• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Ipatinga gp03-pmo-grupo10
 

Ipatinga gp03-pmo-grupo10

on

  • 553 views

Amarildo Gomes de Araújo,

Amarildo Gomes de Araújo,
Eder Severiano Domingos,
Joao Pereira Branco,
Rodrigo Araújo Carvalho,
Wellington Morais Sales.

Statistics

Views

Total Views
553
Views on SlideShare
443
Embed Views
110

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
1

2 Embeds 110

http://www.marcocoghi.com.br 98
http://marcocoghi.com.br 12

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Introdução: ok; Objetivo do PE: ok; Identificação: ok; Categorização: ok; Avaliação: ok, Seleção: ok; Priorização: sugere-se especificar claramente a 'nota de corte' utilizada para a priorização dos projetos; Balanceamento: ok; Rebalanceamento: ok; Resultado final: ok; Benefícios do PMO: ok; Foco de implementação: ok; Função do PMO: ok; Modelo de PMO: ok; Nível hierárquico: ok; Profissionais: ok; Etapas de implementação: ok; Métricas: sugere-se identificar claramente quais os indicadores adotados para o PMO;
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Ipatinga gp03-pmo-grupo10 Ipatinga gp03-pmo-grupo10 Presentation Transcript

    • PROJECT OFFICE E NÍVEL DE MATURIDADEPROFESSOR: MARCO ANTÔNIO COGHI Eficiência Consultoria & Projetos E ficiconAMARILDO GOMES DE ARAÚJOEDER SEVERIANO DOMINGOSJOAO PEREIRA BRANCORODRIGO ARAÚJO CARVALHOWELLINGTON MORAIS SALES IPATINGA – MG
    • Integrantes do grupoMBA GETENCIAMENTO DE PROJETOS GP3 – IPATINGA/MGAMARILDO GOMES DE ARAÚJOEDER SEVERIANO DOMINGOSJOAO PEREIRA BRANCORODRIGO ARAÚJO CARVALHOWELLINGTON MORAIS SALES
    • Objetivos da Consultoria Visto ás reais necessidades e dificuldades enfrentadas pelo País Lisarb, o presidente deste em um projeto inovador decidiu contratar a Eficicon para prestar consultoria, com foco no desenvolvimento integrado de sistemas e processos, atuando com objetivo de alinhamento da estratégia organizacional e fornecendo suporte nas atividades do G.P. com intuito de sanar e reduzir em 4 anos os problemas sócio/econômicos enfrentados pelo país.
    • Objetivos Alcançar a melhor performance utilizando as técnicas de Gerenciamento de Projetos a serem desenvolvidos de acordo com a estratégia de negocio da organização seguindo as etapas de posicionamento da Gestão de Portfolio.
    • Objetivos do Planejamento Estratégico Em estudos realizados no país por profissionais da Eficicon em conjunto com assessoria da presidência, foram traçados os objetivos do planejamento estratégico de acordo com as necessidades e objetivos da organização:• Aliança por um Lisarb mais justo;• Política cidadã baseada em princípios e valores;• Educação para a sociedade do conhecimento;• Economia para uma sociedade sustentável;• Proteção social;• Qualidade de vida e segurança para todos os Lisarbeanos;• Cultura e fortalecimento da diversidade;• Política externa para século 21;• Combate á corrupção.
    • Identificação do projetos Segue abaixo a identificação de todos o projetos, em um total de 21 de acordo com as necessidades do país: Identificação de Projetos Paz todos Operação Segurança Opinião Pública Justiça Rápida Participação Total Igualdade Já Política Limpa Gerenciamento Ideal Responsabilidade Coordenada Operação saúde Cidade Limpa Vida Saúdavel Sempre Tecnologia 100 Fronteira Momento Cultural Lisarb Social Projeto Humanizar Estado Solidário Educação Para Todos Conhecimento Já Projeto Educar
    • Categorização dos projetos Após a identificação dos projetos, passamos para fase de categorização, ou seja, divisão dos projetos em grupos de acordo com suas semelhanças, informações, objetivos e caracterização dos projetos identificados. Segurança, saúde, cultura/social, política/economia, tecnologia e educação.
    • Categorização dos projetos Categorização dos projetos: Categorização de Projetos Paz todos Segurança Operação Segurança Opinião Pública Justiça Rápida Participação Total Política / Economia Igualdade Já Política Limpa Gerenciamento Ideal Responsabilidade Coordenada Operação saúde Saúde Cidade Limpa Vida Saúdavel Sempre Tecnologia Tecnologia 100 Fronteira Momento Cultural Lisarb Social Cultuta / Social Projeto Humanizar Estado Solidário Educação Para Todos Educação Conhecimento Já Projeto Educar
