Santo Gole

653
-1

Published on

Titulo: Santo Gole
Alunos:CASSIA CILEIA DA CRUZ VIEIRA DE BARROS,Bruno Elias Garcia,Marcos Roberto dos Santos,Cristiano Camargos Viana Diniz,Evelyn,Patrícia Giannini,JOICE HERMENEGILDO DE TOLEDO,
Cidade: S.J dos Campos
Disciplina: Escopo
Turma: GP26
Data:08-05-2013
Hora:18:46
Comentarios:Evelyn de Siqueira soares
Publico até ápos a correção

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Comentários
    Introdução: ok;
    TAP: sugere-se observar melhor os componentes SMART do objetivo colocado;
    ISH: sugere-se seguir o modelo do template para identificar, classificar, coletar requisitos superficiais e definir plano de ação do GP;
    DReq Produto e Projeto: o campo classificação é proveniente do ISH;
    DE: ok;
    WBS: ok;
    D-WBS: ok;
    LVQ: ok;
    Verificar e Controlar Escopo: ok.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
653
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Santo Gole

  1. 1. Gerenciamento do Escopo de ProjetosTurma: PROJ 26_São José dos CamposMicro cervejariaSanto GoleFundação Getúlio Vargas_Maio 2013
  2. 2. Empresa: Micro cervejaria Vale do ParaíbaSlogan do Projeto:“A Melhor Cervejado Vale doParaíba”Projeto: Santo GoleLogotipo da EmpresaProduto: Micro cervejaria Vale do Paraíba em produçãoLogotipo do Projeto: Plano de Fundo ppt
  3. 3. Objetivo do ProjetoImplantação de uma Micro cervejaria“Implantar uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz de produzir10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matéria prima dequalidade, com investimento de R$ 1,5MM no período de um ano.”
  4. 4. Equipe do ProjetoMarcos Roberto dos Santos, Evelyn Soares, Bruno Garcia, Cristiano Diniz,Joice Toledo, Patrícia Giannini e Cássia Barros
  5. 5. DiretoriaBruno Elias Garcia - Gerente do ProjetoCássia Ciléia da Cruz Vieira de Barros - Diretora ExecutivaCristiano Camargo Viana de Diniz - Diretor de MarketingEvelyn de Siqueira Soares - Diretora FinanceiraJoice Hermenegildo de Toledo - Diretora de Recursos HumanosMarcos Roberto dos Santos - Diretor de Segurança e QualidadePatricia Pimentel Pinto Giannini - Diretora de Planejamento
  6. 6. TAP - Termo de Abertura do ProjetoProjeto: Santo GoleProduto: Micro cervejaria no Vale do Paraíba em operação.Descrição: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, queproduza cervejas artesanais de qualidade e com preços acessíveis.Justificativa: De acordo com a Associação Brasileira de Micro cervejarias(ABMIC) desde 1996 as receitas caseiras de cerveja, que dão origem ascervejas artesanais, estão em alto crescimento. Apostando em um nicho demercado, com um público-alvo mais sofisticado, essas empresas não atuamna concorrência direta com as grande marcas, mas buscam seu espaço. Umagrande oportunidade uma vez que este novo mercado ainda não foi muitoexplorado no Vale do Paraíba
  7. 7. TAP - Termo de Abertura do ProjetoObjetivo: Construção de uma micro cervejaria no Vale do Paraíba, capaz deproduzir 10.000 litros de cerveja artesanal por mês, utilizando matériaprima de qualidade, com investimento de R$1,5MM, no período de um ano.Orçamento: R$1,5MMRequisitos: O projeto terá duração de 1 ano, deverá ser concluído em outubro/2014; A capacidade inicial de produção deverá ser de 10.000 litros de cervejaartesanal, 480 litros por dia e 800 garrafas de 600 ml; Todas as licenças e autorização deverão ser obtidas antes do início daobra; Mão de obra e fornecedores qualificados; Horário restrito de permissão da obra, estipulado pela prefeitura.
