Turma GE 28    Adriana Da Silva Lopes  Alexandre Machado Correa    Djalma Baúte Sobrinho       Eluara Brunelli     Valdir ...
TAP - Termo de Abertura do Projeto                                       ProjetoWASTE TO ENERGY                           ...
Projeto Básico   Negociação      Contratos      Regulamentação   Implantação     Seleção       Definição       Clientes   ...
1.1 Projeto BásicoEntrega: Viabilidade EconômicaC.C.          P.T.         DESCRIÇÃO                        ENTREGA       ...
1.2 NegociaçãoEntrega: Área de ImplantaçãoC.C.          P.T.                DESCRIÇÃO                        ENTREGA      ...
1.3 CONTRATOSEntrega: Lixo e EnergiaC.C.            P.T.            DESCRIÇÃO                       ENTREGA              C...
1.4 REGULAMENTAÇÃOEntrega: LicençasC.C.         P.T.            DESCRIÇÃO                      ENTREGA              CRITÉR...
1.5 IMPLANTAÇÃOEntrega: Engenharia, Equipamentos, InstalaçãoC.C.         P.T.                 DESCRIÇÃO                   ...
ISH - Identificação de Stakeholder                                                                                        ...
DReq - Declaração de Requisitos                               Requisitos do Produto                                       ...
DE - Declaração do EscopoObs.: desenvolvida a partir do detalhamento do Objetivo declarado no TAP e da DReq Proj eDReq Pro...
W BS - Estrutura de Decomposição do TrabalhoC.C.                                  Descomposição1.1                        ...
D-WBS Dicionário WBS                                         Fase:Projeto Básico       Entrega:viabilidade tec/economica  ...
Entrega: viabilidade LVQ - Lista de Verificação da Qualidade                                        Fase: Projeto Basico  ...
LAtv - Lista de Atividades                                       PT: 1.1.1 Seleção                                        ...
LAtv - Lista de Atividades                                    PT: 1.1.2 Viabilidade                                      E...
LAtv - Lista de Atividades                                     PT: 1.2.1 Definição                                        ...
LAtv - Lista de Atividades                                        PT: 1.2.2 Localização                                   ...
LAtv - Lista de Atividades                                      PT: 1.2.3 Benefícios                                      ...
Orç - Orçamento do ProjetoC.C.                     WBS              PV - Planned Value1,1                 PROJETO BÁSICO1....
RR - Registro de Riscos                                                                                 RR - Registro de R...
RD - Relatório de Desempenho                                         Período:mes 6                                    Paco...
JUNDIAÍ GE28-GP-WASTE TO ENERGY
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

JUNDIAÍ GE28-GP-WASTE TO ENERGY

1,112

Published on

ADRIANA DA SILVA LOPES, ALEXANDRE MACHADO CORREA, DJALMA BAÚTE SOBRINHO, ELUARA BRUNELLI, VALDIR SEIXAS ZERBINI, IVAN ANTONIO MARCHESIN RIZZATO.

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Introdução: ok; TAP: sugere-se observar os componentes SMART (estouro de orçamento e cronograma não são previstos no objetivo); ISH: sugere-se que a 'influência' seja positiva e/ou negativa; 'classificação' é o resultado entre poder e influência. DReq: sugere-se que a 'entrega onde se manifesta' indique qual a fase ou pacote de trabalho da WBS o requisito se materializa. DE: ok; WBS: sugere-se que as fases da WBS contenham pelo menos 2 pacotes de trabalho; D-WBS: ok; LVQ: ok; LAtv: ok; Orç: ok; RR: ok; RD: ok.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,112
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

JUNDIAÍ GE28-GP-WASTE TO ENERGY

  1. 1. Turma GE 28 Adriana Da Silva Lopes Alexandre Machado Correa Djalma Baúte Sobrinho Eluara Brunelli Valdir Seixas ZerbiniIvan Antonio Marchesin Rizzato
