Virus
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Virus

on

  • 763 views

 

Statistics

Views

Total Views
763
Views on SlideShare
711
Embed Views
52

Actions

Likes
0
Downloads
21
Comments
0

1 Embed 52

http://seliganarede.wordpress.com 52

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Virus Virus Presentation Transcript

  • Aula: Data : Turma: Washington Silva Professor: 05 3/8/2013
  • Instrutor: Washington Silva SUMÁRIO  Protegendo o Sistema  Vírus  Formas de Infecção  Os tipos de vírus  Antivírus  Os danos que podem ocorrer
  • Instrutor: Washington Silva VÍRUS  O que é um Vírus de computador ????  Em informática, um vírus de computador é um software malicioso desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar para outros computadores, utilizando-se de diversos meios.
  • Instrutor: Washington Silva  Estes tipos de programas, como também podemos chamá-los, tem por finalidade, única e exclusivamente danificar o nosso computador e em alguns casos, tudo aquilo que nele está armazenado. Vale lembrar que os vírus também estão sendo produzidos para afetar a tecnologia dos telefones celulares.
  • Instrutor: Washington Silva ALGUNS DADOS SOBRE VÍRUS CONHECIDOS  Até 1990 – 80 vírus conhecidos.  Até 1995 – 5.000 vírus conhecidos.  Até 1999 – 20.500 vírus conhecidos.  Até 2000 – 49.000 vírus conhecidos.  Até 2001 – 58.000 vírus conhecidos.  Até 2005 – 72.010 vírus conhecidos.  Até 2007 – Mais de 150.000 vírus aproximadamente.  Até 2008 – Mais de 200.000 vírus aproximadamente  Hoje – Só Deus sabe ..rs
  • Instrutor: Washington Silva COMO PODEMOS SER INFECTADOS?  Muitos anos atrás, a infecção causada por vírus nos computadores era privilégio somente de quem transmitia dados através de disquetes, dispositivos que armazenam dados. Hoje em dia não faltam meios e recursos para que os vírus cheguem em nosso computador, veja alguns exemplos na ilustração a seguir:
  • Instrutor: Washington Silva  A= As mensagens de correio eletrônico, o chamado e-mail, ainda é a forma mais comum de se contrair um vírus pela internet.   B= Programas de mensagens instantâneas, como o Msn, Google Talk, Yahoo Messenger e demais programas. 
  • Instrutor: Washington Silva  C= Sites de relacionamento como o Orkut, MySpace, Twitter, entre outros, podem facilmente “enganar” o usuário, onde uma pessoa da sua lista de amigos, envia de forma automática e sem intenção, um link onde pode conter arquivos prejudiciais ao seu computador.   D= Dispositivos de armazenamento, os famosos Pendrives, Mp3 players, estão sendo um grande alvo para a propagação destas pragas virtuais, onde basta o usuário conectar ao computador e rapidamente o vírus é acionado.
  • Instrutor: Washington Silva OS TIPOS DE VÍRUS A= Trojan Horse ou Cavalo de Tróia é um programa que age como a lenda do cavalo de Tróia, entrando no computador e liberando uma porta para um possível invasor. B= Worm (verme, em português), em computação, é um programa semelhante a um vírus. Um worm pode ser projetado para tomar ações maliciosas após infestar um sistema, tais como: deletar arquivos em um sistema, enviar documentos por email.
  • Instrutor: Washington Silva  C= Keylogger é um programa de computador cuja finalidade é monitorar tudo o que é digitado. Tentam então através disto, descobrir contas e senhas bancárias.  D= Spyware consiste num programa automático de computador, que recolhe informações sobre o usuário, sobre os seus costumes na
  • Instrutor: Washington Silva  Internet e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento.  E= Hijackers são Cavalos de Tróia que modificam a página inicial do navegador e, muitas vezes, também redirecionam toda página visita- da para uma outra página escolhida pelo programador da praga. Normalmente atacam o programa navegador de Internet.