  8. 8. TAP - Termo de Abertura do ProjetoDesignação: O Sr. Bruno Garcia foi nomeado como gerente do projeto SantoGole. Com isto, tem autorização e responsabilidade para contratar mão deobra e fornecedores necessários para realização do projeto, utilizar recursosfinanceiros da empresa conforme orçamento previsto e fluxo de caixa daempresa, monitorar e controlar todas as entregas previstas, comunicar ostatus de cada fase aos stakeholders.Riscos: Atraso em licenças e autorizações Falta de mão de obra especializada Atraso/ problemas na entrega do maquinário Problemas com a comunidade local
  9. 9. TAP - Termo de Abertura do ProjetoMilestones: 01/10/2013: Garantir que todas as licenças e autorizações tenham sidoobtidas e estejam válidas; 01/11/2013: Recrutamento e seleção de mão de obra qualificada; 01/02/2013: Acompanhamento do status da obra; 01/04/2013: Acompanhamento do recebimento das máquinas paraprodução das cervejas; 01/05/2013: Acompanhamento do status final da obra; 01/06/2013: Acompanhamento das instalações das máquinas; 01/07/2013: Acompanhamento das acabamentos; 01/08/2013: Acompanhamento da entregas de mesas, copos, decoraçãolocal; 01/09/2013: Organização e preparação da inauguração
  10. 10. Escopo do ProjetoCusto: O valor de investimento previsto disponível para o Projeto é de R$ 1,5 MMTempo: Prazo para a conclusão do projeto – 12 mesesQualidade: Lesão zero - Nenhum incidente com perda de tempo na etapa deconstrução e produção da cervejaRH: Contratação de consultoria especializada na construção e implantação demicro-cervejaria Contratação de Mão de Obra localComunicação: Registros através de Atas de Reunião E-mails padrões a serem definidos através de um plano decomunicação
  11. 11. Escopo do ProjetoAmeaças/Riscos: Licenças ambientais Lei do silêncio Valor de equipamentos com cotação em dólarAquisições: Matérias prima de alta qualidade Sistema de contratação Take or Pay
  12. 12. Escopo do ProdutoCaracterísticas Técnicas: Ter equipamentos adequados para a produção de cerveja Ter uma equipe qualificada e um mestre cervejeiro capacitado Possuir todas as autorizações, licenças e laudos ambientaisEspecificações: Moinho de Malte Painel de comando Plataforma Tanque de brassagem CozimentoFuncionalidades: Produzir três linhas de produção super Top, Premium e PadrãoDesempenho: Produção de 10.000 litros de cervejas por mêsEficiência: Mínimo de desperdício de matéria prima
  13. 13. Escopo do Produto Contratação de um Mestre cervejeiro Contratação de consultoria especializada para aferição da qualidade dolote inicial Obtenção das licenças e autorizações necessárias para construção efuncionamento da cervejaria Registro formais (atas, emails) de todas as reuniões, entregas, aceites ealterações de escopo do projeto
  14. 14. ISH - Identificação dos Stakeholders Clientes Gerente de Projetos Fornecedores de Matéria Prima Fornecedores de Equipamentos Fornecedores de Produtos de Limpeza Fornecedores de Encartelados Fornecedores de Produtos de Higiene Funcionários Contratados para Construção Civil Funcionários da Administração Funcionários Atendentes
  15. 15. ISH - Identificação dos Stakeholders Funcionários da Fabricação da Cerveja Funcionários da Empresa Gráfica Funcionários Empresa Marketing Funcionários da Limpeza Seguranças do Local Investidores Órgãos Reguladores Prefeitura Municipal PROCON Presidente Associação de Amigos de Bairro
  16. 16. ISH - Identificação dos Stakeholders Policia Militar Agentes de Transito Propagandistas Contratados Moradores da Região (Vizinhança) Vigilância Sanitária Pedestres que circulam pelo local Vendedores Ambulantes Frequentadores de bares da região Hospitais da Região Corpo de Bombeiros da Região
