Água Mineral CN
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Água Mineral CN

on

  • 1,226 views

Titulo: Água Mineral CN...

Titulo: Água Mineral CN
Alunos:Luis Fernando G Bento,Rodrigo Sodario Cruz,João Bosco de Lima,Bruna,Rodrigo Sodario Cruz,João Batista Medeiros 2,Matheus Bittencourt Leite,Priscila Cunha,
Cidade: Taubaté
Disciplina: Aquisições
Turma: GP04
Data:20-03-2013
Hora:23:25
Comentarios:Caro Prof. Dr. Marco Coghi;

Segue em anexo o trabalho do módulo Gerenciamento de Aquisições em Projetos, turma Proj 04, unidade Taubaté, sobre o projeto Água Mineral CN.

Abaixo está a relação dos participantes do grupo que elaborou este trabalho:
Bruna Reis dos Santos
João Batista Medeiros
João Bosco de Lima
Luís Fernando Garcia Bento
Matheus Bittencourt Leite
Priscila Mendes Guedes da Cunha
Rodrigo Sodário Cruz

Um abraço e muito obrigado.

Rodrigo Sodário Cruz.
Publico até ápos a correção

Statistics

Views

Total Views
1,226
Views on SlideShare
1,149
Embed Views
77

Actions

Likes
0
Downloads
11
Comments
1

2 Embeds 77

http://www.marcocoghi.com.br 71
http://marcocoghi.com.br 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Comentários
    Introdução: ok;
    Objetivo: ok;
    WBS: ok;
    Análise Make or Buy: ok;
    Mapa das Aquisições: ok;
    WBS revisada: ok;
    Registro de Riscos: ok;
    Processo Escolhido: ok;
    Declaração de Trabalho: ok;
    Critérios Eliminatórios: ok;
    Critérios Classificatórios: ok;
    Explicitar critérios: ok;
    Sistema de Pontuação: ok, sugere-se enfatizar a concorrência vencedora;
    Documentos de Aquisições: ok;
    Meio: ok;
    Contrato: ok;
    Espécie do Contrato: ok;
    Tipo de Contrato: ok;
    Licitação ou Concorrência: ok;
    Fiscalização: ok;
    Relatórios: ok;
    Passo a passo administrar contratos: ok;
    Passo a passo encerrar contratos: ok;
    PGA: observar que o PGA não se restringe apenas aos itens solicitados neste trabalho;
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Água Mineral CN Água Mineral CN Presentation Transcript

