Fibra 8

1,157 views
977 views

Published on

Titulo: Fibra 8
Alunos:Elber,Samuel de Araujo Jarrouj,Estéfano Augusto Barioni,Tiago,Elimar,
Cidade: Campinas
Disciplina: Escopo
Turma: GP32
Data:23-08-2012
Hora:21:26
Comentarios:Saudações cordiais do Time Salgdo e Associados
Publico até ápos a correção

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Comentários
    Introdução: ok;
    TAP: sugere-se que o objetivo SMART seja elaborado em uma frase;
    ISH: ok;
    DReq Produto e Projeto: sugere-se para o campo 'Stakeholders' utilizar a mesma identificação do ISH; sugere-se que seja utilizado os mesmos SH identificados no ISH;
    DE: ok;
    WBS: ok, observar que a forma com que a WBS foi estruturada, à partir da fase 'Gerencia de Projetos' existem 8 PT´s;
    D-WBS: observar o C.C (EAP); faltou identificar o campo 'Entrega do PT'; ;
    LVQ: sugere-se que seja adotado exatamente a mesma nomenclatura utilizada na WBS em relação à fase e PT; observar o C.C (EAP);
    SM: ok.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,157
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
351
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fibra 8

  1. 1. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGASMBA EM GERÊNCIA DE PROJETOSCAMPINAS – SP PROJETO TURMA PROJ 32 TRABALHO DE APROVEITAMENTO DA DISCIPLINA DE GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  2. 2. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS A Salgado e Associados é uma empresa que se dedica à prestação de serviços de consultoria na área de gerenciamento de projetos. Com uma forte equipe formada por administradores de empresa e engenheiros com vivência profissional em empresas de portes e ramos de atividades diversos, está preparada para levar a seus clientes soluções na análise de viabilidade e implantação de projetos em qualquer que seja a área, com a agilidade das mudanças no mundo corporativo e sempre calcada nas boas práticas consagradas na gestão de empreendimentos únicos e temporários. Nosso time •Elber Fabrício Laranja •Elimar Salgado Braga •Estéfano Augusto Barioni •Rodrigo Rodarte •Samuel de Araújo Jarrouj •Tiago Oliveira CamposGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  3. 3. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS Conduzido pela Salgado e Associados, o Projeto Fibra 8 tem por objetivo criar, instalar e “dar partida” em uma fábrica de gabinetes para torres de resfriamento em fibra de vidro, produzindo em custo inferior a R$ 9,00 por quilo, no prazo de 12 meses e atendendo a requisitos de qualidade no mínimo equivalentes aos principais concorrentes do mercado. TORRES DE RESFRIAMENTO EM GABINETES EM FIBRA DE VIDRO FUNCIONAMENTO PARA TORRES DE RESFRIAMENTOGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  4. 4. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS TAP - Termo de Abertura do Projeto Projeto FIBRA 8 DescriçãoTer operando, em um ano, uma fábrica de gabinetes de torres de resfriamento em fibra de vidro, produzindo em custo inferior a R$ 9,00 por kg,atendendo a requisitos de legalidade e qualidade no mínimo equivalentes aos principais concorrentes do mercado. JustificativaNum cenário de forte competitividade no setor de torres de resfriamento, a empresa contratante do projeto vê-se perdendo market share devido aoselevados preços praticados e instabilidade dos fornecedores de um ítem crítico para seus produtos: os gabinetes em fibra de vidro. O projeto Fibra 8visa levar uma solução PERMANENTE, SEGURA E ECONÔMICA de ter sua demanda por esse insumo de fibra de vidro suprida, com a criação deuma fábrica dedicada. ObjetivoS - Criar e instalar uma indústria de fibra de vidro voltada à fabricação de gabinetes de torres de resfriamento;M - Produzir gradativamente 3, 5 e 10 toneladas de laminado por mês no período de três anos a custo inferior a R$ 9,00 / kg;A - Por meio da boas práticas de gerenciamento de projetos e vivência da equipe gestora;R - Atendendo a requisitos de legalidade e qualidade no mínimo equivalentes aos principais concorrentes do mercado;T - Dentro dos próximos 12 meses a partir da assinatura deste TAP. RequisitosA indústria deverá estar operando em 12 meses; o custo total do projeto não deve ultrapassar 1,5 milhão de reais; o custo do produto acabado deveser menor que R$ 9,00 / kg demonstrando qualidade equiparável com os padrões vigentes no mercado; deve iniciar suas operações entregando 3toneladas de laminado por mês com capacidade de evolução para até 10 toneladas por mês no período de 3 anos, sem que o custo fixo da indústriasupere a casa dos R$ 25.000,00 por mês. continuaGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  5. 5. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS TAP - Termo de Abertura do Projeto (continuação) DesignaçãoFica designado o Administrador de Empresas Elber Fabrício Laranja como gerente do projeto.É alçada do GP gerir recursos financeiros e sua alocação (budget), sendo ele autônomo para aprovar no portfolio de investimentos, gerenciaraquisições de máquinas, equipamentos e contratação de mão de obra, tanto para execução do escopo do projeto quanto do produto,responsabilizando-se pela definição do layout de produção, e escolha de fornecedores de insumos. MilestonesConcepção e Definição de fornecedores - entrega no final do mês 1...............................................................orçamento R$ 28.000Construção Civil: entrega no final do mês 7.......................................................................................................orçamento R$ 770.000Criação de Layout: entrega no final do mês 8....................................................................................................orçamento R$ 55.000Instalação de Equipamentos: entrega no final do mês 10..................................................................................orçamento R$ 285.000Contratação e treinamento da M.O. operacional: entrega no final do mês 12...................................................orçamento R$ 42.000Start das Operações: entrega final do mês 12...................................custos com a gerência de projetos: ....orçamento R$ 200.000 OrçamentoO orçamento total do projeto deverá ser gerenciado conforme budget definido por centro de custos não ultrapassando o valor total de 1,5 milhão dereais. RiscosFortes variações no custos dos insumosNão haver mão de obra especializada em construção civil disponívelIndisponibilidade de mão de obra especializada em fibra de vidroVerba destinada para respostas a riscos concretizados (contingência): R$ 120.000Data______/_______/_______ Assinatura do Sponsor______________________________________________GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  6. 6. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS ISH - Identificação de Stakeholder Cadastro Qualificação Requisitos superficiais Plano de Ação do G.P. Influência Interesse Telefone e-mail Papel no Classifica Poder Stakeholder Posição Outras características Expectativa, Necessidade, Anseio Estratégia Quando projeto ção no Engenheiros e Lucratividade por meio da obtenção Realizar reuniões, criar Gerenciar Positiva Diretoria da organogra administradoes de do recurso material por preço website com demonstrativo semanal- Alto Alto Sponsor com contratante ma de sua empresa - experientes menor e controle total sobre as diários de evolução, buscar mente Atenção empresa gerir projetos variáveis do fornecimento endoço em decições críticas Hambiente de trabalho adequado e Criar ações de endomarketing no Colaborarão diminuição nas demandas para conscientiza-los sobre o 3 vezes Positiva Baixo Funcionários organogra Manter inicialmente, mas com Alto Facilitador adminstrativas e operacionais com fato de que sucesso do durante oda contratante ma da satisfeito forte tendencia a a integração da fábrica de projeto melhorará seu projeto empresa desmotivaçõa gabinetes ambiente de trabalho Pilar Fibra - Usará influência com Nagativa Baixo Manter o fornecimento dos Monitorar suas açõesfabricante de no Manter um dos diretores para quinzanal gabinetes mercado Contra Alto informado tentar desmotiva-lo gabinetes, preferencialmente em coletando informações com -mente condições idênticas às atuais Stakeholders aliados concorrente quanto ao projeto no início Colocar multa para atraso emConstrutura - Satisfazer a Koper quanto à do Positiva Baixo no Manter Empresa com histórico contrato/ acompnhar Altoque construirá Colaborador qualidade da construção obtendo projeto/ mercado informado de atrasos na entrega execução do cronograma com o galpão maior lucro possível semanal- critério mente Vender e instalar os equipamentos,Fornecedores