Formas Relevo Litoral

5,599
-1

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,599
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
112
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Formas Relevo Litoral

  1. 1. Arriba Farilhão Arco Plataforma de abrasão Pedro Damião Geografia Arcos litorais e farilhões1 - Arribas ou falésias - Formações rochosas, em escarpa sobre o mar, constantemente sujeitas à forçaerosiva das ondas do mar.2 - Baía ou enseada – Forma-se quando existem formações rochosas menos duras que permitem apenetração do mar.3 - Arco - Forma-se quando se unem grutas de ambos os lados de um cabo ou promontório (pequenocabo).4 - Farilhão – Quando a ponte de um arco cai, deixa no mar uma rocha isolado.5 - Gruta Litoral - Fenda formada pelo desgaste de uma arriba provocado pelo mar.6 - Cabo – Formações rochosas mais resistentes que se projectam no mar, salientando-se em relação àcosta.7 - Golfo - Baía de grandes dimensões. São, normalmente, locais ideais para construção de portos edocas. