edição 191
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

edição 191

on

  • 2,578 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,578
Slideshare-icon Views on SlideShare
2,493
Embed Views
85

Actions

Likes
2
Downloads
22
Comments
0

1 Embed 85

http://www.ozebunobrasil.com.br 85

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    edição 191 edição 191 Document Transcript

    • expediente Diretores: ozebu Gustavo Miguel . |34|9142-5081 José Maria de Matos Filho . |34| 9107-9381 Jornalista responsável: Helena Cunha da Matta / MTB MG-07231 Circulação e assinaturas: assinatura@ozebunobrasil.com.br Departamento jurídico: Cláudio Batista Andrade Departamento comercial: Cláudia Monteiro |34| 9142.5082 claudia@ozebunobrasil.com.br Ricardo Miguel |34| 9142.4985 ricardomiguel@ozebunobrasil.com.br Luiz Moreira |34| 8802-8849 luizmoreira@ozebunobrasil.com.br Diagramação Dudu Assis e Thiago Ferreira criacaozebunobrasil@gmail.com Impressão: Gráfica 3 Pinti - Uberaba/MG Publicação periódica da Rotal Editora e Orientação Técnica Ltda. CNPJ/MF 04.967.331/0001-56 Redação, Publicidade e Administração: Av. Leopoldino de Oliveira, 303 - Sala 02 38081-000 • Uberaba/MG • |34| 3313.0371 www.ozebunobrasil.com.br ozebunobrasil@ozebunobrasil.com.br Fundador: Adib Miguel O Zebu no Brasil é marca registrada sob o nº 815672454, junto ao INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) Circulação Gratuita ‘Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores. As matérias publicadas podem ser reproduzidas desde que citadas a fonte. Reserva de anúncios: |34| 3313-0371 / 3077-3934 Críticas e sugestões: ozebunobrasil@ozebunobrasil.com.br Nossa Capa: Na primeira edição do ano, a Agrope- cuária RM Nelore, de Reinaldo e Márcia Caravellas, traz na capa Beverly da Fort. VR e ainda apresenta outros cinco dos melhores animais deste plantel formado há pouco mais de três anos. O pouco tempo no mercado não impediu que FOTO: JmmATOs os pecuaristas e equipe adquirissem a melhor genética Nelore e entrassem no segmento com qualidade e competitivi- dade. • • • Foto: Gustavo Miguel02 ozebu
    • editorial ozebu M ais uma edição da revista O Zebu chega às mãos dos pecuaristas. A primeira edição de 2012 traz diversas matérias e artigos re- lacionados a assuntos da atualidade. Nesta revista os leitores poderão conhecer um pouco mais sobre o Neem, árvore de origem indiana que há mais de quatro mil anos é utilizada nos mais diversos tra- tamentos e atualmente desperta grande interesse da classe científica, inclusive na produção animal, pelo efeito repelente em carrapatos e moscas-dos- chifres, os maiores inimigos da pecuária brasileira. Outra matéria interessante é a entrevista com o veterinário José Abílio que fala da importân- cia do casqueamento para o manejo do gado e ex- plica passo a passo como o trabalho é feito, contri- buindo para a saúde e bom desempenho do animal. Para a raça Brahman, trazemos infor- mações sobre a nova diretoria da Associação do Brahman. Além disso, os criadores de Guzerá poderão conferir o resultado do ranking nacio- nal da raça. Para a raça Gir, o resultado da Feilei- te foi muito positivo e a raça bateu novo recorde leiteiro na Fenagro. Entre as recordistas está a Vaca Adulta Iáiá, do pecuarista Dilson Cordeiro. Aproveitamos a oportunidade para agradecer a to- dos clientes e colaboradores que estiveram conosco durante todo o ano de 2011. Nosso muito obrigado pela parceria, confiança e amizade. Que este ano que se inicia seja muito próspero para a pecuária!FOTO: JmmATOs ozebu 03
    • ozebu 191 índice 52 18 64 12 81 emais07 :: Expoinel Mineira espera reunir mais de 42 :: Utilização de touro Gir Leiteiro para 73 :: Show de genética em Sertãozinhomil animais produção de receptoras zebuínas 74 :: Alta Genetics bate novo recorde12 :: Progênie do Touro 7308 PO Perdizes 46 :: Recorde mundial de produção de leite é 76 :: Casqueamentoleva superioridade genética para o campo quebrado na Fenagro 2011 78 :: ABS Pecplan apresenta cinco14 :: Flash Nelore 48 :: Flash Gir novos touros18 :: Avaliação Genética, a maneira de 52 :: Guzerá homenageia melhores do ranking 80 :: Cenário agropecuárioaprimorar o plantel 84 :: Mitos e verdades sobre carne bovina 56 :: Definido Conselho da ACBB para biênio 86 :: Retrospectiva Leilão Emoções20 :: Emapa, evento de peso em 2012 2012-2014 88 :: Leilões da Feileite faturam22 :: Nelore Fest 2011 58 :: Leilão Matrizes Milagrosas é o grande R$ 5,3 milhões30 :: Ranchi comemora 15 anos sucesso da raça Tabapuã 91 :: IMA fiscaliza alimentação de ruminantes34 :: Rufo FIV da Valônia, o Melhor Macho 60 :: Tamanho da vaca de corte e a produção 93 :: Bezerra saudável e bem nutridaJovem do Ranking de bezerros 95 :: Governo prorroga prazo para38 :: Fazenda Farofa liquida plantel 64 :: Um zebuíno genuinamente nacional Georreferênciamento40 :: Reserva Legal 68 :: Neem avança no agronegócio04 ozebu
    • Nelore ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 05
    • nelore FOTO: JmmATOs06 ozebu
    • Expoinel Mineiraespera reunir mais expoinel Minasde mil animais LEILÕES OFICIAIS DA EXPOINEL MINAS 2012: O parque Fernando Costa mais R$230. Estarão disponíveis 1.500 09 de Fevereiro – Quinta-feira – 20huma vez será o local de encontro argolas, segundo o gestor executi- Leilão “Liquidação Nelore Paulicéia”dos neloristas. No início de fe- vo da AMCN, Loy Rocha. Local: Tattersal ABCZ Promotor: Nelore Paulicéiavereiro será realizada mais uma Durante a 5ª edição da feiraedição da Expoinel Minas, pro- ainda serão realizados seis leilões 10 de Fevereiro – Sexta-feira – 20hmovida pela Associação Mineira oficiais que ofertarão animais e ge- Leilão: “MINAS DE OURO” Local: Tattersal ABCZdos Criadores de Nelore (AMCN). nética nelore dos principais criató- Promotores: Baluarte Agropecuária,Para 2012, a expectativa é supe- rios do Brasil, entre eles o II Leilão Agropecuária Mafra, Dorival Bianchi erar os números deste ano. Exclusive, promovido pela Rima- Nelore Colorado. Os julgamentos da feira têm Agropecuária e Nelore Cristal. O 11 de Fevereiro – Sábado – 13hinício no dia 06 de fevereiro e os remate acontece no dia 11 de feve- Leilão “II LEILÃO EXCLUSIVE”Grandes Campeões serão conheci- reiro, às 13h, no Tatersal ABCZ. Local: Tattersal ABCZdos no dia 12. Para realizar as ins- No ano passado, a Expoinel Promotores: Rima Agropecuária / Nelore Cristalcrições dos animais, o valor da ar- Mineira reuniu mais de 1000 ani-gola até o dia 20 de dezembro é de mais, não só de Minas Gerais, mas 12 de Fevereiro – Domingo – 12hR$220 por animal, até o 15º, do 16º também de outros estados como Leilão Virtual de Produção “Neloreem diante o preço cai para R$200. São Paulo, Paraná e Goiás. Du- Integral” Local: Tattersal ABCZApós o dia 20 de dezembro, o cus- rante a exposição foram realiza- Promotores: Nelore Integralto da argola é de R$250 por ani- dos cinco leilões, um a menos quemal, a partir do 16º o valor fica em os programados para 2012. ozebu 07
    • neloreProgênie do Touro 7308 POPerdizes leva superioridadegenética para o campo Em 2009, eram 70 descendentes. criadores de diversos estados adqui- comprar tantas doses dele foi a pro-Hoje, o touro 7308 PO Perdizes pos- riram doses do touro, comprovando va (DEPs) e o que nos motivou maissui mais de 500 filhos avaliados pelo que a genética não tem fronteira e ainda foi um touro com pontuação.Programa de Melhoramento Genéti- a biotecnologia da inseminação ar- E é lindo, fenotipicamente falando.co da Raça Nelore (PMGRN) desen- tificial cumpre o seu papel de demo- Quem não quer o bonito, pesado evolvido pela Associação Nacional de cratizar esta genética melhoradora”, precoce?”, explica Lúcio Cornachini,Criadores e Pesquisadores (ANCP). afirma Ricardo Abreu, gerente de diretor da empresa. Ele acredita queHá quase três anos, o 7308 PO Per- produto de corte da CRV Lagoa. o resultado será um rebanho produti-dizes faz parte da bateria de touros Desse total, a Agropecuária San- vo e com ótima caracterização fenotí-da CRV Lagoa e a venda de doses de ta Bárbara, com sede localizada pica. “Esperamos que ele nos dê isto,sêmen convencional e sexado já ul- no estado do Pará, adquiriu a fatia peso e precocidade com muita raça”.trapassam a casa dos 60 mil. “Vários de 22 mil doses. “O que nos levou a Fabiano Araújo, médico veteri-12 ozebu
    • nário da Aval Serviços Tecnológicose consultor em melhoramento gené- Destaque absoluto nastico, conhece bem a progênie do tou-ro. Desde 2008 aplica a genética em avaliações da ANCP ograndes fazendas do país como Bea- touro já possui 509 filhosbisa, Alô Brasil, entre outras. Araújojá está na terceira safra do produto avaliados pela entidade ecom mais de 300 filhos nascidos. “O mais de 60 mil doses de7308 é o líder entre os três melhores sêmen comercializadastouros utilizados pela empresa”, afir-ma. Em relação aos machos, apre- pela CRV Lagoa.sentam excelente peso a desmama,peso após desmama e são muito bem bém se caracterizam por excelente taques para crescimento e qualidadecaracterizados com expressão feno- conformação de carcaça. de carcaça, todos sem exceção erammenal para o Nelore. “Nossa expec- A Fazenda Perdizes iniciou a ava- filhos do 7308 PO Perdizes. “Nãotativa agora é com as filhas dele, na liação genética do seu rebanho no quero antecipar resultados, paracaracterística habilidade materna”. PAINT em 2011 e para Marcelo Al- isto existe a avaliação genética. Há Com filhos avaliados em teste de meida, gerente de produto PAINT, um longo caminho a ser percorrido eprogênie pelo PAINT, Programa de “Até o momento já realizamos a o touro 7308 precisa comprovar suaMelhoramento Genético de Raças avaliação de desmama, isto corres- competência no período pós desma-de Corte da CRV Lagoa, os descen- ponde a cerca de 40% da avaliação ma, fase que se constitui no maiordentes do touro 7308 são de elevada final, sobre a qual é calculado o ín- desafio para os animais com verda-velocidade de ganho de peso, mus- dice PAINT”. Um fato que chamou deira eficiência de produção a pasto.culosidade proeminente no posterior a atenção Almeida é que entre os Até aqui ele o fez com muita compe-aliado a ótimo padrão racial. Tam- animais avaliados, os maiores des- tência”, afirma. ozebu 13
    • flash nelore Alfredo e Beto Gustavo, Aloisio Barros, Ricardo Vicintin e Celso Barros Solange, Macarrão e Guilherme Roberto Bavaresco, Julio Stampa, João Fontes e Paulo José Carvalho Rodrigo e Osvaldo Ricardo e Elaine Wagner, Ronan e João Gabriel Fred, Ricardo, Fabiano, Dindo, Breno e Dario César e Norberto14 ozebu
    • flash nelore o, bel, João Francisc Manoel, Maria Isa rolina a Ca João Marcos e An Arnaldo Manoel e equipe CRV Lagoa Wellington Muniz e Sabrina Sato do programa Pânico na TV , animando os convidados Emerson Fittipaldi e Alexandre Biagi Ronan, Betinho, Pedro e Leandro Norival Bonamiche e Hellen Pereira Vinicius e Paula Márcia e Marcelo Costa Marcelo Mendonça, Marcelo Traldi, Wilson Rodrigues, Renato Ferreira e João Gabriel16 ozebu 18
    • neloreAvaliação Genética,a maneira de aprimorar o plantel Muito tem se falado em avalia- Cara Limpa faz inspeção de todos anuais, controlamos a Circunfe-ção genética do rebanho. Este tra- esses animais antes de cadastrar rência Escrotal de 9 a 18 meses e aíbalho é fundamental para aumen- no programa, faz a escolha dos sim cadastramos esses dados den-tar a produtividade da pecuária por indivíduos com alto potencial de tro do sistema. Posteriormente, osmeio do melhoramento genético das caracterização genética já que por dados são analisados e checados,raças. A Associação Nacional dos mais que temos e devemos respei- comparando filhos de um únicoCriadores e Pesquisadores (ANCP), tar os números, nós criamos uma reprodutor, mas que nasceram emfundada há mais de 30 anos, tra- raça, com padrão racial registrado diversas fazendas.”balha com a avaliação genética das no Ministério da Agricultura. A Como no Brasil o clima é to-raças Nelore, Brahman, Guzerá e ABCZ é a delegada do MAPA para talmente distinto dependendo doTabapuã, possibilitando ao criador ser a guardiã desses registros.” local, ele passa por variabilida-o aprimoramento do plantel. Respeitando as características de de temperatura que influencia O consultor da ANCP, Walter raciais e o grupamento genético, na qualidade de forragem e solo.Domingues da Silva Junior, ex- as avaliações possibilitam identi- “Para que eu possa comparar osplica que a Associação realiza a ficar o patamar do rebanho. Se- animais tenho que considerar queavaliação genética a partir de um gundo o consultor da ANCP, isso o ambiente é igual para todos.”padrão bem definido. “Em um acontece após duas ou três avalia- Em segundo momento, Walterprimeiro momento, o rebanho é ções genéticas. “Na primeira fase explica que não é possível compa-submetido à avaliação, seja PO ocorre a coleta de dados do re- rar uma fêmea que teve o parto emou Cara Limpa. Nas fazendas de banho, fazemos quatro pesagens maio e pegará a seca pela frente,18 ozebu
    • com outra que pariu em setembroou outubro, por exemplo. “Nestecaso é importante que tenha im-plantado na fazenda uma estaçãode monta e assim crie uma safra deanimais, sendo possível identificarcom muita facilidade os destaquesdessa safra. Além dos números,muitas vezes temos condições dedetectar visualmente.” Esse é um dos conceitos para aavaliação. A primeira condição éda estação de monta para que crieo lote de contemporâneo. Em umsegundo momento é preciso sabero que esses animais comeram eentão serão separados em lote demanejo, completa. sistema pede o regime alimentar, zar o fundo dos animais.” Para O trabalho é realizado a partir explica Walter. Nesse momento, o o consultor, este tipo de seleçãoda Diferença Estimada de Progê- técnico já tem condições de reali- onde contemplam todos esses fa-nie (DEP), ou seja, a diferença de zar a avaliação genética. “O pro- tores é o sonho de todo programaganho de filhos de diversos touros. fissional pega todos esses dados e de melhoramento genético. Isso“Eu não posso ter 50 animais, fi- leva para a base em um software não é simples. Após a avaliaçãolhos de um único pai, senão não de controle onde é feita a compa- genética a ANCP publica o sumá-tenho com quem compará-los. Te- ração final. Antes disso, as infor- rio de touros, que traz o resultadonho que ter filhos de diversos pais mações passam pela consistên- cia das avaliações tanto dos animais,para criar uma média para aque- de dados. Não posso despre- quanto dos pais.le lote, vejo o quanto o animal sedesvia da média e vou evoluindomeus cálculos. Para que a gentetenha avaliação genética, a pri-meira coisa que tenho que ter de-talhadamente é a identificação dos Como no Brasilanimais, saber quem são os pais. o clima é totalmenteSe for PO trago o pedigree e se nãoé, não tem o pedigree reconhecido distinto dependendopela ABCZ, preciso de escritu- do local, ele passa porração zootécnica que me variabilidade defaculte uma consulta temperatura queque seja confiável.” influencia na qualidade Posteriormente, asinformações desses ani- de forragem e solo.mais são lançadas eautomaticamente o ozebu 19
    • neloreEmapa, evento de peso em 2012 Com a expectativa de repetir raça Nelore sejam inscritos. No lões tenham um faturamento ain-o sucesso da última EMAPA, o entanto, a estimativa é de que da maior. A última Emapa foi umNúcleo Nelore de Avaré já tra- nos dois turnos, a Emapa receba sucesso. Além do Núcleo Nelorebalha em torno dos preparativos cerca de três mil animais. Além de Avaré ter assumido a organiza-para a próxima edição da feira, disso, como acontece em todos os ção dos dois turnos da exposição,que acontece a partir do dia 27 de anos, o Núcleo de Avaré já tra- a feira contou com um númerofevereiro. Este ano será realizado balha nos preparativos da feira importante de animais expostoso julgamento indoor de maior nú- para que criadores e tratadores e faturamento acima de R$ 14mero de raças. sejam bem recebidos no evento. milhões nos leilões realizados no Em relação aos julgamentos, A agenda de leilões do 1º turno período da feira. Outro ponto im-a expectativa dos organizadores é da Emapa já está definida. A ex- portante foram as parcerias co-de que cerca de 1000 animais da pectativa é de que este ano os lei- merciais feitas. LEiLõEs PRiMEiRO TURNO LEILÕES DATA HORÁRIO LOCAL PROMOTORES FANTáSTICO NELORE 01/03 21H HOTEL VILA VERDE LUIS CARLOS MARINO/CASSIANO TERRA SIMÃO/ JOSÉ ALBERTO SARTORI SYLVIO PROPHETA - EMILIANO SAMPAIO - LUIS ROBERTO CORREA RECHE TRADIÇÃO NELORE 02/03 21H PARQUE EXPOSIÇÕES JOSÉ CARLOS GRUBISICH - ARNALDO MANOEL SYLVIO PROPHETA - EMILIANO SAMPAIO - LUIS ROBERTO CORREA RECHE QUALIDADE NELORE 03/03 13H PARQUE EXPOSIÇÕES JOSÉ CARLOS GRUBISICH - ARNALDO MANOEL AGROZURITA 03/03 21H PARQUE EXPOSIÇÕES IVAN FáBIO ZURITA20 ozebu
    • neloreNelore Fest 2011homenageou importantespersonalidades do setor Mais de 400 pessoas participa- Carcaças, Programa de Qualidade entrega do Nelore de Ouro, o Oscarram da Nelore Fest 2011, realizada Nelore Natural, Universidade do da Pecuária, da premiação aos ven-no dia 15 de dezembro, no espaço Boi e da Carne, Ranking Nacional cedores do Circuito Boi Verde deLeopolldo Itaim, em São Paulo. Já ACNB, Leilões Oficiais, Rede Na- Julgamento de Carcaças 2011 e aosconsagrado como tradicional encon- cional Nelore, Expoinel e a própria campeões do Ranking Nacionaltro da família nelorista, a festa reú- Nelore Fest. Em seu discurso, Pic- ACNB 2010/2011.ne renomados criadores e importan- ciani, falou sobre a importância do As homenagens iniciaram comtes empresários do setor. O evento agronegócio hoje e para os próxi- a entrega dos troféus aos cam-marca o encerramento do calendá- mos anos. “Até 2050 a produção de peões do 9º Circuito Boi Verde derio anual de atividades da raça Ne- alimentos terá que aumentar em Julgamento de Carcaças. A equipelore e tem como objetivo valorizar 70% para alimentar a população do Marfrig Group de Bataguassúos criadores e os profissionais que se do planeta. Chegou a hora de as- (MS) foi vencedora da categoriadestacaram ao longo do ano. sumirmos a posição de celeiro do Melhor Compra de Boi. Na cate- No início da festa o presidente mundo”. O presidente destacou goria Melhor Lote de Carcaças oda Associação dos Criadores de Ne- também que o agronegócio é o se- campeão foi a Fazendas Reunidaslore do Brasil (ACNB), Felipe Pic- tor que gera mais emprego, com Baumgart, vencedora da 6ª etapaciani apresentou aos convidados a pecuária representando 37% do do campeonato realizada na unida-um vídeo institucional com todas PIB no Brasil. de do Marfrig, em Mineiros (GO).as ações desenvolvidas pela enti- Após o discurso de abertura Na sequência, foi realizada adade ao longo do ano como o Cir- a modelo e apresentadora de TV , entrega do Nelore de Ouro, o Os-cuito Boi Verde de Julgamento de Mariana Weickert, comandou a car da Pecuária para aqueles que22 ozebu