  17. 17. ISH - Identificação dos Stakeholders Clubes da Região Frequentadores de Associações de Classe da Região Estudantes da Região Políticos da Região Empresa Limpeza Urbana Empresas Fornecedora de Água e Esgoto Empresas Fornecedora de Energia Elétrica Empresas de Reciclagem
  18. 18. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaClientes Saborear uma cervejaartesanal a um preçojusto10 -10 Alta Relatório de satisfaçãocom no mínimo 80%dos clientes satisfeitosFuncionários deHospitais daregiãoFornecer um produtode boa qualidade querespeite os órgãos desaúde8-10 Média Relatório com históricode atendimentos porintoxicaçãoPresidente daAssociaçãoAmigos do BairroForneceroportunidades deemprego a moradoresda região7-10 Médio Folha de Funcionáriosregistrado pelaempresaFornecedores deMatéria PrimaFornecer a matériaprima da fabricação dacerveja artesanal comcusto aceitável eprodutos de qualidade8-10 Média Matéria prima parafabricação da cerveja
  19. 19. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaFornecedores deEquipamentosFornecerequipamentos queseja capaz deproduzir 10mil litrosde cerveja8-10 Média Equipamentos comalta performancepara fabricação decervejas artesanaisFornecedores deProdutos deLimpezaFornecer produtos delimpeza das melhoresmarcas do mercadodentro de preçosatrativos7-10 Média Produtos de limpezapara higiene da lojae fabricaFornecedores deEncarteladosTer uma quantidademínima definida pormês para a produçãodos encartelados.6-10 Média Fornecedores
  20. 20. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaPresidente daAssoc.Amigos doBairroRespeitar a leio dosilêncio do município6-10 Médio Nº de ocorrênciasregistradas emdelegacias próximasoÓrgãosreguladoresAtender a todas asnormas exigidas pelosorgãos reguladores.10 -10 Alta Planta Operacional -Autorização emitida.PrefeituraMunicipalSolicitar licença parafuncionamento naprefeitura do municipio.10-10 Alta Planta Operacional -Licenças Concedidas.Procon Garantir que hajanenhuma ação abertano Procon8 - 10 Alta Lote Piloto - Nenhumdireito doconsumidordesrespeitado.
  21. 21. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaFuncionários daAdministraçãoEfetuar aadministração dacervejaria na fase deprojeto8-10 Alta RH - Administraçãofase de projeto eoperaçãoFuncionáriosAtendentesAtender os clientescom cortesia eprioridade9-10 Alta RH - Contratação dePessoalFuncionários dafabricação dacervejaFabricar a Cervejadentro dos padrõese receita estabelecida9-10 Alta Rh- Contratação dePessoalFuncionários daempresa gráficaTer uma quantidademínima definida pormês para a produçãográfica.6-10 Média Fornecedores
  22. 22. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaFornecedores deEncarteladosTer uma quantidademínima definida pormês para a produçãodos encartelados.6-10 Média FornecedoresFuncionárioscontratados paraconstrução civilFazer a obra dealvenaria com índicede acidente zero9-10 Alta Aquisições -Contratação daEmpreiteiraFuncionários daAdministraçãoEfetuar aadministração dacervejaria na fase deprojeto8-10 Alta RH - Administraçãofase de projeto eoperaçãoFuncionáriosAtendentesAtender os clientescom cortesia eprioridade9-10 Alta RH - Contratação dePessoal
  23. 23. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaFuncionários dalimpezaGarantir a limpeza ehigiene, de todos osambientes dacervejaria.10 -10 Alta RH - Contratação deempresaespecializada.Seguranças dolocalGarantir que todas asnormas de segurançaserão respeitadas,além de realizar asegurança patrimonial.7 -10 Alta RH - Contratação detécnico de Segurançado Trabalho eSegurançaPatrimonial.Investidores Captar investimentos eremunerá-loadequadamente acimada taxa de atratividadedo mercado ou TIR15%10-10 Alta Viabilidade do Projeto
