• Save
FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO

on

  • 212,228 views

FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO

FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO

Statistics

Views

Total Views
212,228
Views on SlideShare
43,384
Embed Views
168,844

Actions

Likes
17
Downloads
0
Comments
4

26 Embeds 168,844

http://www.esoterikha.com 167780
http://esoterikha.com 488
http://www.slideshare.net 205
http://www.profissionalizando.net.br 84
http://images.esoterikha.com 66
https://www.google.com.br 56
http://www.google.com 45
http://www.facebook.com 30
https://www.facebook.com 22
http://www.google.com.br 13
http://webcache.googleusercontent.com 12
http://www.profissionalizando.org 8
http://esoterikha.s3-website-sa-east-1.amazonaws.com 7
http://ge.baidu.com 4
http://www.profissionalizando.com 4
http://profissionalizando.net.br 4
http://www.pearltrees.com 3
http://cpead.org 3
http://profissionalizando.org 2
http://ads8117.hotwords.com.br 2
https://www.google.com 1
http://74.6.238.252 1
http://escritoresepoetas.com 1
http://w 1
http://translate.googleusercontent.com 1
http://172.16.87.1 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO Presentation Transcript

  • FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
  • 1. FUNDAMENTOS ÉTICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR E ALUNO. (Diferenciando moral e ética)
    • “ A moral é definida como um conjunto de regras restritivas da liberdade individual, de caráter obrigatório, cuja finalidade é garantir a harmonia do convívio social.” (Yves de La Taille / 2002)
    • A pergunta básica da moral é: “ o que devo fazer? ”.
    • E se seu não fizer? Haverá uma punição.
  • Moral e ética
    • “… entendo por moral tudo o que fazemos por dever, ou seja, submetendo-nos a uma norma vivida como coação ou mandamento; e entendo por ética tudo o que fazemos por desejo ou por amor, ou seja, de forma espontânea, sem nenhuma coação outra que aquela na adaptação ao real. A moral ordena; a ética aconselha. A moral responde à pergunta: ‘ o que devo fazer? ’; a ética, à pergunta: ‘ como devo viver ? ’ ”. (Comte-Sponville/1998)
  • Moral e ética
    • Virtude associada à ética: GENEROSIDADE
    • A ÉTICA questiona normas e regras guiada pela generosidade; esta procura dar ao outro mais do que ele tem direito, isto é, dar a ele o que ele não teria direito pelas regras da pura justiça, mas que a generosidade aconselha.
    • QUESTÃO FUNDAMENTAL DA ÉTICA:
    • “ Quais as conseqüências de minha ação?”
  • 2. FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS DA RELAÇÃO PROFESSOR E ALUNO.
    • Uma das grandes questões:
    • ENSINAMOS E AVALIAMOS O QUÊ ?
    • (Dados, informações e/ou conhecimento?)
    • Dado : signo ou conjunto de signos com possibilidade de significados diversos, dependendo do contexto.
    • Ex: Brasília – caminhão – FEV – amarela – 7244 – placa.
    • Informação : conjunto de dados organizados em sentença com significado lógico.
    • Ex: O caminhão de placa amarela, FEV7244 é de Brasília.
    • Conhecimento : informação ou conjunto de informações das quais o sujeito se apropria, dando-lhe signficado em sua estrutura cognitiva.
    • GRANDES QUESTÕES:
    • 1) Será que nossos alunos transformam informações em conhecimentos?
    • - A terra gira ao redor do Sol! (menina)
    • - Autonomia (Vitor Pedro)
    • “ Você tinha 10 balas, ganhou outras 20 balas. Você ficou com ___________
    • (a aluna escreveu como resposta: TENTE !)
    • 2)As informações que passamos são corretas?
    • - O que é uma ilha?
    • - Qual a fórmula para achar a área de um triângulo?
    • 3) Em nossas provas cobramos informações ou avaliamos a construção de conhecimentos?
  • 3. Competência: condição ética na relação entre professor e aluno
  • Ensino para competências
    • COMPETÊNCIA :
    • Capacidade de mobilizar recursos (cognitivos) visando abordar e resolver uma situação complexa .
    • Desempenho versus competência:
    • nem sempre um desempenho fraco é sinônimo de falta de competência.
  • O modelo VM (Vascowsky Morettowsky)
    • Competência Compromisso
    C H L VC AE dar aula planejar a aula avaliar a aprendizagem
  • 1° PILAR: conteúdos Fundamentos da educação na Perspectiva Construtivista
    • “ APRENDER é construir significados.
    • ENSINAR é oportunizar esta construção.”
    • (Vascowsky Morettowsky)
  • Um papel social da escola
    • Ajudar a formar
    • GERENTES DE INFORMAÇÕES,
    • e não
    • MEROS ACUMULDADORES DE DADOS.
    • (Quem acumula dados é o computador. O gerente analisa situações do ponto de vista técnico, social, político e ético.)
  • O modelo VM (Vascowsky Morettowsky)
    • Competência Compromisso
    C H L VC AE dar aula planejar a aula avaliar a aprendizagem
  • 2° PILAR: habilidades
    • Habilidade é saber fazer.
    • Habilidades relacionam-se a conteúdos comportamentais.( Podem ser físicas ou mentais )
    • A escola deu ênfase no desenvolvimento de habilidades, em detrimento da aquisição de competências (tabuada; verbos irregulares; números primos; produtos notáveis).
  • O modelo VM (Vascowsky Morettowsky)
    • Competência Compromisso
    C H L VC AE dar aula planejar a aula avaliar a aprendizagem
  • 3° Pilar: a linguagem
    • FUNDAMENTO:
    • Nenhuma palavra tem sentido em si mesma,
    • quem lhe dá o sentido é o
    • contexto no qual é utilizada.
  • Função da linguagem
    • A função da linguagem é ligar contextos
    • Contexto professor Contexto Aluno
    • objeto do âncoras para
    • conhecimento construção
    • linguagem
  • QUESTÕES COM PROBLEMAS DE LINGUAGEM NO COMANDO
    • QUESTÃO: Como é a organização das abelhas numa colméia?
    • RESPOSTAS: “É jóia”; “É maravilhosa”; “É muito legal”.
    • OUTRA FORMA DE PERGUNTAR:
    • Vimos, em nossas aulas de ciências, como é maravilhosa a organização das abelhas numa colméia, pois cada grupo de elementos da colméia tem uma função específica, para que o todo funcione em harmonia. Partindo desta idéia:
    • a) Escreva a função de, ao menos, quatro grupos de elementos da colméia;
    • b) Faça um paralelo entre o funcionamento da colméia e o de nossa escola, no tocante ao cumprimento das funções de cada um.
  • O modelo VM (Vascowsky Morettowsky)
    • Competência Compromisso
    C H L VC AE dar aula planejar a aula avaliar a aprendizagem
  • 4° Pilar: valores culturais
    • Toda situação complexa está relacionada a valores culturais, que devem ser analisados, compreendidos e respeitados.
    • Os valores culturais estabelecem âncoras para a linguagem e para a construção de representações.
    • V.C. para o ensinar: professor é transmissor de informações e aluno compiador repetidor .
    • V.C. para o avaliar a aprendizagem: “ quem não cola não sai da escola ”.
  • O modelo VM (Vascowsky Morettowsky)
    • Competência Compromisso
    C H L VC AE dar aula planejar a aula avaliar a aprendizagem
  • 5° Pilar: administração do emocional
    • A solução de situações complexas pode ficar comoprometida se o sujeito não souber administrar seu emocional e o dos outros, se for o caso.
    • Ao dar aula: a (in)disciplina está intimamente relacionada à administração do emocional.
    • Na avaliação da aprendicagem: o desempenho do aluno depende de sua capacidade de administrar o seu emocional.
    • Manter o aluno em aula é prova de competência; retirá-lo da classe poderá ser uma prova do contrário.
  • RECOMENDAÇÕES DE UM “VELHO MESTRE” ( Vaskowsky Morettowsky ).
    • 1. Eduque-se mais para ouvir, do que para falar
    • 2. Controle sua voz
    • 3. Não renuncie a sua autoridade, exerça-a sem autoritarismo. “A autoridade se conquista pela competência profissional, não pelo cargo que se ocupa”.
    • 4. Seus alunos têm muito a lhe ensinar: fique atendo a suas mensagens.
    • 5. É preciso que seus alunos acreditem que você acredita no que fala.
    • 6. O professor é como o jardineiro: ele não faz a planta crescer, mas pode ajudar muito.