  • Instrutor: Washington Silva ANTIVÍRUS  Muitas pessoas, de forma errada, pensam que apenas instalando uma solução de Antivírus estará livre de vez das ameaças virtuais. Engana-se, pois vamos raciocinar um pouco fora da informática. Quem vem primeiro, a doença ou a cura? Pois é, na informática acontece o mesmo, os vírus são criados antes de sua vacina, pois isso devemos estar sempre atentos na hora de escolher um programa Antivírus e em seus cuidados em manutenção.
  • Instrutor: Washington Silva QUAL ANTIVÍRUS ESCOLHER?  Na hora de escolher um Antivírus, procure saber através de pesquisa na internet, a sua reputação e opiniões entre os usuários, é uma questão de gosto e preferências, assim como algumas pessoas preferem carros da Volkswagen e outras da Fiat
  • Instrutor: Washington Silva  Como tudo na vida, existe uma grande diferença entre algo gratuito e pago, certo? Quando pagamos alguma coisa, queremos mais qualidade, suporte técnico e um serviço mais preparado. É exatamente o que ocorre com os Antivírus, muito dos programas exemplos que vimos acima, possuem uma versão gratuita e outra versão paga. Não estamos dizendo de forma alguma que a versão gratuita não tem qualidade, muitos tem qualidades que chegam perto dos pagos, sendo assim, cabe ao seu orçamento e a você mesmo escolher qual instalar.
  • Instrutor: Washington Silva  O Antivírus tem por finalidade, identificar a entrada de códigos maléficos gerados pelos vírus e elimina-  los, mas infelizmente isso não é uma regra, vejamos a seguir alguns exemplos de Antivírus:
  • Instrutor: Washington Silva ONDE ENCONTRAMOS ANTIVÍRUS??  Podemos fazer o download (cópia da internet) diretamente do site do fabricante do Antivírus, mas pra quem não tem idéia de marca ou qual o endereço para baixar, a seguir colocamos umas dicas de sites especializados em qualquer tipo de programa.  www.baixaki.com.br www.superdownloads.com.br www.sosdownloads.com
  • Instrutor: Washington Silva
  • Instrutor: Washington Silva  O processo de instalação do programa Antivírus que você escolheu, depende muito de sua versão, na seqüência, veremos um exemplo usando o Antivírus gratuito AVG-Free Edition (Edição gratuita), que pode ser instalado em qualquer Sistema Operacional (lembre-se que para cada Sistema, é necessário um arquivo diferente para baixar no site).
  • Instrutor: Washington Silva  O segundo passo é selecionar o tipo de instalação, a opção recomendada é melhor para a maioria dos usuários:
  • Instrutor: Washington Silva  Confirme o código gratuito que o fornecedor de antivírus lhe forneceu:
  • Instrutor: Washington Silva  Nos próximos passos devemos selecionar opções personalizadas para cada tipo de usuário, o seu professor vai orientar melhor.
  • Instrutor: Washington Silva OS DANOS CAUSADOS POR UM VÍRUS  Os vírus podem causar diversos danos ao nosso computador, desde a perda de informações importantes e vitais para o usuário, até mesmo a perda de um cadastro inteiro de clientes, se esse vírus for infectado em uma rede empresarial, por exemplo, neste caso, não há preço que pague pela recuperação desse tipo de informação, que na maioria dos casos, apenas formatando o computador para fazer o Sistema Operacional voltar ao normal, porém, os dados podem ser irrecuperáveis
  • Instrutor: Washington Silva FORMATAÇÃO  Processo em que apagamos (zeramos) rigorosamente tudo que está instalado em nosso computador, inclusive o Sistema Operacional, a fim de corrigir erros causados por vírus ou limpeza temporária causada pelo desgaste natural do uso do Sistema.
