0
GERENCIAMENTO DE            ESCOPO DE PROJETO                                       Integrantes                           ...
Introdução◊ EmpresaA ProSolution é uma empresa que atua no desenvolvimento,implementação, treinamento e suporte técnico de...
Termo de Aberturado Projeto (TAP)◊ Projeto: Implementação do Sistema LIMS no laboratório de Controle deQualidade de uma In...
TAP◊ Objetivo: SMARTS - Otimizar, manter a rastreabilidade e gerenciar a utilização dos recursosmateriais e humanos em tod...
TAP◊ Requisitos:- Documentação técnica do software.- Implementação faseada em todas as áreas da companhia que tenham inter...
TAP◊ Lista de Milestones- Até maio/2012 - Mapeamento dos processos- Até outubro/2012 - Parametrização do sistema- Até jane...
Identificação dos    Stake Holders -    ISH                                                           Influência          ...
ISH – Poder, Interesse    Influência                                                              Influência              ...
ISH – Poder, Interesse    e Influência                                                           Influência               ...
ISH        Classificação        e estratégia    Nome                     Outras características            Classificação  ...
ISH        Classificação        e estratégia     Nome                       Outras características               Classific...
ISH       Classificação       e estratégia    Nome                     Outras características               Classificação ...
DReq        Produto                                       Requisitos do Produto                                           ...
DReq     Produto                                 Requisitos do Produto                                                 Ras...
DReq      Produto                                 Requisitos do Produto                                                   ...
DReq      Produto                                   Requisitos do Produto                                                 ...
DReq        Projeto                                        Requisitos do Projeto                                          ...
DReq        Projeto                                   Requisitos do Projeto                                               ...
DReq      Projeto                                  Requisitos do Projeto                                                  ...
Declaração de Escopo◊ Escopo do Produto: A implementação do sistema LIMS permitirá umgerencimento completo de todas ativid...
Declaração de Escopo◊ Critérios de aceitação: Durante a etapa de verificação, as entregas serãoaceitas desde que: realizad...
Declaração de Escopo◊ Premissas1- Todos documentos e dados do laboratório estarão disponíveis para inclusãoe/ou parametriz...
Declaração de Escopo◊ Restrições1- Os microcomputadores que não suportarem o sistema deverão sersubstituídos;2- Não serão ...
WBS Diagrama               25
D-WBS    Dicionário WBS                             Fase: Aquisição           Entrega: Infraestrutura (hardware) e softwar...
D-WBS    Dicionário WBS                        Fase: Parametrização         Entrega: Sistema parametrizado.   C.C.        ...
D-WBS    Dicionário WBS                             Fase: Homologação                Entrega: Check list de homologação   ...
D-WBS Dicionário WBS                       Fase: Migração        Entrega: Sistema LIMS integrado e em uso no ambiente de p...
LVQLVQ - Lista Verificação Qualidade                                             Fase: Parametrização        Entrega: Sist...
LVQLVQ - Lista Verificação Qualidade                                          Fase: Treinamento         Entrega: Treinamen...
Solicitação deMudança - SM                       SM - Solicitação de Mudança            Número da SM                      ...
Parecer - SM                     Parecer do GP           Impactos identificados – Escopo do projeto           Não previsto...
São paulo geep09-ge-prosolution
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

São paulo geep09-ge-prosolution

696

Published on

Carlos Eduardo Aguiar, Cristina Matushima, Lúcia Yuri Norissada, Luis Giraldi, Susan Allendorf

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • TAP: é sugerido que os ítens do objetivo SMART sejam o mais sucinto possível e sem redundancias;
    ISH: Influência positiva ou negativa;
    DReq Produto e Projeto: identificar qual PT a 'entrega se manifesta';
    DE: OK;
    WBS: Da forma que a WBS esta estruturada, existem 8 PT´s.