    • Avaliação dos projetos Siginificativa - 1 Nesta etapa, coletaremos as informações Melhoria Qualidade de vida: Boa - 2 Ruim - 3 pertinentes ao processo de seleção, conforme Baixo - 1 Riscos: Moderado - 2 a tabela com critérios de avaliação dos Alto - 3 projetos. Alta - 1 Confiabilidade Projeto: Média - 2 Baixa - 3 Os critérios de avaliação e peso desses foram Tempo de Execução: Até 1 ano - 1 Entre 1 e 3 anos - 2 definidos conforme necessidades e objetivos Acima de 3 anos - 3 Até 5 milhões - 1 quantitativos e qualitativos da organização Custo: Entre 5 e 50 milhões - 2 Lisarb, referentes ao negocio, aos riscos, Acima de 50 milhões - 3 Visão País - 1 marketing, financeiros, técnicos e Percepção Popular: Visão Estado - 2 alinhamento estratégico. Visão Cidade - 3 Acima de 3% mensal - 1 Geração de Empregos: Entre 1% e 3 % mensal - 2 Até 1% mensal - 3 3° Grau completo - 1 Indice de Educação 2° Grau Completo - 2 (população): 1° Grau completo - 3 Aumento significativo - 1 Indice de Segurança: Razoável - 2 Não influencia - 3
    • Seleção dos Projetos Durante o processo de seleção, os projetos serão avaliados quanto aos critérios definidos durante o processo de avaliação. Análise dos resultados, conforme metas de avaliação e alinhamento estratégico da organização considerando fatores como capacidade financeira, capacidade do patrimônio, recursos, tempo e riscos dos projetos.
    • Seleção dos Projetos Processo de Seleção ResultadosPaz todos 1 1 1 1 1 3 3 3 1 15Operação Segurança 1 3 1 2 2 3 3 1 1 17Opinião Pública 1 2 2 1 1 2 3 3 2 17Justiça Rápida 1 2 3 1 2 2 3 1 1 16Participação Total 1 2 2 2 1 3 2 3 3 19Igualdade Já 1 2 3 3 1 1 3 3 2 19Política Limpa 2 3 3 2 1 1 2 3 2 19Gerenciamento Ideal 2 3 2 3 2 3 3 1 3 22Responsabilidade Coordenada 3 2 1 1 1 3 3 2 3 19Operação saúde 1 1 2 2 2 3 2 2 3 18Cidade Limpa 1 1 3 2 2 3 3 3 2 20Vida Saúdavel 1 1 2 2 1 2 3 3 1 16Sempre Tecnologia 2 1 1 3 2 3 3 2 1 18100 Fronteira 3 3 3 3 3 1 3 1 1 21Momento Cultural 1 1 1 1 3 1 3 3 2 14Lisarb Social 1 1 3 2 1 1 3 3 2 17Projeto Humanizar 1 1 2 2 1 3 3 3 3 19Estado Solidário 2 2 2 3 3 2 3 3 3 23Educação Para Todos 1 1 1 3 2 3 2 3 2 18Conhecimento Já 1 1 3 3 1 3 3 3 2 20Projeto Educar 1 1 3 3 1 3 3 3 2 20 Confiabilidade Qualidade de Geração de Segurança Tempo de Empregos Educação Execução Indice de Indice de Melhoria Projeto Riscos Custo vida Percepção Popular
    • Processo de Priorização dos Projetos Após processo de seleção foram definidos os seguintes projetos, priorizados conforme metas e objetos da organização Lisarb. Paz todos Segurança Operação Segurança Opinião Pública Política / Economia Justiça Rápida Operação saúde Saúde Vida Saúdavel Tecnologia Sempre Tecnologia Momento Cultural Cultuta / Social Lisarb Social Educação Educação Para Todos
    • Processo de Balanceamento dos Projetos O processo de balanceamento do portfólio contribui para o planejamento e alocação de recursos de acordo com o alinhamento estratégico dentro do perfil de risco desejado pela organização. Neste processo, deve-se revisar os projetos selecionados e priorizados, adicionar novos projetos para autorização, identificar projetos que não estão autorizados, com base no processo de revisão e eliminar projetos a serem suspensos.
    • Processo de Balanceamento dos Projetos Um método usado durante balanceamento para análise de custo e benefício, análise quantitativa, análise de distribuição de projetos durante os 4 anos, análise de probabilidade, julgamento por especialistas conforme alinhamento estratégico é o gráfico de bolhas. Tamanho das bolhas Custo do projeto
    • Análise de Maturidade dos Projetos De acordo com estudos realizados pela Eficicon, pode se perceber que o nível de maturidade no Lisarb está lotada no nível de maturidade 2, concretizada pelas informações á seguir,• Documentos sem padronização para processos do G.P. básico;• Baixo apoio e envolvimento para implantação do G.P.;• Áreas funcionais envolvidas nos projetos maiores;• Métricas básicas para custo, tempo e performance correlacionada e informalizada.