    • contribuíram com o desenvolvi- No resultado final do Ranking festa tiveram uma grata surpre-mento do setor em 2011. O pri- Nacional ACNB 2010/2011, Mar- sa. Uma viagem a mais foi sorte-meiro homenageado da noite foi o celo Ribeiro de Mendonça consa- ada entre eles. Além da esperadaDr. Wilson Rondó Junior, autor do grou-se campeão na Categoria Me- viagem para Paris que saiu paralivro Sinal Verde para a Carne Ver- lhor Criador Nelore e a posição de Alfredo Fardin, diretor comercialmelha, na categoria Compromisso Melhor Expositor Nelore foi con- da empresa Fertilizantes Heringer,com a Sociedade; Marcos Molina, quistada pela Rima Agropecuária. a Programa Leilões ofereceu umaCEO, chairman e presidente do A EAO Empreendimentos Agro- viagem para Miami, também comMarfrig Group recebeu o troféu na pecuários foi condecorada com me- direito a acompanhante. O ganha-categoria Incentivador da Raça. O dalha de ouro na categoria Melhor dor foi Francisco Carlos Baumer-presidente da Nestlé, Ivan Fábio Novo Expositor Nelore e o criador cker, da Fazenda do Sabiá.de Oliveira Zurita, recebeu o Nelo- Paulo Afonso Frias Trindade Ju- A banda Social House Clubre de Ouro como Liderança de Des- nior, foi o Melhor Novo Criador Ne- Live encerrou a noite no melhortaque na Pecuária Nacional lore. Como ocorreu no ano passado, estilo house music, mostrando a e na categoria Nova Geração, foi foi entregue também os troféus aos fusão de elementos eletrônicos coma vez de Luis Otávio Botelho da Melhores Criadores e Expositores inserções de trompete, flauta, sax,Silva, criador da raça. Clenon de do Ranking Regional Nelore (veja guitarra e violino somados à belís-Barros Loyola Filho, também cria- Box). A última homenagem foi sima voz de Aline Merenda.dor, foi homenageado como Amigo para Osvaldo Monastério Nieme, A Nelore Fest 2011 foi uma re-do Nelore. E na categoria Família campeão do Ranking Nacional alização da Associação dos Cria-Nelorista, quem recebeu o Oscar de las Razas Cebuínas da Bolívia dores do Nelore do Brasil (ACNB)da Pecuária foi a família de Alberto 2010/2011, na categoria Melhor com o apoio da Dow AgroSciencesLaborne Valle Mendes, da Fazenda Criador Nelore e Nelore Mocho. Pastagem, Marfrig Group, Chivas,do Sabiá, de Capitólio (MG). Este ano os participantes da Programa Leilões e Canal Rural.Confira todos os premiados da Nelore Fest:RANKING NACIONAL NELORE 2010-2011MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA AGROPECUáRIA VILA DOS PINHEIROS MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA FAZENDA DO SABIá LTDA.MELHOR NOVO EXPOSITOR NELORE MELHOR FêMEA JOVEM COM O ANIMAL TIPICA FIV DA SABIAMEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA APA AGROPECUáRIA ARFRIO LTDA.MELHOR MACHO ADULTO COM O ANIMAL MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIAFACEIRO FIV DA MAPA FAZENDA DO SABIá LTDA. MELHOR MACHO JOVEM COM O ANIMAL FAZENDA BRUMADO áSTOR FIV DA SABIAMEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIAMELHOR REPRODUTOR COM O ANIMAL MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIAJÉRU FIV DO BRUMADO MELHOR CRIADOR NELORE JATOBá AGRICULTURA E PECUáRIA S/AMEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA CARLOS ALBERTO MAFRA TERRA MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA JOÃO CARLOS DI GENIOMELHOR NOVO CRIADOR NELORE MELHOR NOVO CRIADOR NELOREMEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA COMAPI AGROPECUáRIA LTDA. JONAS BARCELLOS CORREA FILHOMELHOR MACHO JOVEM COM O ANIMAL MELHOR FêMEA ADULTA COM O ANIMALRUFO FIV DA VALONIA ESSENCIA SANTAREMMEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA DORIVAL ANTONIO BIANCHI MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA JONAS BARCELLOS CORREA FILHOMELHOR MACHO JOVEM COM O ANIMAL MELHOR EXPOSITOR NELOREIGNIO TE PORTO SEGURO MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA MARCELO RIBEIRO DE MENDONÇA EMEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA DORIVAL ANTONIO BIANCHI MELHOR EXPOSITOR NELORE IRMÃOSMELHOR MATRIZ COM O ANIMAL DIVA TEDA PORTO SEGURO MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA MELHOR MATRIZ COM O ANIMAL LONDRA II MARCOS ANTONIO ASTOLPHI GRACIAMEDALHA DE OURO NA CATEGORIA TE DA SALOBAMELHOR FêMEA JOVEM COM O ANIMAL DORIVAL ANTONIO BIANCHIHEMPPA 2 TE PORTO SEGURO MEDALHA DE BRONZE NA CATEGORIA MIGUEL PINTO DE SANTANA FILHO MELHOR NOVO EXPOSITOR NELOREMEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA EAO EMPREENDIMENTOS AGROPECUáRIOSMELHOR FêMEA JOVEM COM O ANIMAL MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA RIMA AGROPECUáRIA E JOSÉ LUIZDESEJO FIV DA EAO MELHOR MACHO ADULTO COM O ANIMAL MASTER VI TE DO JAL ozebu 23
    • RANKING NACIONAL NELORE 2010-2011 RANKING REGIONAL NELORE MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MIGUEL PINTO DE SANTANA FILHO MELHOR MACHO ADULTO COM O RIMA AGROPECUáRIA MELHOR EXPOSITOR NELORE ANIMAL HORARIO I FIV DA MV CONQUISTADO NO RANkING REGIONAL DA BAHIA E SERGIPE MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA RIMA AGROPECUáRIA 2010/2011 MELHOR FêMEA ADULTA COM O ANIMAL BELGICA 8 FIV DA 3R MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MELHOR EXPOSITOR NELORE GIL PEREIRA MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA CONQUISTADO NO RANkING MELHOR MATRIZ COM O ANIMAL RIMA AGROPECUáRIA REGIONAL DO DISTRITO FEDERAL BELGICA I PO DA NI 2010/2011 MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA RIMA AGROPECUáRIA MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MELHOR CRIADOR NELORE MELHOR EXPOSITOR NELORE CONQUISTADO NO RANkING DALTON DIAS HERINGER MEDALHA DE PRATA NA CATEGORIA MELHOR FêMEA ADULTA COM O SYLVIO PROPHETA DE OLIVEIRA E OUTRA REGIONAL DO ESPIRITO SANTO ANIMAL IZABELLA FIV FORT VR 2010/2011 MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA EAO EMPREENDIMENTOS AGROPECUáRIOS MELHOR EXPOSITOR NELORE MELHOR NOVO EXPOSITOR NELORE HAILE SELASSIE DE GOIáS PINHEIRO CONQUISTADO NO RANkING MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA REGIONAL DE GOIáS 2011 MELHOR NOVO CRIADOR NELORE PAULO AFONSO FRIAS TRINDADE JUNIOR MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MELHOR EXPOSITOR NELORE DIVADIR DE PIERI CIRCUITO BOI VERDE DE JULGAMENTO DE CARCAÇAS CONQUISTADO NO RANkING REGINOAL DE MATO GROSSO 2011 MELHOR COMPRA DE BOI EQUIPE MARFRIG GROUP - BATAGUASSU - MS CAMPEÃO MELHOR LOTE DE CARCAÇAS FAZENDAS REUNIDAS BAUMGART MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA YORk DA SILVA CORREA MELHOR EXPOSITOR NELORE CONQUISTADO NO RANkING REGIONAL DO MATO GROSSO DO SUL MEDALhA DE OURO PARA MELhOR CRIADOR 2010-2011 2010/2011 MELHOR CRIADOR NELORE CONQUIS- MIGUEL PINTO DE SANTANA FILHO EDVAL GOMES DO REGO MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA TADO NO RANkING REGIONAL DA BAHIA MELHOR EXPOSITOR NELORE E SERGIPE CONQUISTADO NO RANkING MELHOR CRIADOR NELORE CONQUIS- REGIONAL DO NORDESTE 2010/2011 GIL PEREIRA TADO NO RANkING REGIONAL DO MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA DISTRITO FEDERAL JOSÉ FRANCISCO DIAMANTINO MELHOR EXPOSITOR NELORE MELHOR CRIADOR NELORE CONQUIS- CONQUISTADO NO RANkING TADO NO RANkING REGIONAL DO DALTON DIAS HERINGER REGIONAL DO NORTE DO BRASIL ESPIRITO SANTO 2010/2011 MELHOR CRIADOR NELORE CONQUISTADO HAILE SELASSIE DE GOIáS PINHEIRO MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA DORIVAL ANTONIO BIANCHI NO RANkING REGIONAL DE GOIáS MELHOR EXPOSITOR NELORE CONQUISTADO NO RANkING MELHOR CRIADOR NELORE NO REGIONAL PAULISTA 2010/2011 FAZENDA SANTA ELINA S/A RANkING REGIONAL DE MATO GROSSO MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MELHOR CRIADOR NELORE MELHOR EXPOSITOR NELORE BEATRIZ GARCIA CID E FILHOS CONQUISTADO NO RANkING REGIONAL JOÃO CARLOS DI GENIO CONQUISTADO NO RANkING DO MATO GROSSO DO SUL REGIONAL DO PARANá 2010/2011 MELHOR CRIADOR NELORE CONQUISTADO áLVARO JOSÉ DO MONTE VASCONCELOS MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA NO RANkING REGIONAL DO NORDESTE MELHOR EXPOSITOR NELORE WILSON DOMINGUEZ DIZ MELHOR CRIADOR NELORE CONQUISTA- CONQUISTADO NO RANkING JOSÉ FRANCISCO DIAMANTINO REGIONAL DO RIO DE JANEIRO DO NO RANkING REGIONAL DO NORTE DO BRASIL 2010/2011 MELHOR CRIADOR NELORE NO DORIVAL ANTONIO BIANCHI MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA RANkING REGIONAL PAULISTA MELHOR EXPOSITOR NELORE NELORE CULLINAN AGROPECUáRIA LTDA. CONQUISTADO NO RANkING MELHOR CRIADOR NELORE NO BEATRIZ GARCIA CID E FILHOS REGIONAL DO TOCANTINS 2010/2011 RANkING REGIONAL DO PARANá MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA RIMA AGROPECUáRIA MELHOR CRIADOR NELORE NO MELHOR EXPOSITOR NELORE RANkING REGIONAL DO RIO DE JANEIRO FERNANDO FIUZA DIZ CONQUISTADO NO RANkING REGIONAL DE MINAS GERAIS MELHOR CRIADOR NELORE NO MARISETE DE CAMARGO 2010/2011 RANkING REGIONAL DO TOCANTINS MELHOR CRIADOR NELORE NO RIMA AGROPECUáRIA NELORE DE OURO - O OSCAR DA PECUÁRIA RANkING REGIONAL DE MINAS GERAIS COMPROMISSO COM A SOCIEDADE DR. WILSON RONDó JUNIOR MEDALHA DE OURO NA CATEGORIA MELHOR CRIADOR NELORE MARCELO RIBEIRO DE MENDONÇA E IRMÃOS INCENTIVADOR DA RAÇA MARCOS MOLINA LIDERANÇA DE DESTAQUE NA PECUáRIA IVAN FáBIO DE OLIVEIRA ZURITA NOVA GERAÇÃO LUIS OTáVIO BOTELHO DA SILVA LAS RAzAS CEBUíNAS DA BOLíVIA 2010-2011 AMIGO DO NELORE CLENON DE BARROS LOYOLA FILHO MELHOR CRIADOR NELORE E NELORE MOCHO OSVALDO MONASTÉRIO NIEME FAMíLIA NELORISTA FAMíLIA DE ALBERTO L. VALLE MENDES24 ozebu
    • flash nelore Suelen e Mig uel Pinto Nilo Jr e Nanda Guarita, Ricardo Araujo, Renata e Arnaldo Manoel Andre Locatelli, Jaime Miranda e Evaldo Rino Ribeiro Jose Murilo e Gladys, Cristiane e Argeu Géo Beatriz e Gabriel Garcia Cid Gabriela e Thiago Trevisi Wilson Rondon e Mariana com Carlos Viacava e esposa Ricardo Viacava, Eduardo e Rosa Maria, Beatriz, Isabela, Marcelo e Cecília Paulo Horto, Gustavo Garcia Cid, Ivan Fábio Zurita26 ozebu
    • flash nelore elce e Adriana Jaime Pinheiro, Ni Leandro Padovan e Cláudia Junqueira, Ivanildes e Jose Francisco Diamantino Luiz Otavio Botelho, Fernando e Lilian Bianchi e Beto Mendes Winston Diamantino e Conceição Olinda Renata Forte e Sandra Lima Família Mendonça recebe o troféu mais esperado da Noite João Aguiar, Wilson Diniz e José Eduardo Os premiados da Noite28 ozebu
    • neloreRanchi ganha festa paracomemorar os 15 anos Desde setembro de 2006 na ba- reprodutor, que chega aos 15 anos Arnaldo Manuel Souza Machadoteria da CRV Lagoa, Ranchi Ipê em ótima forma. É um enorme pra- Borges a partir de 1980.Ouro é um dos maiores reproduto- zer para a Central ser parceira do Seu pedigree conta com grandesres da história do Nelore brasilei- Arnaldinho e da Ouro Fino nesse ex- genearcas da raça, já que é filho dero. O touro, que é de propriedade cepcional animal”, declara. “Ranchi Myke (neto de Ludy) em vaca 1646de Arnaldo Manoel de Souza Ma- é pai de Grandes Campeões e sua da MN. Produziu sêmen aos 17 me-chado Borges, Ouro Fino e da pró- progênie é uma referência no Nelore ses e teve os primeiros filhos nasci-pria Central, completou 15 anos moderno. Desde sua chegada, a ba- dos aos 28 meses. Em setembro deno dia 15 de novembro e ganhou teria da Casa do Zebu Provado ficou 1997, o reprodutor sagrou-se Reser-festa no dia 16, com direito a bolo ainda mais completa”, completa. vado Campeão Bezerro da Expoi-de feno e muitos convidados, para Nascido em 15 de novembro de nel, em Uberaba. Foi só o começocomemorar a grande data. 1996, Ranchi vem da seleção Ipê de sua trajetória de títulos. Oito Ricardo Abreu, gerente de pro- Ouro, iniciada em 1906, por Ro- meses mais tarde, em maio de 1998,duto Corte Zebu da CRV Lagoa, dolfo Machado Borges, tendo sua Ranchi conquistou o Campeonatodestaca a importância de Ranchi na continuidade com Arnaldo Macha- Júnior Menor e o título de Campeãopecuária nacional. “É um grande do Borges em 1948 e, finalmente, Precoce da ExpoZebu daquele ano.30 ozebu
    • Em sua primeira participa-ção como reprodutor no ranking Morre Gandhi PO Nida ACNB (Associação dos Criado- O reprodutor Gandhi PO NI morreu nares de Nelore do Brasil), no biênio Fazenda Ipê Ouro aos 16 anos no dia 15 de novembro. Filho do genearca 1646 da MN x1999/2000, aos 36 meses de idade, Garuda POI da NI (Vasuveda CS), o animalRanchi se colocou entre os 15 me- contribuiu no melhoramento da raça Nelorelhores reprodutores da raça, sendo em todas as características de produtivida- de: fertilidade, habilidade materna, carcaçao mais jovem entre eles. Nas últi- precoce e rusticidade, produzindo animaismas 11 edições do ranking, desde de porte moderado. O reprodutor tem filhos2000/2001, o touro se posiciona entre em coleta nas principais centrais do Brasil que darão continuidade ao melhoramentoos 10 melhores da raça, confirmando produtivo das futuras gerações. São eles:a consistência de sua genética e ho- Surfista Ipê Ouro, Tecelão SM, Trovão TEmogeneidade da sua produção. Naviraí, Vascaíno SM, Mônaco IV TE J. Gal, Nullkar J. Gal, Jhelum FIV Ipê Ouro, Buca- Em 2006, Ranchi iniciou uma reste Santarém, Rajat BM FC.nova etapa na sua trajetória, pas-sando a integrar a bateria da CRVLagoa. Ao ultrapassar a marca de Bélgica I PO NI, Maharashi I J. filhos comunicados na ASOCEBU,250 mil doses produzidas e comer- Galera, Maharashi II J. Galera, na Bolívia, e 10.344 filhos avaliadoscializadas, em 2007, recebeu o Tro- Cyllana Colorado e Nitrila MRC. no PMGZ – ABCZ/Embrapa.féu Palheta de Ouro no Show de Ge- Também é possível destacar “Ele também marca seu nome nonética. Atualmente, o reprodutor já resultados como o de sua filha Ju- Centro de Performance CRV Lagoa: oproduziu cerca de 400 mil doses. piá III Ouro Fino, que foi Campeã campeão Nelore, de maior Índice CP , Em julho de 2008, Ranchi teve Fêmea Jovem da ExpoZebu 2010, Feedback da Pau D’Arco, e o tercei-50% de sua posse adquirida pela Reservada Campeã Vaca Adulta ro maior índice, Estampa JD da FS,parceria entre a Ouro Fino e a da Expoinel 2010, 4ª Melhor Fê- ambos são netos de Ranchi, compro-CRV Lagoa, durante o leilão da mea Adulta do Ranking ACNB vando-o como um grande avô mater-Fazenda Guadalupe, em Santo 2009/2010 e destaque do Leilão Elo no da atualidade”, ressalta Abreu.Antônio do Aracanguá (SP). da Raça 2010, sendo comercializada “A comemoração é especial, pois Ainda em franca produção de por R$ 3,2 milhões, entre outros. o Ranchi possui uma expressivasêmen, Ranchi continua conquis- Ranchi, além das 400 mil doses longevidade, completando 15 anostando excelentes resultados atra- produzidas, conta com números im- com uma progênie e fertilidade mui-vés de sua progênie. No ranking pressionantes: 91.978 filhos comuni- to acima do normal para um animalACNB 2009/2010, teve cinco filhas cados na ABCZ (Associação Brasi- dessa idade”, afirma Arnaldo Ma-entre as 30 melhores matrizes: leira dos Criadores de Zebu), 2.394 nuel Souza Machado Borges. ozebu 31
    • nelore História A Fazenda Valônia, situada entre os municípios de Lins e Cafelândia, no es- tado de São Paulo, tem uma área 1.674 hectares, com 20% de reserva legal aver- bada na escritura. A propriedade está totalmente estruturada para a criação de gado Nelore, com pastos, piquetes, baias e currais apropriados. O pecuarista e proprietário da Fazenda Valônia, João Aguiar, iniciou a formação do plantel em 1993 com a aquisição de animais da raça Nelore Mocho. Nos anos seguintes, incorporaram-se à Valônia, grandes matrizes dos mais renomados plantéis do Brasil como os de Manoel Carlos Barbosa, Carlos Viacava, Ovídio Brito, entre outros. Em 2004, João Aguiar, resolveu en- carar um novo e mais difícil desafio, que foi o de começar a investir com muito critério e rigor na formação de um plantel de qualidade na raça Nelore padrão. Sem fazer muito alarde, desde 2004 passou a adquirir matrizes em fazendas e leilões deRufo FiV da Valônia, renomados criadores de Nelore, como a Fazenda Cedro, Fazenda Santa Nice, Fa- zenda do Sabiá, Carpa, etc.o Melhor Macho Jovem do Ranking Para João Aguiar a aquisição mais importante foi a do plantel de Sylvio Tuma A tradicional seleção Nelore da 2011 e Podium FIV da Valônia, que Salomão, de onde vieram nove descen- dentes da Marani JS da BJ, com quatro Valônia acaba de conquistar mais foi Grande Campeão de Araçatuba e touros diferentes entre embriões e novi- um feito. O animal Rufo FIV da da Expoinel do Rio de Janeiro 2011. lhas de 12 meses. Valônia é o Melhor Macho Jovem do Rufo foi recorde de preço do Leilão Grandes matrizes descendentes de Ranking 2010/2011 da Associação Elo de Raça 2011 quando teve 50% Bilara, ópera, Itália IV, Fanny, Brookshield, dos Criadores de Nelore do Brasil. O de sua propriedade vendida para a Betina, Peroba, Hasta, Ryatna e tantas ou- trabalho focado no melhoramento Comapi e é hoje o Melhor Macho Jo- tras foram incorporadas ao plantel nestes últimos anos. Estes investimentos são genético tem como consequência a vem do Ranking ACNB 2011. fundamentais e constantes, bem como premiação deste plantel. Rufo já foi contratado pela cen- a multiplicação desta genética através da A Fazenda Valônia deverá ser tral ABS Pecplan e assim que tiver FIV (fecundação in vitro). um dos grandes nomes do Nelore sêmen disponível no mercado a Valô- Em 2010 a Valônia participou ativa- no Brasil. Exemplo disso são os dois nia e Comapi iniciarão um programa mente no leilão de liquidação do gado POI do saudoso Rubico Carvalho, da Fazenda Grandes Campeões que a Fazenda de prenhezes para provar sua progê- Brumado, adquirindo sete matrizes jovens produziu – Rufo FIV da Valônia, nie. A expectativa de João Aguiar para ter um importante banco genético na que foi Grande Campeão em Fer- é de que em 2013 produtos de Rufo propriedade. Trata-se de uma unidade POI nandópolis e Reservado Grande conquistem prêmios nas melhores dentro da fazenda, para ajudar o Brasil a Campeão Nacional na Expoinel pistas do país. preservar a genética proveniente da índia.34 ozebu