    D-WBS: fase parametrização não está 100% coerente com a WBS e reavaliar entrega do PT, demais fases ok;
    LVQ: fase parametrização não está 100% coerente com a WBS e reavaliar entrega do PT;
    SM: é sugerido identificar melhor o impacto no projeto.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
696
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "São paulo geep09-ge-prosolution"

  1. 1. GERENCIAMENTO DE ESCOPO DE PROJETO Integrantes Carlos Eduardo Aguiar Cristina MatushimaProf. Marco Antônio Coghi Lúcia Yuri NorissadaGEEP T9 - Berrini Luis GiraldiFevereiro/2012 Susan Allendorf
  2. 2. Introdução◊ EmpresaA ProSolution é uma empresa que atua no desenvolvimento,implementação, treinamento e suporte técnico de tecnologia de altaqualidade de softwares de gerencimento de dados de laboratório deControle de Qualidade. Além disso, oferece serviços de consultoria eassessoria com foco em mapeamento de processos e identificação deoportunidades de melhoria.◊ ProjetoA ProSolution foi contratada por uma Indústria Farmacêutica paraimplantar o sistema LIMS num projeto designado LabLIMS, quecontempla desde o mapeamento dos processos até a implementação dosistema para automação e gestão dos processos laboratoriais e decontrole de qualidade industrial, com integração aos sistemas existentesda empresa. 3
  3. 3. Termo de Aberturado Projeto (TAP)◊ Projeto: Implementação do Sistema LIMS no laboratório de Controle deQualidade de uma Indústria Farmacêutica.◊ Descrição: Elaboração de um projeto que visa a implementação do sistemaLIMS para o gerenciamento de informações e resultados do laboratório deControle de Qualidade, considerando a rastreabilidade completa das informaçõesgeradas no laboratório, desde o recebimento do material até a emissão final dolaudo de análise, além do controle dos recursos materiais e humanos dodepartamento.◊ Justificativa: Para fornecer maior índice de confiabilidade e rastreabilidade dasinformações geradas no laboratório, com a redução de até 30% do tempo gastocom as análises físico-químicas dos materiais recebidos, além da otimização dosrecursos materiais e humanos do departamento.Atendimento aos requisitos de Boas Práticas de Laboratório e Programas deRedução de Custos da empresa.Melhoria dos indicadores referentes ao atendimento ao PPCP, com diminuiçãodas chances de falta de produto no mercado. 4
  4. 4. TAP◊ Objetivo: SMARTS - Otimizar, manter a rastreabilidade e gerenciar a utilização dos recursosmateriais e humanos em todas as etapas analíticas dos materiais recebidos nolaboratório de Controle de Qualidade, alinhado à redução de tempo analítico.M - Redução no lead time analítico (físico-químico) de, no mínimo, 30%.A - Através da instalação e validação do sistema de gerenciamento de dados(LIMS), de acordo com o prazo (12 meses) e orçamento previsto(R$2.000.000,00).R - Atendimento à CFR 21 Part 11.T - Software implementado e qualificado e todos os envolvidos treinados dentro doprazo de 12 meses a partir da assinatura do Termo de Abertura do Projeto (TAP). 5
  5. 5. TAP◊ Requisitos:- Documentação técnica do software.- Implementação faseada em todas as áreas da companhia que tenham interfacecom o laboratório de Controle de Qualidade.- Que todos funcionários internos estejam capacitados na utilização de toda novatecnologia homologada na organização.- Atendimento ao cronograma proposto e orçamento previsto.◊ Designação: Consultora Cristina Matushima fica designada como gestora doLabLIMS para:- Aplicar as práticas do PMBOK em todos os seus procedimentos;- Gerir os recursos financeiros alocados e aprovados;- Habilitar o acesso às informações necessárias para a equipe de consultoria;- Aplicar-se para que a primeira fase do LabLIMS possa ser apresentada àdiretoria em 6 meses. 6
  6. 6. TAP◊ Lista de Milestones- Até maio/2012 - Mapeamento dos processos- Até outubro/2012 - Parametrização do sistema- Até janeiro/2013 - Homologação e treinamento- Até fevereiro/2013 - Go live - Início em produção◊ Orçamento: O orçamento disponível para o LabLIMS é de R$2.000.000,00,incluindo mão-de-obra, suporte técnico, treinamento e infra-estrutura.◊ Riscos: Rejeição das equipes impactadas pela implementação da ferramenta.Impacto na linha de produção e rotinas da companhia.◊ Data/Assinatura do Sponsor: São Paulo, Fevereiro/2012. 7
