desenvolvidas foram insuficientes para o desenvolvimento de competências necessárias ao trabalho em projetos sociais. Capacitação para o trabalho em projetos sociais Desenvolvimento de novas competências Universitários Categorias Indicadores Macro Indicador Público
  22. 41. 4 - As contribuições advindas do projeto propiciaram um enriquecimento dos conteúdos trabalhados pela universidade. 3 - As contribuições advindas do projeto trouxeram um enriquecimento dos conteúdos trabalhados em disciplinas afins (de professores não envolvidos diretamente com o projeto). 2 - As contribuições advindas do projeto restringiram-se ao enriquecimento dos conteúdos trabalhados nas disciplinas dos professores diretamente envolvidos com o projeto. 1 - Não houve nenhuma contribuição nesse sentido. Contribuição do projeto para o aprimoramento das práticas na universidade Desenvolvimento de novas competências Universidades         4 - A universidade busca, em trabalho conjunto aos coordenadores, recursos externos a ela mesma para o desenvolvimento do projeto. 3 - A universidade realiza investimentos complementares para o desenvolvimento do projeto (bolsas para estudantes) 2 - A universidade disponibiliza infra-estrutura existente para o desenvolvimento do projeto (por ex. condução para alunos) 1 - A universidade apenas autoriza formalmente o desenvolvimento do projeto. Grau de comprometimento da universidade com o projeto Estímulo a ações coletivas em prol de uma causa - mobilização Universidades         4 - Mais de 50% dos envolvidos afi rmaram que, depois do projeto, passaram a se interessar por outras iniciativas sociais. (incluir no questionário a solicitação desses dados quantitativos). 1 - Mais de 50% dos envolvidos afirmaram, depois do projeto, que não se interessam em participar de outras iniciativas sociais. Envolvimento em outras iniciativas sociais Ampliação da rede relacionamentos Universitários Categorias Indicadores Macro Indicador Público

×