• Like
Recife gp11-fundamentos-recicla vida
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Recife gp11-fundamentos-recicla vida

  • 348 views
Published

Apresentação de Trabalho de Fundamentos da Equipe Alfa da turma GP11 Recife

Apresentação de Trabalho de Fundamentos da Equipe Alfa da turma GP11 Recife

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
348
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
12
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Recife – PJ11
  • 2.  
  • 3.
    • Antonio Marcos Silva Lima
    • Antonio Carlos Sales de Almeida
    • Davyson Emanuel de Souza
    • Jaime Snuõl Stumpe
    • Rafael Gonçalves Correia
  • 4. Equipe Marcos Carlos Davyson Jaime Rafael
  • 5. Ter uma idéia geral dos aspectos de um projeto desde a identificação dos stakeholders (Pessoas envolvidas no Projeto), até a análise dos processos que fazem parte do gerenciamento de projetos. E também ser capaz de construir uma WBS entendendo na totalidade a funcionalidade de cada ponto que a compõe.
  • 6. O nosso projeto nasceu do Planejamento Estratégico. O projeto ReciclaVida nasceu da Política da Empresa BALUPA Ltda. (BALUPA – Beneficiadora de Papel e Alumínio). Preocupada com o cenário da escassez da mão de obra e do lixo jogado no meio ambiente. A partir desse projeto a empresa BALUPA passará a reciclar Papel e Alumínio, pois antes ela gerava esses produtos direto da matéria-prima.
  • 7. Carteira de Trabalho
  • 8.
    • Comunidade
    • Governo
    • Sociedade
    • Profissional de Reciclagem
    • Cliente
    • Fornecedor
    • Patrocinador
  • 9.
    • Orçamento
    • Seleção da comunidade
    • Fornecedores certificados
    • Não ter participantes menores de idade
    • Filhos na Escola
    • Compromisso
    • No máximo 2 participantes por família
  • 10.
    • Qualidade de vida
    • Baixa criminalidade
    • Arrecadação de Impostos
    • Marketing
    • Novas tecnologias
    • Capacitação da mão de obra
    • Redução do desemprego
  • 11. Matricial Fraca Como a estrutura matricial fraca mantém o gerente funcional (Executivo Chefe – Davyson Souza), com um nível maior de autoridade todas as decisões estratégicas passarão pelo seu crivo.
  • 12. PMO fica no Nível Técnico Função adotada para o PMO: Gerente Técnico ( RAFAEL GONÇALVES ), pois detém conhecimento técnicos profundos e da APO. Centro de apoio onde as informações encontram-se centralizadas e auxiliam no suporte as decisões estratégicas. Monitora todos os prazos, orçamentos e progresso dos projetos.
  • 13. • Cultura e estrutura da empresa Ação Social e plano estratégico para falta de mão de obra; Só pode participar uma pessoa por família. • Normas governamentais Padrões de qualidade : Seleção do material para reciclagem segundo ABNT; Mão de obra : Não pode contratar menor de 18 anos;
  • 14. • Infraestrutura: Galpão pra treinamento; Galpão com banheiros, salas para aulas Práticas e Teóricas. • Recursos humanos existentes Professores, Preparador Físico, Assistente Social, Técnicos. • Administração de pessoal Chefe de RH e auxiliar de RH
  • 15. JUSTIFICATIVA: Durante o desenvolvimento do termo de abertura do projeto, devem ser considerados todos e quaisquer sistemas e fatores ambientais da empresa que cercam e influenciam o sucesso do projeto. Isso inclui, mas não se limita aos fatores acima citados.
  • 16.  
  • 17.
    • Definir o Projeto
    • Reunião com o(s) Patrocinadore(s)
    • Definir o GP
    • Identificar os S.H
    • Reunião de K.O.M
    • Elaboração do termo de abertura