  2. 2. TAP - Termo de Abertura do Projeto ProjetoWASTE TO ENERGY DescriçãoGeração de energia a partir dos resíduos urbanos não recicláveis. JustificativaA produção de lixo urbano é um dos maiores problemas ambientais enfrentados pelasgrandes cidades. A produção média, no Brasil, é de 600 gramas diários para cadapessoa e nos países desenvolvidos, de até 2, 5 kg diários por pessoa. Essa imensaquantidade de lixo atualmente pode ser empilhada nos lixões a céu aberto, compactadanos aterros sanitários, queimada ou envida para usinas de triagem, onde é separada.No Brasil, o mais comum são lixões, onde o lixo favorece a proliferação de moscas, ratose baratas, expõe a população próxima a riscos de saúde e ainda pode contaminarlençóis de água subterrâneos.A melhor solução para o problema do lixo seria a reciclagem combinada com umprocesso de queima daquilo que nao é reciclavel gerando energia através de uma centraltérmica a vapor. ObjetivoS -Gerar 0,5 MW por tonelada de lixo queimado em uma central térmica e vendê-lo aosistema elétrico a 300,00 R$/MWh.M - Estouros de cronograma e orçamento <= 10%;A - Através da validação do PGP pelos executantes chave;R - Desde que nenhum princípio ético ou missão e visão da organização seja ferido;T - dentro dos próximos 2 anos a partir da assinatura deste TAP. RequisitosMateriais orgânicos – a parte orgânica de lixo será destinada a queima em caldeiragerando vapor que será utilizado em um turbogerador a vapor, equipamento que vai gerarenergia em uma central térmica.Esta energia será vendida a uma concessionaria deenergia. DesignaçãoGestor do projeto : Valdir.Analistas financeiros : Adriana e Eluara.Analistas técnicos : Djalma,Alexandre e Ivan Lista de MilestonesPROJEÇÕES ATÉ:- 30/07/2012: Finalizar projeto básico- 30/08/2012: Finalizar processo de arrendamento da área de instalação junto à prefeitura- 30/09/2012: Finalizar contrato da compra do lixo- 30/10/2012: Finalizar contrato de venda de energia- 30/11/2012: Iniciar licença ambiental- 30/12/2012: Iniciar compra da central de energia- 30/12/2014: Início das operações OrçamentoR$ 100.000.000,00 para aquisição da Central Térmica Riscos Resistência dos fornecedores de lixo- Resistência das concessionárias de energia- Problemas de liberação da prefeitura- Problemas ambientais da central- Falta de financiamento para empreendimento Data, Assinatura do Sponsor
  3. 3. Projeto Básico Negociação Contratos Regulamentação Implantação Seleção Definição Clientes CETESB Contrato Análise de Localização Fornecedores Financiamento Viabilidade Benefícios Compra Treinamentos Resultados Venda
  4. 4. 1.1 Projeto BásicoEntrega: Viabilidade EconômicaC.C. P.T. DESCRIÇÃO ENTREGA CRITÉRIO DE OK P.T. ACEITAÇÃO1.1.1 Seleção Elaboração especificação Proposta de estudo de Melhor proposta; para seleção de empresa viabilidade das empresas Técnico-econômica; que fará o estudo técnico concorrentes Experiência em trabalhos econômico similares1.1.2 Viabilidade Análise do estudo de Relatório de conclusão Compara retorno do projeto viabilidade para avaliar os sobre viabilidade de com a taxa mínima de riscos e retorno financeiro do implantação do projeto atratividade projeto
  5. 5. 1.2 NegociaçãoEntrega: Área de ImplantaçãoC.C. P.T. DESCRIÇÃO ENTREGA CRITÉRIO DE OK P.T. ACEITAÇÃO1.2.1 Definição Para viabilização é requisito que a Ata de reunião Atendendo as normas e Prefeitura disponibilize área para assinada entre distância relativas à implantação da Central em forma de as partes central arrendamento e respectivo alvará1.2.2 Localização O local da área deverá ser proposto pela Contrato com Documento de Prefeitura e aceito pelo projeto atendendo Prefeitura concessão da área em tamanho e área de distância dos emitido pela prefeitura resíduos1.2.3 Benefícios Divulgação dos benefícios na mídia de Anúncios e Pesquisas comprovando empregos e meio ambiente campanhas que pelo menos 70% da publicitárias população está ciente do projeto e seus benefícios1.2.4 Resultados Reunião para definição das isenções e Declaração da Pelo menos um incentivo benefícios necessários à viabilização do Prefeitura ou beneficio conseguido. projeto
  6. 6. 1.3 CONTRATOSEntrega: Lixo e EnergiaC.C. P.T. DESCRIÇÃO ENTREGA CRITÉRIO DE OK P.T. ACEITAÇÃO1.3.1 Clientes Reuniões com concessionárias de Ata de reunião Preço de venda energia energia compativel com taxa minima atratitividade do projeto1.3.2 Fornecedores Reuniões com fornecedores de lixo Ata de reunião Preço compra lixo compativel com taxa minima atratitividade do projeto1.3.3 Compra Assinatura de contratação de compra Contrato compra lixo Contrato com valores de lixo assinado com e vigencia fornecedores necessarios para taxa de retorno do projeto.1.3.4 Venda Assinatura de contratação de venda Contrato venda Contrato com valores de energia energia assinado com e vigencia concessionária necessarios para taxa de retorno do projeto
  7. 7. 1.4 REGULAMENTAÇÃOEntrega: LicençasC.C. P.T. DESCRIÇÃO ENTREGA CRITÉRIO DE OK P.T. ACEITAÇÃO1.4.1 Licença Reunião com os órgãos Emissão de relatório Estar dentro dos Ambiental regulamentadores para apresentação com as emissões critérios de aceitação CETESB do projeto previstas para a da CETESB central
  8. 8. 1.5 IMPLANTAÇÃOEntrega: Engenharia, Equipamentos, InstalaçãoC.C. P.T. DESCRIÇÃO ENTREGA CRITÉRIO DE OK P.T. ACEITAÇÃO1.5.1 Contratos Contratação da Central Térmica Proposta técnico Melhor proposta econômica das técnico econômica; empresas Experiência em concorrentes referências similares1.5.2 Financiamento Fornecimento de documentação para Relatórios e Balanços Financiamento dentro a obtenção de financiamento junto ao anuais da Clean das condições BNDS Energy necessárias ao empreendimento.1.5.3 Treinamento Treinamento de operadores da central Planos de treinamento Critérios e testes térmica específicos para comprovar a capacitação dos operadores para desempenho das atividades / função.
  9. 9. ISH - Identificação de Stakeholder Requisitos Cadastro Qualificação Plano de Ação do G.P. superficiais Influência Interesse Telefone Poder e-mail DDD Outras Expectativa, Estratégia (o que Stakeholder Posição Papel no projeto Classificação Quando características Necessidade, Anseio fazer) .+ Pequeno .+ Grande Concessionárias Negociar com Alto Alto João Silva Gerência de de Energia FOCO DE especialista em Comprar energia à INÍCIO DO fornecedores de lixo oGerente Comercial Comercialização (Compra de ATENÇÃO compra de energia preço competitivo PROJETO menor preço possível Energia) Prefeitura Municipal responsável chave Resolver o problema do Alto Alto FOCO DE Interesse politico com a INÍCIO DO Pedro Paulo Diretor (liberação da área pela liberação na lixo e geração de novos ATENÇÃO solução para o lixo PROJETO de implantação) prefeitura. empregos .+ Grande Manter níveis de INÍCIO DO Instalar os Alto Alto Autoridades Gerente de Meio Autoridades FOCO DE emissão dentro dos PROJETO E dificil negociar equipamentos Ambientais Ambiente Ambientais ATENÇÃO limites e diminuir os VISITAS necessários à central lixões PERÍODICAS Divulgar para a .- Pequeno Baixo Baixo pode atrapalhar se sociedade os datas no Mapa manter Resolver o problema do Sociedade na comunidade Não definido nao estiver bem benefícios do projeto e das informado lixo informada mostrar as vantagens Comunicações do pioneirismo .+ Grande mostrar os beneficios e INÍCIO DA Alto AltoEmpresas Coletoras FOCO DE resistentes a receitas com a venda PRÓXIMA À definir Venda do lixo Vender lixo de Lixo ATENÇÃO mudanças do lixo comparado com FASE DO aterros. PROJETO Empresa de Contratada para . + Grande responsável pelo Construção de boa Alto Alto FOCO DE projeto e qualidade e entrega Monitorar o projeto e INÍCIO DO Engenharia e Fornecedor Construção e ATENÇÃO cronograma da dentro do prazo construção PROJETO Construção Implantação da Usina obra previsto . + Grande Análise dos riscos Melhoria do meio Reuniões períodicas INÍCIO DO Alto Alto manter potenciais e ambiente, atendendo para