    • nelore Revista O Zebu – A Fazenda Farofa irá fazer uma reserva do criatório para retomar as ativi- dades na pecuária no futuro? Rosana Gamba - Não faremos reserva do criatório nem do gado de Elite. Todo o gado Elite estará sendo liquidado e colocado à dis- posição do mercado. Além disso, será vendida toda a nossa reser- va que fizemos nesses 20 anos de seleção e conquistas através de aquisições em outras liquida- ções. Ficará na Fazenda Farofa somente o que será comercializa- do através da produção de touros com programa de melhoramento genético. ROZ - Quais os projetos a par- tir desta pausa na pecuária? RG - Não estaremos dando uma pausa na pecuária, estaremos mudando o segmento que será somente na comercialização deFazenda Farofa liquida plantel touros reprodutores melhoradores de genética, porque desta forma,selecionado em duas décadas ficaremos com tempo disponível para retomarmos nossas outras atividades juntos de nossos filhos Depois de 20 anos de seleção, pecuária e conquistou importantes e não abandonar por completo aa Fazenda Farofa, de Rosana e Da- premiações. Qual o motivo da li- pecuária.nilo Gamba, resolveram mudar de quidação do plantel? ROZ - A Fazenda também serásegmento. Eles estarão ofertando Rosana Gamba - Essa é a res- colocada à venda?todo o plantel adquirido ao longo de posta que mais me dói no momen- RG - Não. Aprendi a dizer que naduas décadas e passarão somente a to. Foi muito difícil chegar a esta vida material não devemos dizer que nunca vendemos nada, tudocomercializar touros reprodutores conclusão, mas quando se toma tem seu preço. Mas, no momento,melhoradores de genética. Nos dias uma decisão tem que ser com as a Fazenda não está à venda, esta17 e 18 de março, no Tatersal da mesmas responsabilidades e com não seria nossa ideia, afinal deABCZ, os pecuaristas terão a opor- a mesma dedicação de quando se contas aqui tem um grande peda-tunidade de adquirir o melhor da começa um grande negócio. Nosso ço da nossa história, do nosso ca-genética da Fazenda Farofa. Nesta primeiro registro na ABCZ foi em rinho, da nossa dedicação, nossoentrevista, Rosana Gamba comenta 1992 e, após esses 20 anos de sele- amor, mas a Deus pertence nosso futuro, e somente a Ele respeita-sobre o trabalho realizado, o moti- ção e dedicação, chegou o momen- mos.vo de mudar de setor e os projetos to em que tivemos que fazer uma ROZ - Em quantas etapas estápara o futuro. das escolhas mais difíceis de nossa previsto para acontecer os lei- Revista O Zebu - A Fazenda Fa- vida, entre dois amores, o amor lões? E qual a programação ?rofa formou um plantel de qualida- pelo Nelore, pelos nossos filhos e RG - A princípio está previstode ao longo destes anos dedicado à nossa casa. acontecer em três etapas, dividido38 ozebu
    • em três dias, com a venda das Do- grande surpresa para todos, talvezadoras no 1° dia, no 2° dia novi- até para mim.lhas descendentes das principais ROZ - Quantos lotes serão ofer-famílias da raça nelore com pon- tados nesta primeira etapa? Etecial para tornarem-se doadoras para as outras ?nos mais exigentes plantéis e os RG - Ainda não definimos aanimais de elite e, no 3° dia, be- quantidade total de lotes. Estamoszerras e bezerros baby, filhos das planejando colocar uma médiaprincipais doadoras da Fazenda de 150 animais nesta etapa, masFarofa, com potencial para dispu- não teremos pressa, deixaremos otar as melhores pistas do Brasil. comprador bem a vontade.ROZ - Quais as datas, horários ROZ - Quais os animais de des-e locais em que os leilões acon- taque da Fazenda Farofa ?tecerão? RG - Os animais de destaqueRG - Nos dias 17 e 18 de março da Farofa que estarão à ven-de 2012, no Tatersal da ABCZ, em da são Fernanda (Big Bem XUberaba, a partir das 11h, quando Tapira), Maab Essência (Bigestaremos aguardando a chegada Bem X Essência Guardalupe),dos nossos amigos, convidados Lila (Ilustre X Betina), a Ex-e clientes para visitar, confra- celence (Gandhi X Essênciaternizar e conhecer toda nossa Guadalupe), Karen (Big Ben Xgenética que temos guardada na Aeroxia), Rinha III (Bitelo XFarofa durante todo esse tempo. Rinha da Pontal VR), ChanelNós vamos preparar um local (Bitelo X Prada), Absoluta (Bi-agradável para a apresentação do telo X Absoluta CS), Conchitagado, para que todos possam ficar VII (Big Ben X Conchita VIIbem à vontade e com vontade de SR), Fadamy (Bitelo X Fadamyretornar no domingo. Também fa- JGAL), entre outras mais.remos um leilão na segunda feira, ROZ - Quais os profissionais que nos dando assistência mensal fa-dia 19 de março. Nesse estaremos estarão trabalhando neste leilão? zendo o diagnóstico preventivoofertando as bezerras baby, este RG - A assessoria responsável é em todas as doadoras, matrizes,será virtual, com ponto de encon- a Avanti e o Zezão, que está nos novilhas e futuras doadoras, in-tro no RasKal Itain em São Paulo. dando uma assessoria mais direta, formando as que já estão aptasROZ - Como foi feita a distri- ele acompanha o dia a dia na fa- a trabalhar, fazendo todo tipo debuição dos lotes? zenda e está nos ajudando e orien- tratamento quando necessário eRG - A princípio foram coloca- tando toda a equipe. Estamos con- descartando animais que poderãodas as doadoras, em seguida os vidando outras assessorias que ao apresentar possíveis problemasanimais de elite que estavam sen- longo desta jornada fizeram parte futuros. Além dele, Dr. Patrick,do preparados para serem nossas das nossas conquistas e sucessos, também veterinário que faz as as-futuras doadoras, novilhas des- firmando as parcerias, a leiloeira pirações, que ficará à disposiçãocendentes das grandes famílias da é a Programa Leilões e a trans- com todos os históricos de produ-raça Nelore e as bezerras, filhas missão será pelo Canal Rural. ções de oócitos de cada doadora.diretas de grandes raçadores, com Durante nossa trajetória traba- E também Dr. Ricardo Freitasum banco genético fantástico e lhamos sempre com muito cri- “Totó”, que faz todo os implantescom características que estarão tério e tivemos a colaboração de nas receptoras, sexagem, toque eprontas para serem disputadas Dr. Carlos H.Valente, veterinário acompanhamento, até a data donas pistas, acredito que será uma que atua na parte reprodutiva, nascimento. ozebu 39
    • neloreReserva LegalAverbação prorrogadapara abril de 2012 O impasse em relação a vota- No mais, permanecem válidas Contudo, durante o prazo deção do novo Código Florestal colo- as regras do Decreto 7.029/09, se- 120 dias, a multa não deverá sercou mais uma vez os proprietários gundo o qual aquele que estiver aplicada pelo órgão ambiental.rurais em situação de insegurança na irregularidade será autuado e Entretanto, caso o autuado nãojurídica, especialmente com re- advertido para que, no prazo de apresente o referido termo delação ao prazo para a averbação 180 (cento e oitenta) dias, apre- compromisso de regularizaçãoda reserva legal, cuja ausência sente termo de compromisso de dentro do prazo legal, a autori-pode gerar pesadas multas diárias regularização da reserva legal, dade ambiental deverá cobrar acom valores entre R$ 50,00 e R$ período este em que a cobrança multa diária desde o dia da lavra-500,00 por hectare ou fração da de eventual multa diária será tura do auto de infração, exceto seárea de reserva legal. suspensa. o prazo não for cumprido por cul- Diante disso, o prazo da aver- Além disso, também perma- pa exclusiva do órgão ambiental.bação que havia sido estipulado nece válida a regra que determi-para o ano de 2009, foi prorroga- na ao proprietário ou possuidor odo por duas vezes para os anos de prazo de 120 (cento e vinte) dias2010 e 2011 e agora, conforme de- “para averbar a localização, com- Rodrigo Jorge Moraes Advogado, sócio do escritório Azevedo Mo-termina o Decreto nº. 7.640/11, a pensação ou desoneração da reser- raes Advogados Associados, professor de direito ambiental do curso de Pós-Graduação da PUC/obrigatoriedade da averbação ficou va legal, contados da emissão dos SP – COGEAE, Autor do livro Setor Sucroalcooleiroprorrogada para o dia 11 de abril de documentos por parte do órgão – regime jurídico ambiental das usinas de açúcar2012, na expectativa de que o texto ambiental competente ou insti- e álcool, ed. Saraiva, Co-Autor da obra As Leis Federais mais Importantes de Proteção ao Meiodo novo Código Florestal brasilei- tuição habilitada.” (§ 5.º do artigo Ambiente – Comentadas, ed. Renovar, Presidentero seja definitivamente votado em 55 do Decreto 6.514/08, com reda- da Comissão de Meio Ambiente do Instituto dos Advogados de São Paulo - IASP .março deste mesmo ano. ção dada pelo Decreto 7.029/09). rodrigo@azevedomoraes.com.br40 ozebu
    • Gir Leiteiro ozebuFOTO: GUsTAVO mIGUEL ozebu 41
    • Gir Leiteiro FOTO: JmmATOsUtilização de touro GirLeiteiro para produçãode receptoras zebuínas Decidido para 2014, pela Asso- gulamento do Serviço de Registro entre duas ou mais raças zebuínas.ciação Brasileira dos Criadores de Genealógico da ABCZ, a partir de Devido ao seu grande efetivoZebu (ABCZ), a obrigatoriedade da 2014 só serão aceitas como recep- bovino, a raça Nelore deverá ser autilização de receptoras com 100% toras para as raças citadas acima, base para produção dessas recepto-de sangue zebu nos processos de fêmeas de raças zebuínas puras, das ras, que apresentará alta demanda,TE e FIV, para as raças Brahman, categorias PO ou LA, ou mestiças pois o Brasil é o maior produtorCangaian, Indubrasil, Nelore e com 100% de genes zebu, registra- mundial de embriões através deSindi. De acordo com o parágrafo das como CCG (Controle de Ge- FIV, sendo a maior parte de produ-único do artigo 106 do novo Re- nealogia), oriundas de cruzamento tos zebuínos.42 ozebu
    • Os rebanhos de Nelore que inte- (cara limpa) representam a maior par- com temperamento bravio e à sele-gram programas de melhoramento te das fêmeas que contribuirão para ção por animais de melhor tempera-genético, com foco em fertilidade, produção das receptoras zebuínas. mento. Rebanhos melhor manejadoshabilidade materna e temperamento Esses rebanhos, sem seleção, produzirão fêmeas mais dóceis eserão muito procurados. Porém, re- apresentam fêmeas de todos os ti- com melhor aptidão para serem re-presentam uma pequena parcela do pos, grande parte delas com proble- ceptoras. O melhoramento genéticorebanho brasileiro e que, provavel- mas de fertilidade, baixa habilidade para fertilidade é muito lento e omente, não serão disponibilizados materna e de temperamento bravio. cruzamento com outras raças, geran-por significar importante população O temperamento nas raças zebuínas do heterose, provoca melhora muitopara continuidade do melhoramento pode ser associado ao manejo, já que grande nesta característica já na pri-genético desta raça na forma pura. a constante lida em currais, como meira geração e deverá ser a formaDessa maneira, rebanhos comerciais acontece com as raças leiteiras, aca- utilizada para melhorar a qualidadede Nelore, sem seleção e sem registro ba levando ao descarte de animais das receptoras produzidas. E onde entra o Gir Leiteiro? Os touros Gir Leiteiro aparecem como mento com touros Holandês. Eles tam- uma opção muito interessante para me- bém fizeram fêmeas leiteiras cruzando lhorar as fêmeas Nelore sem seleção, Holandês diretamente com Nelore. As principalmente, na característica habili- mestiças filhas das Nelogir produziram dade materna. A raça Gir Leiteiro é a raça na 1ª lactação, 55,8% a mais de leite que zebuína mais selecionada para produção as filhas de vacas Nelore (3.851 Kg vs leiteira com a maior opção de touros pro- 2.471,6 Kg), mostrando que os touros vados e de tourinhos melhoradores, com Gir Leiteiro utilizados foram capazes de fêmeas apresentando altíssima produção incorporar genes favoráveis à produção de leite e é a que mais pode contribuir de leite nas vacas Nelore. nessa característica. Devido à heterose Ronaldo Lazzariini Santiago, res- entre o Gir e o Nelore, a fertilidade das ponsável pelo projeto das Fazendas Cal- fêmeas também será melhorada. ciolândia e Colonial, analisando os da- O grupo das Fazendas Colonial e Cal- dos de prenhez, observou ganho para as ciolândia, do pecuarista Gabriel Andra- Nelogir, com aumento de 3% de prenhez de, trabalhou com a produção do Nelogir aos 26 meses, muito provavelmente de- com o objetivo de formar ventres para a vido à heterose. Além do cruzamento produção de fêmeas leiteiras em cruza- com fêmeas Nelore, os touros Gir Lei- teiro podem ser utilizados nas outras raças zebuínas e mesmo em mestiças de zebu, como as Guzonel, trabalhadas também pelas Fazendas Calciolândia e Colonial, também com bons resultados. No projeto foi avaliado também o desempenho dos machos Nelogir. Essa é uma preocupação dos criadores, pois além das fêmeas que serão vendidas como receptoras, nascerão machos Ne- logir que serão vendidos como bezerros ou machos de corte. Segundo Santiago, ozebu 43
    • Gir Leiteiroos machos Nelogir apresentaram projeto a insucesso, devido ao de- para produzir suas próprias recep-desempenho pior que os machos sempenho ruim dos machos. toras. Mas os pequenos criadoresNelore puros. Porém, houve gran- Espera-se que a necessidade e e, principalmente, os que usamde variação dependendo dos pais demanda por receptoras zebuínas receptoras de centrais de coleta edos machinhos Nelogir, sendo que irá elevar o preço das novilhas de transferência de embrião terão quealguns se aproximaram muito dos corte, equiparando-as ao preço dos comprar novilhas para serem usa-companheiros Nelore. Isso mostra machos. Com isso, produtores de das como receptoras e, se a ofertaque a escolha dos touros Gir Leitei- gado de corte comercial têm na for baixa, o preço irá aumentar.ro a serem utilizados é fundamen- produção de receptoras zebuínas Produtores de gado de cortetal para que não haja prejuízo no Nelogir uma opção de elevação zebu fiquem atentos a este novodesempenho para corte dos machos do lucro. Dependendo da escolha mercado. Escolham touros Gir Lei-Nelogir. Assim, touros Gir Leiteiro adequada de touros Gir Leiteiro, teiro de bom porte, boa ossatura eadequados produzirão filhas mais esses produtores podem ter um pedigree consistente e produzam asleiteiras que serão boas receptoras ganho elevado nas fêmeas e redu- receptoras zebuínas que o mercadoe machos bem pesados que terão ção pequena na margem de lucro demandará a partir de 2014.desempenho próximo aos machos com a venda dos machos de corte.Nelore. O rendimento e acabamen- Os grandes criadores de gado de Adriano Fróes Bicalhoto de carcaça não se mostrou um corte de elite têm área e rebanho Mestre em Produção Animal UFMGproblema na venda aos frigoríficos. Foi relatado por Santiago que otemperamento dos machos Nelogir Produtores de gado de corteera muito bom, bem superior aosmachos Nelore. As fêmeas Nelogir zebu fiquem atentos a esteapresentaram temperamento se- novo mercado. Escolhammelhante às fêmeas Nelore e mui- touros Gir Leiteiro de bomto influenciado pelo manejo, que porte, boa ossatura edeve ser racional. Segundo ele, os pedigree consistente e pro-touros Gir Leiteiro utilizados paraprodução de Nelogir devem ser duzam as receptoras zebuí-de bom porte, com ossatura for- nas que o mercado deman-te e pedigree leiteiro consistente. dará a partir de 2014.Touros pequenos podem levar o44 ozebu
    • Gir LeiteiroRecorde mundial de produção deleite é quebrado na Fenagro 2011 A Bahia conquistou seu primei- zar o nosso trabalho e o nosso reba- distas foram banhados com o leitero recorde mundial de produção de nho, mas, sobretudo, por fortalecer o da última pesagem.leite, no torneio leiteiro que aconte- nome da Bahia na produção de leite Ambos associam a vitória à ge-ce durante a 24ª Feira Nacional da mundial”, avalia o pecuarista vence- nética animal e à prática diferenciadaAgropecuária (Fenagro), no Parque dor José Geraldo. Agora, Insistência, de manejo. O torneio leiteiro da raçade Exposições de Salvador. O título que tem 47 meses, está entre as três Gir, que encerrou no dia 1º de de-foi conquistado pela vaca Insistên- melhores vacas do mundo, como zembro, contou com a participaçãocia, da raça Gir, na categoria Vaca uma doadora de elite. de 22 animais inscritos.Jovem, que, como o próprio nome Outro animal, dessa vez na cate- Uma vaca vencedora pode ter seudela já diz, garantiu a vitória depois goria Vaca Adulta, também atingiu valor de venda multiplicado em atéde sucessivas tentativas do criador um novo recorde na competição. 100 vezes. O leite acondicionado emJosé Geraldo Vaz Almeida, da fazen- A vaca Iaiá, da raça Gir mocho al- tanque de resfriamento será doadoda Belo Horizonte, localizada no mu- cançou a marca, conferida a partir para creches de Salvador.nicípio de Amargosa. da média de ordenha nos três dias A Fenagro é uma realização das A média alcançada pelo animal do concurso, de 59,163 quilos, su- associações de criadores de animaisna competição foi de 50,197 quilos/ perando, e muito, o antigo recorde da Bahia, representadas pela Asso-dia, ultrapassando o recorde antigo mundial que era de 52,793 quilos ciação dos Criadores de Caprinos eque era de 49,393 quilos/dia. “Essa ao dia. Em comemoração ao feito, o Ovinos da Bahia (ACCOBA), As-conquista é resultado de um ano de criador Dilson Cordeiro da Fazenda sociação dos Criadores de Neloretrabalho, com manejo alimentar ade- Vila Rica, em Goiânia, foi parabe- da Bahia (ABCN) e Associação dosquado, ração balanceada, reprodução nizado ao som de Zeca Pagodinho, Criadores do Cavalo Mangalargana época certa, entre outros inúmeros cuja canção de sua autoria inspirou Machador da Bahia (ACCMMB).cuidados dia após dia. Ficamos feli- o nome da premiada vaca. Ao térmi-zes não apenas por esse título valori- no do concurso, os criadores recor- Fonte: Viva Comunicação Interativa46 ozebu