  • 18.
    • ESCOPO
      • Requisitos
      • S.H
    • CUSTO
      • Risco
      • Aquisições
      • Recusos
      • Qualidade
    • AGENDAMENTO
      • Atividades
      • E.A.P
  • 19. Mobilizar Equipes Visita IBGE Parceria com associação de moradores Divulgação do projeto
  • 20.
    • MONITORAMENTO CONSTANTE DE:
    • Mudanças
    • Custos
    • Agendamentos
    • Qualidade
    • Riscos
  • 21.
    • Finalização de todas as atividades em todos os grupos de processos para encerrar formalmente o projeto ou uma fase do projeto.
    • Encerrar aquisições:
    • Professores e alugueis
    • Entrega do Produto
    • Ativos de processos organizacionais (atualizações).
  • 22. PT ESCOLHA DA COMUNIDADE     LB FH SP CUSTO     Duração Custo Duração Custo Duração Custo ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (h) (R$/h) (h) (R$/h) (h) (R$/h) (R$)   ESCOLHA DA COMUNIDADE               01 Visitar o IBGE 4 20,00 2 30,00 1 40,00 180,00 02 Visitar à Associação do Bairro ou Conjunto Habitacional 4 20,00 2 30,00 1 40,00 180,00 03 Definir o Bairro 5 20 3 30,00 1,5 40,00 250,00         CUSTO DO PT = 610,00
  • 23. PT ESCOLHA DO CANDIDATO     LB FH SP CUSTO     Duração Custo Duração Custo Duração Custo ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (h) (R$/h) (h) (R$/h) (h) (R$/h) (R$)   ESCOLHA DO CANDIDATO               01 Preencher a ficha de Cadastro 20 10,00 5 20,00 2 30,00 360,00 02 Avaliar o perfil do candidato 20 10,00 5 20,00 2 30,00 360,00                           CUSTO DO PT = 720,00
  • 24. PT TREINAMENTO: PROGRMA     LB FH SP CUSTO     Duração Custo Duração Custo Duração Custo ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (h) (R$/h) (h) (R$/h) (h) (R$/h) (R$)   TREINAMENTO: PROGRMA               01 Definir metodologia para treinameno 10 40,00 4 50,00 2 60,00 720,00 02 Definir material aplicado no programa 15 40,00 5 50,00 3 60,00 1.030,00                           CUSTO DO PT = 1.750,00
  • 25. PT TREINAMENTO: ESTRUTURA     LB FH SP CUSTO     Duração Custo Duração Custo Duração Custo ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (h) (R$/h) (h) (R$/h) (h) (R$/h) (R$)   TREINAMENTO: ESTRUTURA               01 Localizar o ímovel para o treinamento 10 10,00 2 20,00 1 30,00 170,00 02 Definir os equipamentos para ser utilizados na aula 10 10,00 2 20,00 1 30,00 170,00 03 Definir o lay-out do local escolhido 5 20 2 30,00 1 40,00 200,00         CUSTO DO PT = 540,00
  • 26. PT AVALIAÇÃO: PRÁTICA     LB FH SP CUSTO     Duração Custo Duração Custo Duração Custo ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (h) (R$/h) (h) (R$/h) (h) (R$/h) (R$)   AVALIAÇÃO: PRÁTICA               01 Definir tipo de avaliação 10 10,00 2 20,00 1 30,00 170,00 02 Selecionar os equipamentos 10 10,00 2 20,00 1 30,00 170,00 03 Organizar o local para aplicar a prova 5 20 2 30,00 1 40,00 200,00         CUSTO DO PT = 540,00
  • 27. ORÇAMENTO     CUSTO     ATIVIDADE Od. ATIVIDADE (R$)       01 PT ESCOLHA DA COMUNIDADE 610,00 02 PT ESCOLHA DO CANDIDATO 720,00 03 PT TREINAMENTO: PROGRMA 1.750,00 04 PT TREINAMENTO: ESTRUTURA 540,00 05 PT AVALIAÇÃO: PRÁTICA 540,00   VALOR DO ORÇAMENTO = 4.160,00
  • 28.
    • Como você o organizaria na empresa?
    • Cronogramas terminados
    • Dados de risco
    • Dados de valores agregados
    • Feedback das partes interessadas
    • Notificações das partes interessadas:
      • Fornecimento de informações sobre problemas resolvidos, mudanças aprovadas e andamento geral do projeto.
  • 29. Trabalho produzido em Sala de Aula