análise dos riscos PROJETO E Diretor Presidente Proprietário Idealizador informadoaprovação final do as taxas mínimas de e aprovação das REUNIÕES projeto atratividade do projeto etapas do projeto PERÍODICAS Assegurar que os . + Grande INÍCIO DO Baixo Baixo Validadar os riscos Minimizar os riscos e requisitos exigidos FOCO DE Especialista na PROJETO E À definir Engenheiro Técnico técnicos e validadar as várias sejam atendindos com ATENÇÃO área técnica REUNIÕES econômicos fases do projeto validação das etapas PERÍODICAS do projeto Potencial fonte de . - Grande Assegurar os Sindicato das Envolvimento nas datas no Mapa Baixo Baixo conflitos quanto ao direitos e MANTER Envolvê-lo nas reuniões Cooperativas dos Na sociedade cumprimento dos decisões das relações das interesses da SATISFEITO das equipes Catadores de Lixo interesses da de trabalho Comunicações classe classe . + Grande INÍCIO DO Provedor de Facilitar a Promover o Reuniões períodicas Alto Alto manter PROJETO EInvestidor / BNDES Agente Financeiro recursos viabilização desenvolvimento para análise dos informado REUNIÕES financeiros financeira sustentável resultados PERÍODICAS
  10. 10. DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Componente Entrega onde se Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade OK relacionado manifesta João Silva CPFL Comprador da energia ( valor foco de 5 SMART entrega de fase ou PT Gerente Comercial minimo = 200 R$/MWh atençàoEngenheiro técnico Clean Energy- foco de Desempenho da central térmica 4 SMART entrega de fase ou PTsponsor atençào foco deEmpresa engenharia e contrução Desempenho da central térmica 5 SMART entrega de fase ou PT atençào foco deAutoridade ambiental -CETESB emissoes dentro do permitido 3 SM entrega de fase ou PT atençào Compra do lixo pelo valor mínimo a foco deEmpresas coletoras de lixo 5 SMART entrega de fase ou PT ser negociado ( < 50 R$/TON ) atençào Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto Componente Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado Geração mínima de emprego de foco dePrefeitura 5 SMART entrega de fase ou PT 100 postos de trabalho atençào Diminuir lixões; foco deSociedade Energia limpa; 3 M entrega de fase ou PT atençào Qualidade de vida Verificar nível de emissão de ruído foco deAutoridades Ambientais dentro da legislação e diminuir os 3 SM entrega de fase ou PT atençào lixões públicos e clandestinosEngenheiro técnico Clean Energy- foco de Controle de Qualidade,custo,tempo 5 SMART entrega de fase ou PTsponsor atençào foco deEmpresa engenharia e contrução Controle de Qualidade,custo,tempo 5 SMART entrega de fase ou PT atençào
  11. 11. DE - Declaração do EscopoObs.: desenvolvida a partir do detalhamento do Objetivo declarado no TAP e da DReq Proj eDReq Prod elaboradas junto dos stakeholders. As premissas e restrições são aqui formuladase analisadas para garantir que estejam completas, adicionando-se mais a cada revisão destedocumento conforme o necessário. Escopo do ProdutoAdvindo da DReq PRODUTO. Aqui vc deve citar e descrever o Produto, as Entregas de FASE,as Entregas de PACOTES DE TRABALHO que comporão o produto quando encerrado oprojeto, respeitando-se todos os requisitos documentados. Escopo do ProjetoAdvindo da DReq PROJETO. Aqui vc deve citar e descrever o trabalho para se chegar aoproduto que será entregue pelo projeto, respeitando-se todos os requisitos documentados. Entregas e critérios de aceitaçãoEntregas de FASES e/ou Entregas de PACOTES DE TRABALHO que irão fazer com que, pelaótica do cliente, o projeto seja considerado concluído. Escopo não incluído no projetoDeixar claro e formalizado DETALHADAMENTE os trabalhos que não serão feitos pelo projeto.Isso servirá para melhor gerenciar expectativas dos stakeholders. Premissas_ Material/resíduo transportado em veículo aberto;_ Central operante 24 horas/dia;_ Equipe treinada para triagem e operação;_ Instalação de equipamentos para medição de emissão;_ Central trabalhará com carga mínima de 80% de sua capacidade total. Restrições_ Central deve estar menos de 20 Km de distância da geração de resíduo;_ Atender à lei ambiental;_ Coleta seletiva é necessária;_ Local de despacho de energia menor que 5 Km da central de geração_ Tecnologia da central apta à queima de resíduos (equipamentos importados)