    • flash gir e Márcio Palma Wander, Maria Tereza Gabriela e Thiago Paulo e Grasiela Carla, Marta e Camila Silvinho, Silvio, Léo, Adriano , Winston e Miller Meire, Suzana e Renata Volmer e Eduardo e Bruno Léo, Henrique, Sílvio48 ozebu
    • Guzerá ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 51
    • GuzeráGuzerá homenageiamelhores do Ranking A Associação dos Criadores de Guzerá do Bra- REPRODUTOREs sil realizou no final de novembro a solenidade de COL. REPRODUTOR REgISTRO EXPO. PONTOS 1º SIGNO AM FAFM-792 28 14.891,27 entrega do Ranking 2010/2011, o maior e mais im- 2º MABROUk DA VIC MVB-20 26 7.676,59 portante evento da raça, que simboliza o empenho 3º HAITI TE S. CLARAMAR AFGF-184 26 7.649,81 e a seriedade daqueles que trabalham em prol do 4º ADVENTO TE JA JAR-5726 28 5.929,19 5º EMBAIXADOR TE FP FPCA-732 15 4.241,47 progresso pecuário. O evento será realizado em 6º NGAO TE S CNS-6391 11 2.721,44 Avaré, sendo patrocinada pelo Guzerá Suaçuí, da 7º FALCAO JML JML-87 18 2.576,28 pecuarista Nídia Moraes. 8º MAGO TE S CNS-6042 19 2.479,21 Foram três dias de confraternização entre os 9º DOCE FIV GEO GEO-422 11 2.046,32 10 º GOBBO IT ITG-1235 15 1.649,71 guzeratistas. No dia 26 de novembro houve uma reunião com todos os presidentes dos núcleos do Guzerá, onde foram discutidos assuntos pertinentes Matrizes à raça. A noite, coquetel e solenidade de entrega dos COL. REPRODUTOR REgISTRO EXPO. PONTOS 1º ALICE DA MORUMBI LDCV-1165 15 1.774,70 prêmios aos melhores do Ranking 2010/2011 pela 2º DINA S CNS-5671 11 1.550,01 ACGB. Posteriormente, foi realizado o 4º Leilão 3º CARRERA EB DA IPE ABL-33 9 1.201,58 Guzerá Suaçuí e Convidados, onde os pecuaris- 4º AIPA S CNS-7118 12 1.187,95 tas tiveram a oportunidade de adquirir excelentes 5º FIGURA EB DA IPE ABL-91 9 1.162,79 6º BELEZA GCR CRGG-59 11 1.026,54 exemplares da raça. No dia 27, nova confraterniza- 7º TORRE S CNS-7009 9 1.012,38 ção dos guzeratistas e tratadores. 8º kAROLYNNE FIV DA MF OMFS- 8 989,37 Veja abaixo a relação dos 10 primeiros coloca- 9º TABELA III TE S CNS-6769 10 925,77 10 º GB EPOCA TE NEST-122 5 911,86 dos do Ranking 2010/2011.52 ozebu
    • MACHO JOVEM MACHO ADULTOCOL. ANIMAL MESES EXPOSITOR UF PONTOS COL. ANIMAL MESES EXPOSITOR UF PONTOS1º FAkAMU FIV TIR 21 SILVELY JANOTA ANTUNES MS 374,88 1º GUZERá B. JANGO FIV 35 ROBERTO NESZLINGER/OUT. GO 572,802º MENTOR DA SUAÇU 19 MARIO E.MORAES - ESPóLIO SP 300,62 2º IMAGINáRIO DO SAL 31 LUIZ GUILHERME RODRIGUES PA 466,003º GARANHÃO DA GEO 21 GEO PARTICIPACOES LTDA MG 284,56 3º JUACIR DA SUAÇUI 35 MARIO E.MORAES - ESPóLIO SP 429,764º LAICO FIV DA DHMF 20 SÃO MIGUEL AGROP.LTDA MG 239,82 4º IRLO EB DA IPE 35 AGROP S. MARCOS . SP 422,585º MANIFESTO FP 15 CARLOS F.F.PONTUAL PE 218,94 5º UNIVERSO DE REILLOC 27 CAMILLO COLLIER NETO PE 360,006º ENCANADOR VILLEFORT 12 VIRGILIO VILEFORT MG 209,10 6º DAMASCO S 27 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 353,167º IMBATíVEL DA CAPITAL 20 ADRIANO V.GALVÃO E OUT. DF 208,76 7º BEIJIM S 47 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 327,008º DALTON SMPF 14 AGROP S. MARCOS . SP 203,06 8º LABIRINTO DA SUAÇUI 26 MARIO E.MORAES - ESPóLIO SP 311,849º MARCA SOL MALIBU 23 HAROLDO Q. BARBOSA SP 203,04 9º EXIMIO FIV DA TIR 32 SILVELY M.JANOTA ANTUNES MS 309,6410 º ISIDORO DO DER 22 DANTE EMILIO RAMENZONI SP 193,00 10º FIGO FIV TIR 27 SILVELY M.JANOTA ANTUNES MS 291,90FêMEA JOVEM FêMEA ADULTACOL. ANIMAL MESES EXPOSITOR UF PONTOS COL. ANIMAL MESES EXPOSITOR UF PONTOS1ª JOIA EB DA IPE 23 AGROP S. MARCOS . SP 380,42 1ª CAMBOJA II S 34 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 367,602ª LATIkA FP 22 CARLOS F. F.PONTUAL PE 351,92 2ª CARAVANA III S 37 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 362,203ª CAYTRIA CLARAMAR 21 ALBERTO F.G. DE FREITAS MG 298,48 3ª CAMBUCI VILLEFORT 31 VIRGILIO VILEFORT MARTINS MG 358,484ª LATIFFA DA SUAÇUI 19 MARIO E.MORAES – ESPóLIO SP 238,80 4ª EMBAIXATRIZ II FIV 47 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 327,005ª ILDY FIV DO DER 22 TULIO C.MARTINO FERREIRA MG 201,92 5ª BAGUNÇA SMPF 30 AGROP S. MARCOS . SP 263,956 MAJESTADE FIV CS 19 CLAUDIO F.GARCIA MS 199,96 6ª CATENARIA S 31 ANTONIO P SALVO E OUT. . MG 257,807ª GUITARRA FIV GEO 21 GEO PARTICIPACOES LTDA MG 185,60 7ª CAROL FIV BID 25 ALCEBíADES PAES GARCIA RJ 251,988ª DALE VILLEFORT 22 SILVELY M.J. ANTUNES MS 173,08 8ª IMENSA DA J NATAL 46 SILVELY M.J. ANTUNES MS 249,609ª LITORINA DA S.CELINA 15 LUIZ OTáVIO B. A.CORREA SP 172,09 9ª IDASHA TE DO SAL 35 LUIZ G.S.RODRIGUES PA 245,2010ª LEUCENA FIV DA DHMF 19 JOSÉ ROBERTO SALGADO MG 170,52 10ª MALUNGA FIV MAIA 35 ALBERTO M. DA S.MAIA MG 241,08MELHOR ExPOsiTORCOLOCAçÃO EXPOSITOR UF PONTOS1º AGROP S. MARCOS . SP 3.095,902º SILVELY MARIA JANOTA ANTUNES MS 2.866,123º ANTONIO P SALVO E OUTROS . MG 2.661,164º MARIO ERMIRIO MORAES - ESPóLIO SP 2.606,425º VIRGILIO VILEFORT MARTINS MG 2.386,766º ROBERTO NESZLINGER/OUT.COND. GO 2.103,547º CARLOS F. FALCAO PONTUAL PE 2.090,158º ADRIANO V.GALVÃO/OUT.COND DF 1.962,129º LUIZ GUILHERME S.RODRIGUES PA 1.836,2910 º GEO PARTICIPACOES LTDA MG 1.660,93MELHOR CRiADORCOLOCAçÃO EXPOSITOR UF PONTOS1º AGROVILLE AGRIC. E EMP LTDA . MG 3.681,862º MARIO ERMIRIO MORAES - ESPóLIO SP 2.650,633º JOSÉ MANOEL F. DIOGO JÚNIOR SP 2.622,234º SILVELY MARIA JANOTA ANTUNES MS 2.565,965º ANTONIO P SALVO E OUTROS . MG 2.327,796º CARLOS F. FALCAO PONTUAL PE 2.125,927º GEO PARTICIPACOES LTDA MG 2.024,648º OTAVIO A. C. ALVARES CORREA SP 2.018,739º ADRIANO V. GALVÃO/OUT.COND DF 1.970,5210 º AGROP S. MARCOS LTDA . SP 1.966,37 ozebu 59 53
    • brahman ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 55
    • brahman Definido Conselho da ACBB para biênio 2012-2014 Realizada em outubro, du- tro, ainda foram eleitos Paulo de para transmissão de informa-rante a VII ExpoBrahman, a Castro Marques, para vice-pre- ções. O mandato do presidente,eleição do novo Conselho de sidente; Ricardo Laureano Si- vice-presidente e secretário doAdministração e Fiscal da As- queira, como secretário; e Ale- Conselho de Administração temsociação dos Criadores de Brah- xandre Coccapieller Ferreira, validade de um ano, a contarman do Brasil (ACBB) para o para diretor tesoureiro. do dia 2 de janeiro de 2012. Jábiênio 2012/2014. Os associa- Durante este ano, reuniões o mandato do diretor tesoureirodos que integram o Conselho de de transição serão realizadas será de dois anos, a contar doAdministração, que teve início entre o atual e o novo conselho mesmo dia.em 2 de janeiro de 2012 e tér-mino em 1 de janeiro de 2014são: Alexandre Coccapieller Durante este ano,Ferreira, Ary Marcos de Paula reuniões de transiçãoBárbara, Bruno Aurélio Ferrei-ra Jacinto, César Tomé Garetti, serão realizadas entre oDaniel Teixeira Dias, João Le- atual e o novo conselhoopoldino Neto, Paulo de Cas- para transmissãotro Marques, Ricardo Laurea- de informações. Ono Siqueira e Wilson Roberto mandato do presidente,Rodrigues; além de Miguel dePaula Xavier Neto, no Conselho vice-presidente eFiscal. secretário do Conselho No dia seguinte, o novo Con- de Administração temselho de Administração elegeu validade de um ano, aAry Marcos de Paula Bárbara contar do dia 2 decomo presidente do Conselho deAdministração da ACBB para janeiro de 2012o biênio 2012/2014. No encon-56 ozebu
    • Tabapuã ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 57
    • tabapuã Leilão Matrizes Milagrosas é o grande sucesso da raça Tabapuã A Fazenda Água Milagrosa re- Boi, o leilão foi um grande sucesso ram distribuídas para os seguintesalizou no dia 15 de novembro o 6º alcançando um faturamento de R$ Estados: São Paulo (13 animais),Leilão Virtual Matrizes Milagrosas e 407.600,00. Foram ofertadas 43 lotes, Goiás (09 animais), Maranhão (02demonstrou mais uma vez pioneiris- atingindo as seguintes médias: Touro animais), Mato Grosso do Sul (02mo ao comercializar embriões (pre- – R$30.000,00, Vaca – R$44.000,00, animais), Pará (05 animais), Para-nhezes) em receptoras PO. Garrote – R$20.000,00, Bezerras ná (03 animais), Rio de Janeiro (05 Pela primeira vez no Brasil, um – R$12.000,00, Embriões em Novi- animais), Tocantins (01 animal),leilão de zebuínos comercializou lhas PO – R$11.600,00 e Novilhas Minas Gerais (02 animais) e Ron-embriões (prenhezes) implantados Prenhes – R$8.014,00. dônia (01 animal).em receptoras PO. Foram 27 novi- O animal mais valorizado do lei- “Ficamos satisfeitos com a abran-lhas Tabapuã PO com prenhezes de lão foi LEGA FIV de Tabapuã, fi- gência do leilão. Além de comercia-acasalamentos comprovados. A ini- lha de Iluminismo de Tabapuã que lizarmos animais para diferentes es-ciativa visa atender o potencial mer- tem em sua linha alta Dinossauro tados, tivemos muitos compradorescado de receptoras zebuínas, cuja de Tabapuã. Sua mãe é a Descabi- que adquiriram nossa genética pelademanda deverá crescer significati- da de Tabapuã que vai a Industrial primeira vez. O interesse dos pecu-vamente a partir de janeiro de 2014, de Tabapuã, sendo comercializada aristas por genética avaliada é paraquando começa a valer a exigência por R$44.000,00. nós o reconhecimento da qualidadedo uso de receptoras zebuínas para O Leilão Matrizes Milagrosas da nossa seleção”, declarou o geren-os procedimentos de FIV e TE. conquistou novos criadores para a te de Pecuária, Paulo Henrique Ju- Com transmissão pelo Canal do raça Tabapuã, e as compras fica- lião de Camargo.58 ozebu
    • sindi ozebu ozebu 59
    • sindiO tamanho da vaca de cortee a produção de bezerros A utilização de fêmeas F1 para Em um primeiro estudo, anali- concebiam. Os resultados sãoprodução de bezerros tem se torna- sou o desempenho de raças com- apresentados na tabela 1. Para osdo prática cada vez mais comum postas (Bos taurus) de diferentes dois parâmetros reprodutivos es-nos sistemas de produção do país. raças, porém com peso adulto di- tudados, percentagem de fêmeasAs principais razões dessa tendên- ferente, por três estações de mon- ciclando e taxas de nascimen-cia são as possibilidades de explo- ta, em duas propriedades. Todas tos, observou-se maiores valoresração da maior precocidade sexual e as novilhas foram inseminadas para fêmeas de menor tamanhoda heterose materna (bezerros mais para primeira parição com cerca (P<0,05), tanto na 1a estação depesados à desmama) que essas fê- de dois anos de idade, descartan- monta (EM) / parição (novilhas),meas podem apresentar. do as novilhas ou vacas que não como nas demais (2a e 3a). Existem inúmeras raças paracruzamento industrial e todas comcaracterísticas muito boas, porémmuitas destas produzem animais degrande porte, consequentemente au-mentando o peso adulto das fême-as. Além do mais, por muitos anos,e ainda em algumas propriedades,têm sido selecionados animais degrande porte. Porém, o aumento do peso adul-to, segundo revisão feita por Olson(1994), levará a uma redução da efi-ciência reprodutiva. Neste contexto,Olson (1994) descreve dois traba- Tabela 1: crescimento e desempenho reprodutivo de fêmeas de diferentes tamanhos adultoslhos nos quais os objetivos foramavaliar diferentes pesos adultos (pe-queno, médio e grande) no desem-penho reprodutivo do rebanho.60 ozebu
    • O autor relata que as diferen- origem taurina. Na tabela 2, ob- xual, ou seja, a idade à puberdade.ças foram mais pronunciadas no serva-se que na primeira cobertura As taxas de reconcepção de pri-sistema onde a estação de nasci- não houve diferenças nas taxas de míparas tendem a diminuir. Olsonmento era no outono, ou seja, em gestação. Porém, elas foram sig- (1994) relata que vaca de maior ta-período de menor disponibilidade nificativamente superiores para os manho adulto necessitaria de maio-de alimentos. Neste caso, as vacas animais de menor tamanho adulto res quantidades de alimentos dode maior tamanho adulto apre- na segunda cobertura (primípa- que vacas de pequeno tamanho. Ousentaram taxas de nascimento e ras), fase mais crítica do ciclo re- seja, se considerarmos uma mes-de ciclicidade 20% menor que os produtivo de vacas de corte. ma taxa de lotação (UA/ha), seriaanimais com tamanho adulto pe- De forma geral, o aumento do possível trabalhar com um maiorqueno. Em situações adversas de tamanho adulto da vaca tende au- número de vacas de tamanho pe-alimentação, vacas de menor ta- mentar a idade à maturidade se- queno por unidade de área.manho adulto teriam melhor de- Tabela 2: Desempenho reprodutivo de fêmeas Brahma de diferentes tamanhos adultossempenho, principalmente pelasmenores exigências de mantençadestes animais. Após três anos deobservações, as relações entre asvacas que permaneceram no reba-nho em relação às que iniciaram o trabalho fo-ram de 54,5, 39,2 e 32,7% para ostamanhos pequeno, médio e gran-de, respectivamente. Isto indicamaior descarte de animais commaior tamanho corporal. Em uma segunda avaliação, re-alizada na Flórida, foi avaliado odesempenho de vacas de uma úni-ca raça, com diferentes tamanhosadultos. A raça em questão foi aBrahma (Bos indicus), e a estaçãode monta com 150 dias duração. As novilhas foram cobertascom dois anos de idade, pois sãoanimais mais tardios que os de ozebu 61
    • 76 ozebu
    • indubrasil ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 63
    • indubrasil Um zebuíno genuinamente nacional Formado na década de 1930, em terras mineiras, a partir da fusão entre Gir, Guzerá e Nelore, o Indu- brasil mostra porquê tem sido recomendado para o uso em cruzamentos, aprimorando a produção de carne e leite dentro e fora do País. Dócil, rústico e de dupla aptidão, este é o Indubrasil, bovino de orelhas longas originário da região do Triângulo Mineiro que tem seu primeiro registro genealógico datado de 1938. A raça é resultante da união entre o Gir, o Guzerá e o Nelore. Conta-se que esse mestiço possa ter nascido meio que por curiosidade, de experimentos feitos por criadores e estudiosos da época, que desejavam ter, em uma úni- ca variedade, o que havia de melhor em gado zebu em uma única raça. Um dos grandes entusiastas, segundo dados da Associação Brasileira dos Criadores de In- dubrasil (ABCI), foi o Coronel José Caetano Borges, desempenhando importante papel na formação da raça que teve padrão racial estabelecido pela Sociedade Ru- ral do Triângulo Mineiro no ano anteriormente citado. O nome Indubrasil foi oficialmente aprovado em 1929. Em algumas regiões, a variedade foi conhecida, por exemplo, como Induberaba, como o próprio Coro- nel a chamava, e ainda Induaraxá , Indubahia, Indupo- rã, entre outros nomes. Dados da ABCI, apontam que o Indubrasil dominou a pecuária brasileira, entre os anos de 1925 até 1945. Em 1930, a raça representava mais de 15% do total nacional, aumentando para 79,8% em 1940. Em 1946, gado Indubrasil foi exportado para os Estados Unidos, com o objetivo de contribuir no me- lhoramento da raça Brahman, dando surgimento a um gado com fisionomia nitidamente indubrasilada que persiste até hoje. Em 1980, corresponderia a 3,7% do total registrado do Brasil, com boa parte das matrizes utilizadas em cruzamentos leiteiros.64 ozebu
    • O indubrasil hoje Habilidade materna, docilidade e de carne. Está apta para enfrentar ose conversão alimentar estão entre os desafios de produzir proteína animal adestaques da raça. baixo custo, como o mercado exige”, O Indubrasil está em um mo- conta o diretor.mento de grande evolução genética, Segundo ele, atualmente a raçaconforme aponta Djenal Tavares tem apresentado crescimento sig-Queiroz Neto, criador e diretor inter- nificativos na região sudeste e nanacional da atual diretoria da ABCI, centro-oeste, embora o maior mer-cujo mandato vai até 2013, sob a pre- cado de sêmen de Indubrasil estejasidência de Roberto Fontes de Góes. no Rio Grande do Sul. “Isso indicaA evolução citada é resultante advém, que teremos excelentes rebanhos nosobretudo, dos investimentos em pes- sul e a raça foi aprovada pelos ir-quisa e programas de melhoramento mãos gaúchos. Não temos mais umano Brasil, realizados, especialmente concentração em região específica ena Universidade de Uberaba (Uniube) isso é muito positivo para o desen- te, existem poucos selecionadorese na EMBRAPA, todos com a parce- volvimento do Indubrasil”, comenta. registrando o rebanho. “Devemosria da entidade de raça e da Associa- “Hoje, o melhor rebanho leiteiro da rever com a ABCZ o motivo destação Brasileira dos Criadores de Zebu raça está localizado no município evasão de registros. Porém existem(ABCZ). “A raça está sendo selecio- de Lins, no interior de São Paulo, e milhares de propriedades utilizandonada para duplo propósito, com exce- é pertencente a Waldir Junqueira”, a raça para cruzamentos e como raçalentes resultados em produção de leite destaca, lembrando que, oficialmen- pura também”, acrescenta.indubrasil nos cruzamentos Por ter dupla aptidão, o Indubra- tro pela ABCZ do Indolando, que en- sempre um espaço importante nosil tem sido cruzado com raças de tendeu que trabalhar pelo Indubrasil Brasil e no mundo. Como vantagens,gado de corte e de leite, tanto com significa defender o zebu e seus cru- podemos destacar a alta produção deanimais de sangue zebu, quanto eu- zamentos, porque afinal o Indubrasil leite e a longevidade das vacas, nãoropeu. Recentemente, foi realizado é resultado do cruzamento de três precisando descartá-las tão cedo comoo registro do primeiro animal In- grandes raças zebuínas”, explica. fazem com outras raças”, afirma.dolando (cruzamento do Indubrasil Djenal considera válida a opção A raça está sendo selecionadacom gado Holandês) pela ABCZ. de um pecuarista que, quando deseja para duplo propósito, com excelen-Sobre este registro, em especial, o leite, busca raças européias. Porém, tes resultados em produção de leite ediretor da ABCI, comenta que ani- enfatiza, que elas não têm rusticida- de carne. Nas raças de corte, ele temmais de sangue indolando já existem de e adaptação ao clima como as ze- contribuído por imprimir em seushá muito tempo, porém, infelizmen- buínas. E aí é que entra a contribui- descendentes “docilidade e sua exce-te nunca existiu interesse em pro- ção do Indubrasil. “O cruzamento de lente conversão alimentar, por isso,mover o registro deste tipo de gado. Indubrasil com Holandês, Jersey ou vai muito bem nos confinamentos”.“Muita vaca campeã de produção qualquer outro bovino de leite é ex- O selecionador conta que nos Esta-Indolanda foi registrada no Brasil traordinário, em produtividade e de- dos Unidos usa-se o Indubrasil comcomo Girolanda, ganhando até tor- sempenho econômico. Acredito que Brahman e raças européias de corte.neios! Um trabalho de promoção assim como o Gir ganhou respeito e Na Ásia, especialmente na Tailân-do Indubrasil está em andamento e importância na pecuária mundial, o dia, que é o maior rebanho de In-como fruto principal temos o regis- Indubrasil tem suas vantagens e terá dubrasil no mundo, trabalha-se para ozebu 65