  24. 24. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaAgentes detrânsitoOrientar o fluxo deveículos no entorno daobra nos horários de"rush"., e duranteprocesso operacional Àssegundas-feiras pelamanhã.8 - 10 Média Fase de construçãoda planta operacionale durante a operaçãoda fábrica nas datasde entrega dematéria-prima,insumos..PropagandistascontratadosDivulgar o produto empontos comerciais daregião9-10 Alta Pré Evento dediculgação e duranteo período de operaçãoVigilânciasanitáriaAtender as normas defabricação e envase delíquidos.8 - 10 Alta Processos defabricação e envasedo produto
  25. 25. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde semanifestaTuristas Captar turismo daregião7 - 10 Média Festa Inauguração –1º Lote da SérieEmitidoAprendizes deMestreCervejeiroCaptar M.O. emformação e aproveitá-la5 - 10 Média Lote Piloto – LotePiloto EmitidoEmpresas deReciclagem deAlumínioReciclar latas utilizadasno armazenamento doproduto8 - 10 Alta Festa Inauguração –1º Lote da SérieEmitidoFaculdades daRegiãoIncentivar criação decursos para formaçãode M.O especializada7 - 10 Média Relatório deViabilidade – RelatórioFinalizadoGuias deRanking deCervejasAvaliar bem o produtofrente aos concorrentes9 - 10 Alta Festa de Inauguração– Campanha deMarketing do ProdutoIniciada
  26. 26. Declaração de requisitos do ProdutoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaCorpo de Bombeiro Plano deatendimento deemergências7 – 10 Média Alta Plano de Mitigação deRiscosAssociação deClasse da regiãoApoio na divulgaçãodo produto noscomércios da região8 – 10 Alta Plano de Comunicaçãoe divulgação damarca.Clubes da região Distribuição epromoção do produtoem eventos7 – 10 Média Alta Plano deComunicação edivulgação da marca.Empresa dereciclagemColeta eprocessamento delatas de alumínio6 – 10 Média Plano desustentabilidade donegócioFuncionáriosempresa MarketingConhecimento dosegmento a sertrabalhado9 – 10 Alta Plano de Marketing &Vendas
  27. 27. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaGerente deProjetosTornar viável oprojeto dentro do aTIR de 15% bemcom fazer o controlee acompanhamentode todas as etapasdo projeto9-10 Alta PlanejamentoEstratégico do Projeto,Estudo de Viabilidadedos Projeto entrega doproduto finalInvestidores Entregar um projetoque atenda todas asnormas e legislaçõesdo município8-10 Alto Avaliação do Projetoexecutivo e toadas asautorizaçõesInvestidores Atender ao prazo deexecução eimplantação doprojeto (1 ano)8-10 Alto Avaliação docronograma executivodo projeto
  28. 28. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaFuncionárioscontratados paraconstrução civilReceber docontratante todos osEPI´s necessáriopara construção eimplantação da Microcervejaria10-10 Alto Relatório de entregade EPI´sCorpo debombeiros daregiãoAtender todas asNormas de instalaçãoprevista pelo Corpode Bombeiros9-10 Alto Aprovação/ Licença deInstalação do corpo deBombeirosFornecedores deEquipamentosFornecermaquinários paraimplantação da microcervejaria8-10 Média Equipamentos comalta performance parafabricação de cervejasartesanais.Funcionárioscontratados paraconstrução civilFazer a obra dealvenaria com índicede acidente zero9-10 Alta Aquisições -Contratação daEmpreiteira
  29. 29. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaPrefeitura Municipal Solicitar licença paraconstrução da microcervejaria.10-10 Alta Planta Operacional -Licenças Concedidas.Investidores Prazo máximo paraexecução do projetode um ano8 - 10 Alta Festa Inauguração –1º Lote da SérieEmitidoFornecedores deEquipamentosMaquinários 70%nacional6 - 10 Média Plano Executivo– Listade MateriaisEmpresas deReciclagem deAlumínioMão de obracontratada com nomínimo um ano deexperiência8 - 10 Alta Planta Operacional –Contratação de M.O.Pedestres Sinalização eisolamento de áreascom risco de quedade objetos9 – 10 Alta Plano de mitigação deRisco