meses 8 Nagativa Positiva Positiva Baixo no Manter Poucos concorrentes no treinar a operacionalização de Examinar mercado externo Alto de Facilitador e 9 do mercado informado Brasil forma a tender a produção para comprara preçosequipamentos projeto desejada Oligopóllio - BaixoForncedores no Manter Vender insumos de qualidade, criar Cotar com chineses para mês 5 do Alto Facilitador representam riscode Insumos mercado informado bom relacionamento e obter lucro fortalecer a MAQUINA projeto importante Obter licenças ambientais, Podem ter que conviver Vagas de emprego, melhor Baixo Baixo na Mínimo participar de reuniões Trimestral Vizinhança Afetados com a emissão de infraestrutura no envoltório da sociedade esforço comunitárias, apresentar a -mente gazes da fábrica fábrica. empresa como oportunidadeGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  7. 7. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Produto Rastreabilidade do Produto Componente Stakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado A fábrica precisa ter um custo final de Sponsor Foco de atenção 1 S, M, A Start-Up da Fábrica produção menor que R$ 9,00/kg. A fábrica deverá ser capaz de produzir os Definição de Parâmetros Cliente gabinetes com a qualidade requerida pela Foco de atenção 2 S, M, A, R Operacionais Norma ASME-PTC-23. Os custos fixos de operação da fábrica não Definição de Parâmetros Cliente Foco de atenção 5 S, M, A, R devem ultrapassar R$ 25 mil/mês. Operacionais A fábrica deverá atingir a capacidade de Definição de Parâmetros Cliente produção de 3, 5, e 10 toneladas/mês no 1° , Foco de atenção 3 S, M, A, R, T Operacionais, Start-Up da Fábrica 2°e 3°ano de operação, respectivamente. A fábrica deve operar sempre dentro dasÓrgão Ambiental Manter Satisfeito 4 S, A, R Obtenção de Licenças normas ambientais de emissão. A fábrica deve utilizar mão de obra local para Poder Público fomentar o desenvolvimento da comunidade Manter Informado 7 S, A Seleção Municipal que circunda o empreendimento. Os equipamentos da fábrica devem ser novos Cliente e atender às normas de segurança do Foco de atenção 6 S, A, R Concorrências trabalho aplicáveis.GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  8. 8. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DReq - Declaração de Requisitos Requisitos do Projeto Rastreabilidade do Projeto ComponenteStakeholder Requisito detalhado Classificação Prioridade Entrega onde se manifesta OK relacionado O trabalho do projeto deverá ser devidamente Sponsor documentado conforme as boas práticas de Foco de atenção 7 S, A Gerenciamento do Projeto gerenciamento de projetos. O custo do projeto não poderá ultrapassar R$ Cliente Foco de atenção 1 S, A, R Assinatura de Contratos 1,5 milhão. O prazo do projeto deverá ser inferior a 1 ano, Cliente Foco de atenção 2 S, A, T Start-Up da Fábrica contado a partir da assinatura do TAP. O prazo para conclusão das obras civis (fase) Sponsor deverá ser inferior a 8 meses, contados a Foco de atenção 4 S, A, T Construção Civil partir da assinatura do TAP. Todo fornecedor ou terceira parte deve ser Sponsor Foco de atenção 6 S, A, R Concorrências previamente aprovado pelo Sponsor. O Sponsor deverá receber quinzenalmente Sponsor relatórios atualizados de desempenho do Foco de atenção 3 S, A, R, T Gerenciamento de Comunicações projeto. Toda solicitação de mudança, para ser aprovada, necessitará da assinatura do GP Foco de atenção 5 S, A, R Integração Sponsor e implicará, sempre, em revisão do orçamento.GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  9. 9. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DE - Declaração do Escopo Premissas- a CETESB deve liberar a licença em até 06 meses;- o custo dos insumos para a produção não sofrerá variação positiva de 15% nos próximos 12 meses;- o dissídio da categoria não poderá superar 10%;- no máximo 80 dias chuvosos nos próximos doze meses;- contratar mão de obra local para desenvolvimento da comunidade. Restrições- o custo total do projeto não poderá ultrapassar R$1.500.000,00;- o prazo total para entrega do projeto, não deve exceder o prazo de 12 meses;- o projeto não poderá ser entregue sem a licença ambiental;- o valor final do produto acabado, não poderá ser superior a R$9,00;- todos os gabinetes devem possuir a qualidade requerida pela Norma ASME-PTC-23.
