• Like
  • Save
Aula 3   a formação dos estados nacionais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula 3 a formação dos estados nacionais

on

  • 9,243 views

 

Statistics

Views

Total Views
9,243
Views on SlideShare
8,993
Embed Views
250

Actions

Likes
1
Downloads
237
Comments
0

17 Embeds 250

http://www.mpf1703.blogspot.com 53
http://mpf1701.blogspot.com 51
http://www.mpf1701.blogspot.com 50
http://mpf1705.blogspot.com 23
http://mpf1704.blogspot.com.br 13
http://www.mpf1701.blogspot.com.br 12
http://www.mpf1705.blogspot.com 10
http://mpf1701.blogspot.com.br 9
http://mpf1705.blogspot.com.br 7
http://mpf1703.blogspot.com 6
http://mpf1703.blogspot.com.br 5
http://mpf1704.blogspot.com 4
http://www.mpf1703.blogspot.com.br 2
http://www.mpf1704.blogspot.com 2
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://www.mpf1704.blogspot.com.br 1
http://mpf1701.blogspot.in 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula 3   a formação dos estados nacionais Aula 3 a formação dos estados nacionais Presentation Transcript

    • Nelton Araújo E.M. Manoel Porto Filho 7° Ano 2011
    • Você sabe o que é um Estado?
    • Sabia que na Idade Média não existiam “país”?
      • Ninguém afirmava ser inglês ou ter nascido em Portugal, por exemplo.
    • Os Reis na Idade Média
      • Eram reconhecidos como sagrados
    • Os Reis na Idade Moderna
      • Também eram reconhecidos como sagrados
      • Ué? E qual era a diferença entre eles?
    • A diferença é...
      • O Rei medieval ...
      • Era apenas mais um nobre
      • Dependia, como todos os nobres, dos exércitos de vassalos para manter ou ampliar seus domínios territoriais.
    • A diferença é...
      • Já o Novo Monarca Moderno...
      • Tornou-se o senhor de todos os senhores
      • Construiu seu poder com base em um exército permanente e a união das leis, moedas e impostos .
    • No Final da Idade Média...
      • Definição das fronteiras nacionais
    • Olha o Mapa da Europa Atual
    • No Final da Idade Média...
      • Crescimento do comércio e da cidade
      • Aumento da Importancia da burguesia
    • No Final da Idade Média
      • Enfraquecimento da Nobreza
      • Descuido da Terra – Cruzadas
      • Revoltas Camponesas
    • Então foi o fim da Nobreza?
      • Nãoooooooooooooooo!
    • O que aconteceu com eles?
    • A Nobreza
      • Manteve-se como condição de grupo privilegiado
      • Não pagavam impostos
      • Tinha acesso aos altos cargos no governo
      • E aos postos elevados do Exército
    • Só que tudo tem um preço
      • Feudos foram perdendo autonomia (independencia)
      • O poder do rei foi crescendo
        • Apoio da Nobreza
        • Dinheiro da burguesia
        • Obediência do Camponês
    • Logo,No Final da Idade Média...
      • Houve o Fortalecimento do poder do Rei
    • Centralização do poder real
      • Renascimento urbano-comercial – aumento da circulação de moedas
      • Logo, a posse de terra deixou de ser a única fonte de riquezas
      • Ter dinheiro era mais importante
    • Centralização do poder real
      • Formação de exércitos profissionais
      • Pagos com os impostos cobrados dos súditos
      • Especialmente a burguesia
    • Centralização do poder real
      • Controle também da produção de dinheiro
      • Proibição a circulção de qualquer outra moeda a não ser a moeda nacional
    • Centralização do poder real
      • Imposição de uma língua falada no território
      • Facilitaria o entendimento das leis e da comunicação entre o súdito e o rei
    • O Rei tinha o Monopólio
      • Do poder de legislar (Poder Legislativo)
    • O Rei tinha o Monopólio
      • Do poder de Julgar (Poder Judicário)
    • O Rei tinha o Monopólio