    • Benefícios do PMO á ser implantado• Definição e suporte á metodologia de gerenciamento de projeto;• Definição e suporte á ferramenta de gerenciamento de projeto;• Definição e acompanhamento de indicadores de desempenho;• Apoio ás áreas funcionais no planejamento dos projetos;• Apoio ás áreas funcionais no Controle dos projetos;• Treinamento em gerenciamento de projetos;• Gerir, manter e propagar o conhecimento relativo a projetos;• Intervenção para recuperação de projetos com problemas;• Revisão ou auditorias de projetos;• Apoio a seleção, priorização e monitoramento de portfólio de projetos;• Fornecer equipe para projetos (pool de recursos técnicos);• Fornecer gerentes de projetos para as áreas funcionais.
    • Foco adotado Com base no nível de maturidade de Lisarb, o principal foco de implementação analisada pela Eficicon consistiu:• Knowledge Management: Todos passam a ter conhecimento dos procedimentos da organização e nos ativos de processos organizacionais.• Reporting: Com á grande quantidade de projetos sendo executados em diferentes categorias e segmentos, é de extrema importância ter um reporting ativo, unificado e eficiente capaz de fornecer detalhes atualizados dos projetos.
    • Função adotada Função do PMO adotada pela Eficicon,• Métodos e Procedimentos• Responsável pelo desenvolvimento da metodologia de gerência de projetos assim como a avaliação do uso da metodologia e sua performance.• Gerência Técnica – Para facilitar as atividades ligadas á equipe de projeto, transferências de conhecimento entre gerências de projetos.
    • Modelo adotado De acordo com informações anteriores podemos definir os seguintes,• Recomenda-se o modelo torre de controle mantendo o nivelamento com os focos e funções;• A situação da atual maturidade do Lisarb com a quantidade de projetos o modelo Pool de Recursos indica quais gerentes devem ser designados de acordo com o projeto.• Para aumentar a performance o modelo Resouce Pool mantém um banco de dados de experiência e habilidades dos gerentes de projetos;• Por se ter uma maturidade baixa no Lisarb, o modelo Resouce Pool agirá como responsável pela contratação direta dos gerentes, sendo acertivo na execução do gerenciamento
    • Nível HierárquicoPMO Nível 3 – Estratégico para auxiliar o presidente da Eficicon.PMO Nível 2 – Para cada departamento do governo, sendo responsável pela propagação dasmelhores praticas de Gerencia de projeto e pelo controle de alocação de recursos.PMO Nível 2 –Para os projetos ou programa individuais haverá um PMO paraatender a demanda e controle dos problemas dos projetos.
    • Profissionais Envolvidos De acordo com informações anteriores podemos definir os seguintes,• Superintendente: Gere os padrões a serem adotados, as metodologias aplicadas ao projeto, promove melhoria continua,• Gerente e Especialistas: Responsável pelo historio de lições aprendidas dos projetos, realiza a contratação e designação dos responsáveis.• Supervisores de Obra: Acompanha e o programa e cronograma e reporta para a gerencia, detém conhecimento para resposta técnicas das ações e implementações.
    • Etapas de Implementação Foram atribuídas na etapa de implementação do PMO características e técnicas como á condução dos assesment, identificação do sponsor de modo á determinar infraestrutura e staff, preparaçao da comunicação, plano e budget, com a finalidade de gerar fundos estaffing para condução de um roll out.
    • Etapas de Implementação As etapas de implementações podem ser verificadas de acordo com fluxograma abaixo,
    • Métricas de Sucesso As métricas de sucesso adotadas neste projeto possuem indicadores representativos, categorizados nas medidas quantitativas e qualitativas na divulgação e revisão sistemática de modo á monitorar tempo, riscos, escopo, gerenciamento de mudanças, comunicação, qualidade, custos e integração.