  • Gerenciamento de Aquisições em Projetos MBA em Gerenciamento de Projetos Taubaté – PROJ–04
  • Empresa:Projeto:
  • Introdução: Hoje o mercado esta crescendo significadamente no segmento de água mineral,tornando-se atrativo, para esta implantação de indústria envasadora de água mineralexige um grande estudo e principalmente recurso financeiro para a realização de todasas etapas necessárias. A Comunidade Canção Nova visando crescer sua receita viu através daindustrialização de água mineral uma possibilidade positiva, a mesma possui umafazenda no qual já existe um estudo das águas encontradas naquele solo apontando serextremamente potáveis e naturais. Este projeto tem como principal finalidade a implementação de uma indústria deextração e envasamento de água mineral, com titularidade da empresa MineradoraCanção Nova Ltda., no qual através do plano de estudos de aproveitamento foiconstatado que economicamente é viável o envasamento de água mineral. A empresa Canção Nova é cliente deste projeto.
  • Nome dos Integrantes:Rodrigo Sodário CruzJoão Batista MedeirosPriscila Mendes Guedes da CunhaBruna Reis dos SantosLuis Fernando Garcia BentoMatheus Bittencourt LeiteJoão Bosco de Lima
  • Objetivo: O trabalho tem como o objetivo apresentar o conteúdo aprendido em sala referente ao módulo de Gerenciamento das Aquisições em Projetos. O conceito será aplicado no Gerenciamento das Aquisições do Projeto Água Mineral CN, onde busca planejar, conduzir, administrar e encerrar as aquisições.
  • Mercado Potencial da Fonte São Bento: O município de Cachoeira Paulista possui uma população de 30.100 habitantes,considerada uma estância turística, atrai milhares de visitantes por ano. Destaca-se oecoturismo e o turismo religioso, atraídos pela Comunidade Canção Nova. Segundo dados da Fundação João Paulo II – Canção Nova, em 2010 e 2011 passaramcerca de 1 milhão de visitantes em cada ano, enquanto que em 2012 o número de visitantesfoi de aproximadamente 1,5 milhões de pessoas. Além do mercado local, a água da fonte São Bento a ser comercializada pela MineradoraCanção Nova Ltda., será comercializado devido a localização, no Vale do Paraíba (Jacareí,São José dos Campos e Taubaté), Litoral Norte de São Paulo (São Sebastião,Caraguatatuba, Ubatuba, Ilhabela), Litoral Sul do Rio de Janeiro (Paraty, Angra dos Reis). A Fundação João Paulo II possui abrangência nacional através da TV Canção Nova,estação de rádio Canção Nova FM e Rádio Canção Nova AM, podendo assim divulgar a águamineral da Fonte São Bento.
  • .Figura 1 – Tendência do aumento de consumo de água envasada no mundo.Fonte: Revista Água & Vida, ano 12, n° 66.
  • Segundo dados a respeito da economia mineral fornecidos pelo DNPM(Departamento Nacional de Produção Mineral), a produção de água minerale potável de mesa envasada passou de 3,73 bilhões de litros em 2001 para4,37 bilhões de litros em 2008, de acordo com o gráfico da figura 2. . Figura 2 – Evolução da produção brasileira de água engarrafada. Fonte: Anuário Mineral Brasileiro (AMB) 2001 a 2008.
  • WBS do Projeto: Pacotes Buy (B)
  • Critérios Make-Or-Buy: • Capacidade da Equipe (CE): Na Canção Nova não há pessoas qualificadas para este tipo de segmento, por essa razão será mais viável a contratação de pessoas já qualificadas no mercado, que já tenham experiência neste ramo. • Necessidade de Fornecimento Especializado (NFE): A Canção nova não tem know-how para desenvolver o projeto da construção da Indústria de Extração e Envase; • Existência de Fornecedores Confiáveis (EFC): Por se tratar de um segmento novo de exploração por parte da Canção Nova, há uma grande dificuldade de encontrar fornecedores que atendam a qualidade, o prazo e o custo. • O Core-Business da Empresa (CB): A Canção Nova não é especializada em Indústria de Extração e envase de Água Mineral.