  30. 30. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaOrgãos de Transito Autorização e auxiliona sinalização dasvias10-10 Alta Plano de desvio detransito com rotasauternativas.Fornecedores demateriaisInsumos utilizadosaprovados pelosorgãos competentes8 - 10 Alta Certificação/aprovaçãoInmetros dos materiaisutilizados naconstruçãoSponsor Suporte e apoio aogerente de projetonas decisões quefogem da alçada.9 – 10 Alta Reuniões e Comitê deacompanhamento doprojeto.Fornecedores demobiliárioGarantia de prazo deentrega8 – 10 Média Alta Plano de compras
  31. 31. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaEmpresa delimpeza de obraEspecialização emlimpeza de pesada(obra)9 – 10 Alta Plano de AquisiçõesEmpresa de coletade resíduos da obraReciclagem dosresíduos para novasaplicações8 – 10 Alta Plano desustentabilidade daobra.Projetista Capacidade técnicacomprovada.9 -10 Alta Projeto ExecutivoEquipe do projeto ConhecimentoTécnico comprovado8 – 10 Alta Acompanhamento dasatividades
  32. 32. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaEngenheiro Civil Conhecimento dotipo deempreendimento5 – 10 Média Memorial descritivopara um bom nível deexecuçãoEngenheiro Elétrico Conhecimento dotipo deempreendimento5 – 10 Média Memorial descritivopara um bom nível deexecuçãoFuncionários daObraPlano de segurançaadequado asatividades8 – 10 Alto Plano de Segurança &participação emtreinamentos.Funcionários daObraUtilização de EPI’s 8 – 10 Alto Plano de Segurança &participação emtreinamentos
  33. 33. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaEngenheiro deSegurança doTrabalhoConhecimento dotipo deempreendimento7 – 10 Média Alta Plano de Segurança &participação emtreinamentosCREA ART da Obra 9 – 10 Alto Apresentar a ART naentrega da obraBNDES Planilha Financeiracom o fluxo de caixados empréstimo8 – 10 Alto Assinatura do contratode FinanciamentoPrefeitura Municipal Liberação do Habite-se10 -10 Alto Apresentação doHabite-se antes dainauguração.
  34. 34. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaPrefeitura Municipal Placa de identificaçãoda obra9 – 10 Alta Por meio da placainstalada no canteirode obra.Prefeitura Municipal Taxas municipaisdiversas9 – 10 Alta Guias de recolhimentopagasEmpresa deMarketingPlano de Evento deLançamento6 – 10 Média Plano do EventoEmpresa deMarketingLista de convidadosdo Evento8 – 10 Média Alta Lista de convidadosAprovada
  35. 35. Declaração de requisitos do ProjetoRequisitos Matriz deRastreabilidadeStakeholder RequisitodetalhadoClassificação Prioridade Entrega onde semanifestaFuncionários daObraLimpeza eorganização docanteiro9 – 10 Alta Vistoria doencarregado da obraFuncionários Organização doalojamento8 – 10 Média Alta Vistoria doencarregado da obraGoverno Federal Pagamento de Taxasrelativas à obra10 – 10 Alta Guias deRecolhimentos daUnião.
  36. 36. Premissas• Ter no mínimo 02 mestres cervejeiros;• Produzir 10.000litros por mês;• Ter um efetivo mínimo 15 funcionários;• Financiamento BNDES aprovado num prazo máximo de um ano antes doinício do projeto.• Contratação de Mão de Obra local.
  37. 37. Restrições• Prazo máximo para execução do projeto de um ano;• Orçamento máximo de R$1,5MM;• Maquinários 70% nacional;• Mão de obra contratada com no mínimo um ano de experiência;• Horário comercial de trabalho, ou seja, deverá ser adotado de segunda asexta das 8:00 as 17:00, no período de construção da micro cervejaria;• Ter infra estrutura (água, esgoto, telefone, energia elétrica, etc) no localonde será implantado a micro cervejaria.
