• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Teorias da Motivação
 

Teorias da Motivação

on

  • 61,829 views

Teorias da Motivação

Teorias da Motivação

Statistics

Views

Total Views
61,829
Views on SlideShare
61,574
Embed Views
255

Actions

Likes
44
Downloads
0
Comments
3

6 Embeds 255

http://www.slideshare.net 214
http://www.profissionalizando.org 21
http://www.profissionalizando.com 9
http://www.profissionalizando.net.br 7
http://www.concursosonline.net 2
http://pinterest.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

13 of 3 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • muito bom mesmo.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Bom material para complementos de aulas
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • otimo tema bom seria se todos lesem
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Teorias da Motivação Teorias da Motivação Presentation Transcript

    • TEORIAS DA MOTIVAÇÃO
    • Hierarquia das Necessidades de Maslow
      • Abraham H. Maslow, psicólogo e consultor americano, apresentou uma teoria da motivação segundo a qual as necessidades humanas estão dispostas em níveis, numa hierarquia de importância e influência. Nessa hierarquia das necessidades (pirâmide de Maslow), encontram-se cinco níveis de necessidades:
    • Pirâmide de hierarquia das necessidades, segundo A. Maslow
    • Hierarquia das Necessidades de Maslow
      • 1. Necessidades Fisiológicas
      • A limentação, sono e repouso, de abrigo, desejo sexual, etc. (sobrevivência do indivíduo / preservação da espécie).
      • 2. Necessidades de Segurança
      • Proteção, ordem, consciência dos perigos e riscos, senso de responsabilidade.
      • 3. Necessidades Sociais
      • A ssociação, de participação, aceitação por parte dos companheiros, de troca de amizade, de afeto e amor.
      • 4. Necessidades de Estima
      • A uto-apreciação, autoconfiança, necessidade de aprovação social e de respeito, de status, prestígio e consideração.
      • 5. Necessidades de Auto-realização
      • São as necessidades de cada pessoa realizar o seu próprio potencial e de autodesenvolver-se continuamente (ser constantemente mais do que é - vir a ser tudo o que pode ser).
    • MOTIVOS INTERNOS
      • Motivos internos são necessidades, aptidões, interesses, valores e habilidades da pessoa, que a fazem capaz de realizar certas tarefas e não outras;
      São os impulsos interiores, de natureza fisiológica e psicológica, afetados por fatores sociológicos como os grupos ou a comunidade de que a pessoa faz parte. Necessidades e Frustrações Aptidões e Habilidades Atitudes e interesses
    • MOTIVOS EXTERNOS
      • Compreender que a motivação está ligada às necessidades, já que ajuda bastante a entender a complexa mecânica do comportamento Humano.
      • Elaborar uma lista de todas as necessidades humanas é impraticável já que muitas são específicas de pessoas e grupos.
      • Ficar teoricamente com as necessidades no aspecto mais genérico como o sugerido por Maslow é restringir.
      As empresa devem utilizarem-se do levantamento das necessidades genéricas e buscarem aprofundar em suas particularidades pertinentes as pessoas e grupos que as compõem.
    • Estilos de Administração
      • A Teoria Comportamental procurou demonstrar a variedade de estilos de administração que estão à disposição do administrador.
      • A administração das organizações em geral (e das empresas em particular) está fortemente condicionada pelos estilos com que os administradores dirigem, dentro delas o comportamento das pessoas.
      • Estilos de administração dependem substancialmente das convicções que os administradores têm a respeito do comportamento humano dentro das organizações.
      • Essas convicções moldam não apenas a maneira de conduzir as pessoas, mas também a maneira pela qual se divide o trabalho, se planejam e se organizam as atividades.
    • Pressuposições da Teoria X   
      • As pessoas são preguiçosas e indolentes
      •     As pessoas evitam o trabalho
      •     As pessoas evitam a responsabilidade a fim de se sentirem mais seguras
      •     As pessoas precisam ser controladas e dirigidas
      •     As pessoas são ingênuas e sem iniciativa
      Pressuposições da Teoria Y        As pessoas são esforçadas e gostam de ter o que fazer     O trabalho é uma atividade tão natural quanto brincar ou descansar    As pessoas procuram e aceitam responsabilidades e desafios    As pessoas podem ser automotivadas e autodirigidas    As pessoas são criativas e competentes PRESSUPOSTOS DA TEORIA X Y
    • Fatores Motivacionais ( Satisfaciente)     A – O trabalho em si; B - Realização ; C – Reconhecimento; D – Progresso Profissional; E – Responsabilidade. Fatores Higiênicos (Insatisfaciente)    
      • – As condições de trabalho;
      • B – Administração da Empresa;
      • C – Salários;
      • D – Relações com supervisor;
      • E – Benefícios e serviços sociais.
      TEORIA DOS DOIS FATORES HERZBERG Conteúdo do Cargo (Como a pessoa se sente em relação ao seu cargo)   Contexto do Cargo (Como a pessoa se sente em relação à sua empresa)    
    • ORGANIZAÇÃO COMO UM SISTEMA SOCIAL COOPERATIVO
      • (1) interação entre duas ou mais pessoas;
      • (2) desejo e disposição para a cooperação;
      • (3) finalidade de alcançar um objetivo comum.
      A função do líder dentro da organização, é a de criar e manter um sistema de esforços cooperativos, atividade essencial para a sobrevivência das instituições.
      • As pessoas não atuam isoladamente, mas através de interações com outras pessoas, para poderem alcançar da melhor maneira os seus objetivos.
      As organizações são sistemas sociais baseados na cooperação entre as pessoas. Uma organização somente existe quando ocorrem três condições:
    • CICLO MOTIVACIONAL EVOLUÇÃO DO CICLO 5 - Realização 6 - Satisfação 1 - Equilíbrio 2 - Estímulo 3 - Necessidade 4 - Tensão 6 – Insatisfação Frustração Agressivo Insônia Resistência Moral Baixo
    • Conflito entre os Objetivos Organizacionais e os Individuais
      • Ambas as partes devem contribuir mutuamente para o alcance de seus respectivos objetivos.
      Um dos temas preferidos é o conflito entre os objetivos que as organizações procuram atingir e os objetivos que individualmente cada participante pretende alcançar. A interdependência entre as necessidades do indivíduo e as da organização é imensa: a vida e os objetivos de ambos estão inseparavelmente entrelaçados. O importante é que o alcance do objetivo de uma das partes nunca venha a prejudicar ou a tolher o alcance do objetivo de outra.