Your SlideShare is downloading. ×
Poster "Viagens literárias" ticEDUCA2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Poster "Viagens literárias" ticEDUCA2012

574

Published on

Poster apresentado no 2º Congresso Internacional TIC e Educação: http://ticeduca.ie.ul.pt/

Poster apresentado no 2º Congresso Internacional TIC e Educação: http://ticeduca.ie.ul.pt/

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
574
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Projeto “Viagens literárias”: integração curricular das TIC através da produção e utilização de recursos educativos digitais com o Google earth – Contributos para análise das perceções dos docentes Teresa Pombo Escola Básica Carlos Gargaté / Almadaforma, Centro de Formação da Associação de Escolas de Almada teresapombopereira@gmail.com No contexto educativo, nomeadamente quando suportado por meios eletrónicos, presencialmente ou a distância, as ferramentas da web 2.0 têm Neste poster, descrevem-se duas ações de desenvolvimento Contextualização assumido alguma importância. Como referiu Stephen Downes, estas ferramentas permitem a re-criação e partilha de conteúdos de uma forma profissional docente para a integração curricular das TIC através da O workshop extraordinária: “….Web was shifting (…) being a platform, in which content was created, shared, remixed, repurposed, and passed along.” (Downes, produção e utilização de recursos educativos digitais realizados Introdução 2005) proporcionando a introdução de inovação em sala de aula. com a ferramenta Google Earth: workshops e Ação de Formação O projeto “Viagens literárias… mas não só – recursos educativos digitais com o Google Earth» (http://viagensliterarias.wordpress.com/) oferece desde Docente Acreditada, sob o formato de um curso de quinze horas. 2008 exemplos de recursos educativos digitais multimédia elaborados com a ferramenta Google Earth por professores e alunos no contexto de várias áreas disciplinares (Pereira, 2010). Disponibilizam-se também oportunidades de desenvolvimento profissional docentes através de comunicações, workshops e formação docente creditada (curso de 15 horas). O projeto tem sido acompanhado, desde o seu início, por um processo de investigação Figura 1: Página inicial do sítio web de apoio aos workshops “Viagens literárias”. que procura compreender o impacto deste tipo de ações no desenvolvimento profissional dos docentes, na inovação educativa e, sobretudo, na integração efetiva das TIC nos processos de ensino e aprendizagem. O sítio web de apoio aos workshops - de que já se realizaram três edições - está disponível em https://sites.google.com/site/workshopredge/ . Trata-se de uma forma acessível de Na sua opinião, o que é que ajudaria à integração da tecnologia na sua prática letiva? mostrar aos participantes o contexto do workshop, deixar hiperligações interessantes como Mais formação. sugestão, apresentar o questionário de avaliação e, sobretudo, reunir pequenos tutoriais que, «Mais formação e envolvimento das lideranças intermédias. a distância, poderão apoiar os docentes que desejem colocar em prática o que aprenderam Cultura de escola em que se apele/mobilize/motive à participação e ao envolvimento em trabalho de parceria e começaram a realizar durante o workshop presencialmente. Assim, a estrutura de O Questionário entre colegas. navegação distribui-se por nove áreas, a saber: Início / Apresentação do projeto “Viagens Partilha de boas práticas.» Na sua opinião, o que tornaria a formação literárias” / Ligações úteis / Tutoriais passo-a-passo / Tutoriais vídeo / Calendário de docente que recebeu mais eficaz? workshops / Fórum / Avaliação / Mapa do site. Foram já realizadas 3 edições (Coimbra, «Dar ainda maior ênfase à forma de integrar a tecnologia. Leiria, Rio Maior) com cerca de 60 participantes. Muito mais importante do que saber usar O Curso de formação teve uma primeira edição com cerca de 20 inscritos. uma tecnologia [da Reflexão Crítica] (não deixa de ser fundamental) Para este trabalho foram entrevistados 3 participantes no curso, 1 participamte no workshop é saber mobilizá-la «Espero poder aplicar o recurso no próximo e dois docentes que acompanham o projeto via Redes sociais e já assitiram a uma em contexto de sala de aula.» ano letivo para poder avaliar a sua eficácia, para perceber se a forma como o concebi e comunicação sobre o memso. como idealizei a sua apresentação funcionam Figura 4 Blogue de