  38. 38. SANTO GOLE1. ESTUDOPRELIMINAR2. PLANEJAMENTO 3. DESENVOLVIMENTO 5. ABERTURA4. PRÉ OPERAÇÃO3.1 ConstruçãoCivilFESTA DEINAUGURAÇÃOLOTE PILOTOPLANTAOPERACIONAL2.1 Llista demateriais2.2 Cron FísicoFinanceiro2.3 Plano deContratação2.4 Plano demarekting3.2 MontagemEquipamentos3.3 Aquisiçãode Materiais3.4 Licenças eAutorizações3.5ContrataçãoMão Obra4.1 TesteQualidade4.2Treinamento4.3 TesteOperacional5.1 Marketing5.2 1º Lote dasérie1.1 Mercado1.2 Custo1.3.LocalPLANOEXECUTIVORELATORIO DEVIABILIDADEWBS
  39. 39. Dicionário WBS Fase: Estudo PreliminarEntrega: Relatório de ViabilidadeConta deControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação1.1 Estudo deMercadoEstudo dos clientespotenciais em todaregião do Vale doParaíbaRelatório dePesquisa deMercadoValidação doDiretor deMarketingEstudo demercado coma assinaturasdo investidor1.2 Estudo deCustosEstudo Financeiroenvolvendo desde ocusto de implantaçãoaté a inauguraçãoRelatório deCustosValidação pelodiretorfinanceiroEstudo decusto com aassinaturas doinvestidor1.3 Estudo doLocalLevantamento do localmais adequado para aconstrução da Microcervejaria, levando-seem consideraçãofatores de segurança,logística, água, luz,entre outros.Relatório dePesquisa deLocal deinstalaçãoAprovação dosinvestidores ediretoresEstudo dolocal com aassinaturas doinvestidor
  40. 40. Dicionário WBS Fase: PlanejamentoEntrega:Plano ExecutivoConta deControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação2.1 Materiais Listar todos os materiaisnecessários para a obra.Lista deMateriaisValidação peloengenheiroconsiderando asnormasvigentes enecessidades doprojeto.Assinaturasdoinvestidor2.2 Dispêndio Relacionar custo e prazode todas as atividadesnecessárias paraexecução do projeto.CronogramaFísico eFinanceiroValidação peloDiretorFinanceiroAssinaturado DiretorFinanceiro2.3 Contratação Relacionar toda mão-de-obra necessária para oprojeto, custos e formasde contratação.Plano deContrataçãoValidado comDiretor do RHde acordo coma CLTAssinaturado Diretorde RH2.4 Marketing Definição das estratégiasde marketing e mídias.Plano deMarketingValidação doDiretor deMarketingAssinaturado diretordeMarketing
  41. 41. ContadeControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação3.1 Construção Execução daobra civil.Construção daPlanta daFabrica/LojaMediçãosemanais deacordo com aevolução da obraEvolução deacordo comoprogramado3.2 Montagem Montagem detodos osequipamentos.Equipamentos emfuncionamentoMediçãosemanais deacordo com aevolução damontagemEvolução deacordo comoprogramado3.3 Aquisição deEquipamentoRelacionar osequipamentosnecessários efazer licitações.Compra dosequipamentosApresentação delicitação comtrês orçamentovalidado comdiretor financeiroAssinaturado diretorfinanceiroDicionário WBS Fase: DesenvolvimentoEntrega: Planta Operacional
  42. 42. ContadeControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação3.4 Licenças eAutorizaçõesLevantar todasas licenças,autorizações edocumentosnecessáriospara execuçãoda obra efuncionamentodaMicrocervejariaObtenção detodas as licençase autorizaçõesObter as licençase autorizaçõesnos prazosLicenças eautorizaçõesdevidamente liberadas3.5 Mão de Obra Contratação deuma empresade construçãocivil para aexecução daobra.Contratação deMO especializadaPessoalqualificado, comcomprovação decursos ouexperiênciasEmpresaidônea, comboareputaçãono mercadoDicionário WBS Fase: DesenvolvimentoEntrega: Planta Operacional
  43. 43. Dicionário WBS Fase: Pré OperaçãoEntrega: Lote PilotoConta deControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação4.1 Teste de qualidade Testar aqualidade dosinsumosutilizados e doproduto final.Relatório deTeste dequalidadeAprovaçãopelo mestrecervejeiroQualidade deacordo comos critériospreviamenteestabelecidos4.2 Treinamento Treinar ecapacitar aequipe deatendimentoconformepadrões pré-definidos.Plano deTreinamentoequipe deatendimentoValidação daárea deRecursosHumanosAtendimentodentro dospadrõespreviamentedefinidos4.3 Teste Operacional Avaliar aMicrocervejariaem operação.Relatório deTeste deOperacionalValidaçãopeloGestores doprocessoprodutivoOperação deacordo comos padrõesdefinidospara oprojeto.