      • De cobrar os impostos e administrar as Instituições (Poder Executivo)
    • E qual era o papel do Rei?
      • Resolver os conflitos por meio de suas leis e de suas ações
    • Qual era o papel do Rei?
      • Quando o problema era muito grande, ele usava o exército.
      • Mas qual o resultado disso?
      • Aumento do poder do Rei
    • Qual era o papel do Rei?
      • Guerra
      • Gasto maiores com armamentos, exército, etc.
      • Como se conseguia dinheiro para isso?
    • Qual era o papel do Rei?
      • Cobrança de Impostos!
    • Em resumo...
      • O papel do rei se tornava cada vez maior, cada vez mais centralizado, ou seja...
      • Aboluto.
    • Por isso...
      • Absolutismo!
    • O ABSOLUTISMO MONÁRQUICO
      • Foi o processo de centralização política nos reinos europeus, no qual todo o poder se concentrava nas mãos do rei.
    • Trabalho - Vamos comparar
      • Compare a definição de Absolutismo do slide anterior com o que vocês tem no livro de vocês, na página 79.
      • Veja o que há em comum nessas definições?
      • O que há de diferente?
      • Juntando as duas versões, crie a sua versão de absolutismo, com as suas palavras.
    •  
    • Sociedade estratificada ou estamental
    • Quem é esse cara?
    • Luís XIV – Rei da França
    • O “Rei Sol”
    • O Exemplo de rei Absolutista
    • Mas, peraí...
      • Como as pessoas do 3° Estado, o Povão, aceitava esse modelo centralizado?
    • Como justificar o poder do Rei?
      • Teóricos do Abolustismo
      • Pensadores que usavam a filosofia para justificar ou criticar o poder exagerado dos Reis.
    • 1.Nicolau Maquiavel
      • Italiano considerado o maior pensador político da época moderna
      • Principal obra: O Príncipe (1532)
    • 1.Nicolau Maquiavel
      • Sua idéia era de que o maior objetivo do príncipe ou do rei seria zelar para a manutenção e crescimento de seu próprio poder
      • Separação entre Ética e Política
    • “ Os fins Justificam os meios”
      • Justificava a utilização de artimanhas , ciladas e até emprego da força e da violência para que o Rei se garantisse no poder.
    • 2. Thomas Hobbes
      • Um dos principais pensadores Inglês do século XVII
      • Sua principal obra : O Leviatã
    • O que é o Leviatã?
    • 2. Thomas Hobbes
      • Idéia: o homem é naturalmente egoísta e possessivo
      • “ O Homem é o lobo do homem”
    • 2. Thomas Hobbes
      • Estado existe para as pessoas não se destruírem
      • O Estado é consequencia de um acordo (contrato) feito entre os homens, onde eles transferem para o Rei o direito do governo em prol da paz e da segurança gerais
    • 3. Jacques Bossuet
      • Bispo Francês
      • Principal obra: Política Retirada da Sagrada Escritura
    • 3. Jacques Bossuet
      • Defende a existencia de total proximidade do poder real em relação a Deus
      • O Rei era tão próximo de Deus que suas decisões eram infalíveis , já que seriam inspiradas por Deus
    • 3. Jacques Bossuet
      • Era de Deus que viria a autoridade do Rei
      • E o maior crime seria o de questionar o poder do Rei, pois seria questionar a autoridade divina
      • É daí que vem a mais importante justificativa de um Rei absolutista, o famoso...
    • ...Direito Divino dos Reis
      • “ Todo poder vem de Deus. Os governantes, pois, agem como ministros de Deus e seus representantes na Terra. Consequentemente, o trono real não é o trono de um homem, mas o trono do próprio Deus”
    • Trabalho de casa
      • Pesquise na Internet e no dicionário a definição de Estado, nação e País.
      • Pesquise e escreve, em papel almaço, como os Estados abaixo começaram seu processo de centralização. Lembre-se: NÃO QUERO CÓPIA DE INTERNET OU LIVROS!
      • Portugal
      • Espanha
      • Inglaterra
      • França