saopauloberrini-gp10-pmo-vanity
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

saopauloberrini-gp10-pmo-vanity

on

  • 1,009 views

Titulo: saopauloberrini-gp10-pmo-vanity ...

Titulo: saopauloberrini-gp10-pmo-vanity
Alunos:Tatiana Santos Marasca,Maria da Penha Soares Silva,Juliana Pinheiro Bacheschi,Milene,Roberta da Costa Marques Faria,karen moreira waisberg,
Cidade: Berrini
Disciplina: PMO
Turma: GEEP 10
Data:10-06-2013
Hora:21:07
Comentarios:
Publico até ápos a correção

Statistics

Views

Total Views
1,009
Views on SlideShare
924
Embed Views
85

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
1

2 Embeds 85

http://www.marcocoghi.com.br 78
http://marcocoghi.com.br 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Comentários
    Introdução: ok;
    Objetivo do trabalho: ok;
    Identificação: ok;
    Categorização: ok;
    Avaliação: sugere-se justificar todos os critérios adotados;
    Seleção: ok;
    Priorização: sugere-se relacionar os projetos priorizados;
    Balanceamento: sugere-se identificar todos os critérios adotados no gráfico de bolhas;
    Rebalanceamento: item não contemplado claramente no trabalho;
    Nível de maturidade: o nível de maturidade de Lisarb é 2;
    Benefícios do PMO: ok;
    Nível hierárquico: ok;
    Função do PMO: ok;
    Modelo de PMO: ok;
    Etapas de implementação: ok;
    Métricas: ok;
    Fatores críticos de sucesso: ok;
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

saopauloberrini-gp10-pmo-vanity saopauloberrini-gp10-pmo-vanity Presentation Transcript