  7. 7. Identificação dos Stake Holders - ISH Influência Interesse Posição Poder Papel no Nome Requisitos superficiais projeto1 no organograma Positiva e Integração entre áreas de produção, planejamento e laboratório,Analista de PCP Baixo Alto Cliente do cliente Pequena visando otimização de estoques. Operador de no organograma Positiva e Maior facilidade na identificação de amostras para o laboratório e Baixo Alto Cliente Produção do cliente Pequena checagem de componentes das fórmulas dos produtos. Gestor de no organograma Positiva e Diminuição nos tempos de checagem e identificação das amostras Baixo Alto Facilitador Produção do cliente Pequena para o laboratório, com diminuição dos riscos de erros de identificação. Melhor visualização dos status dos materiais (materiais de embalagem, Gestor de no organograma Positiva e Baixo Alto matérias-primas e produtos acabados e em processo) e respectivas Facilitador Logística do cliente Grande previsões de términos de análises. Receber especificações técnicas detalhadas das necessidades de no organograma Positiva e Suporte e Engenharia Baixo Baixo infraestrutura para instalação do software até 90 dias antes da do cliente Pequena Facilitador instalação. 8
  8. 8. ISH – Poder, Interesse Influência Influência Interesse Posição Poder Papel no Nome Requisitos superficiais projeto2 na composição Positiva eDiretor Industrial Alto Alto Otimizar processos analíticos e de produção, com redução de custos. Sponsor acionária Grande no organograma Positiva e O projeto deve ter um plano de comunicação claro e transparente a fim Gestor de RH Baixo Alto Facilitador do cliente Grande de se ter o mínimo impacto possível com relação as pessoas.3 Ferramenta seja estável; fácil de integrar com os demais sistemas da no organograma Positiva e companhia; simples de instalar e realizar a manutenção, com interfaces Suporte e Gestor de TI Alto Alto do cliente Grande de monitoria; que o fornecedor ofereça suporte técnico; e que não Facilitador precise de uma infraestrutura complexa no organograma Positiva e Melhorar a visualização dos status das ordens de produção (encerradaGestor Financeiro Baixo Baixo Cliente do cliente Grande ou aberta) e previsões de encerramento.4 Analista de Positiva e no organograma Baixo Alto Software e processos amigáveis. Usuário laboratório Grande* As informações de contato encontram-se omitidas nesta tabela, para facilitar a visualização de informações importantes. 9
  9. 9. ISH – Poder, Interesse e Influência Influência Interesse Posição Poder Papel no Nome Requisitos superficiais projeto5 Gestor de Positiva e Acesso fácil e rápido às informações e relatórios de atividades, no organograma Alto Alto Usuário laboratório Grande alinhado à rastreabilidade total de informações Gestor da 6 organograma Alto Alto Positiva e Atendimento a CFR Part 11 Usuário Qualidade Grande Otimizar e facilitar o fluxo de trabalho no laboratório; disponibilidade daFornecedor do 7 Positiva e empresa contratante em fornecer os dados para parametrização e/ou na sociedade Alto Alto Fornecedor Software Grande customização do software; bom relacionamento com a área interna de tecnologia. Positiva e Fornecer informações precisas e objetivas que facilitem uma possível ANVISA na comunidade Alto Baixo Fiscalização Pequena auditoria e esteja de acordo com a RDC 17/2010.Gestor de Meio no organograma Positiva e O produto deve favorecer a sustentabilidade, alertando sobre a Baixo Alto Cliente Ambiente do cliente Pequena utilização de recursos renováveis e/ou tóxicos para o meio ambiente 10
  10. 10. ISH Classificação e estratégia Nome Outras características Classificação Quando Estratégia (o que fazer) Tem receio na dificuldade de implantação do Atualizar a todos com o andamento do projeto Planejamento,Analista de PCP sistema, prejudicando as operações neste Manter informado durante reunião mensal da liderança e coletar novas Execução e PDCA período. informações com os participantes. Divulgar sobre o projeto nos murais de comunicação Operador de e jornal trimestral, com chamada para sugestões Espera uma melhora no trabalho diário. Manter informado Planejamento Produção diretamente na caixa de sugestões existente ao lado dos murais. Atualizar a todos com o andamento do projeto Gestor de Percebe melhorias na produção com maior Planejamento, Manter informado durante reunião mensal da liderança e coletar novas Produção qualidade nos processos. Execução e PDCA informações com os participantes. Gestor de Potencial fonte de conflitos quanto as Planejamento, Planejar reuniões periódicas para verificar se Manter informado Logística funcionalidades do produto Execução e PDCA identificou mais riscos Envolvê-lo em nas reuniões iniciais de definição do Engenharia Participação indireta no projeto. Manter informado Planejamento projeto 11
  11. 11. ISH Classificação e estratégia Nome Outras características Classificação Quando Estratégia (o que fazer) Planejamento, Monitorar através dos Relatórios de DesempenhoDiretor Industrial Potencial fonte de resolução de conflitos Manter satisfeito Execução e PDCA (RD) Identificou riscos potenciais para o projeto Planejamento e Planejar reuniões periódicas para verificar se Gestor de RH Manter informado relacionado à frente de pessoas Execução identificou mais riscos Assegurar que os requisitos sejam claros, envolvê-lo Potencial fonte de conflitos quanto as Gerenciar com Planejamento, Gestor de TI nas reuniões da equipe e enviar relatórios funcionalidades do produto atenção Execução e PDCA frequentemente Dificuldade de disponibilidade de agenda paraGestor Financeiro Manter informado PDCA Convidar para reuniões comerciais e financeiras. reuniões Envolvê-los desde o início do projeto para Analista de Planejamento, colaboração com informações que se fizerem Participação direta no projeto Manter satisfeito laboratório Execução e PDCA necessárias durante o projeto, como usuários do sistema (alimentação do banco de dados). 12
  12. 12. ISH Classificação e estratégia Nome Outras características Classificação Quando Estratégia (o que fazer) Envolvê-lo nas reuniões da equipe, reportar a sua Gestor de Potencial fonte de conflitos quanto as Planejamento, Manter satisfeito pessoa, sempre incluir informações solicitadas por laboratório funcionalidades do produto Execução e PDCA ele. Convidar para reuniões de riscos. Gestor da Potencial fonte de conflitos quanto as Planejamento, Planejar reuniões periódicas para verificar se Manter informado Qualidade funcionalidades do produto Execução e PDCA identificou mais riscos A empresa fornecerá todo suporte técnico para Planejamento,Fornecedor do Acompanhar todas etapas de implementação do instalação e adaptação do produto a rotina do Foco de atenção Implementação e Software software no laboratório. Relatório semanal. laboratório PDCA Durante as Manter os relatórios de qualificação do software ANVISA Não terá participação direta no projeto Manter satisfeito inspeções disponíveis para consulta durante as auditorias.Gestor de Meio Envolvê-lo nas reuniões da equipe e se adequado Potencial fonte de conflitos Manter informado Planejamento Ambiente atender sua solicitação 13
  13. 13. DReq Produto Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta O sistema deve ser integrado com o gerenciamento do Manter 1 S, M, A Entrega de Fase ou PT estoque e demais áreas produtivas. Informado 1 Permitir um melhor gerencimento dos tempos de todas as etapas produtivas e analíticas dos materiais (matérias- ManterAnalista de PCP 1 S, M, T Entrega de Fase ou PT primas, materiais de embalagem e produtos acabados e em Informado processo) Interface agradável, com relatórios e estatísticas sobre Manter 2 A, R, T Entrega de Fase ou PT consumo de componentes em estoque. Informado Visualização gráfica da utilização dos recursos humanos no Manter 1 Entrega de Fase ou PT laboratório. S, M, T informado Visualização gráfica dos status de todos os materiais em 2 estoque e em processo (matérias-primas, materiais de embalagem, produtos acabados). Manter informado 1 S, M, A, R, T Entrega de Fase ou PTDiretor Industrial Visualização gráfica dos status das ordens de produção (abertas / fechadas) e previsões de fechamento das mesmas Manter 1 Entrega de Fase ou PT a fim de verificar a o plano de produção planejado x S, M, A, R, T informado executado e encerrado. Foco de Software deve interagir com o sistema ERP da empresa. 1 S,M,T Entrega de Fase ou PT atenção 14
