Your SlideShare is downloading. ×
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Globalização  econômica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Globalização econômica

52,003

Published on

Dinâmica da globalização econômica e suas consequências

Dinâmica da globalização econômica e suas consequências

Published in: Business, Technology
2 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
52,003
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
434
Comments
2
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. GLOBALIZAÇÃO FASE DO CAPITALISMO FINANCEIRO DOUTRINA: NEOLIBERALISMO
  • 2. ORIGEM
    • A globalização é um fenômeno capitalista e complexo que começou com a expanssão marítima comercial e que ganhou outras características a partir da Revolução Industrial . e hoje é resultado do pós Segunda Guerra Mundial, e sua nova dinâmica e da Revolução Tecnológica.
    • Tendo uma visão apenas da Globalização econômica vamos encontrar varias globalizações ao longo do tempo-histórico.
  • 3. CONCEITO E FORMAÇÃO
    • É o crescimento da interdependência econômica de todos os povos e países da superfície terrestre .
    • Alguns falam em “aldeia global”,
    • Está associada a uma aceleração do tempo.
    • A globalização é um fenômeno moderno que surgiu com a evolução dos novos meios de comunicação cada vez mais rápidos e mais eficazes.
    • OBS:Podemos encontrar pessoas que se posicionam a favor como contra (movimentos anti-globalização).
  • 4. FORMAS DE INTEGRAÇÃO ECONÔMICAS
    • Zona de livre-comércio. É uma parceria entre países que reduzem ou eliminam as barreiras alfandegárias, tarifárias e não-tarifárias, que incidem sobre a troca de mercadorias dentro do bloco.
    • União aduaneira. C aracteriza-se por adotar uma Tarifa Externa Comum, a qual permite estabelecer uma mesma tarifa aplicada a mercadorias provenientes de países que não integram o bloco.
    • Mercado comum. Caracteriza-se pela circulação de bens, serviços e os fatores de produção (capitais e mão-de-obra) e pressupõem-se a coordenação de políticas macro-econômica, devendo todos os países-membros seguir os mesmos parâmetros para fixar taxas de juros e de câmbio e para definir políticas fiscais.
    • União monetária. Constitui o estágio mais avançado do processo de formação de blocos econômicos .
    • No estágio de União Econômica e Monetária tem de existir uma moeda única e uma política monetária inteiramente unificada e conduzida por um Banco Central comunitário.
  • 5. BLOCOS ECONÔMICOS
  • 6. UNIÃO EUROPÉIA
    • HISTÓRICO:
    • O FENÔMENO DA INTEGRAÇÃO EUROPEIA TEVE A SUA ORIGEM DEPOIS DA II GUERRA MUNDIAL;
    • QUANDO SE TEVE QUE RECONSTRUIR UMA EUROPA ARRUINADA POR GUERRAS E EVITAR ASSIM NOVOS CONFRONTOS ENTRE OS POVOS QUE PARTILHAM UMA REALIDADE HISTÓRICA E GEOGRÁFICA;
    • CONSERVAR SUA ENTIDADE, SEU IDIOMA E A SUA CULTURA.
  • 7. COMUNIDADE ECONÔMICA EUROPÉIA–CEE
    • Tratado de Paris-08/04/1951
    • Institui a Comunidade Européia do Carvão e do Aço (CECA);
    • foi assinado, em Paris, pela Bélgica, França, Alemanha oc, Luxemburgo e Países Baixos.
    • Tratado de Roma-5/03/1957
    • Institui a Comunidade Econômica Européia e a CEEA;
    • Países membros:
    • França, Alemanha, Itália,
    • Bélgica, Luxemburgo e Holanda.
    • o
  • 8. UNIÃO EUROPÉIA
    • Tratado da União Européia ou de Maastricht - 1992 A UE nasceu com Maastricht e posteriormente ratificado no dia 1º de novembro de 1993, pelos 12 membros da Comunidade Européia - Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Grécia, Irlanda, Itália, Holanda Luxemburgo, Portugal e Espanha, com o objetivo de eliminar todas as barreiras alfandegárias  entre os países.
    • EU-15 - Ela cresceu. Em 1995, ela foi ampliada com a entrada da Finlândia, da Áustria e da Suécia. Denominada Europa dos quinze.
  • 9. AMPLIAÇÃO DA UNIÃO EUROPÉIA
    • EU-25 - Europa dos 25
    • Acordo assinado na Grécia amplia o bloco da União Européia até 2004 para 25 países
    • no dia 1º de maio de 2004, mais 10 países passam a fazer parte da União Européia junto com os atuais 15 membros. Pela importância demográfica são eles: Eslováquia, Lituânia, Polônia, República Checa, Hungria, Eslovênia, Letônia, Estônia, Chipre e Malta;
    • Em 1º de janeiro de 2007 a UE passa a ter 27 integrantes com a entrada da Romênia e Bulgária.
