Apresentação

253 views
178 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
253
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
95
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação

  1. 1. *
  2. 2. *
  3. 3. *
  4. 4. *
  5. 5. *
  6. 6. *
  7. 7. *
  8. 8. *
  9. 9. Gisele Bündchen: A maior top mundial tambémjá sofreu com o bullying. Ela aturou muitaspiadinhas sem graça por ser magra e alta.Tinha três apelidos: Saracura, Olívia Palito eSomaliana. Atualmente, Gisele é considerada amelhor modelo do mundo e criou uma páginano seu blog para discutir sobre o assunto quelhe perturbou durante anos.
  10. 10. Madonna: "Eu não era hippie ou fã dos RollingStones, então me tornei esquisita (...) Se vocêfosse diferente, os alunos eram bem perversos. Aspessoas faziam questão de serem maldosascomigo", disse a diva à revista "Vanity Fair" em2008. Mas quanto mais represálias às suasdiferenças, mais Madonna reagia: não depilavapernas e axilas, recusava-se a usar maquiagem ouse encaixar no modelo de garota convencional.
  11. 11. David Beckham:Um dos maiores jogadores defutebol do mundo sofreu bullying por serapaixonado pelo esporte. Adolescente, era umestranho no ninho: enquanto seus colegaspensavam em diversão, ele focava no futebol.Recusava noitadas e bebidas e os agressoresdiziam que isso era coisa de "mulherzinha".Beckham está na campanha Beat Bullying : "Obullying é algo que todos nós temosresponsabilidade de erradicar".
  12. 12. Miley Cyrus: No livro autobiográfico "Miley Cyrus:Miles to Go," a estrela adolescente conta, comdetalhes, o bullying de que foi alvo pelo grupo Oclube anti-Miley, durante a sua infância passadano Tennessee nos Estados Unidos. As garotaslevaram o bullying muito mais longe. Eram grandese fortes e eu pequena e magricela. Elas eramperfeitamente capazes de me fazer malfisicamente.
  13. 13. Justin Bieber: O cantor "teen" que também sofrebullying na escola. Segundo o astro, os ataquessão principalmente virtuais e aconteceram antes edepois do seu reconhecimento. O adolescentecontou que foram espalhados boatos por ter sido oalvo de adolescentes em um centro de diversõeseletrônicas de Vancouver, no Canadá e queexistem muitos inimigos em sua página noYoutube.
  14. 14. Justin Timberlake: O cantor pop, que tem umalegião de admiradoras, disse que o mesmo não sepassava entre os elementos do sexo oposto."Estava sempre a ser provocado pelos rapazes porter uma acne terrível e um cabelo muito estranho".Além disso, Justin sofreu muito por ter os braçosmuito longos no período de escola.
  15. 15. Steven Spielberg:O diretor de cinema mudou-sevárias vezes de cidade em função do trabalho deseu pai. Sempre solitário, desengonçado eexcluído, com sua câmera super-8 nas mãosfazendo filmes caseiros das irmãs, Spielbergsofreu vários ataques anti-semitas dos vizinhos edos colegas de escola. Chegou a apanhardiariamente no recreio e ouvia as criançasberrando "Spielbergs, os judeus sujos".
  16. 16. Eminem: Ainda quando criança, o cantor Eminemde Rap sofreu bullying na escola e chegou aperder temporariamente a visão de um olho porconta de agressões sofridas no colégio. A primeiraagressão teria acontecido em 1982, na escola queo músico frequentava. Inconformada com asagressões, a mãe do astro, Debbie Mather Briggs,chegou a processar o sistema escolar de Detroitpor não protegê-lo.
  17. 17. *
  18. 18. Seja você a vítima ou a testemunha do bullying,existem muitas coisas que pode fazer para detê-lo.Mas a melhor coisa é NÃO FICAR CALADO.
  19. 19. SEJAAMIGÁVELConsolar alguém que tenha sido vítima do bullying é umgesto carinhoso e faz uma grande diferença. Tente dizeralgo como "sinto muito pelo que aconteceu" e reforceque você não aprova o bullying e que a vítima não temculpa da agressão. Melhor ainda, comece uma amizadecom ela.
  20. 20. CONTE PARA UM ADULTOVocê precisa falar com alguém – seus pais, umprofessor ou alguém em quem confie, que possainterferir e deter o bullying. Lembre-se: pedirajuda não é dedurar, é ajudar quem precisa.
  21. 21. ENVOLVA-SESe ofereça para fazer parte do programa deprevenção ao bullying da sua escola. Se nãohouver um, veja se você pode criar um programa.Incentive todo mundo na sua escola a semanifestar contra o bullying. Juntos, podemosfazer a diferença e acabar com o problema. Nãofique calado!

×