    • indubrasil Características de uma raçaalcançar o puro por cruza, absorven- Para Djenal Neto é possível enume- prazo e que todas as etapas têm sidodo as raças nativas. “Lá existe tam- rar com facilidade as vantagens da raça: cumpridas com determinação. Sobre obém o gado chamado InduThai que, ótimo ganho de peso diário, habilidade mercado, o criador comenta que o co-com as gerações futuras torna-se In- materna, conversão alimentar, docili- mércio da raça está muito bom, espe-dubrasil puro por cruzamento. Quem dade, rusticidade, bom rendimento de cialmente de tourinhos. “A associaçãoutiliza material genético de Indubra- carcaça, excelente desempenho nos continuará trabalhando para incentivarsil de qualidade, torna-se admirador confinamentos e grande heterose nos novos selecionadores e dar o apoioe fiel à raça”, salienta ele. cruzamentos. Quanto aos pontos negati- necessário para criar animais genetica- vos, ele diz que tudo o que até um tempo mente superiores. Ainda não é tempo atrás impediu a expansão do Indubrasil de grandes publicidades, porque preci- já foi superado pelos selecionadores do samos aumentar o número de matrizes Brasil e México que, atualmente domi- registradas. Atualmente, muitas ma- nam o mercado internacional da raça. trizes puras estão direcionadas para o “Mas ainda temos como principal pon- Indolando e equilibrar esta relação não to negativo o preconceito no nosso pró- é tão simples, por causa da procura por prio País. A raça foi muito injustiçada vacas de leite de qualidade e a liquidez no passado e romper essa barreira é um é muito interessante na F1”, finaliza. trabalho de paciência e perseverança. Estamos vencendo”, confia. Fonte: Site Sobre os trabalhos da ABCI, ele re- Associação Nacional dos Criadores de sume que há um planejamento a longo Indubrasil - Redação - Portal Boi a Pasto66 ozebu
    • geral ozebuFOTO: JmmATOs ozebu 67
    • geralControle biológico e fertilizaçãoorgânica à base de Nimavançam no agronegócio Produtos derivados da árvore de produtos amigáveis ao meio ambien- folhas, frutos, cascas, sementes eorigem indiana ganham mercado te impulsiona o mercado de solu- madeira da árvore indiana, defensi-como eficientes, seguras e econô- ções de controle biológico de pragas vos, antiparasitórios e repelentes à micas alternativas ao uso de de- e fertilização orgânica. Neste cená- base de Nim combatem, sem dano fensivos e adubos químicos rio, produtos derivados da árvore de ambiental, os mais variados insetos nas lavouras e criações. O origem indiana Nim – nome cientí- e parasitas, como, por exemplo, ne- aumento das exigên- fico “neem – Azadirachtina indica” matóides, carrapatos, lagartas, be- cias na agricultura - ganham destaque como eficientes, souros, percevejos e outros. e pecuária por seguras e econômicas alternativas Instituições como Embrapa, proces- ao uso de defensivos e adubos quí- Unicamp e UFPR já atestaram a sos e micos nas lavouras e criações. Na confiabilidade do Nim, realçando Índia, as propriedades do Nim são que ele pode combater mais de 400 utilizadas na medicina, cosmética, tipos de pragas agrícolas. Atualmen- agricultura, entre outras áreas, há te, segundo a Embrapa, o Brasil tem mais de quatro mil anos. aproximadamente seis milhões de Defensivos e fertilizan- árvores de Nim, com potencial para tes. Produzidos a partir ultrapassar a Índia – o maior produ- do princípio ativo tor – em poucos anos. extraído das Romina Lindemann, diretora- geral da Preserva Mundi - (www. preservamundi.com.br) -, empresa especializada no cultivo e fabrica- ção de produtos derivados da planta, explica que o defensivo feito a partir do Nim age somente no organismo que pretende destruir, incluindo ovos e larvas, sem incidir sobre outros seres benéficos à manutenção correta dos ecossiste- mas. Por68 ozebu
    • sua vez, como fertilizante, o Nim é mann. “O que falta é massificar a fre. Isso aconteceu pelo fato do Nimrecomendado como fonte de nitro- informação sobre seus benefícios, presente nas fezes do gado, após sergênio, fósforo, cálcio, magnésio e com foco numa agropecuária orgâ- ingerido misturado à alimentaçãopotássio para diversas culturas, des- nica.” tradicional, interrompeu o desenvol-de hortaliças, passando por grãos, Soma-se às vantagens econô- vimento dos ovos da mosca. Schet-até cana-de-açúcar. micas e ambientais do Nim, o fato tini gastava, em média, R$ 200 por “Pelo seu ‘dna’ livre de molécu- da produção da Preserva Mundi mês na compra de produtos quími-las químicas, os produtos derivados ser feita em parceria com comu- cos. Com o uso do Nim, as despesasdo Nim são atóxicos ao homem e nidades ribeirinhas locais, colabo- caíram para cerca de R$ 60 mensais.animais, bem como biodegradá- rando para geração de emprego e • Pesquisa da Universidade Fe-veis”, explica Lindemann. renda na região. deral Rural de Pernambuco compro- “Desta maneira, incorporamos a vou a eficiência do Nim no comba- sustentabilidade na estratégia de ne- te ao ácaro vermelho em lavouras,Preserva Mundi gócios, já que abarcamos de modo como, por exemplo, da mandioca. Localizada na cidade de São equilibrado na nossa atividade as Segundo os pesquisadores da UFR-João de Pirabas (PA), a cerca de questões financeiras, ambientais e PE, a aplicação do óleo de Nim200 km de Belém, a Preserva Mun- sociais”, conclui Lindemann. reduziu significativamente o de-di cultiva, há cinco anos, uma plan- senvolvimento dos ovos datação orgânica, certificada pela em- larva do organismo.presa suiça IMO Control, com mais Casesde 160 mil árvores de Nim. Dentro • O produtor, Dauro Schettini,de um modelo de negócios vertical, cria 600 cabeças de gado leiteiro naa empresa também industrializa os cidade de Santo Antônio do Aventu-produtos derivados da planta. reiro (MG). Ao incorporar o pó de Segundo Lindemann, a região Nim na dieta do rebanho, ele redu-Norte foi a escolhida porque tem ziu custos, tempo de manejo e aban-temperatura e umidade - similares donou o controle químico noà Índia -, que favorecem o plantio combate à mosca do chi-e o desenvolvimento do Nim. Atu-almente, a Preserva Mundi forneceprodutos para mais de 75 produto-res rurais, entre pequenos, médiose grandes, espalhados pelo País.“Nossas vendas têm crescido 45%ao ano”, conta Lindemann. . “A verdade é que o Nim pode serum grande aliado do produtor ruralbrasileiro no tocante à reduçãode custos e a tornar mais‘limpa’ a produção”,assinala Lin-d e - ozebu 69
    • geral Neem: A caminho da pecuária sustentável Propriedades da árvore indiana ajudam no controle de ectoparasitas Azadirachta Indica pode soar um a azadirachtina, sendo que outros tri- rebanhos. Os inseticidas disponíveispouco estranho para alguns, mas este terpenóides, geduninas, nimbin e li- são eficazes contra carrapatos, masé nome científico do Neem, árvore de minóides atuam em conjunto na ação naquela província o uso fica restritoorigem indiana que há mais de 4 mil inseticida. devido ao alto custo e aos temoresanos é utilizada nos mais diversos A Índia, onde o gado é conside- de contaminação do meio ambiente etratamentos. Por este motivo, desper- rado sagrado, é a principal fonte de potenciais resíduos que possam dei-ta grande interesse da classe cientí- referências sobre os efeitos pragui- xar na carne e no leite.fica, inclusive na produção animal, cidas. É o caso de um estudo reali- As primeiras mudas chegaram àpelo efeito repelente em carrapatos zado na cidade de Botswana, onde, América Latina no começo do séculoe moscas-dos-chifres, os maiores geralmente, os agricultores não uti- passado, em projetos específicos jun-inimigos da pecuária brasileira. A lizam nenhum programa de gestão to aos governos de Nicarágua, Hon-principal substância ativa do neem é para controle de ectoparasitas nos duras, Cuba, Venezuela e República70 ozebu
    • Dominicana. Devido às suas carac- o hormônio da ecdise (processo que de ectoparasitos.terísticas de não ser exigente quanto possibilita ao inseto trocar o esque- Os resultados podem ser obser-ao tipo de solo e preferência por cli- leto externo e, assim poder crescer), vados em pouco tempo. Tivemosma quente e seco de regiões áridas, perturba essa transformação e, em conhecimento que, na Zona da Matasua adaptação aos países da América altas concentrações pode impedi-la, mineira, uma fazenda de Santo Antô-Central foi muito boa. Na América causando a inseto. nio do Aventureiro sempre criou asdo Norte do Norte e Europa, o Neem Além de afetar a ecdise, reduz o 600 cabeças de gado leiteiro de modonão se desenvolveu, devido ao frio, consumo de alimento, retarda o de- convencional.o que ocorre também nos estados do senvolvimento, repele os adultos e No começo de 2010, o proprie-Sul do Brasil. reduz a postura nas áreas tratadas. tário decidiu enfrentar a mosca-do- Acredita-se que o neem chegou Além da aplicação de extratos chifre e os carrapatos com o uso dopor aqui há mais de 50 anos. Mas as das folhas ou sementes no dorso dos pó do neem, na proporção de 1,5kgprimeiras pesquisas científicas rea- animais, o uso de folhas trituradas e de pó a cada 100 quilos de sal. Olizadas como inseticida foram feitas misturadas ao alimento do gado tem neem conseguiu interromper o ci-pelo IAPAR, em Londrina /PR, em sido indicado para controle de car- clo das pragas no gado e também1986, com sementes originárias das rapatos, bernes e moscas do chifre. ajudou a reduzir o custo no comba-Filipinas. Em continuidade ao proje- O pó de Neem é o produto pro- te às pragas. As despesas diminuí-to, em 1989 e 1990, material oriundo veniente das folhas da árvore. Após ram drasticamente.da Índia, Nicarágua e República Do- a poda, elas seguem para uma estu- O pó também pode ser usado naminicana foi plantado em Londrina fa, onde são desidratadas, e em uma agricultura, aplicado diretamente(PR), Paranavaí (PR) (região mais etapa posterior, são moídas e mistu- sobre todo tipo de plantas (folho-quente e arenosa), Jaboticabal (SP) e radas ao sal mineral em uma propor- sas, ornamentais, legumes, ervasBrasília (DF), para avaliação de de- ção de 1,5 a 3% (p/p). aromáticas, árvores frutíferas, flo-senvolvimento. O princípio ativo passa a circular res, grãos, etc.). Na metade final dos anos 1990, na corrente sanguínea dos animais O banho com óleo de Neem,as propriedades da planta tornaram- e os parasitas que se alimentam do segundo estudo coordenado pelose mais conhecidas no País, dando-se sangue passam a sofrer os efeitos Centro de Ensino Tecnológico doinício ao plantio de áreas comerciais negativos do Neem, particulares e Ceará, pode ajudar a combater comem São Paulo, Goiás, Mato Grosso, eles. Em torno de cinco dias, os car- sucesso o carrapato (boophilus mi-Pará, Tocantins. Esses estados apre- rapatos (Boophilus microplus), as croplus), ácaro que causa prejuí-sentam clima favorável ao cultivo, larvas de berne (Dermatobia homi- zos de quase R$1 bilhão em toda aesperando-se produções próximas nis) e a mosca-do-chifre (Hemato- América Latina.ao obtido nos países de origem. Há bia irritans), por exemplo, morrem A busca de alternativas para ogrande possibilidade disso se tornar no corpo do animal. O princípio controle do carrapato é uma ques-realidade, caso o seu plantio seja ex- ativo é ainda elimi¬nado nas fezes tão fundamental na pecuária atual,pandido para a região nordeste do dos animais, matando as lar¬vas da pois o uso indiscriminado de drogasPaís, por se constituir numa zona mosca. acaricidas teve como conseqüência aecológica favorável para a planta. Os resultados dependerão do seleção de populações resistentes aos Tradicionalmente, os indianos es- nível de infestação dos animais, do diferentes grupos químicos utilizadosmagavam as folhas do Neem e esfre- tamanho da área e das condições no tratamento dos animais. Sem con-gavam-nas nos ferimentos expostos climáticas. Normalmente, os resul- tar que o uso de substâncias tóxicasdo gado para eliminar os vermes. Isso tados começam a aparecer em torno aplicadas incorretamente acarretase justifica, pois, a planta (Azadira- de 25 dias após o início dos trata- prejuízos à natureza, pois há conta-chta indica) é um poderoso inseticida mentos, mas em alguns casos, po- minação de lençóis freáticos.natural. De modo geral, ela afeta o dem levar mais de 70 dias. Quando O uso em conjunto (torta e óleodesenvolvimento dos insetos de dife- se chega ao equilíbrio, os animais de Neem) tem apresentado eficiênciarentes modos. Pela semelhança com passam a ter baixíssima infestação muito maior que o uso isolado. ozebu 71
    • geral Os beneficios • Facilidade no manuseio, adicionando Pesquisa coordenada pelo Insti- dução de leite orgânico mantida pelotuto de Biologia da UFRJ mostrou Instituto Oikos de Agroecologia em ao sal mineral (recomendação de 1,5- 3%de pó de neem);redução da emergência de 95% das Lorena, interior de Sao Paulo. Os ani- • Baixo custo médio máximo de 18 re-moscas das pupas tratadas com óleo mais com feridas de 6 cm de diâmetro ais/100 kg de sal mineral;de neem e de 94,5% quando aplicado tiveram a completa cicatrização após • Redução nos custos com praguicidas;ao solo onde os animais descansam sete dias de tratamento, sem recidivas • Menos idas ao curras, pois quandoà noite. O mesmo comprovou que, do processo. Nos tratamentos tópicos o gado sai do pasto para aplicar me-além do baixo custo, o Neem tem tradicionais essa cicatrização pode de- dicamento, pode ocorrer perdas de até 5 arrobas;reduzidíssimo risco de intoxicação morar até 15 dias, havendo recidivas • Não deixa resíduos na carne ou nopara mamíferos e aves. em 60% dos casos. leite, o que resulta aproveitamento de Pesquisas da Fundação de Amparo O neem é uma árvore especial, com toda a produção;à Pesquisa do Estado do Rio de Janei- muitas funcionalidades. Ele é uma al- • Efeitos seletivos apenas sobre os or-ro (FAPERJ), mostraram que o Neem ternativa viável economicamente, de ganismos-alvo;é eficaz também contra o mosquito da fácil manejo e ecologicamente correta. • Na pulverização do animal, pode-sedengue. O estudo revelou que morta- Pode tornar-se um grande aliado observar grande redução de carrapatos em até 3 dias.lidade das larvas expostas por 24 horas do produtor rural do Brasil, ajudan- Efeitos do neem sobre os insetos:ao concentrado feito a partir do neem do a reduzir custos e a tornar mais • Provoca efeito anti-alimentício parafoi de 100%. “limpa” a produção. O que falta é o inseto; As folhas da árvore indiana tam- divulgação e informação para os • Repelência;bém tem ação eficiente no tratamento produtores sobre os usos do Neem e • Interrompe o crescimento do insetode úlcera em bois. É o que mostra pes- como ele pode ajudar na agropecuá- por provocar distúrbio na ecdise (troca de pele dos insetos);quisa realizada numa fazenda de pro- ria orgânica e sustentável. • Provoca distúrbio fatais nos insetos adultos, caso as fases jovens se ali- mentem de plantas tratadas; • Diminui postura e mata os ovos dos insetos. Características do neem: • Seguro para organismos aquáticos; • Biodegradável, não agride o meio ambiente; • Não corrosivo não volátil e não in- flamável; • Não é tóxico para seres humanos e animais, como os produtos sintéticos. • Não tem ação fitotóxica; • Não tóxico às abelhas melíferas, for- migas, minhocas e joaninhas; • Efeitos seletivos sobre os organis- mos-alvo; • Inócuo à maioria dos insetos bené- ficos; ROMINA LINDEMANN, economista, MBA marketing – FGV, sócia-diretora da Preserva Mundi, 29 anos e estudiosa do neem.72 ozebu