  12. 12. W BS - Estrutura de Decomposição do TrabalhoC.C. Descomposição1.1 Projeto Básico 1.1.1 Seleção empresa enegenharia 1.1.2 Recebimento do estudo tec/economico da empresa de engenharia selecionada1.2 Negociação 1.2.1 Definição 1.2.2 Localização 1.2.3 Benefícios 1.2.4 Resultados1.3 Contratos 1.3.1 Clientes 1.3.2 Fornecedores 1.3.3 Compra 1.3.4 Venda1.4 Regulamentação 1.4.1 Cetesb1.5 Implantação 1.5.1 Contrato 1.5.2 Treinamento 1.5.3 Financiamentos
  13. 13. D-WBS Dicionário WBS Fase:Projeto Básico Entrega:viabilidade tec/economica C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Aceitação OK Seleção empresa proposta tecnica melhor proposta tecnico Seleção empresa engenharia para executar economica das1.1.1 economica e referencias enegenharia estudo de viabilidade do empresas anteriores em projetos similares. projeto. concorrentes Recebimento do estudo tec/economico conclusao sobre a Taxa minima de retorno deve ser1.1.2 da empresa de analise do estudo viabilidade maior que 20% ao ano. engenharia selecionada
  14. 14. Entrega: viabilidade LVQ - Lista de Verificação da Qualidade Fase: Projeto Basico tec/economica C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK Seleção empresa proposta tecnica Seleção empresa engenharia para executar1.1.1 economica das Norma interna nr 004/2012. enegenharia estudo de viabilidade do empresas concorrentes projeto. Recebimento do estudo tec/economico Taxa minima de retorno conclusao sobre a1.1.2 da empresa de analise do estudo deve ser maior que 20% ao viabilidade engenharia ano. selecionada
  15. 15. LAtv - Lista de Atividades PT: 1.1.1 Seleção Eluara Adriana Alexandre Valdir Custo da Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo atividade [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [R$]Selecionar as empresas deengenharia capacitadas para 50 100,00 5.000,00concorrênciaElaboração de especificação 50 100,00 5.000,00técnica para a concorrênciaEnviar o pedido de cotaçãopara as empresas de 1 100,00 100,00engenhariaAnalisar e escolher o vencedor 50 100,00 50 100,00 50 100,00 50 100,00 20.000,00 - Custo do Pacote de Trabalho 30.100,00
  16. 16. LAtv - Lista de Atividades PT: 1.1.2 Viabilidade Eluara Adriana Alexandre Valdir Custo da Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo atividade [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [R$]Coletar os parâmetros para o 50 100,00 5.000,00estudo técnico econômicoReceber e analisar ofertaspara o estudo técnico 50 100,00 5.000,00econômicoValidar o projeto 50 100,00 50 100,00 50 100,00 50 100,00 20.000,00 - - Custo do Pacote de Trabalho 30.000,00
  17. 17. LAtv - Lista de Atividades PT: 1.2.1 Definição Eluara Adriana Alexandre Valdir Custo da Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo atividade [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [R$]Escolha do local de 50 100,00 5.000,00implantação da central térmicaAgendamento de reunioescom a prefeitura para discutir o 50 100,00 5.000,00projeto - - Custo do Pacote de Trabalho 10.000,00
  18. 18. LAtv - Lista de Atividades PT: 1.2.2 Localização Eluara Adriana Alexandre Valdir Custo da Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo atividade [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [R$]Apresentação a prefeitura das 50 100,00 5.000,00áreas de interesseAgendamento de reunioescom a prefeitura para discutir o 50 100,00 5.000,00projetoNegociaçào da área com a 100 100,00 50 100,00 15.000,00prefeitura - - Custo do Pacote de Trabalho 25.000,00