  10. 10. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DE - Declaração do Escopo WBS – Work Breakdown StructureGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  11. 11. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS DE - Declaração de Escopo DICIONÁRIO DA WBSEAP PACOTE DE TRABALHO ESPECIFICAÇÃO DA ENTREGA CRITÉRIO DE ACEITAÇÃO OK 1 FIBRA 8 ASSINATURA DO G.P. NO1.1 LAY OUT GERAL DA UNIDADE CRIAÇÃO DE LAY OUT LAY OUT DESENHO DO LAY OUT DA PRODUÇÃO, CONTEMPLANDO TODOS DISPONIBILIZAÇÃO DE ASSINATURA DO G.P. NO1.1.1 OS EQUIPAMENTOS DEFINIDOS NA ELABORAÇÃO DO DESENHO EQUIPAMENTOS LAY OUT TÉCNICO DESENHO DO LAY OUT DO ARMAZÉM, COM CAPACIDADE DE ASSINATURA DO G.P. NO1.1.2 CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO ARMAZENAR ATÉ 15 DIAS DE PRODUÇÃO, TANTO DE INSUMOS LAY OUT QUANTO DE PRODUTO ACABADO DESENHO DO LAY OUT DO RECEBIMENTO, COM ESPAÇO DEMARCADO PARA O RECEBIMENTO DE CARGAS, E DOCAS ASSINATURA DO G.P. NO1.1.3 DOCAS DE RECEBIMENTO ACESSÍVEIS A VANS, VUC, TOCO, TRUCKS E CARRETAS (SIDER E LAY OUT CARGA SECA) DESENHO DO LAY OUT DO EXPEDIÇÃO, COM ESPAÇO DEMARCADO PARA A SEPARAÇÃO DE CARGAS, E DOCAS ASSINATURA DO G.P. NO1.1.4 DOCAS DE EXPEDIÇÃO ACESSÍVEIS A VANS, VUC, TOCO, TRUCKS E CARRETAS (SIDER E LAY OUT CARGA SECA) DESENHO DO LAY OUT DO ADMINISTRATIVO, COMTEMPLANDO ASSINATURA DO G.P. NO1.1.5 ÁREA ADMINISTRATIVO OS SETORES: FINANCEIRO, RECURSOS HUMANOS, LAY OUT PLANEJAMENTO, QUALIDADE, T.I. E GERÊNCIA DESENHO DO LAY OUT DA MANUTENÇÃO, COM ESPAÇO ASSINATURA DO G.P. NO1.1.6 ÁREA DE MANUTENÇÃO DISPONÍVEL PARA AS MANUTENÇÕES: ELÉTRICA, HIDRÁULICA E LAY OUT PREDIAL DESENHO DO LAY OUT DA LOGÍSTICA, CONTEMPLANDO DUAS ASSINATURA DO G.P. NO1.1.7 ÁREA DE LOGÍSTICA SALAS, UMA MENOR PARA A SUPERVISÃO E UMA MAIOR PARA LAY OUT COM NO MÍNIMO SEIS ESTAÇÕES DE TRABALHO.GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  12. 12. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGASLVQ - Lista de Verificação da Qualidade Fase:Construção civil Entrega:Galpão C.C. PT Descrição Entrega do PT Critério de Validação OK Execução de terplanagem na Área nivelada com a Procedimento eleborado pelo Engenheiro1.4.1 Terraplanagem área onde será construido o elevação especificada responsável pela obra; galpão em projeto Execução de estaca e1.4.2 Fundação Bases NBR 6122:2010 e procedimento de execução concretagem de blocos Montagem das estruturas1.4.3 Estrutura Estruturas metálicas NBR 14762 metálicas do galpão Aparelhos e1.4.4 Instalações elétricas Instalar toda a rede elétrica equipamentos NBR - 5410 energizados Montagem das tubulações de1.4.5 Instalações hidráulicas Rede de água NBR - 5626 PVC e PEAD. Execução do concreto magro para construção do piso na área de