  14. 14. DReq Produto Requisitos do Produto Rastreabilidade do ProdutoStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta Facilidade de integração com os demais sistemas da Foco de companhia, sem a necessidade de customizações 2 S, A Entrega de Fase ou PT atenção 3 complexas Foco deGestor de TI Arquitetura do software que permita escalabilidade 2 S, M, A Entrega de Fase ou PT atenção Foco de Alto índice de disponibilidade e estabilidade 1 S, M, A Entrega de Fase ou PT atenção Otimização dos processos de identificação e registro de Foco de 1 S, A Entrega de Fase ou PT informações atenção Identificação de amostras e transmissão de informações por Foco de 2 S, A Entrega de Fase ou PT 4 código de barras atençãoAnalista de Foco de Eliminação de papel e transcrição de informações 1 S, A Entrega de Fase ou PTlaboratório atenção Foco de Assinatura eletrônica 2 S, M Entrega de Fase ou PT atenção Software prático, fácil e simples de manusear. Software Foco de 3 S, M, R Entrega de Fase ou PT amigável atenção 15
  15. 15. DReq Produto Requisitos do Produto Rastreabilidade do ProdutoStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta Controle de estoque de materiais (reagentes, padrões de Foco de 1 S, M Entrega de Fase ou PT referência e outros consumíveis de laboratório) atenção Redução de, no mínimo, 30% do tempo gasto com Foco de transcrição e conferência de dados e assinaturas de 1 S, M, A, R Entrega de Fase ou PT atenção documentos em papel 5 Segurança na comparação dos resultados contra as Foco de 1 S, M, A, R Entrega de Fase ou PT especificações estabelecidas atenção Gestor de laboratório Atendimento técnico em até 24 horas a partir da abertura do Foco de 2 S Entrega de Fase ou PT chamado atenção Foco de Painel de controle das atividades e processos do laboratório 2 S, M, A Entrega de Fase ou PT atenção Permitir back ups automáticos e diários dos registros Foco de 1 S Entrega de Fase ou PT gerados atenção Foco de Atendimento a CFR 21 Part 11 1 R Entrega de Fase ou PT 6 atenção Gestor de Contrato de suporte técnico ilimitado por até 6 meses após o Foco de 2 T Entrega de Fase ou PT Qualidade processo de implementação do software atenção Fornecedor do software qualificado de acordo com os Foco de 2 S Entrega de Fase ou PT 16 requisitos da companhia atenção
  16. 16. DReq Produto Requisitos do Produto Rastreabilidade do ProdutoStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta O sistema de fácil utilização de forma a facilitar a rotina do Foco de 2 R,A Entrega de Fase ou PT laboratório atenção 7 Permitir o gerencimento de todas as atividades realizadas no Foco de 1 S, M, A Entrega de Fase ou PT laboratório atençãoFornecedor do Software Necessidade de pouco desenvolvimento e customizações Foco de 2 S, A, R Entrega de Fase ou PT para integração com os demais sistemas da companhia atenção Fornecer relatórios semanais, trimestrais, semestrais e Foco de 3 M,T Entrega de Fase ou PT anuais atenção 17
  17. 17. DReq Projeto Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta Durante o período de instalação não haja impactos nas Manter programações provenientes de informações incorretas do 1 S, M, Entrega de Fase ou PT Informado 1 sistema.Analista de PCP O período de implementação não impacte em aumento de lead time analítico para liberação dos materiais (matérias- Manter 1 S, M, A, R, T Entrega de Fase ou PT primas, materiais de embalagem, produtos acabados e em Informado processo). 2Diretor Industrial Durante a implementação seja criado um ambiente DEMO Foco de 1 M,A Entrega de Fase ou PT para testes. atenção Parametrização da ferramenta deve ser realizada em conjunto Foco de pela equipe interna da área de tecnologia e consultoria 1 S, A, R Entrega de Fase ou PT atenção 3 contratada Homologação do sistema deve ser realizada por todas as Foco de Gestor de TI 1 S, A Entrega de Fase ou PT áreas envolvidas atenção Foco de Produção assistida por no mínimo 3 meses 1 T Entrega de Fase ou PT atenção 18
  18. 18. DReq Projeto Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta4 Analista de laboratório Fase de treinamento do software de maneira adequada e faseada Foco de atenção 2 T Entrega de Fase ou PT Todos os testes realizados e respectivos resultados e/ou 5 ações corretivas/erros detectados sejam documentados a fim Foco de 1 S Entrega de Fase ou PT de manter a rastreabilidade das informações durante o atenção Gestor de projeto. laboratório Implementação do software de maneira que não prejudique o Foco de 1 T Entrega de Fase ou PT andamento da rotina do laboratório atenção 6 Custos de instalação e treinamento do software de acordo com o orçamento aprovado (R$2.000.000,00) Foco de atenção 1 A, T Entrega de Fase ou PT Gestor da Qualidade Instalação e treinamento do software dentro do prazo proposto Foco de 1 A, T Entrega de Fase ou PT (12 meses a partir da assinatura do TAP) atenção 19
  19. 19. DReq Projeto Requisitos do Projeto Rastreabilidade do ProjetoStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Objetivo Relacionado Entrega onde se manifesta Foco de Participação de todos os usuários nos treinamentos 1 S Entrega de Fase ou PT atenção Parceria com a área de tecnologia da empresa para execução Foco de 7 do projeto atenção 1 S Entrega de Fase ou PTFornecedor do Apoio e suporte das áreas internas na fase de mapeamento Foco de 1 S Entrega de Fase ou PT Software de processos para parametrização do software atenção Montagem de um "laboratório de prototipação" para acesso a Foco de um ambiente de teste que deve reproduzir da melhor maneira 1 A, T Entrega de Fase ou PT atenção possível o futuro ambiente de produção/laboratório. Espaço dedicado para que a equipe da consultoria possa Foco de 3 S Entrega de Fase ou PT ficar alocada durante o projeto atenção 20
  20. 20. Declaração de Escopo◊ Escopo do Produto: A implementação do sistema LIMS permitirá umgerencimento completo de todas atividades desenvolvidas no laboratório, desde oregistro de informações, amostras, controle de estoque de consumíveis dolaboratório, até a emissão de relatórios finais de análise. Durante o planejamentoserá definido com o fornecedor o software que será implementado de forma aatender os requisitos do cliente, sendo de fácil utilização e completo.◊ Escopo do Projeto: Na implementação do sistema será realizada a instalaçãodo programa e atualização dos dados do laboratório, de forma a não prejudicar asatividades diárias do laboratório. O treinamento será realizado por fases eministrado a todos os usuários. O processo de instalação e treinamento nãodeverá ser superior a 12 meses a partir da data de assinatura do TAP. A equipede consultoria terá uma sala na empresa e deverá monitorar e controlar todas asetapas de implementação do sistema. A equipe de TI estará disponível paracolaborar neste processo e a produção assistida será de 3 meses. Conformenecessário poderá ser solicitada alguma alteração, para melhor funcionamento dosistema as condições do laboratório em questão. 21
  21. 21. Declaração de Escopo◊ Critérios de aceitação: Durante a etapa de verificação, as entregas serãoaceitas desde que: realizadas no prazo proposto e de acordo com os requisitosespecificados na DReq do produto e projeto. Para que o projeto seja aceito econsiderado concluído o sistema deve estar em perfeito funcionamento e todosusuários devem ter amplo domínio sob as ferramentas do software, de acordocom a sua área de atuação.◊ Escopo não incluído no projeto: Esse projeto não contempla melhorias dosprocessos exclusivos das áreas de produção, logística, financeiro, recursoshumanos, exceto os específicos que possuem interface com o laboratório decontrole de qualidade. 22