apresentação do projeto e ponto de partida para e para, eventualmente, o poder reformular a apresentação de recursos-exemplo + guiões e das partilhas num ou noutro ponto que se revele menos realizadas. eficaz. » O curso [da Reflexão Crítica] «Conseguir fazer um recurso que vai ter Figura 4 Questionário exploratório “Projeto Viagens literárias: contributos para a mudança da utilização prática e, espero, enriquecer o prática docente no que toca à integração das TIC no processo de ensino-aprendizagem processo de ensino e aprendizagem, é (produção e utilização de recursos educativos digitais)”. superar um dos principais objetivos da [da Reflexão Crítica] realização desta ação. A porta que se abriu é um desafio…» «No futuro, espero conseguir concretizar em(a) Utilização das TIC: tem como objetivo caracterizar os diversos tipos de utilização das TIC em sala de contexto de trabalho com os alunos, em salaaula em áreas distintas bem como a competência profissional necessária para aplicar o que aprenderam na de aula ou através da plataforma Moodle daformação; escola, as aprendizagens que adquiri nesta (b) Obstáculos: pretende identificar os principais obstáculos à integração das TIC em contexto de sala de Oficina, com o objetivo de melhorar as aula (à sua implementação com os alunos), nomeadamente das ferramentas inerentes à utilização específica minhas práticas pedagógicas.» do Google Earth; Figura 2: Disciplina Moodle de apoio ao curso “Construção de Recursos Educativos Digitais com o Google Earth”. (c) Perceções: tem como objetivo identificar como entendem os docentes a importância de uma efetiva integração das TIC nos processos de ensino-aprendizagem, o que é que tal significa e como pode ser Cavanaugh, T. & Burg, J. (2011). Bookmapping: Lit Trips and Beyond. International Society for Technology in Education. ISTE realizado o seu desenvolvimento profissional nesse domínio; – International Society for Technology for Education. (d) Variáveis demográficas: com a intenção de caracterizar os docentes que integram as TIC em sala de aula Downes, D. (2005). E-Learning 2.0. eLearn Magazine. Publicado a 16 de outubro, Retirado de e que procuram o seu desenvolvimento docente em contexto informal (participação em redes sociais e em http://www.downes.ca/post/31741 Referências workshops) ou formal (formação docente acreditada). Hutchison, A.C. (2009). A national survey of teachers on their perceptions, challenges, and uses of information technology. Graduate School of Clemson University. Conclusão Pereira, T. (2008). Avaliação formativa e aprendizagem da Língua Portuguesa no contexto de uma comunidade virtual de O projeto “Viagens literárias” realiza, assim, alguns passos mais no seu desenvolvimento, assumindo a convicção de que, pela sua facilidade de utilização e, sobretudo, potencial de aprendizagem. [Dissertação de Mestrado]. Lisboa: Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da integração multimédia dos diversos recursos disponíveis atualmente na Internet, o recurso ao Google Earth para a realização de recursos educativos (nas áreas de línguas e literatura mas Educação não só) promove a literacia crítica, a leitura, a escrita e outras capacidades ao nível das tecnologias, tão imprescindíveis, quer a alunos, quer a docentes em pleno século XXI. Recordando Pereira, T. (2010). Viagens literárias: percursos geo-referenciados no estudo da Língua Portuguesa. I Encontro Internacional o que afirmaram Terence W. Cavanaugh e Jerome Burg, “Integrating bookmapping with student participation can promote student reading, writing and technological skills.(…)Integrating TIC e Educação: Inovação curricular com TIC, ticEDUCA 2010, Actas do I Encontro Internacional TIC e Educação – Inovação curricular com TIC, Lisboa. Multimedia technology tools by using or creating bookmaps can assist students in their learning and transition to higher-level tasks”. (Cavanaugh & Burg, 2011, p.3). Quivy, R. e Campenhoudt, L.V. (1998). Manual de Investigação em Ciências Sociais. Trajectos, 2ª edição. Lisboa: Gradiva. Estamos também convictos de que este tipo de ações têm tido algum impacto no desenvolvimento profissional docente pretendendo avaliar se devemos dar-lhe continuidade. Tuckman, B. W. (2000). Manual de Investigação em Educação. 1ª edição. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Educação e Bolsas. Teresa Pombo | www.profteresa.net | 2012 Para aceder a este artigo, faça a leitura do qrcode »»»

×