armazenamento e aplicação Pisos, fehamentos e1.4.5 Fechamentos/coberturas/pisos cerâmica nas salas NBR-13858 - 1/ NBR-13858-2 administrativas. Ligação de coberturas telhas sobre as tesouras feitas de estrutura metálica Pinturas das estruturas metálicas utilizando tintas anti-corrosiva. Estruturas de concreto e N-144 - TUBULAÇÕES1.4.5 Pintura Pintura das paredes. metálicas pintadas PROCEDIMENTO ELABORADO PELA SUVINILGERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS
  13. 13. FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS SM - Solicitação de Mudança Número da SM Data da abertura Solicitante 1 21/08/2012 Tiago Campos Endereço de E-mail DDD Telefone tiagocampos23@hotmail.com 19 9813-3223 Descrição da Mudança SolicitadaAlteração do projeto de fundação da fabrica: substituição da estaca tipo hélice para estaca tipo raiz. Justificativa da solicitaçãoApós estudos geológicos feitos na área onde vai ser construída a fábrica, constatou-se que o solo apresentava característica de instabilidade. Devido a estainstabilidade do solo, a Engenharia optou por reforçar as fundações da fábrica: alterando as estacas para o tipo raiz e aumentando o volume de concreto dosblocos. Assinatura do Solicitante ___________________________________________________________________ Parecer do GPImpactos identificados – EscopoEscopo do produto: Não há impactoEscopo do projeto: Alteração de uma Milestone no PGP, alteração no conteúdo do D-WBS e alteração na LVQ.Impactos identificados – Tempo do projetoO tempo será maior porque o processo da estaca raiz é lento. A produtividade da estaca raiz é cerca de 10 vezes menor que o da estaca hélice (30 dias a mais noprazo).Impactos identificados – Custo do projetoAlterado para maior, estima-se que em de R$ 30.000 para mobilização da máquina de estaca raiz e utilização de mais concreto.Impactos identificados – Qualidade do projetoA qualidade do projeto não será impactadaImpactos identificados – Recursos Humanos do projetoContratação de operador da máquina de estaca raiz.Impactos identificados – Comunicações do projetoComunicação das partes interessadas sobre a mudança.Impactos identificados – Riscos do projetoAumento dos riscos de se exceder o orçamento em função do aumento de custos e utilização de parte da verba de contingencia a mudança.Impactos identificados – Aquisições do projetoSubstituição de alguns materiais essenciais para execução do trabalho, conforme reedição da LVQ.Impactos identificados – outros projetos correntesNão há impacto Data, Nome, Assinatura do GP21/08/2012 - Tiago Campos Parecer do Sponsor ou CCB Data, Nome do Autorizador, Assinatura________________________________________________________GERENCIAMENTO DO ESCOPO EM PROJETOS

×