  22. 22. Declaração de Escopo◊ Premissas1- Todos documentos e dados do laboratório estarão disponíveis para inclusãoe/ou parametrização do sistema.2- A equipe de usuários estará disponível para treinamento fora do horário doexpediente.3- A equipe de TI estará disponível 24 hs, diariamente, para auxiliar a instalaçãodo software.4- As atividades do laboratório não serão prejudicadas durante este processo.5- Comprometimento de todos os envolvidos no projeto com os prazos eatividades designadas.6- Todos os valores extras deverão ser previamente discutidos e aprovados.7- Revisões periódicas das cláusulas contratuais, a fim de verificar o cumprimentodas atividades e cronogramas de acordo com o estabelecido.8- Todos os relatórios finais deverão ser assinados pelos steakholders. 23
  23. 23. Declaração de Escopo◊ Restrições1- Os microcomputadores que não suportarem o sistema deverão sersubstituídos;2- Não serão aceitos atrasos na execução do projeto;3- Haverá reuniões semanais com apresentação de relatório sobre o andamentodo projeto;4- Não será permitido a entrada de pessoas na equipe sem comunicação prévia;5- As informações do laboratório são sigilosas e não devem em hipótese nenhumaserem veiculadas pelo fornecedor do software. 24
  24. 24. WBS Diagrama 25
  25. 25. D-WBS Dicionário WBS Fase: Aquisição Entrega: Infraestrutura (hardware) e software LIMS instalados C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Assinatura da URS pelos1.3.1 URS Elaboração da URS (User Requirement Specifications) URS elaborada. aprovadores do projeto. Solicitação de orçamento de 3 fornecedores diferentes Orçamento com melhor preço, Orçamentos enviados pelos1.3.2 Orçamento para o sistema LIMS, baseado na URS, e da mão-de- condições de pagamento e fornecedores. obra de adequação e instalação. fornecedor qualificado. Materiais de acordo com o pedido Execução dos processos de compra e entrega do Software e Hardware entregues1.3.3 Aquisição e entrega de compra, com assinatura do software e hardware. na empresa. protocolo de entrega. Adequação e Instalação da infraestrutura para instalação Hardware e Software Integração entre software e1.3.4 Instalação do LIMS e integração com outros sistemas, se possível. instalados. hardware. 26
  26. 26. D-WBS Dicionário WBS Fase: Parametrização Entrega: Sistema parametrizado. C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Parametrizações de atividades e especificações Check list de parametrização1.4.1 Laboratório Sistema parametrizado referentes às atividades do laboratório. assinado. Recebimento de Parametrizações de atividades do Setor de Check list de parametrização1.4.2 Sistema parametrizado Materiais Recebimento de Materiais assinado. Parametrizações de atividades do Departamento de Check list de parametrização1.4.3 Almoxarifado Sistema parametrizado Almoxarifado. assinado. Parametrizações de atividades do Departamento de Check list de parametrização1.4.4 Produção Sistema parametrizado Produção. assinado. 27
  27. 27. D-WBS Dicionário WBS Fase: Homologação Entrega: Check list de homologação C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Execução de testes no ambiente DEMO (protótipo) para Relatório de testes no Check list de homologação1.5.1 Testes em DEMO verificação do sistema e processos de gerenciamento laboratório no ambiente DEMO assinado. de dados/informações no laboratório. Relatório de testes no ambiente Integração com Após a execução dos testes no laboratório, simulação DEMO, considerando os Check list de homologação1.5.2 outros departamentos dos processos integrados ao LIMS. demais sistemas integrados ao assinado. LIMS. Dicionário WBS Fase: Treinamento Entrega: Treinamento executado C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Treinamento a 100% dos colaboradores do laboratório Treinamento ministrado e1.6.1 Laboratório no sistema LIMS e a sua interação com outros sistemas Registro de treinamento. registrado. da empresa. Treinamento a 100% dos colaboradores dos demais Demais departamentos que interagem com o sistema LIMS do Treinamento ministrado e1.6.2 Registro de treinamento. departamentos laboratório (Produção, Recebimento de Materiais, registrado. Almoxarifado). 28