  • Critérios Make-Or-Buy – continuação: • Compartilhamento de Riscos (CR): O projeto terá uma grande variedade de riscos, positivos e negativos, para assegurar as entregas, alguns riscos serão compartilhados e transferidos para terceiros, por não ser o segmento da Canção Nova, ela visa buscar parceiros qualificados no mercado. • Restrições de Custo (RC): Foi estabelecido um orçamento para investimento no projeto de R$ 7.000.000,00. • Restrições de Prazo (RP): Foi estabelecido prazo para término do projeto, principalmente nas obtenções de licenças, que no caso de atrasos podem restringir o projeto no geral.
  • Mapa das Aquisições: Critério MakeNúmero Item a ser contratado Ref. WBS Vendor List Prazo Orçamento Forma Espécie Tipo or Buy Novs Eng. /Nó Prestação 1 Topografia 3.1 01/03/2013 R$ 10.000,00 CE, NFE, CB Acordo Preço Global Contrução de Serviços LR Arquitetura/ Prestação 2 Projeto Executivo 3.2 05/04/2013 R$ 32.000,00 CE, NFE, CB Acordo Preço Global Nó Construção de Serviços LR Arquitetura/ CE, NFE, CB, Custo por 3 Construção do Complexo Industrial 3.3 Novs Eng./ Nó 20/12/2013 R$ 3.500.000,00 Acordo Empreitada CR Administração Construção Elétrica Central/ Ordem de 4 Instalações Elétrica 3.4 03/01/2014 R$ 100.000,00 EFC, CB, CR Empreitada Tempo & Material Alcelétrica compra Arbras/ Delgo/ CE, EFC, CB, Ordem de 5 Instalações Mecânicas 3.5 17/01/2014 R$ 200.000,00 Empreitada Tempo & Material Zegla CR compra Arbras/ Delgo/ Prestação 6 Levantamento Técnico 4.1 24/01/2014 R$ 80.000,00 NFE, EFC, CB Acordo Preço Global Zegla de Serviços Avaliação da Proposta do Prestação 7 4.4 Tecnovase 31/01/2014 R$ 3.500,00 NFE, EFC, CB Acordo Preço Global Maquinário de Serviços Arbras/ Delgo/ EFC, CB, CR, Custo por 8 Instalações 4.7 28/02/2014 R$ 500.000,00 Acordo Empreitada Zegla RC Administração Arbras/ Delgo/ Prestação 9 Testes dos Maquinários 4.8 07/03/2014 R$ 200.000,00 EFC, CB, CR Acordo Preço Global Zegla de Serviços Avaliação da Proposta Matéria Arbras/ Delgo/ Prestação 10 5.3 14/03/2014 R$ 100.000,00 NFE, EFC, CB Acordo Preço Global Prima Zegla de Serviços EFC, CB, CR, Prestação 11 Treinamentos 6.5 Senac /Sebrae 21/03/2014 R$ 10.000,00 Acordo Preço Global RP de Serviços Arbras/ Delgo/ CE, NFE, CB, Prestação 12 Definições dos Procedimentos 7.1 21/03/2014 R$ 20.000,00 Acordo Preço Global Zegla RP de Serviços
  • WBS Revisada: PACOTES BUY
  • WBS Revisada (detalhe): PACOTES BUY
  • Análise de Riscos da Aquisição: As repostas aos riscos de uma aquisição será: • No processo de seleção do fornecedor, utilizando critérios de avaliação obrigatórios e/ou facultativos (SEL); • Nas especificações (ESP); • Na escolha (pré-qualificação) das empresas convidadas a participar do processo de seleção do fornecedor (PQ); • Em cláusulas contratuais que protejam os principais objetivos do projeto e os direitos daí recorrentes (CONT); • Na administração do contrato (ADM); • No planejamento do projeto (PLAN). .
  • Registro de Riscos das Aquisições (RR): Momento da Evento de Risco Resposta ao Risco Resposta ao Risco Avaliação do fornecedor; SEL, ESP, PQ, CONT,Equipamento não finalizados para teste. Detalhamento especificação; ADM. Histórico de fornecimento. Análise periódica; SEL, ESP, PQ, CONT,Atraso na construção do Galpão (1 mês). Multa contratual. ADM.Atraso na entrega dos equipamentos. Multa contratual ao fornecedor. PLAN, CONT, ADM.Cabos elétricos fora da especificação. Multa contratual ao fornecedor. PLAN, CONT, ADM.
  • Declaração de Trabalho (SOW) –Construção do Complexo Industrial: • OBJETIVO: Detalhar as quantidades e características da construção em questão. • LOCAL DE ENTREGA: Fazenda São Bento na cidade de Cachoeira Paulista/SP • LIMPEZA DO LOTE: Antes da obra, o Contratado deverá executar a limpeza do lote que perfaz ototal de 3.000,00 m2. A contratação de caçamba, caminhão ou máquinas para retirada de entulho éde responsabilidade do Contratado. Durante a execução da construção, o Contratado deverá manter a obra limpa,com o entulho separado em um local pré-determinado de fácil retirada. • CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO: Para o bom andamento dos serviços, os cronogramas serão executadosquando da definição da mão de obra a ser contratada. Isso ocorrerá antes do início de qualquer serviço. Estes cronogramas serãoparte integrante do Contrato a ser assinado entre as partes.