  44. 44. Dicionário WBS Fase: AberturaEntrega: Festa de InauguraçãoConta deControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação5.1 Divulgação Elaborar umplano demarketingespecífico para aabertura da Microcervejaria aopúblico.Plano deMarketing deinauguração dafabrica/LojaAprovação dadireção comaval daassessoria deimpressacontratadaAceite dadiretoria e daassessoria deimprensa5.2 Primeiro Loteda SériePrimeiro lotefabricado dasérie destinado ainauguração daMicro cervejariaPrimeiro Lote desérie para ainauguraçãoAvaliação dosdegustadoresconvidadosatravés deanalisesensorialAceitação de85% dosdegustadores econvidadosescolhidospara avaliar olote.
  45. 45. LVQ - Lista de Verificação da QualidadeConta deControlePacote deTrabalhoDescrição Entrega PTCritério deValidaçãoCritério deAceitação
  46. 46. Fluxograma:Verificação do pacote de trabalho
  47. 47. Fluxograma:Verificação da FASE
  48. 48. Controlar o Escopo –Cronograma SimplificadoCronograma Simplificado do Projeto por EntregáveisEstabelecer um "gate" para reavaliação do Escopo baseado no número deentregas do trimestre
  49. 49. Controlar o EscopoTrimestre
  50. 50. Controlar o EscopoSOLICITAÇÃO DE MUDANÇAA mudança identificada deve serformalmente solicitada através deFormulário de Solicitação de Mudança
  51. 51. Controlar o EscopoANÁLISE DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇAVerificações:- Ações Necessárias- Recursos Necessários- Impactos em outras áreasImpactos identificados – Escopo do projetoImpactos identificados – Tempo do projetoImpactos identificados – Custo do projetoImpactos identificados – Qualidade do projetoImpactos identificados – Recursos Humanos do projetoImpactos identificados – Comunicações do projetoImpactos identificados – Riscos do projetoImpactos identificados – Aquisições do projeto- Benefícios da Mudança-
  52. 52. Controlar o EscopoAPROVAÇÃO DA SOLICITAÇÃO DE MUDANÇAA aprovação da Solicitação de Mudança é de responsabilidade exclusiva do GP.EXECUÇÃOPlanejamento da execução, documentação e finalização da mudança
  53. 53. Controlar o EscopoSimulação de Solicitação de uma Mudança no Projeto:Número deEntregasEst. reliminarMai/13Mai/14Planejamento Desenvolvimento Pré Operação Abertura03 04 05 03 02• Total de Entregas =17•Entregas Prevista 1º Semestre = 9•Entregas Aceitas = 79 122 Tempo (meses)Entregas (qtd)97Linha BaseRealPlano Estratégico da Mudança• Itens do WBS que apresentaram Problemas:3.1. Contratação de Mão de Obra3.2. Licenças e AutorizaçõesPlano 1:Descrição: Falta de Mão de ObraSoluções Propostas:1. Contratação de mão de obra fora do municipio de São Josédos Campos;2. Custo adicional previstos de R$ 30.000,003. Utilização de Verba de Contingência do Projeto.Plano 2:Descrição: Atraso nas obtenções de Licenças e AutorizaçõesSoluções Propostas:1. Contratação de uma empresa especializada em serviços deobtenção de licenças juntos aos órgãos competentes
  54. 54. Termo de Aceite - Parte 1
  55. 55. Lições AprendidasSerá realizada após a implantação do projeto, neste documento iremostodo o conhecimento adquirido durante a realização doprojeto, e portanto, faz parte de um processo de aprendizagem.Podem ser identificadas ao longo de todo o ciclo de vida do projeto,principalmente nos finaisde fase e na entrega dos sub-produtos do projeto. Devem contemplar tantoasexperiências bem sucedidas, bem como aquelas passíveis deaperfeiçoamento.Envolve a participação da equipe do projeto e também outros stakeholders.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×