  • Instrutor: Washington Silva DICAS IMPORTANTES  PRIMEIRA - NUNCA USE DOIS ANTIVÍRUS AO MESMO TEMPO.  Eles podem entrar em conflito, pois acessam as mesmas áreas do computador.  SEGUNDA - NUNCA USE ANTIVÍRUS DESCONHECIDO.  Ao procurar um antivírus, selecione um que seja tradicional no mercado. Nunca tente um novo antivírus sem aconselhamento adequado. Programas antivírus têm que ser de muito boa qualidade a fim de poupar “recursos” do seu computador e ser compatível com os requisitos do sistema, do contrário eles podem ser responsáveis por freqüentes congelamentos (travamentos do computador).
  • Instrutor: Washington Silva  TERCEIRA - SEMPRE MANTENHA O ANTIVÍRUS ATUALIZADO.  O principal em um aplicativo antivírus é a sua atualização. De nada adianta instalar um programa antivírus, sem ter os arquivos de assinaturas dos vírus atualizados, o mais freqüentemente possível. Recomenda-se que os sites dos fornecedores de antivírus sejam visitados pelo menos uma vez por semana para efetuar download dos arquivos de assinaturas de vírus (atualização da base de dados).
  • Instrutor: Washington Silva  QUARTA - SEMPRE FAÇA VERIFICAÇÃO DE VÍRUS.  Como os vírus e vermes (worm) podem invadir o sistema de um usuário num momento de distração, torna-se crucial que verificações sejam efetuadas periodicamente. Uma verificação total é recomendada toda vez que se atualiza o antivírus ou seus arquivos de assinaturas de vírus.
  • Instrutor: Washington Silva  QUINTA - NUNCA ABRA PROGRAMAS DESCONHECIDOS.  A maior ameaça aos dados de um usuário é o próprio usuário. Afinal, é ele quem mais lida com seus dados. Inadvertidamente o usuário apaga arquivos importantes, salva novos dados apagando os anteriores ainda mais importantes, salva trabalhos sem verificar qual a pasta para onde está salvando e depois acha que o computador é temperamental, isto é “ora salva ora não salva”, neste caso a culpa não é do vírus.  O maior cuidado refere-se à “irresistível” curiosidade quanto à execução de programas e arquivos desconhecidos recebidos. É deste humano ponto fraco que se valem os desumanos criadores de vírus e principalmente de Cavalos-de- Tróia.
  • Instrutor: Washington Silva  SEXTA - SEMPRE TENHA CÓPIAS DE SEGURANÇA.  Mantenha sempre os seus arquivos mais importantes salvos em outros dispositivos de armazenamento, como CD´s, DVD´s, Pendrives, até mesmo na internet, pois em caso de emergência, podemos recuperá-los rapidamente depois de uma limpeza geral ou formatação do computador. 
  • Instrutor: Washington Silva  SÉTIMA – BAIXE PROGRAMAS QUE LIMPAM E VACINAM O SEU PENDRIVE  Em sites de busca, encontramos facilmente programas que limpam e vacinam os nossos pendrives, mp3 players e demais dispositivos móveis (portáteis).Vale lembrar que hoje em dia é um meio de propagação muito grande.
  • Instrutor: Washington Silva  OITAVA – VERIFICAR SEMPRE O ENDEREÇO (LINK) EM ARQUIVOS RECEBIDOS POR E-MAIL  Quando receber um e-mail, verifique o endereço que o arquivo anexo “aponta” para a internet. Como saber isso? Apenas “passe” o cursos do mouse sobre o arquivo ou o link, o endereço geralmente aparece na barra inferir chamada de status, desconfie do endereço, veja se tem alguma relação com quem enviou
  • ATIVIDADES RESPONDA  1 ) Defina vírus de computador  2) Atualmente como ocorrem as infecções de computadores  3) Cite 4 problemas que os vírus podem causar em um computador  4)Cite 8 tipos de vírus, sua classificação e como agem  5) O que é um Keylogger, como ele funciona?  6) cite 8 tipos de antivírus  7) Qual a importância de atualizar o antivírus  8) Qual a finalidade de formatar um Computador ?  9) O que são periféricos ?  10) cite 6 exemplos de periféricos de entrada.  11) Cite 6 exemplos de periféricos de saída  12) Cite 5 exemplos de periféricos de entrada e saída
  •  13) Qual o significado do termo PLUG and PLAY?  14) Quais as principais diferença entre monitores LCD e CRT?  15) Defina com suas palavras, o que é configurar?  16) O que é um Sistema Operacional ?  17) O que é um sistema multitarefas?