  • Declaração de Trabalho (SOW) –Construção do Complexo Industrial: • MÃO-DE-OBRA: Toda mão de obra necessária para execução desta obra é deresponsabilidade do Contratado. • FERRAMENTAS E EQUIPAMENTOS: Todas as ferramentas e equipamentos necessários para a construção destaobra serão de inteira responsabilidade do Contratado. Obs.: A furação do terreno deverá ser feita por firma especializada em estacastrauss (caso a mesma seja necessária de acordo com o projeto de Estrutura eFundação), ficando por responsabilidade do Contratado. • EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA: Os Equipamentos de Segurança Individual – EPI’s – são de responsabilidadedo Contratado.
  • Declaração de Trabalho (SOW) –Construção do Complexo Industrial: • ESPECIFICAÇÃO TÉCNICAS: Galpão de dimensões 2.000 m2. Estrutura de material SAE1020. • QUALIDADE REQUERIDA: O sistema estrutural é definido na fase de projeto e deve estar de acordo comas exigências das normas de segurança (NBR 8681:2003), ações de vento (NBR6123:1988) e as específicas ações acidentais que atuarão ao longo da vida útil daedificação (NBR6120:1980), exigências das normas da vigilância sanitária,CETESB e DNPM. • QUANTIDADES: Um complexo industrial contendo a parte administrativa, refeitório, depositoprodutos acabados, estacionamento, banheiros, vestuários, almoxarifado, setorde estoque, portaria, laboratório. • PRAZOS Entrega da construção até 20/12/13..
  • Declaração de Trabalho (SOW) –Construção do Complexo Industrial: • SUPORTE TÉCNICO: A empreiteira fica responsável de todas as exigências da Prefeitura, CETESB e Vigilância Sanitária. Terá que disponibilizar de um engenheiro civil para acompanhar a construção. • TREINAMENTOS DESEJADOS: Apresentação de certificados dos funcionários que estarão trabalhando no Complexo Industrial. • NÍVEL DE SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DESEJADA: Plano de manutenção definido, o qual prevê a obtenção da vida útil da edificação especificada originalmente no projeto. • GARANTIA: Também tendo no mínimo 05 anos de garantia após da data de entrega de toda construção.
  • Critérios Eliminatórios: • Propostas dentro do orçamento; • Históricos de valores de projetos já trabalhados superior ou igual a R$ 7.000.000,00; • Possui certificação ISO 9001/14000/OHAS; • Não ter pendências a órgãos regulamentares do seguimento; • Históricos de projetos semelhantes já trabalhados; • Qualificação do corpo técnico.Ou gerencial
  • Critérios Eliminatórios: Nó LRAtende aos critérios eliminatórios Novs Eng. Construção ArquiteturaPropostas dentro do orçamento sim não simHistóricos de valores de projetos já trabalhados superior ouigual a R$ 7.000.000,00 não não simPossui certificação ISO 9001/14000/OHAS sim sim simNão ter pendências a órgãos regulamentares do seguimento sim sim simHistóricos de projetos semelhantes já trabalhados sim não sim
  • Critérios Classificatórios: • Qualificação do corpo técnico; • Preço; • Tempo de existência da empresa; • Localização da empresa prestadora (proximidade com a Canção Nova); • Posicionamento no mercado; • Redução de prazos.
  • Sistema de Pontuação de Fornecedores:
  • Divulgar ou não os Critérios aosConvidados? Optamos por divulgar na Declaração de Trabalho (DT) os critérios aos convidados pois a Canção Nova trata com transparência e seriedade qualquer assunto que a diz respeito, tornando o processo mais objetivo e eliminando possíveis dúvidas. perda de tempo.
  • Documentos de Aquisição Adotados: O tipo de documento de aquisições escolhido para o pacote Galpão foi o RFP (Request for Proposal). A escolha foi baseada por a empresa Canção Nova não ser especializada nesta área. Listamos aos fornecedores as necessidades, expectativas e anseios em forma de uma declaração de trabalho e esperamos receber o escopo do fornecedor, no qual através destes escopos recebidos conseguiremos fazer um comparativo entre eles.