  • 10. BULGÁRIA
  • 11. ROMÊNIA
  • 12. Objetivos da união européia
    • É uma organização supranacional dedicada a incrementar a integração econômica e a cooperação entre seus estados membros, outorgando a cidadania européia aos cidadãos de todos os estados membros.
    • Intensificar os acordos aduaneiros e sobre imigração objetivando permitir aos  cidadãos europeus liberdade para ir e vir em qualquer um dos países  membros e diminuir o controle nas fronteiras entre os países membros.
    • INSTITUIÇÕES SUPRANACIONAIS:
    • Parlamento Europeu;
    • Conselho da União Européia;
    • Comissão da União Européia;
    • Conselho de Ministro;
    • Tribunal de Justiça da União Européia; Tribunal de Contas da União.
  • 13. UNIÃO MONETÁRIA
    • 1998- Nasce o EURO
    • Criado em Frankfurt, o Banco Central Europeu é responsável pela criação do Euro, a moeda única européia.
    • 2002- O Euro entra em circulação
    • Dos 15 países integrantes da União Européia, Reino Unido, Dinamarca e Suécia não aderem à moeda única.
  • 14. RICOS E POBRES
    • A diferença entre a região mais rica e a mais pobre da União Européia praticamente dobrou com a expansão do bloco. A renda per capita em Luxemburgo, a mais alta do bloco, é quatro vezes maior do que a dos países bálticos e da Polônia. Com a exceção do Chipre, nos novos países da União Européia vive-se com menos do que nos atuais membros.
    •  
  • 15.  
  • 16. O NAFTA (North America Free Trade Agreement)
  • 17. NAFTA
    • O Tratado Norte-Americano de Livre Comércio, é um tratado envolvendo Canadá, México e Estados Unidos da América numa área de livre comércio, com redução tarifária para troca de mercadorias entre os três países
    • O atual NAFTA entrou em vigor em 1994, com um prazo de 15 anos para a total eliminação das barreiras alfandegárias entre os três países, estando aberto a todos os Estados da América Central e do Sul.
    • O bloco econômico do NAFTA abriga uma população de 417,6 milhões de habitantes, produzindo um PIB de US$ 11.405,2 trilhões, que gera US$ 1.510,1 trilhão de exportações e US$ 1.837,1 trilhão de importações.
    • São Países-Membros do NAFTA: Estados Unidos, Canadá e México.
  • 18. MERCOSUL
  • 19. MERCOSUL
    • O MERCOSUL foi criado em 1991 com a assinatura do Tratado de  Assunção no Paraguai;
    • Os membros deste bloco econômico da América do Sul são: Argentina, Brasil, Paraguai, e Uruguai ( membros plenos );
    • O mercosul tem como membros associados a Bolivia (1996), Chile (1996), Peru (2003), Colômbia (Colômbia) e Equador (2004) e Venezuela (2006);
    • A ratificacão da entrada da Venezuela como membro está na dependência da ratificação do Congresso Nacional do Paraguai, pois os congressos nacionais do Brasil, Argentina e Uruguai já ratificaram a entrada da Venezuela no Mercosul;
    • O Mercosul encontra-se no estágio de União Aduaneira, no processo de integração entre entre os países membros plenos.
  • 20.  
  • 21. As conseqüências da globalização
    • A mudança no papel do Estado;
    • A questão da exclusão e inclusão social;
    • Processo de aculturação ( cultura ocidental )
    • Desemprego conjuntural , e principalmente estrutural em vários setores;
    • Política de privatizações de empresas estatais;
    • Expansão das multinacionais (inventoras da globalização )
    • Padronização de :
    • modelo econômico;
    • informação;
    • Idéia e
    • de consumo ( Busca-se uma padronização cultural )
    • associações econômicas de países ( blocos econômicos )
  • 22.  
  • 23. ASPECTOS NEGATIVOS
    • Aumento de conflitos ( varias causas )
    • Atentados terroristas;
    • Maior possibilidade de instabilidade econômica;
    • Maior interdependencia entre os estados-nacões;
    • Graves deficiências econômicas para o mundo subdesenvolvido;
    • Perda gradativa da identidade nacional;
    • Concentração da renda mundial;
    • Impactos ambientais em escala global.
  • 24. PONTOS POSITIVOS
    • O consumidor foi beneficiado;
    • Desenvolvimento dos meios de comunicação e transporte;
    • ONGs: ( a “polícia” do mundo globalizado );
    • Desenvolvimento da cidadania, dos direitos humanos e da conscientização ambiental;
    • Maior facilidade ao conhecimento;
    • A multipolaridade de poder econômico.
    • ex.: G7, G8, G5, G13, G20, BRICA...

×