  • PROJECT OFFICE E NÍVEL DE MATURIDADESão Paulo - SPTurma GEEP T10REFAZER LISARB!Turma GEEP T10
  • Maria da Penha SilvaTatiana Santos MarascaJuliana Pinheiro BacheschiKaren Maria Moreira WaisbergRoberta da Costa Marques FariaMilene Silveira de Castro TeixeiraA Vanity Consulting é uma empresaconsolidada no mercado de Gestão dePortfólio.Sua missão é alinhar objetivos eSua missão é alinhar objetivos eestratégias da organização na execução deportfólios, programas e projetos.Comunicar esta estratégia de formaeficiente e torná-la eficaz, criandomecanismos que irão permitiracompanhar e monitorar os projetosexecutados.
  • OBJETIVOS DO PROJETOIdentificar a maturidade e propor soluções para que Lisarb tenha um portfólioefetivo, alinhado ao planejamento estratégico do pais.Baseado na nova estratégia do Governo de Lisarb, o projeto visa atender asexpectativas de reforma do pais:•Justiça•Política cidadã•Educação•Economia•Proteção social•Cultura•Política externa•Combate a corrupção
  • IDENTIFICAÇÃO DOS PROJETOSA identificação dos projetos foi feitapor meio de BrainstormingAliJusLisarbJustaLisarb21GlobaLisarbAvançaLisarb RouboZeroVoteLegalPolíticaSaudável
  • CRIAÇÃO DE CATEGORIASOs projetos forma agrupados em categorias correspondentes a secretarias do país para facilitar aimplementação dos mesmos.
  • JUSTIFICATIVA DOS PESOS DOS CRITÉRIOSCusto – 25%Tempo de implementação – 15 %Facilidade de execução – 15 %Recurso disponíveis – 10 %Abrangência da população – 25 %Abrangência da população – 25 %Risco – 10 %Os critérios que tiveram maior peso foram:•Custo pelo limitação da verba•Abrangência da população pois é interesse do governo que todo Lisarbeano seja atingidopelo movimento de reforma do país.
  • CRITÉRIOS E NOTASJUSTIFICATIVA DA PRIORIZAÇÃOSerão priorizados os projetos que irãoapresentar seus resultados dentro doperíodo de gestão do governo atual.
  • RANKING DOS PROJETOS
  • 150200250300350Custo em MilhõesLisarb JustaLisarb 21Política SaudávelQuali SaúdeFala LisarbSeja CultRoubo ZeroBalanceamento-500501001500 1 2 3 4 5 6 7 8 9CategoriasVote SaúdeSUSTECValoresEdu LiliGlobaLisarbJustiça Pol. Ext SaúdePol. Inter Ecologia Social Educ. e Cult
  • BENEFÍCIOS• Melhorar performance dos projetos•Gerenciamento eficaz das expectativas dos stakeholders e escassez de recursos versus pressãocrescente sobre os gerentes de projeto•Desenvolvimento e implementação de práticas e metodologia da gestão de projetos•Estabelecimento de banco de dados com a centralização das lições apreendidas dos projetos•Estabelecimento de banco de dados com a centralização das lições apreendidas dos projetos•Análise de riscos e consequentemente antecipação de dificuldades constantes nos projetos•Aumento do nível de satisfação dos clientes – projetos com resultados positivos•Maior e melhor alinhamento entre os projetos e a estratégia de negócios•Redução das ameaças e replanejamento.
  • NÍVEL DE MATURIDADEA partir da pesquisa de maturidade recebida chegou-se a conclusão que o pais possui nível dematuridade 1:•O gerenciamento dos projetos e feito com base na boa vontade;•Não há controle nem planejamento;•Não existem procedimentos padronizados;•Não existem procedimentos padronizados;•O sucesso é fruto do desenvolvimento pessoal ou sorte;O nível hierárquico que será implementado é Nível 1, em escala municipal, visando projetos eprogramas individuais.A função de gerencia técnica será a implementação de métodos e procedimentos com o objetivode criar uma base para o desenvolvimento de processos e implementação dos projetos.
  • MODELO ADOTADOPool de recursos com Estação Meteorológica.Devido ao nível de maturidade, foi escolhido o Pool de Recursos pois este empresta recursos paraa implementação dos processos e projetos.
  • ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO
  • ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO1.1 Avaliar ViabilidadeColeta de dados e entendimento da cultura de gerenciamento de projetos da organização.Avaliação de nível de maturidade – nível 1.Avaliação da metodologia e práticas usadas na execução dos projetosAvaliação da metodologia e práticas usadas na execução dos projetosDecisão de go no go.1.2 Identificação do SponsorO Sponsor é o prefeito já que estaremos atuando em escala municipal.
  • ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO1.3 Identificação das funções e recursos envolvidosRealização de reuniões com as partes interessadas e determinação das funções e equipeDefinição do escopo do PMOTreinamento da equipeTreinamento da equipe1.4 Elaboração Plano de ComunicaçãoSerá elaborado um plano de gerenciamento das comunicações aonde serão estabelecidos osrelatórios, frequência, ferramentas e templates utilizados.
  • ETAPAS DE IMPLEMENTAÇÃO1.5 Elaboração do OrçamentoElaboração de um plano de gerenciamento de custo do Portfólio.1.6 Condução de projeto piloto1.6 Condução de projeto pilotoEscolha de um projeto piloto de curta duração que se encontre em andamento em escalamunicipal . No projeto serão utilizadas as metodologias e melhores práticas propostas pela PMO.Os resultados devem ser avaliados para implementação de correções e replanejamento.1.7 InícioApós todos os ajustes inicio da implementação e manutenção das metodologias e melhorespráticas.
  • MÉTRICAS DE SUCESSOSerão utilizados indicadores de performance (KPIs) para reportar status do projeto e seualinhamento com o planejamento estratégico.1. Avaliação de satisfação da população quanto a gestão da prefeitura.2. Escopo – índice de entregáveis em atraso3. Custo - porcentagem de projetos entregues dentro do orçamento previsto4. Avaliação do número de falhas de projeto antes e depois da PMO5. Porcentagem de efetivo previsto de recursos em relação ao efetivo realmente alocado.
  • FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO• Ter patrocínio executivo do prefeito de maneira engajada com o projeto e PMO auxiliando naeliminação de obstáculos que surjam durante o processo.• Estabelecer objetivos alinhados com as estratégias de negócio da prefeitura.• Ter recursos e equipamento adequados para o gerenciamento do portfólio ( programas degestão de projetos, base de dados para manutenção de templates ,POPs e lições apreendidas).•Execução de projetos de acordo com a priorização estabelecida e objetivos estratégicos.• Possuir uma descrição de trabalho para todas as funções desenvolvidas que tenham ligaçãodireta com o projeto de modo que se mantenham sempre alinhadas entre si.