    • show de Genética reuniu mais de 800 pessoas em sertãozinho Um grande evento, à altura das produtores que atingem a marca de Lagoa, valor superior a R$ 30 mil,quatro décadas de contribuições à 250 mil doses comercializadas. que foi entregue às entidades.pecuária brasileira, marcou a co- Também ocorreu o lançamento O evento foi finalizado emmemoração dos 40 anos da CRV do Sumário PAINT Consolidado grande estilo, com um grandeLagoa no ano passado, na sede 2011, considerado o GPS do Nelo- show do cantor, compositor, atorda empresa, em Sertãozinho (SP). re. O touro CFM Orgulho, líder do e pecuarista Almir Sater, que, in-Mais de 800 convidados, entre pe- Sumário, fechou o desfile de repro- clusive, é parceiro da CRV La-cuaristas, autoridades e personali- dutores. goa, e interpretou seus grandesdades, acompanharam o Show de Como sempre acontece no sucessos para a plateia.Genética, que teve muitas atrações. Show de Genética, a CRV Lagoa “Agradecemos a todos os pre- No discurso de abertura do sentes no evento e também aosevento, o diretor presidente Vla- Queremos contruir que enviaram mensagens parabe-dimir Walk homenageou antigos o futuro junto com nizando a CRV Lagoa. Mais dodiretores e colaboradores da CRV que clientes, são grandes parcei-Lagoa. “Foi aqui mesmo, em 1971, todos, desenvolvendo ros, bem como nossos colabora-que os visionários Maurílio Biagi novos produtos dores e consultores de campo eme Luiz Lunardi iniciaram a trajetó- para aproveitar esse todo o Brasil. Genética exige um “ria da Lagoa da Serra, atualmente trabalho coletivo e de longo pra-a maior central de genética bovina grande potencial que a zo. Queremos construir o futuroda América Latina. Um sonho que pecuária possui junto com todos, desenvolvendose tornou realidade, tendo uma tra- novos produtos para aproveitarjetória de grandes momentos, ino- todo esse grande potencial que avações e, claro, algumas dificulda- realizou uma ação beneficente en- pecuária brasileira possui”, fina-des também, superadas com muito tre os presentes para angariar doa- liza Vladimir Walk.trabalho e perseverança”. ções para duas entidades de Sertão- Mais informações sobre os Entre os destaques do evento, zinho (SP): a Casa Abrigo Nosso produtos e serviços da CRV La-que contou com desfile de 23 re- Lar, que ampara meninas de zero goa podem ser obtidas pelo te-produtores da bateria de Corte e a 16 anos, e a Associação Filhos lefone (16) 2105-2299, pelo siteLeite da Central, os touros Backup de Deus, que abriga meninos entre www.crvlagoa.com.br ou através(Nelore) e Sansão (Gir Leiteiro) re- zero e 18 anos. Foram arrecadados, da equipe de consultores de cam-ceberam a Palheta de Ouro, troféu entre contribuições dos participan- po da Central espalhada por todooferecido pela CRV Lagoa aos re- tes do evento e da própria CRV o Brasil. ozebu 73
    • geralAlta Genetics bate novo recorde com trêsmilhões de sêmen bovino vendidos em 2011 A Alta Genetics bate novo recorde vos, visualizadas através de colorações 17% de crescimento, chegando ao umbrasileiro com a venda de três milhões específicas e de suas qualidades. Desta montante de 170 milhões de reais de fa-de doses de sêmen em 2011. Este é o forma, o sêmen fresco pode ser exami- turamento. Na Alta Genetics a dose desegundo recorde, o primeiro foi con- nado e processado, possibilitando dire- sêmen custa em média R$ 18,00. Masquistado em 2008 com dois milhões de cionar as decisões sobre o número de no banco de sêmen da empresa existemdoses comercializadas em 12 meses. espermatozóides que serão colocados doses que podem custar R$ 3.000,00 a“Este volume foi conquistado graças em cada palheta”, ressalta Carvalho. unidade. Há touros na Central que pro-a uma equipe de campo qualificada, a Mercado de sêmen - O Brasil possui duzem 40 mil doses de sêmen por ano,uma completa bateria de touros aliados o maior rebanho comercial do mundo chegando a faturar R$1 milhão anuais.aos programas, que tem como objeti- e menos de 10% de suas matrizes são Atualmente, há um estoque de 2 mi-vo entregar os melhores resultados aos inseminadas. Os maiores produtores de lhões e 500 mil doses e diariamente sãonossos clientes”, afirma Heverardo Re- sêmen são os americanos e europeus, coletadas 20 mil.zende de Carvalho, diretor geral da Alta mas suas capacidades estão esgotadas Mas o segredo de desempenho tam-no Brasil. devido à redução do número de matri- bém está no tratamento dos animais. No segundo semestre deste ano, a zes. Já no Brasil, o cenário é outro. Há Cada touro é acomodado num pique-Alta Genetics investiu mais de meio aumento de fêmeas e os programas de te de 1.200 m2, com cama coberta demilhão de reais na compra de equipa- melhoramento genético são os melho- areia, serragem e muita sombra. Amentos para seu laboratório. “Com- res, avaliados mundialmente. pastagem é feita sobre grama estrelapramos um sistema computadorizado De acordo com a Asbia – Associa- que oferece valor nutritivo correto e éde análise de espermatozóide, que nos ção Brasileira de Inseminação Artifi- resistente ao peso do animal. As raçasoferece informação objetiva sobre as cial – em 2010, foram comercializados mais comercializadas na Alta são Nelo-características do sêmen, com ênfase no 10,4 milhões de sêmen. Para 2011, a re, Holandês, Angus e Gir Leiteiro. Mastipo de movimentação dos espermas vi- previsão da Asbia é fechar o ano com no Brasil, as raças mais procuradas são74 ozebu
    • Nelore, em primeiro lugar, seguida da res, a Alta do Brasil está localizada na ção de seus colaboradores. Sustentabi-Holandês “A produção da Nelore é toda BR 050 – km 164 -, num terreno de 110 lidade- Em sua central foram plantadasbrasileira, já a Holandesa é importada hectares onde há mais de 12.000 m2 de mais de 1.000 mudas de árvores. Háem quase sua totalidade”, explica Car- construção. duas estações de tratamento de esgotovalho. Atualmente abriga 235 touros, mas e dejetos. Para o transporte de pessoas e Alta Genetics no mercado externo - sua capacidade irá aumentar 20% em realização de visita, a Alta utiliza carrosA Alta Genetics foi a primeira empresa 2012. Para 2011, a Alta pretende atingir elétricos. Mantém uma área de 78 hec-brasileira a exportar, em 2008, embri- um faturamento de 60 milhões e para tares, destinada à preservação ambien-ões de Zebu para o Canadá. O Brasil 2012, a perspectiva é crescer 17%, che- tal, localizada em Ibiturna (MG).é o maior e o melhor em genética ze- gando à casa de 70 milhões. Programas da Alta e seu funciona-buína. Em 2011, a Alta exportou mais Laboratório com tecnologia de mento - A Alta oferece diversos progra-de 46 mil doses das raças: Gir Leiteiro; ponta: Investimento de mais de meio mas, como: avaliação de desempenhoGirolando e Nelore. Atualmente, a Alta milhão de reais num sistema compu- de seus reprodutores; acasalamentoexporta para os países: Panamá; Para- tadorizado de análise espermatozoide, corretivo e apartação de grupos de ani-guai; Venezuela; Colombia; Argentina; que oferece informação objetiva sobre mais. - AltaAdvantage – É um progra-Equador; Peru; Senegal; Angola; Sudão as características do sêmen, com ênfase ma de teste de progênie, onde é reali-e Egito. Para 2012, a Alta prevê cresci- no tipo de movimentação dos espermas zada a verificação de parentesco pormento de 20% na exportação de sêmen vivos, visualizadas através de colora- DNA em todas as filhas de cada touroe os mercados alvos são: Continente ções específicas e de suas qualidades. aprovado. Ele elimina a possibilidadeAfricano; China; Índia, Nicarágua e Desta forma, o sêmen fresco pode ser de identificação e avaliação incorretaGuatemala. examinado e processado, possibilitando do animal, acarretando inúmeras vanta- Um pouco mais sobre a Alta Gene- direcionar as decisões sobre o número gens como 100% de acurácia nas pro-tics no Brasil e no Mundo – O Grupo de espermatozoides que serão coloca- vas medidas; identificação do real valorAlta Genetics foi fundado em 1968 dos em cada palheta. genético do touro em menos tempo;em Alberta, Calgary, no Canadá. No Outro sistema que faz parte do pa- entre outras. - AltaMate – É um pro-mundo, está presente em 100 países e cote de investimento foi o de impressão grama de acasalamento corretivo quesuas centrais de coleta de sêmen estão de palhetas e uma máquina de envasar, avalia 17 características lineares e 15localizadas no Canadá, Estados Unidos, selar e identificar as palhetas (com ca- gerações de parentesco, assegurando aHolanda, China, Argentina e Brasil. No pacidade máxima de 20 mil palhetas/ consanguinidade mínima e maior nívelBrasil, a Alta Genetics – hoje conside- hora), proporcionando mais segurança de segurança na indicação do melhorrada uma das maiores e mais impor- no processo de produção e aumento na touro para cada vaca avaliada. - Con-tantes centrais de distribuição do mun- produção diária. cept Plus – É um programa exclusivodo - foi fundada em maio de 1996, em Investimentos para 2012 – A Alta da Alta para identificar touros com asUberaba, Minas Gerais, sob o comando investe muito em capital humano. Para melhores taxas de concepção, atravésde Heverardo Rezende de Carvalho. o ano de 2012, estão previstos mais de de informações de prenhes obtidas doComposta por mais de 120 colaborado- R$1 milhão em treinamento e capacita- programa da AltaAdvantage. ozebu 75
    • geralFOTOs: JmmATOs Casqueamento, Materiais prevenção e tratamento de utilizados doenças do casco Um item de grande relevância outro lado, quanto mais intensivo, dentro da pecuária está relacionado mais confinado for o sistema, mais com os cascos dos animais. Den- será comprometido à ocorrência TORQUÊS tro deste contexto, o casqueamen- desse desgaste natural. Daí a im- to contribui para evitar e melhorar portância do casqueamento para problemas de ordem ortopédica, prevenir e tratar doenças do casco ajuda a prevenir determinadas pa- e também para evitar, melhorar e/ tologias e pode melhorar o desem- ou corrigir problemas de aprumo. penho no ganho de peso, produção leiteira e na qualidade reprodutiva. Em conversa com a reportagem da revista O Zebu no Brasil, José GROSA Segundo o veterinário e casque- Abílio explica todo o procedimen- ador José Abílio, o casco cresce to do casqueamento. A princípio, aproximadamente 0,5 cm por mês. o animal deve ser observado em Num sistema de criação extensiva superfície plana e regular. O cas- esse crescimento é compensado queador deve avaliar o animal ca- pelo desgaste natural que ocorre minhando de frente, de trás e de RINETA com a locomoção do animal. Por lado para verificar a disposição 76 ozebu
    • dos membros, conferir os apru- Tudo isso deve ser observado e vados vendo o animal de frente emos, anotar a data e as observações discutido com o profissional res- por trás: fechado de frente, fechadofeitas de cada animal que servirá ponsável pelos animais. de trás, joelhos cambaios, joelhoscomo um histórico ortopédico. Em se tratando de animais des- cambotas, desvios angulares de Além da toalete do casco pro- tinados à exposição, outro fator im- boleto (“periquito”, cambaio). Ospriamente dito, o profissional portante são as viagens realizadas, desvios flexurais são observadostambém deve estar atento a certos principalmente as mais longas. O vendo o animal de lado: joelhosaspectos que têm o mesmo grau transporte deve ser realizado obe- transcurvos, ajoelhado, perna retade importância. Fatores como decendo a uma lotação que permita (“perna de frango”), perna acurvi-predisposição genética, piso da que os animais deitem à vontade lhada (“perna de cachorro”), quar-baia (drenada, concretada ou chão sobre uma cama confortável. tela arreada, quartela fincada, cas-batido), altura do cocho, manejo Segundo José Abílio os desvios co “achinelado” e “encastelado”.do bezerro, local de mamada, ida- de aprumos podem ser divididos Nesta matéria, Dr. José Abíliode de desmama, local de lavar os basicamente em dois tipos: Des- vais ensinar passo a passo como éanimais, altura da cama da baia vio angulares e desvios flexurais. feito o casqueamento do animal.(ideal de 10-15 cm), entre outros. Os desvios angulares são obser- PASSO 1 PASSO 3 PASSO 5 Depois de avaliar o animal e Em seguida, corta a parede do Terminado o acabamento é acon- identificar como deve ser feito o casco com o torquês. selhável a aplicação de produtos casqueamento, o animal é colo- à base de formol ou iodo sobre o cado numa posição que facilita casco. o trabalho, evitando o máximo a ocorrência de acidentes tanto para o animal como para o profissional. PASSO 6 Se possível fazer outra avaliação no animal para checar se ele respon- deu bem ao casqueamento. PASSO 2 PASSO 4 Com a rineta, o casqueador limpa Neste momento é utilizado a a sola do casco. grosa para dar acabamento. O intervalo entre casqueamentos varia de 35-120 dias, dependendo da necessidade de cada animal. ozebu 77
    • geralABs Pecplan apresenta cinco novos touroscontratados para a bateria Zebu Corte Nelore Alecrim Carlos Eduardo A. Novaes NeloreVenciusRicardo de Andrade GouveiaUma combinação perfeita de sangue. Venciusé fruto do acasalamento de Oficial na SinfoniaRG, portanto neto do renomado PacoteRG. Reprodutor que vem fazer história noNelore Mocho, pois apresenta uma carcaçamoderna e expressão racial diferenciada,transmitindo 100% de caráter mocho aos seusdescendentes. Animal do criatório de RicardoGouveia, uma seleção respeitada no cenárionacional, aliando raça a números. TouroJovem e com destaque para as característicasmaternais e performance de crescimento.78 ozebu
    • Nelore imperioso Colonial Agropecuária Imperioso é filho de B 9707 da MN em matriz Credencial, seu pai é nacionalmente reconhecido por ser destaque nas duas principais características de funcionalidade dentro da raça: Habilidade Materna e Perímetro Escrotal. Reprodutor jovem que se destaca pelo biotipo extremamente funcional, costelas compridas e bem arqueadas, ossatura forte, aprumos corretos, aparelho reprodutivo bem corrigido e musculatura evidente. Pode ser utilizado nos acasalamentos dos mais exigentes plantéis do país e em larga escala para produção de animais de corte. GuzeráBarra JangoRoberto ignacio NeszlingerFilho de Franco EB na Guzerá da Barra ÉpocaTE, que é filha da conhecida matriarca GelatinaTaboquinha uma das principais doadoras daBarra. Animal com aprumos perfeitos, ótimodesempenho ponderal e carcaça extremamentemoderna. Foi destaque nas pistas mais importantesdo país: Grande Campeão de Goiânia, Brasília eExpozebu de 2011. Genética de ponta e linhagemaberta, que provocará refrescamento de sangue emqualquer criatório do país Tabapua Beethoven NGT Fazenda Buona sorte Filho de Dote da EP com a grande doadora Ribalta da Araguaia, fêmea muito fértil que aos 16 anos tinha intervalo entre partos de 1 ano. Animal Joven, de muita precocidade, produziu e congelou sêmen aos 15 meses de idade. Possui ossatura forte, musculatura convexa com costelas compridas e bem arqueadas. Foi destaque em várias pistas importantes do país sendo: Grande Campeão de Brasíllia e Goiânia em 2009. ozebu 79
    • geral Evolução da aftosa no Paraguai pode impactar vendas do Brasil O Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal (Senacsa) do Para- guai anunciou que todos os animais infectados com a febre aftosa, emcenário propriedades da província de San Pedro, foram abatidos. Ao todo, 164 cabeças de gado, de três fazendas próximas da fronteira com o Brasil,agropecuário foram sacrificadas com a utilização de rifle sanitário e enterradas em co- vas, conforme o protocolo de proce- dimentos da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). As autoridades paraguaias não suspeitam de novas ocorrências no país, mas mantêm o alerta e a restri- ção da circulação de animais na re- gião afetada. No Brasil, enquanto o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) intensifica a fiscalização da entrada em quatro estados, surge a preocupação com o cenário das exportações da carne in natura. No Rio Grande do Sul não é diferente. Considerado pela OIE um terri- tório livre da febre aftosa com vaci- nação, o Estado passa a depender da evolução da situação paraguaia para manter expectativas e compradoresMinistro diz que agronegócio exportará no mercado externo. Especialistas afirmam que pode ser precipitado fa-mais de Uss 100 bilhões em 2012 zer qualquer tipo de projeção sobre o “Pra chegar a 100 bilhões precisa- o alcançado em 2010, quando foram impacto para o setor não só no Bra-mos apenas de um crescimento de 5,7% vendidos US$ 76,4 bilhões em produ- sil, mas em todos os países exporta-das exportações, que é um número que tos agropecuários. dores de carne do Mercosul.temos como alcançar”, disse o ministro Os complexos soja, sucroalco- Entretanto, o momento delicadoao se referir aos US$ 94,6 bilhões ven- oleiro e carnes fizeram as maiores para o país vizinho também podedidos para outros países no ano passado. contribuições para o crescimento das significar um aquecimento da de- O resultado de 2011 é o melhor vendas. Os principais destinos foram manda em tradicionais compradores,desde 1997 – quando iniciou o registro a União Europeia, China, os Estados que por ventura venham a embargarda série histórica – e supera em 24% Unidos, a Rússia e o Japão. a entrada de carne paraguaia.80 ozebu