  19. 19. LAtv - Lista de Atividades PT: 1.2.3 Benefícios Eluara Adriana Alexandre Valdir Custo da Atividade Duração Custo Duração Custo Duração Custo Duração Custo atividade [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [T] [R$] [R$]Preparar relatório mostarndobenefícios do projeto para asociedade ( 50 100,00 5.000,00empregos,diminuiçãoaterros,etc)Reunioes com a prefeiturapara pleitear possíveis 50 100,00 50 100,00 10.000,00isenções de impostos e outrosbenefícios fiscais.Discussão da documentaçãocontratual para oficializar 100 100,00 30 100,00 20 100,00 30 100,00 18.000,00benefícios recebidos - - Custo do Pacote de Trabalho 33.000,00
  20. 20. Orç - Orçamento do ProjetoC.C. WBS PV - Planned Value1,1 PROJETO BÁSICO1.1.1 Seleção 30.100,001.1.2 Viabilidade 30.000,001,2 NEGOCIAÇÃO1.2.1 Definição 10.000,001.2.2 Localização 25.000,001.2.3 Beneficios 33.000,00 TOTAL DAS FASES 128.100,00 VERBA DE CONTINGÊNCIA 2.490.000,00 TOTAL DO ORÇAMENTO 2.618.100,00
  21. 21. RR - Registro de Riscos RR - Registro de Riscos V.M.E. antes V.M.E. depois Data de Qualitativo Qualitativo Sinal deCategoria na RBS Id Risco Identificado Tipo P I Semáforo Id da resposta Resposta da resposta Proprietário Ação a tomar Registro Probabilidade de Impacto alerta [R$] [R$] Acompanhar as Reunioes Mudança na mudanças na legislação mundiaisW-Risco Legal 1 Legislação de AM 28/abr/12 Improvável 0,3 Pequena 0,10 0,03 1 900.000,00 mitigar 90.000,00 cetesb e aplicar açoes sobre meio Emissões corretivas em caso de ambiente mudança da mesma.K-Risco de Greves dasExecução Indisponibilidade de empresas empresas Estoque regulador deK-Incerteza na 2 quantidade de AM 29/abr/12 Média 0,5 Grande 0,40 0,20 2 10.000.000,00 mitigar 1.000.000,00 coletoras de coletoras de residuos para 10 dias.quantidade do resíduos necessária lixo lixomaterial disponível Variação cambialK-Risco econômico pode afetar valor da criseK-Incerteza central em funçào financeira sistema Contratção de hedge 3 AM 29/abr/12 Média 0,5 Média 0,20 0,10 3 10.000.000,00 mitigar 1.000.000,00Financeira dos itens interna ou finaceiro para itens importadosFlutuação monetária importados da externa mesma Planta pequenosK-Risco de execução protótipo,podendo defeitos Relatorios frequentes deK-Incerteza no 4 ter perda de AM 29/abr/12 Média 0,5 Média 0,20 0,10 4 2.000.000,00 mitigar 200.000,00 Clean Energy durante a falhas ( causa)equipamento dsiponibilidade operação inesperada Planta protótipo,podendo pequenas Relatorios frequentes deW-Risco Total-risco ter perda de 5 AM 29/abr/12 Média 0,5 Média 0,20 0,10 5 2.000.000,00 mitigar 200.000,00 quedas na Clean Energy performance da centraltécnico-performance geração de energia performance térmica inesperada por falta de performanceTotal 6 2.490.000,00 7 8 9
  22. 22. RD - Relatório de Desempenho Período:mes 6 Pacotes de Trabalho realizados no período Pacotes 3,4 e 7 Pacotes de Trabalho pendentes ou acumulados no período Pacotes 1,2,5,6,8,9,10,11,12 Avanços físicos acima do planejado Nao existem pacotes com avanço físico acima do planejado Análise do Desempenho1-Orçamento CV=EV-ACCV= 597760 - 639980 = - 42220 = ESTOURO DO ORÇAMENTO NO MES 62-Cronograma SV=EV-PVSV = 597760 - 659400 = - 61640 = CRONOGRAMA ATRASADO3-Indice de performance do custo CPI = EV/ACCPI = 597960 / 639980 = 0.93 = ESTAMOS 7% ACIMA DO CUSTO PREVISTO PARA O MES 6.4-Indice de performance do tempo SPI = EV/PVSPI = 597760 / 659400 = 0.9065 = ESTAMOS 9,35 % ATRASADOS NO TEMPO PREVSITO PARA O MES 6. Análise das PrevisõesPAC = 365 ( DURAÇÃO PLANEJADA )TAC = PAC / SPI = 365 / 0.9065 = 403 DIASDAC = TAC - PAC = 403 - 365 = 38 DIAS ATRASADOBAC = 1.300.000 = ORÇAMENTO PREVISTOEAC = BAC/CPI = 1300000/0.93= 1397849ETC = EAC - AC = 1397849 - 639800 = 757869VAC = BAC / EAC = 1300000 / 1397849 = 0.93 Desvios em foco para o próximo períodoDesvio do Prazo : 38 diasDesvio do orçamento : R$ 42220 Plano de ação O que Quem QuandoProcurar alternativas de subfornecedores com menor Adriana Mes 7prazo e preçoNegociar melhores condições de pagamento com os Eluara Mes 7subfornecedores
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×