  28. 28. D-WBS Dicionário WBS Fase: Migração Entrega: Sistema LIMS integrado e em uso no ambiente de produção C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Execução da migração do sistema LIMS para o Migração para Sucesso na migração e sistema1.7.1 ambiente de REDE, integrado aos demais sistemas da Sistema em funcionamento. ambiente de REDE rodando sem travamentos. empresa. Dicionário WBS Fase: Monitoramento Entrega: Relatórios de Suporte C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação Relatórios quinzenais contendo Suporte técnico full time nos primeiros 3 meses de uso a descrição dos problemas1.8.1 Suporte Técnico Ratificação das soluções. do sistema. encontrados e respectivas soluções. 29
  29. 29. LVQLVQ - Lista Verificação Qualidade Fase: Parametrização Entrega: Sistema parametrizado C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação CFR 21 Part 11 - FDA Parametrizações de atividades e especificações1.4.1 Laboratório Sistema parametrizado RDC 17/2010 - ANVISA referentes às atividades do laboratório. CFR 21 Part 11 - FDA CFR 21 Part 11 - FDA Recebimento de Parametrizações de atividades do Setor de1.4.2 Sistema parametrizado RDC 17/2010 - ANVISA Materiais Recebimento de Materiais CFR 21 Part 11 - FDA CFR 21 Part 11 - FDA Parametrizações de atividades do Departamento de1.4.3 Almoxarifado Sistema parametrizado RDC 17/2010 - ANVISA Almoxarifado. CFR 21 Part 11 - FDA CFR 21 Part 11 - FDA Parametrizações de atividades do Departamento de1.4.4 Produção Sistema parametrizado RDC 17/2010 - ANVISA Produção. CFR 21 Part 11 - FDA PARAMETRIZAÇÃO 30
  30. 30. LVQLVQ - Lista Verificação Qualidade Fase: Treinamento Entrega: Treinamento executado C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação Treinamento a 100% dos colaboradores do laboratório Treinamento ministrado e Aproveitamento de, no mínimo,1.6.1 Laboratório no sistema LIMS e a sua interação com outros sistemas registrado. 70% no treinamento. da empresa. Treinamento a 100% dos colaboradores dos demais Demais departamentos que interagem com o sistema LIMS do Treinamento ministrado e Aproveitamento de, no mínimo,1.6.2 departamentos laboratório (Produção, Recebimento de Materiais, registrado. 70% no treinamento. Almoxarifado). TREINAMENTO 31
  31. 31. Solicitação deMudança - SM SM - Solicitação de Mudança Número da SM Data da abertura Solicitante 001 29/02/2012 Gestor de laboratório Endereço de E-mail DDD Telefone gestorlaboratorio@farmacia.com.br 00 0000-0000 Descrição da Mudança Solicitada Alteração do painel de controle dos processos do laboratório com a inclusão novas visões gráficas dos resultados e indicadores Justificativa da solicitação Facilitar o controle das atividades Melhor acompanhamento da evolução dos resultados e indicadores Assinatura do Solicitante 32
  32. 32. Parecer - SM Parecer do GP Impactos identificados – Escopo do projeto Não previsto no escopo inicial do projeto Impactos identificados – Tempo do projeto Necessidade de desenvolvimento de 2 semanas adicionais Impactos identificados – Custo do projeto Previsto nas horas de consultoria Impactos identificados – Qualidade do projeto Não se aplica Impactos identificados – Recursos Humanos do projeto Não se aplica Impactos identificados – Comunicações do projeto Não se aplica Identificar os impactos Impactos identificados – Riscos do projeto identificados e emitir o parecer Atraso na entrega do painel de controle final do gerente do projeto. Impactos identificados – Aquisições do projeto Não se aplica Impactos identificados – outros projetos correntes Não se aplica Data, Nome, Assinatura do GP 01/03/2012 Parecer do Sponsor ou CCB Aprovado 33 Data, Nome do Autorizador, Assinatura
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×