    • Exportações de gado em pé doBrasil diminuíram em 2011 Segundo dados do Ministério do Além disso, a Venezuela, o maiorDesenvolvimento, Indústria e Co- cliente do Brasil neste tipo de comér-mércio Exterior (MDIC), foram em- cio, desvalorizou sua moeda comobarcados 401,94 mil animais vivos, medida de proteção às indústrias na-uma redução de 37% em relação a cionais, e reduziu o poder de compra2010. O resultado também ficou do país no mercado externo, o queabaixo de 2009 e 2007. somado a um produto brasileiro mais O dólar valorizado, que fez com caro, prejudicou os embarques.que o preço médio por cabeça expor- O país sul-americano comproutada alcançasse o maior valor já re- 318,8 mil bovinos vivos em 2011, umagistrado, foi o principal responsável redução de 47% em relação a 2010.pela queda nos embarques. Fonte: Scot Consultoria Novos criadores investem em Provas de Ganho em Peso Identificar tourinhos com alto meio de criação iniciou no mês de AS PGPs a pasto tem duração dedesempenho produtivo e biótipo novembro duas Provas de Ganho em 294 dias, sendo 70 dias adaptaçãoadequado à produção de carne é o Peso a pasto, sendo uma no rebanho e 224 dias de prova efetiva. A ida-principal objetivo das Provas de PO e outra no rebanho LA. “O obje- de dos animais na entrada da provaGanho em Peso promovidas pelo tivo do criador é vender touros ava- deve ser de 180 a 303 dias.PMGZ (Programa de Melhora- liados através de provas de ganho Em 2011, foram encerradas 148mento Genético de Zebuínos). Im- de peso na região de Castilho/SP e provas de ganho em peso a pastoportante instrumento para testar e também no Mato Grosso do Sul. A com a participação de 6.108 ani-disponibilizar ao mercado animais criação é voltada para o melhora- mais. Outras 128 provas estão emcom melhor desempenho no ganho mento usando o PMGZ como ferra- andamento com a participação deem peso, as PGP’s têm sido cada menta para atingir o objetivo. Entre 5.701 animais. Também foram en-vez mais utilizadas pelos criadores outros ideais de seleção, o Nelore cerradas neste ano, 39 provas deno processo de seleção dos animais. Zuma ainda tem como projeto criar, ganho em peso em confinamento, Este é o caso do criador Marco avaliar e preservar linhagens POI”, enquanto outras 12 provas estão emAntonio Carreira, titular do Nelore comenta o técnico da ABCZ, Cláu- andamento.Zuma, que com apenas um ano e dio Signorelli. Fonte: ABCZ ozebu 81
    • geral Embarques de carnes devem voltar a crescerEmbargo russo afetou menos Os exportadores brasileiros es- peram elevar os embarques de car-do que se imaginava as ne bovina para países da Ásia e da América do Sul em 2012 revertendoexportações, diz secretário a queda de cerca de 10% do volume exportado em 2011. Essas regiões O embargo imposto pelo governo O embargo a diversas plantas apresentaram crescimento significa-russo a vários estabelecimentos brasi- frigoríficas brasileiras foi anuncia- tivo nos embarques no ano passado.leiros não afetou como se imaginava do em junho de 2011 e desde então O setor também espera a reto-as exportações brasileiras globais de os governos russo e brasileiro não mada das vendas à Rússia, aindacarnes em 2011. Os embarques para conseguiram resolver o problema. principal destino da proteína nacio-a Rússia tiveram redução de 19,6%, Porto acredita que a entrada da Rús- nal, e a recuperação dos embarquesmas, segundo o secretário de Rela- sia na Organização Mundial e Co- para o Oriente Médio, afetados porções Internacionais do Ministério da mércio (OMC), oficializada em 1º problemas políticos internos. "ParaAgricultura, Célio Porto, foram com- de janeiro, pode facilitar as negocia- voltarmos a ter crescimento de vo-pensadas pelo crescimento de 14,7% ções, já que a Rússia será obrigada a lume em 2012, esperamos a reto-nas vendas para outros mercados. seguir regras internacionais. mada de Rússia, maior flexibilidade Por segmento, os embarques para Até agora, o governo russo vinha das regras de importação da Europaa Rússia tiveram redução de 1,1% na exigindo do Brasil, que segue o regu- e um Oriente Médio mais estabi-carne bovina, 50,5% na de frango e lamento da Organização Mundial de lizado", disse Fernando Sampaio,39,4% na suína. No entanto, para Saúde Animal (OIE), regras específi- diretor executivo da Associação daoutros mercados, houve aumento de cas da união aduaneira formada por Associação Brasileira das Indústrias11,5%, 19,9% e 7%, respectivamente. Bielorússia, Cazaquistão e Rússia. Exportadoras de Carne (Abiec).82 ozebu
    • geralMitos e verdadessobre a carne bovina A espécie humana sempre comeu vermelha ao aumento do número de puderam definir com precisão acarne. Nas cavernas, dava preferên- problemas cardiovasculares, mas até constituição dessa substância en-cia a ela, como concluíram estudos que ponto isso é verdade? durecida. Com o auxílio de umade arcadas dentárias. O homem guia- Por volta de 1785, o descobridor ultracentrífuga constatou-se que ado pelo paladar corria atrás da carne da vacina contra a varíola, Edward substância apresentava duas fra-pelo alto valor calórico: um grama Jenner, ao autopsiar um paciente ções principais: uma que ia parar ode gordura produz nove calorias, um morto após dores no peito segui- fundo do tubo e outra menos den-grama de açúcar ou proteína, quatro. das por um ataque cardíaco final, sa que ficava na superfície. Estava Durante milhões de anos, mes- depois de ter examinado as partes descoberto o colesterol, HDL (bommo quando o homem buscou na mais importantes sem encontrar colesterol) e o LDL (mau coleste-agricultura as calorias para manter a nada que pudesse ter causado a rol), respectivamente. Com essafamília, a preferência pela carne re- morte súbita, realizando um corte descoberta e a constatação de quesistiu e ainda permanece, no entanto na base do coração encontrou uma gorduras animais em sua maioriaapós a Segunda Guerra Mundial, no substância dura e granulosa, e con- são compostas basicamente por co-meio de uma epidemia de ataques cluiu que as coronárias se tornaram lesterol, começou uma das maiorescardíacos, surgiram alguns mitos “canais ósseos”. Somente após o confusões intelectuais sobre a saú-que associavam o consumo de carne ano de 1950 é que novos estudos de do homem.84 ozebu
    • “Se existe um colesterol ‘bom’ e ocupa posição central no debate tos pode causar diabetes.um ‘ruim’, então as gorduras devem entre pesquisadores. A pirâmide Além de aumentar o risco de dia-ser divididas em ‘boas’(insaturadas, nutricional que as autoridades de betes pela estimulação exagerada doderivadas dos vegetais e dos pei- vários países adotaram, entre elas pâncreas, dietas com alto conteúdoxes) ou ‘más’(saturadas, como as as do Brasil, tem a base larga para de carboidratos provocam aumentoda carne vermelha e dos derivados indicar os vegetais que devem ser de triglicérides e de LDL, e redu-do leite)”. Foram vários os traba- ingeridos em abundância, a parte ção dos níveis de HDL. Esta tríadelhos a esse respeito e com um enor- intermediária referente aos car- de eventos bioquímicos é conhecidame impacto e devido à liderança da boidratos que podem ser ingeridos como resistência à insulina (ou sín-ciência americana que já era incon- com liberdade e o topo da pirâmi- drome X), e está ligada ao aumentoteste, a crença se disseminou. Logo de corresponde à gordura animal do risco de doença coronariana.carne vermelha, os laticínios e a a ser consumida de forma restrita, Assim fica claro que as reco-gema de ovo foram execrados. no entanto essa recomendação tem mendações atuais para evitar a gor- Quando analisamos as infor- sido questionada. dura animal nas refeições são, nomações científicas que serviram Esse questionamento parte do mínimo, desprovidas de fundamen-de base para aconselhar mudanças princípio que, por razões desconhe- tos científico. Mais grave podemtão drásticas no estilo de alimen- cidas ingerimos muito mais carboi- induzir à parcela da população quetação, no entanto, ficamos surpre- dratos do que gordura animal, por tem acesso ilimitado aos alimentossos: elas não permitem tirar con- exemplo, em um almoço ninguém a ingerir quantidades maiores declusões apregoadas. comeria duas picanhas, e no entan- carboidratos, que podem ser res- Em outras palavras: até hoje, to pão, macarrão são ingeridos em ponsáveis pelo aparecimento denenhum estudo epidemiológico quantidades muito maiores. diabetes nos geneticamente predis-para avaliar as conseqüências de A dieta baseada em alto consu- postos, aumento de triglicérides euma dieta rica ou escassa em gor- mo de carboidratos peca no sentido de LDL, redução do HDL, e, agoradura animal na longevidade huma- de que a alta ingestão dos mesmos sim aumento do risco de morrer dena ou na prevalência de infarto do induz a grande produção de insuli- ataque cardíaco.miocárdio conseguiu demonstrar a na o que em indivíduos predispos- Fonte: criareplantar.com.brrelação de causa e efeito. O estudo, conduzido pela Es-cola de Saúde de Harvard, envolveo maior número de participantesacompanhados até hoje em qual-quer trabalho sobre esse tema.Tanto nos dados de Harvard quan-to nos de outros estudos as con-clusões são as mesmas: dietas ri-cas em gorduras monoinsaturadas(como óleo de oliva) reduzem orisco de doença cardíaca, dietas ri-cas em gorduras saturadas (como acarne vermelha) aumentam muitopouco, se tanto, o risco de doençacoronariana, quando comparadas A dieta baseada em alto consumo de carboidratoscom dietas ricas em carboidratos, peca no sentido de que a alta ingestão doscomo pão, macarrão e doces. mesmos induz a grande produção de insulina o que Neste momento, a relação gor- em indivíduos predispostos pode causar diabetes.dura versus carboidratos na dieta ozebu 85
    • geralretrospectivaEmoções, o leilão de Zuritaonde o “Rei” Roberto Carlosestreou na raça Nelore Promovidos nos dias 28 e 29 de outubro, na Fazenda Santa Cruz, Fábio Zurita, também presiden-outubro por Ivan Fábio Zurita na em Araras, no interior paulista. te da Nestlé Brasil.Fazenda Santa Cruz, em Araras O pregão, batizado de Emo- Criador de Simental desde(SP), os leilões “Emoção Simental” ções em homenagem ao cantor, 1996 e pioneiro em importaçãoe “Emoção Nelore” movimentaram fechou o fim de semana de vendas da linhagem sul-africana desdeR$ 22.026.666,60. Foram os recor- públicas anuais da AgroZurita 2001, Ivan Zurita virou refe-des das duas raças na temporada na Fazenda Santa Cruz. Foram rência na pecuária de corte no2011. O cantor Roberto Carlos, ho- dois leilões: “Emoções Simental” Brasil. Desde 2003, ele promo-menageado do evento e criador de com oferta exclusiva de animais ve leilões da raça que ano a anoSimental desde 2005 também fez de linhagem sul africana e “Emo- batem sucessivos recordes desua estreia na raça Nelore. ções Nelore” que juntos apresen- preço, justificados pelas ofertas O cantor Roberto Carlos vol- taram movimento comercial de de animais cada vez mais apura-tou a investir em gado e em qua- R$ 22.026.666,60. Individual- dos em qualidade genética. Notro batidas de martelo se tornou o mente, o Emoções Simental foi “Emoções Simental” não foi di-novo nelorista da pecuária nacio- responsável por R$ 5.320.000,00 ferente. O pregão, realizado nanal. O negócio de um touro e três enquanto o Emoções Nelore por noite de sexta-feira, 28 de outu-vacas entre o “rei” e Zurita foi fe- R$ 16.706.666,60. “Os resultados bro, com presença de 800 convi-chado durante o “Leilão Emoções foram além das nossas expectati- dados contabilizou faturamentoNelore” realizado no sábado, 29 de vas”, comemorou o anfitrião Ivan de R$ 5.320.000,00 na venda de86 ozebu
    • 30 lotes, com média geral de R$ suficiente para fazer uma estreia da compra foi Roberto Carlos. O177.333,33 por lote. Foram 24 glamorosa na raça Nelore. “rei” voltou a comprar o quar-fêmeas comercializadas por R$ Em 2005, quando estreou na to lote na sequência das vendas.2.400.000,00, dois machos por R$ pecuária de corte através do gado Desta vez a do único clone em1.840.000,00 e quatro prenhezes Simental de linhagem sul-africa- oferta. Foi o clone de Elegance IIpor R$ 1.080.000,00. No pregão na não foi diferente. Os investi- – o lote “Paixão” – que na batidacom predomínio de fêmeas o lote mentos do “rei” no “Emoções Ne- do martelo teve 50% do direitomais caro foi o macho Bar 5 PSA lore” se caracterizou pela venda de propriedade vendido por R$ 1Globe 401Y, jovem reprodutor im- de 27 prenhezes, um macho e seis milhão dividido em 20 parcelas deportado do Canadá que alcançou fêmeas, ele e elas com 50% do di- R$ 73.000,00. Na sequência do lei-a cifra de R$ 1.040.000,00 em ne- reito de propriedade à venda. Es- lão Roberto Carlos faria mais duasgócio fechado entre a AgroZurita tes lotes, aliás, eram as surpresas aquisições: o lote “Emoções” traziae Arthur William van Helfteren. prometidas por Zurita. Os lotes as matrizes Essência IV FIV AgroZ, No sábado, 29, mais de 1.200 foram batizados no catálogo como criação da AgroZurita e o loteconvidados prestigiaram o “Emo- Reserva Especial, Paixão, Surpre- “Amor” com Casual Top da Raça,ções Nelore”. Além da nata da pe- sa, Emoções, Amor, Coração e Luz doadora selecionada nos campos docuária nacional, personalidades de Divina. Primeiro animal no palco ex-governador Orestes Quércia.vários setores prestigiaram o even- do “Emoções Nelore” e também Com promoção da AgroZurita,to, mas ninguém chamou mais a o mais caro foi Rajat FIV BM da realização da DZ Eventos e co-atenção do que o cantor Roberto FC, reprodutor selecionado por mando das vendas da ProgramaCarlos. Cercado de um aparato de Bené Mutran Filho, pecuarista Leilões e do martelo dos experien-seguranças e fãs, ele chegou dis- que em 2009 vendeu o consagrado tes leiloeiros João Gabriel e Nilsi-posto a investir na maior das raças rebanho Cedro para Ivan Zurita. nho Genovesi, os leilões Emoçõeszebuínas criadas no Brasil, com Na disputa acirrada pelo úni- Araras 2011 observaram as condi-rebanho que responde por 80% co macho do ções de pagamento: 20 parcelas,do plantel nacional, hoje estimado pregão quem sendo duas à vista, duas em 30em 209 milhões de cabeça. O “rei” deu o dias e as outras 16 res-permaneceu no recinto do leilão lance tantes com venci-por cerca de duas horas, tempo definitivo mentos mensais. ozebu 87
    • geralLeilões da Feileite 2011faturam 5,3 milhões Os nove leilões de animais e média de R$ 17.359. O lote mais Já o 2º Nação Girolando, ven-genética leiteira realizados durante valorizado, dois terços da proprie- deu 34 lotes – entre doadoras e fu-a Feileite 2011 – 5ª Feira Interna- dade da bezerra de seis meses, turas doadoras, selecionadas peloscional da Cadeia Produtiva do Lei- SETB Conquista (66%), foi vendi- promotores, renomados criadoreste venderam 231 lotes pela média do por R$ 27.200 para José Mario de destaque no cenário nacional –geral de R$ 22,965 e faturaram R$ Abdo Miranda. A oferta foi de José por R$ 505.320.5,305 milhões. O resultado aponta M.M. Abdo, Luciano Conceição e Ainda no dia 2 de novembro, oum crescimento de 50% compara- Jaymilton Gusmão. Leilão Gir Leiteiro Cinco Estrelasdo a 2010, quando a renda dos seis O 5º Leilão Estância Silvania & comercializou genética de criató-leilões alcançou R$ 3,5 milhões. Convidados - 49 Anos de Seleção, de rios brasileiros: Gir Veredas, Fa- O 1º Genética da Capital – Giro- Gir Leiteiro, promovido por Eduardo zendas do Basa, Fazenda Brasílialando, realizado dia 31 de outubro, Falcão, dia 1º de novembro, vendeu Agropecuária, Fazenda Calciolân-vendeu 27 fêmeas jovens premia- prenhezes e animais de alto valor ge- dia e Gir Mutum Girolando. Aodas na Megaleite 2011 e nas princi- nético e com acasalamentos diferencia- todo, foram vendidos 15,5 lotespais exposições do ranking da raça dos. O lote mais valorizado foi 20% do por R$ 1.043.000 e média de R$no País por R$ 347.280 e alcançou macho Iceberg FIV Silvania, de 35 me- 67.290. O destaque em preço foia média de R$12.862. ses, vendido por R$ 120.000 para Nova 50% da propriedade da fêmea de 26 No mesmo dia, o 2º Noite das Terra e Pecplan ABS. No total, o fatura- meses, Profana FIV Veredas (50%),Campeãs do Gir Leiteiro, vendeu mento dos 28,2 lotes ofertados rendeu oferta de Francisco das Chagas, da20,66 lotes por R$ 358.640,00 e R$ 866.000 e média de R$ 30.069. Fazenda Vista Alegre, arrematada88 ozebu
    • por Adonias Souza Santos, do Gir (33,35%). O comprador foi a Estân-Veredas, por R$ 426.000. cia Silvania que pagou R$ 40.000. OS DESTAQUES DE Dia 3 de novembro, o 2º Estre- No dia 4 de novembro, encer- CADA RAçA NASlas do Jersey comercializou lotes rando a agenda de leilões da Feileite PISTAS gIR LEITEIROselecionados, de alto padrão gené- 2011, ocorreram dois leilões. O 2º Es- grande Campeãtico e premiados durante a Exposi- trelas Nacionais da Raça Holandesa Fécula TE F. Mutumção Nacional da raça, na Feileite. vendeu 27 animais por R$ 307.920 e Expositor: Léo Machado Ferreira, da Fazenda Mutum, Alexânia, GOAo todo, os 24 lotes vendidos ren- média de 11.404. Já o Made in Brazil,deram R$ 173.280. ofereceu genética do Gir Leiteiro dos Reservada grande Campeã rebanhos de Miller Cresta de Melo gala FIV F. Mutum Na mesma data, o 3º Mulheres Expositor: Léo Machado Ferreira,do Gir Leiteiro, que ofereceu uma e Silva, Fazenda Ribeirão Grande, e da Fazenda Mutum, Alexânia, GO.seleção de animais jovens, doadoras Paulo Ricardo Maximiano, Fazen- grande Campeãoe produtos dos melhores criatórios da Córrego Branco. Os 25 lotes co- C.A gigante TEdo País, vendeu 29,5 lotes por R$ mercializados renderem R$ 685.920 Expositor: Joaquim J.C. Noronha e média de R$ 27.436. Hassia FIV e outro Cond.1.017.600 e média de R$ 34.506.O destaque de preço foi 33,3% de F. Mutum X Livre Acasalamento, Reservado grande Campeãotrês fêmeas de 15 meses, ofertadas oferta de Léo Machado Ferreira, da Desejo TE Silvania Expositor: Eduardo Falcão de Carvalho,por Ilza Helena Kefalás: Vaidosa Fazenda Mutum, lote mais valoriza- Estância Silvania, São José dos Campos, SPY da BX (33.3%), Vaidosa Y da do, foi arrematado por Carlos JacobBX (33.3%) e Vaidosa Y da BX Wallauer por R$ 62.400. gUZERÁ grande Campeã Novata TE JF Expositor: Paulo Minicucci e outros, Guzerá seis raças leiteiras escolheram Ibituruna, Ibituruna, MG Reservada grande Campeã seus campeões da Feileite 2011 Acari Expositor: Walter Guimarães Pinto, Fazenda Samuara, Belo Horizonte, MG Os julgamentos de animais, com Palma F. Mutum, foi exposta grande Campeão uma das grandes atrações da Fei- por Léo Machado Ferreira, da Fa- Adonai TE JF (Cravo PEAC x Fibrila II S) leite 2011 – 5ª Feira Internacio- zenda Mutum, em Alexânia, GO. Expositor: Paulo Minicucci e outros, Guzerá nal da Cadeia Produtiva do Leite, Do mesmo criatório saiu a Reser- Ibituruna, Ibituruna, MG contaram com animais das raças vada Campeã: Gala FIV F. Mutum Reservado grande Campeão Gir Leiteiro, Girolando, Guzerá, (filha de Teatro da Silvania com Damião BID Expositor: Alcebiades Paes Garcia, Holandesa (vermelho e branco), Imperatriz F. Mutum). Fécula é a da Fazenda São Luiz, Pirai, RJ Jersey e Simental. atual recordista mundial de produ- A 4ª Exposição Internacional do ção e de preço da raça Gir Leiteiro. Gir Leiteiro, evento organizado pela Dentre os machos, o título de Associação Brasileira dos Criadores Grande Campeão foi conquistado de Gir Leiteiro, teve os trabalhos de por C.A Gigante TE, de Joaquim julgamento sob o comando do trio J.C. Noronha e outro Cond., e o formado pelas juradas Tatiane Al- de Reservado Grande Campeão meida Drummond Tetzner, Lilian com Desejo TE Silvania, pro- Jacintho e Lucyana Queiroz. priedade de Eduardo Falcão de Fécula TE F. Mutum, a Gran- Carvalho, da Estância Silvania. de Campeã Nacional na Megaleite Os títulos de Melhor Criador e 2011, venceu o grande campeonato Melhor Expositor de Gir Leiteiro fêmea Gir Leiteiro na Feileite 2011, da Feileite ficaram com Leo Ma- além de levar o título de campeã chado Ferreira, respectivamente, vaca adulta. Filha de C.A Sansão 1005 pontos e 819 pontos. ozebu 89