  • Meio Adotado para Envio do Convite: Para o convite de possíveis fornecedores para a construção do Galpão foi utilizado e-mails enviados aos endereços citados no Vendor-list da empresa e também nos endereços citados em sites da internet pesquisados. O meio foi escolhido devido a velocidade e qualidade das informações geradas e recebidas.
  • Contrato: O contrato é formal, visando comprometimento entre as partes sobre as vigências da lei. Por se tratar de um trabalho que envolva muitas entregas, é primordial que se tenha a qualidade, escopo, tempo e custo sobre forma de documento tangível, esperando não só empenho do fornecedor mas também seriedade nesse processo.
  • Espécie de Contrato: A espécie de contrato será o de Empreitada, onde visa contratar a equipe especializada neste tipo de construção de complexo industrial, atendendo todas as exigências necessárias para entrega do mesmo.
  • Tipo de Contrato: O contrato será do tipo Custo por Administração (CA), por se tratar de uma construção de um Galpão Industrial, o tempo será um fator importante. Serão lançados no contrato multas por atrasos nas entregas e um bônus por antecipação da entrega. Será vistoriado através de cronogramas da obra em andamento, no qual terá uma cláusula no contrato dizendo que se houver atraso o pagamento será cancelado até que seja feito o acordado.
  • Fluxograma Concorrência Privada:
  • Atitudes e Fiscalização: • Comprimento do contrato por ambas as partes; • Auditoria da qualidade e segurança; • Medição / controle da qualidade; • Monitoramento e controle de riscos; • Avaliação do fornecedor; • Controle integrado de mudanças;
  • Relatório para Administração da Aquisição: RELATÓRIO DIÁRIO DE OBRA/OCORRÊNCIA TIPO DE MEDIÇÃO Descrição do Controle Abaixo do Planejado Dentro do Planejado Acima do Planejado 1 Avanço físico da obra Previsto x Realizado 2 Presença de Funcionários 3 Utilização dos EPIs 4 Contabilidade dos maquinários 1 – Para obter um controle do Cronograma detalhado no escopo de trabalho, para acompanhar o avanço da construção da obra. 2 – Para saber se estão cumprindo com a quantidade de funcionários descritos no escopo de trabalho. 3 – Todos os funcionários deverão estar usando os EPI’ s conforme descritos no escopo de trabalho da empreiteira, pois se tratar de uma norma de segurança a empresa tem a obrigação de assegura que os mesmos utilizem. 4 – Para sabermos se estão sendo usados os maquinários constatados no escopo de trabalho da empreiteira.
  • Fluxograma para Administrar o Contrato:
  • Fluxograma para Encerrar o Contrato:
  • Sumário do Plano de Gerenciamento dasAquisições:1 - Planejar as Aquisições:1.1 – Obter a WBS das Aquisições;1.2 - Definir Critérios Make or Buy;1.3 - Gerar Mapa das Aquisições;1.4 - Revisar a WBS;1.5 – Registrar Riscos das Aquisições;1.6 - Criar a Declaração de Escopo;1.7 - Definir Critérios de Eliminação;1.8 - Definir Critérios de Classificação;1.9 - Análise de Sistema de Pontuação; 1.9.1 - Análise de Critério de Divulgação; 1.9.2 - Análise das Proposta; 1.9.3 – Definição dos Documentos das Aquisições – RFQ/RFP/RFI; 1.9.4 – Definição do Meio de Envio de Proposta; 1.9.5 – Definição da Forma de Contrato; 1.9.6 – Definição da Espécie de Contrato; 1.9.7 – Definição do Tipo de Contrato;
  • Sumário do Plano de Gerenciamento dasAquisições- continuação:2 – Conduzir as Aquisições:2.1 – Análise da Condução das Requisições;2.2 – Licitação Pública ou Concorrência Privada;2.3 – Tipos;2.4 – Meios;2.5 – Afastamentos;3 – Administrar as Aquisições:3.1 – Atitudes3.2 – Fiscalizações Necessárias3.3 – Relatórios de Medição3.4 – Melhores Práticas
  • Sumário do Plano de Gerenciamento dasAquisições- continuação:4 – Encerrar as Aquisições:4.1 – Verificar Escopo do Trabalho Concluído;4.2 - Analisar Escopo Realizado;4.3 – Realizar Pagamento;4.4 – Confirmar Pagamento;4.5 – Encerrar o Contrato.