Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Imperialismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply
Published

Slide sobre Imperialismo

Slide sobre Imperialismo

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
2,887
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
38
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Nasce o Neocolonialismo
    • A partir da Segunda revolução Industrial, os países capitalistas, começaram a adotar medidas protecionistas, afim de reservar seus mercados internos para as suas próprias indústrias.
    • Em busca de novos mercados consumidores e matérias-primas, estes países decidiram expandir-se em direção à África, Ásia e América Latina.
    • O expansionismo dessas nações teve um caráter imperialista e neocolonialista.
  • 2. IMPORTANTE LEMBRAR...
    • O IMPERIALISMO consiste na dominação econômica (com reflexos políticos e culturais) de um país sobre o outro. Exemplo: a atuação inglesa no Brasil do século XIX.
    • O NEOCOLONIALISMO significa a dominação total de um país sobre o outro. A maioria dos países africanos e asiáticos foi vítima do neocolonialismo, pois seus territórios foram conquistados e submetidos no plano econômico, político, administrativo, militar e cultural.
  • 3.  
  • 4. JUSTIFICANDO A DOMINAÇÃO
    • Para Justificar a dominação sobre os outros povos, os europeus do século XIX usaram três argumentos principais:
    • 1º) O europeu estava destinado a levar a civilização ( o progresso técnico-científico e os “bons costumes”) aos povos não-europeus.
    • 2º) A “raça branca” é superior às outras (esse argumento está contido em teorias raciais da época).
    • 3º) As nações cristãs tinham o dever de cristianizar todos os povos que viviam mergulhados na “superstição” e na “barbárie”.
  • 5.  
  • 6.  
  • 7. A organização do imperialismo neocolonialista:
    • Protetorados
    • Colônias de enraizamento
    • Colônias de enquadramento
    • Colônias de administração direta
    • Zonas de influência
    • Imperialismo formal
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.  
  • 11. Conseqüências do Imperialismo
    • No sistema de produção africano – todos os setores da produção foram organizados sob uma base monopolista, voltados apenas para a exportação. Os produtos de subsistência foram substituídos pelo sistema latifundiário (plantation), praticado por latifundiários que exploravam os camponeses expropriados de suas terras. Os produtos mais plantados eram aqueles voltados para a exportação: café, amendoim, cacau, sisal etc.
  • 12. No sistema social africano
    • As organizações tradicionais, que eram baseadas na produção de subsistência ou na pecuária itinerante e praticadas pela comunidade nas terras comuns, perderam sua base de sustentação. Várias aldeias foram deslocadas ou dispersadas e suas terras entregues aos colonos brancos ou às empresas capitalistas, enquanto os africanos tornavam-se inteiramente dependentes dos colonizadores, concentrados em regiões estéreis ou trabalhando para os brancos.
  • 13. Medidas tomadas para dominar as populações nativas:
    • Confisco de terras mais férteis
    • Imposição de impostos individuais em dinheiro
    • Recrutamento forçado
    • Confinamento das comunidades nativas em áreas mais reduzidas e mais pobres.