    • geral Quatro raças disputaram osGuzerá leiteiro torneios leiteiros da Feileite 2011 Estreando o primeiro julgamentoespecífico para animais de aptidão Os torneios leiteiros da Feileite José Marrichi Biazzo. A vaca Girleiteira em uma exposição agropecu- 2011 – 5ª Feira Internacional da Ca- Leiteiro Hassia FIV F. Mutum, cam-ária, a raça Guzerá reuniu na Feileite deia Produtiva do Leite, contaram peã da categoria Vaca Jovem, foi acerca de 60 animais em pista, oriun- com a participação de quatro raças: Grande Campeã do Torneio Leitei-dos de oito criatórios de Minas Gerais Gir Leiteiro, Girolando, Holandesa ro da Feileite 2011. Propriedade dee Rio de Janeiro.. A organização do e Simental. Pela primeira vez, a raça Léo Machado Ferreira, alcançou ajulgamento do Guzerá Leiteiro ficou Girolando realizou um concurso lei- média diária de 48,390 quilos de lei-por conta da Associação dos Criado- teiro na mostra paulista. O 1º Torneio te. A Reservada Grande Campeã foires de Guzerá do Brasil (ACGB). Os Leiteiro da Raça Girolando da Feileite Hadali FIV de Brasília, da Fazendaanimais passaram pelo crivo do juiz reuniu 21 fêmeas, nas categorias no- Brasília Agropecuária, de São Pe-Roberto Vilhena. vilhas e vacas e por graus de sangue. dro dos Ferros, MG, com média de A Grande Campeã foi a matriz No- Depois de vencer a categoria No- 46,457 quilos de leite.vata TE JF (Humaitá TE Taboquinha vilha, a ¾, sangue Girolando Germina Na categoria Vaca Adulta a Cam-x Calcada JF, 85 meses, vencedora no Benta sagrou-se Grande Campeã do peã foi Cartagena de Brasília, pro-campeonato vaca adulta, exposta por torneio, com média diária de 78,397 priedade de José Orlando Bordin,Paulo Minicucci e outros, do Guzerá kg de leite. Propriedade de Bernardo com média de 45,183 quilos de leiteIbituruna, de Ibituruna, MG. Já Aca- Garcia de Araújo Jorge, recordista da por dia. A Reservada Grande Campeãri (Abaeté S com Europa), campeã raça com média diária de 79,03 quilos foi Feliciana TE, da Bom Jardim davaca sênior, de 110 meses, exposta de leite, na Expolins 2011 – Exposi- Serra Agropecuária Ltda., com médiapor Walter Guimarães Pinto, Fazenda ção Agropecuária de Lins Expolins, de 42,810 quilos de leite por dia.Samuara, Belo Horizonte, MG, ficou Germina bateu seu próprio recorde na Na disputa da categoria Fêmeacom o título de Reservada Grande Feileite. A segunda colocada da cate- Jovem, a Campeã, C.A. India TE,Campeã. Na disputa dos machos, o goria Novilha foi Natureza VI Teatro também conquistou o título de Me-destaque foi Adonai TE JF (Cravo da Origem, fêmea ½ sangue de pro- lhor Úbere. Propriedade de JoaquimPEAC x Fibrila II S), Campeão Touro priedade de Eneas Rodrigues Brum. J.C. Noronha e outro Cond., pro-Adulto, 81 meses, também proprie- Enquanto isso, a campeã vaca duziu a média de 36,650 quilos dedade de Paulo Minicucci e outros. O geral foi a fêmea a ½ sangue Fã leite. C. Africa FIV, de propriedadeCampeão Júnior Menor Damião BID Mergulhão, propriedade de Geraldo de Amilcar Farid Yamin, sagrou-se a(Cabul III S x Coroa NF), 14 meses, Antonio de Oliveira Marques, com Reservada Grande Campeã da cate-exposto por Alcebiades Paes Garcia, produção média diária de 73,677. A goria, com média de 35,840 quilos.da Fazenda São Luiz, em Pirai, RJ, foi segunda colocada na categoria foi ao Reservado Grande Campeão. ¾ sangue Espadilha Touch, de Luis Fonte: Assessoria de imprensa Publique90 ozebu
    • como irregulares estão localizados nas regiões de Pará de Minas, Cur- velo, Uberaba, Poços de Caldas, Paraisópolis, Viçosa, Unaí e Divi- nópolis, locais considerados polos de avicultura no estado ou que pos- suem bovinos criados em sistema de semi confinamento. Essas regiões possuem normalmente, grande ofer- ta e comércio ilegal de produtos que contenham proteína ou gordura de origem animal (cama de frango). É função do IMA fiscalizar os alimentos consumidos por bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos em es- tabelecimentos de criação e acom- panha a destinação dos animais que ingerem alimentos compostos por subprodutos proibidos.iMA fiscaliza a alimentação São subprodutos de origem ani- mal, a cama de frango, farinha dede ruminantes sangue, de carnes e ossos, de resí- duos de açougue, dejetos de suínos, Para evitar doenças como o Bo- para o ano era realizar pelo menos sangue e derivados, entre outros.tulismo e a Encefalopatia Espongi- 45 operações em Minas. Durante o Eles são proibidos por lei na alimen-forme Bovina (EEB) - popularmente ano de 2010, foram realizadas 67 tação de ruminantes e trazem sériosconhecida como doença da "Vaca fiscalizações em todo o estado, em prejuízos aos produtores rurais e aLouca" nos rebanhos, o Instituto Mi- parceria com o Mapa. bovinocultura nacional. A proibiçãoneiro de Agropecuária (IMA) realizou Foram notificadas irregularida- é uma determinação do Ministériodurante o ano de 2011 a fiscalização des, ou seja, a constatação da utili- da Agricultura, Pecuária e Abasteci-da alimentação de ruminantes como zação da cama de aviário, também mento (Mapa) e ocorre desde 1996.bovinos, bubalinos, caprinos e ovinos chamada de cama de frango, em 25 O produtor que utilizar essesem 104 propriedades do estado. Des- propriedades, o que ocasionou a in- subprodutos de origem animal parase total, não foram encontradas irre- terdição de 1.260 bovinos. Em 2011, alimentar seu rebanho pode respon-gularidades em 79 estabelecimentos. não foram constatadas notificações der criminalmente por infringir leis Das 104 ações realizadas, 29 par- de irregularidades na alimentação de federais, além de colocar em riscotiram de denúncias e 75 correspon- ovinos, caprinos e bubalinos. a saúde dos animais e da populaçãodem a fiscalizações ativas. A meta Os estabelecimentos notificados como um todo. ozebu 91
    • geral subprodutos de origem animal O principal motivo da proibição desses produtos é o risco que oferecem à sanidade do rebanho nacional. Po- dem causar o Botulismo, uma doença ocasionada pela ingestão da toxina do Clostridium botulinum que pode ser encontrada no meio ambiente, em car- caças de animais, fezes e até mesmo no tubo gastrointestinal de animais mor- tos. O Botulismo causa paralisia mus- Segundo o diretor-geral do IMA, tores rurais continuem contribuindo e cular do animal, levando-o à morte.Altino Rodrigues Neto, as constantes participando ativamente no combate ao Outra doença causada pelo usofiscalizações e inspeções visam a não uso da cama de frango e outros subpro- desses subprodutos é a "Vaca Louca",utilização de produtos proibidos dimi- dutos de origem animal na alimentação que pode ser transmitida através denuindo assim, o risco de surgimento da de ruminantes. Já que, prevenir é a me- uma proteína chamada prion, presen-EEB e outras enfermidades no estado. lhor opção no que diz respeito à sanida- te em animais infectados. Esse prion"É necessário que em 2012, os produ- de animal no estado", explica. está presente normalmente, na cama de frango, visto que as aves podem se alimentar de produtos que contenham proteína e gordura de origem animal. Quando as aves se alimentam desse material, uma parte deste cai no chão (cama) ou saem nas fezes das aves. É esse o motivo da proibição do uso de cama de aviário. Porém, o Brasil é considerado livre da doença da "Vaca Louca". E o IMA, na intenção de preservar esse status, realiza a fiscalização de alimentos de ruminantes e monitoramento mensal de todos os bovinos importados por produtores de Minas, diminuindo as- sim, o risco do surgimento da doença. A ação torna-se ainda mais rele- vante porque o consumo de produtos de origem animal provenientes de bo- vinos contaminados com o príon repre- senta risco para a saúde humana, visto que essa enfermidade é uma zoonose. No entanto, a cama de aviário pode ser utilizada de maneira legal como adu- bo, na agricultura. Fonte: IMA92 ozebu
    • Bezerra saudável e bem nutrida significamaior produção de leite no futuro Dentro de um sistema convencio- mente serão melhores remunerados ao lactação e a idade em que estes foramnal de produção de leite a maior par- fim de cada mês, além de contribuírem retirados do rebanho por não apresen-te da receita mensal provém da ven- para a maior longevidade do rebanho. tarem produção satisfatória.da do leite e de animais de descarte. Visando comprovar tais pressu- As variáveis utilizadas para estu-A criação de bezerras e novilhas, por postos, pesquisadores americanos dar os efeitos do manejo dos animaissua vez, necessita de investimentos conduziram um experimento buscan- sobre a produção e tempo de perma-e cuidados especiais para que os ani- do saber quão grande é a influência nência da vaca no rebanho foram:mais tenham desenvolvimento satis- das práticas de manejo adotadas nos dificuldade do parto, idade ao desalei-fatório, sendo encarado muitas vezes primeiros quatro meses de vida de tamento, ingestão de matéria seca aoapenas como um dreno de dinheiro bezerras sobre a primeira lactação, o desaleitamento, idade que as bezerrasda propriedade. No entanto, estudos número total de lactações e a idade de apresentaram consumo 0,91 kg/d devêm demonstrando que a criação de descarte do rebanho. Para tanto, 795 concentrado pela primeira vez, núme-fêmeas de reposição em instalações bezerras de 21 propriedades do estado ro de dias em que as bezerras apresen-adequadas e com manejo sanitário e da Pensilvânia/EUA foram monitora- taram diarreia ou tosse durante os qua-nutricional apropriado pode reduzir a das durante 10 anos. tro primeiros meses de vida, númeroidade à primeira parição, aumentar a Durante os primeiros quatro meses de dias durante os primeiros quatroprodução de leite, assim como a vida de vida dos animais, dados relativos ao meses de idade de tratamento comútil dos animais no rebanho, ou seja, manejo, nutrição e saúde dos animais antibiótico, idade ao primeiro parto eo número de lactações. Isso significa foram coletados a cada 15 dias. Após peso vivo ao primeiro parto. Os va-dizer que produtores que fazem a cria esta fase, avaliou-se trimestralmente o lores médios de cada variável estãoe recria de forma adequada possivel- desempenho dos animais na primeira apresentados na Tabela 1. ozebu 93
    • geral sendo esta relação também de 2,37, ou seja, cada kg a mais de peso ao parto corresponde ao aumento de 2,37 kg deTabela 1. Variáveis analisadas para estudar o efeito do manejo de bezerras leite na primeira lactação.na produção de leite e descarte dos animais do rebanho. Em síntese, os resultados apresen- tados neste estudo indicam que a difi- ALEiTAMENTO culdade no parto, dias que os animais permaneceram doentes antes dos qua- tro meses de vida e aumento na idade ao primeiro parto tiveram efeito ne- gativo sobre produção de leite na pri- meira lactação. Por outro lado, maior1 Média de ingestão diária de sucedâneo 0,51; 0,55; 0,59; 0,60; 0,63 e 0,64 kg para as semanas 2,3,4,5 e 6 respectivamente. ingestão de alimento ao desaleitamen-2 Média de ingestão diária de sucedâneo 0,69; 0,93; 1,09; 1,17; 1,20 e 0,89 kg para as semanas 2,3,4,5 e 6 respectivamente. to, maior número de tratamento com antibiótico e maior peso corporal ao As análises de correlação apresen- efeito não tenha sido observado quando primeiro parto tiveram efeitos positivostaram resultados bastante interessan- se avaliou a produção na primeira lac- sobre produção na primeira lactação.tes que demonstram efeitos de prá- tação isoladamente. A maior ingestão de concentrado afe-ticas de manejo na produção de leite A saúde do bezerro, determinada tou positivamente o tempo em que asfutura. Observou-se que os animais pelo número de dias que os bezerros vacas permaneceram no rebanho. Porque nasceram de partos distócicos apresentaram diarreia ou tosse duran- fim, conclui-se que bezerras submeti-apresentaram menor produção de leite te os quatro primeiros meses de vida, das a um adequado manejo sanitário ena primeira lactação (-195 kg de leite). teve efeito negativo na produção de nutricional possivelmente apresentarãoPartos problemáticos também afeta- leite na primeira lactação (-202,49 maior produção de leite e longevidade.ram a produção de proteína e gordura kg), produção de proteína (-6,13 kg)do leite. Ainda, animais que tiveram e gordura (-9,33kg). Por outro lado, o Referências: Heinrichs, A. J.; Heinrichs, B. S. A prospec-dificuldades para nascer apresentaram número de dias que os bezerros foram tive study of calf factors affecting first-lacta-menor consumo de concentrado ao tratados com antibióticos durante os tion and lifetimemilk production and age ofdesaleitamento, maior número de dias primeiros quatro meses de vida teve cows when removed from the herd. J. Dairyacometidos por alguma enfermidade efeito positivo na produção de leite Science, v.94, p. 336-341. 2011.nas primeiras 16 semanas de vida, (+137,85 kg), gordura (5,52 kg), pro- Carla Maris Machado Bittarconsequentemente maior número de teína (11,35 kg). Este efeito pode estar e Carlos Eduardo Oltramaritratamentos com antibiótico e menor relacionado a melhoria geral na saúde Fonte: Milkpointpeso corporal ao primeiro parto. dos animais. Por outro lado, a maior ingestão A idade ao primeirode matéria seca ao desaleitamento foi parto resultou em efeitosassociada maior produção de leite, negativos na produçãogordura e proteína. Segundo os resul- de leite, gordura e pro-tados, para cada aumento de 1 kg na in- teína na primeira lac-gestão de matéria seca ao desaleitamen- tação. Cada dia a maisto houve um aumento na produção de na idade ao primeiro parto286,7 kg de leite na primeira lactação. resulta em uma redução deA idade em que os bezerros consumi- 2,37 kg de leite na primeiraram 0,91 kg de concentrado apresentou lactação. Por outro lado,efeitos positivos na produção durante a como esperado, o peso aovida útil do animal, não só em termos parto apresenta efeito po-de litros de leite, mas também em kg de sitivo na produção de lei-gordura e proteína, muito embora este te na primeira lactação,94 ozebu
    • Governo atende pedido da CNA e prorroga prazopara georreferenciamento de propriedadesrurais com menos de 500 hectares O Governo Federal atendeu a um que variam de acordo com o tama- mento é exigido apenas para proprie-pedido da presidente da Confede- nho da propriedade. Para agricultores dades rurais com mais de 500 hec-ração da Agricultura e Pecuária do que possuam área de 250 a 500 hec- tares. Só no Estado do Tocantins, háBrasil (CNA), senadora Kátia Abreu, tares, o georreferenciamento começa 3.500 processos de georreferencia-e prorrogou o prazo para início do em 21 de novembro de 2013. O pra- mento protocolados. No Mato Gros-processo de identificação georrefe- zo para propriedades rurais com área so do Sul, são sete mil processos querenciada de imóveis rurais com me- de 100 a 250 hectares começa em 21 dependem de análise. Em Goiás, sãonos de 500 hectares. A prorrogação de novembro de 2016. Para imóveis cinco mil pedidos de georreferencia-foi determinada por meio do Decreto rurais com área de 25 a 100 hectares, mento e, no Mato Grosso, oito mil7.620, publicado no dia 21 de no- o georreferenciamento será exigido a processos aguardam a conclusão dosvembro do Diário Oficial da União. partir 21 de novembro de 2019. Para processos.A Lei 10.267/2001 estabelece a ne- propriedades rurais com menos de Exército – O Instituto Nacionalcessidade de georreferenciamento no 25 hectares, a exigência vale a partir de Colonização e Reforma Agráriacaso de transferência de titulação de de 21 de novembro de 2023. (INCRA) e o Exército assinaramterras (compra, venda, doação, des- Diante da dificuldade dos pro- um termo de cooperação pra análi-membramento ou sucessão). Com a dutores em conseguir o georrefe- se de cerca de 20 mil processos deprorrogação, o procedimento só será renciamento, a presidente da CNA, certificação para imóveis acima deexigido para propriedades com mais senadora Kátia Abreu, reuniu-se, em 500 hectares, que estão nas supe-de 500 hectares. O decreto define um outubro, com o presidente do Institu- rintendências regionais do INCRA.calendário de implantação para os to Nacional de Colonização e Refor- De acordo com o Ministério do De-demais estabelecimentos rurais. ma Agrária (INCRA), Celso Lisboa senvolvimento Agrário (MDA), o O cronograma inicial estabelecia de Lacerda, para pedir a prorrogação Exército irá contratar técnicos paraa exigência de georreferenciamento do prazo do georreferenciamen- análise dos processos e o Incra irápara propriedades com menos de 500 to para imóveis com menos de 500 acompanhar, monitorar e coordenarhectares a partir de 21 de novembro hectares. Citou o grande número de por meio da Diretoria de Ordena-de 2011, mas o decreto publicado processos pendentes de análise neste mento da Estrutura Fundiária.nesta semana fixou novos prazos, momento, quando o georreferencia- Fonte: CNA ozebu 95