Física - 1 ano - Estudo do universo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Física - 1 ano - Estudo do universo

  • 3,988 views
Uploaded on

Física - 1 ano - Estudo do universo

Física - 1 ano - Estudo do universo

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,988
On Slideshare
3,823
From Embeds
165
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
41
Comments
0
Likes
1

Embeds 165

http://professoraliviamat.blogspot.com 87
http://professoraliviamat.blogspot.com.br 44
http://www.professoraliviamat.blogspot.com 34

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. FÍSICA
    PROFESSORA LÍVIA
  • 2. O QUE É O UNIVERSO?
    Universo é tudo aquilo que existe, é o conjunto formado pelos planetas, cometas, estrelas, galáxias e etc...
  • 3. O QUE SÃO GALÁXIAS?
    Galáxias são conjuntos de poeira cósmica, estrelas e planetas agrupados e unidos pela gravidade. Galáxia é um sistema astral composto de diferentes corpos celestes, sobretudo estrelas e planetas, com matéria gasosa dispersa e animado por movimento harmonioso. O Universo é formado por 100 bilhões de galáxias. As maiores galáxias são formadas por mais de 100.000.000.000 (100 milhões de estrelas). As galáxias se movem no espaço. Seus corpos estão muito afastados entre si. Quando uma das galáxias cruzam com as outras, as estrelas nem chegam a se chocar.
  • 4. CLASSIFICAÇÃO DAS GALÁXIAS
    Existem galáxias de todos os tipos e que, através de uma ampla variedade de formas e aparências, apresentam muitos aspectos básicos comuns.
    A partir de suas aparências, as galáxias são classificadas.
  • 5. CLASSIFICAÇÃO DAS GALÁXIAS
    Segundo seu aspecto externo e sua geometria aparente, as galáxias podem ser classificadas:
    • Galáxias elípticas ou circulares
    • 6. Galáxias espirais
    • 7. Galáxias irregulares
    • 8. Galáxias lenticulares
  • O SISTEMA SOLAR
    O sistema solar é um conjunto de corpos celestes que se encontram em um mesmo campo gravítico. Os corpos celestes acima citados são os planetas, as estrelas, o sol, os asteróides, os cometas, os meteoróides (meteoritos).
  • 9. OS PLANETAS
    Os planetas são astros iluminados que giram ao redor do Sol. Na ordem crescente de afastamento em relação ao Sol, os oitos planetas conhecidos são:
  • OS PLANETAS TERRESTRES
    Os planetas terrestres são os quatro planetas mais interiores no sistema solar, Mercúrio, Vênus, Terra e Marte. São denominados de terrestres, porque têm uma superfície compacta rochosa tal como a Terra. Os planetas Vênus, Terra e Marte têm atmosferas significativas enquanto Mercúrio a tem quase nula
  • 17. OS PLANETAS JUPTERIANOS
    Júpiter, Saturno, Urano, e Netuno são conhecidos por planetas Jupterianos (semelhantes a Júpiter), porque são todos gigantescos comparados com a Terra, e têm uma natureza gasosa tal como Júpiter. Os planetas Jupterianos também são referidos como os gigantes gasosos, apesar de alguns ou todos poderem possuir pequenos núcleos sólidos.
  • 18. COMETAS
    Os cometas são os objetos celestes que mais deram origem a temores e superstições no passado e hoje despertam enorme curiosidade. Podem ser periódicos, como o cometa Halley e outros, que percorrem uma órbita regular ao redor do Sol. E os não-periódicos que entram no sistema solar e voltam ao espaço interestelar.
  • 19. ESTRUTURA FÍSICA DOSCOMETAS
    NÚCLEO - constatou-se que todos os fenômenos que ocorrem no cometa, tem a sua origem a partir de seus núcleos sólidos e com poucos quilômetros de diâmetro. O núcleo ao aproximar do Sol dá origem à cabeleira e cauda. Por serem corpos pequenos (baixa atração gravitacional) e movimentando-se muito rápido nas proximidades do Sol, a cada passagem pelo mesmo, ocorre um aumento muito grande da cauda, que implica em perdas de matéria. A matéria que compõe a formação dos núcleos corresponde a uma espécie de gelo sujo com massa variando de 1,0kg a algumas dezenas de toneladas.
  • 20. ESTRUTURA FÍSICA DOSCOMETAS
    CABELEIRA ou COMA - aparece sob a forma de nebulosidade sobre o núcleo. Como uma espécie de atmosfera que pode ter seu volume muito maior que a Terra. É mais brilhante do que a cauda, a qual dá origem. A presença predominante de componentes simples, a base de hidrogênio  (inclusive ele neutro) e de oxigênio, revela que a constituição do cometa é água em dois estados, sendo o estado líquido inexistente.
  • 21. ESTRUTURA FÍSICA DOSCOMETAS
    CAUDA - A cauda é provocada pela ação dos  ventos solares, por isso nas proximidades do Sol a cauda aumenta, pois a densidade dos ventos solares é maior. Acredita-se que a cada passagem pelo Sol o diâmetro do núcleo do cometa diminua em alguns metros. Os cometas possuem dois tipos de caudas: uma constituída de poeira neutra e a outra de plasma, isto é, elétrons e gases ionizados. A primeira de cor amarelada que reflete a luz solar e a segunda em tom azulado, produzida principalmente pelo CO. A cauda é formada pela pressão eletromagnética (exercida pela luz), e pelo vento solar. É oposta à atração gravitacional, ou seja, aponta sempre na direção radial contrária à do Sol.
  • 22. O QUE SÃO ESTRELAS?
    É um grande corpo celeste composto de gases quentes que emite radiação eletromagnética, em especial a luz, como resultado das reações que ocorrem em seu interior. Com exceção do Sol, as estrelas parecem estar fixas, mantendo a mesma forma no céu ano após ano. Na realidade, estão em movimento rápido, mas as distâncias são tão grandes que sua mudança relativa de posição só é percebida através dos séculos.
  • 23. NÚMERO DE ESTRELAS
    Calcula-se que o número de estrelas visíveis da Terra a olho nu é de cerca de 8.000, das quais 4.000 estão no hemisfério norte do céu e 4.000 no hemisfério sul.
    Os astrônomos calculam em centenas de milhões o número de estrelas da Via Láctea, a galáxia a que pertence o Sol.
    As estrelas visíveis individualmente no céu são as que estão mais próximas do Sistema Solar
  • 24. SOL
    O SOL é uma estrela como muitas outras. Mas, para todos os que vivem na Terra, ela é a estrela mais importante. O Sol parece-nos muito grande porque é a estrela que está mais próxima da Terra. No entanto, ele é uma das estrela mais pequenas do Universo. Apesar disso, é um milhão de vezes maior que a Terra e encontra-se a cerca de 150 milhões de Km desta.
    A sua luz demora cerca de oito minutos a chegar até nós e é tão intensa que não nos deixa ver os outros astros durante o dia. Pode danificar os olhos se for observada diretamente. O telescópio com que os cientistas estudam o Sol tem um filtro denso para proteger a visão.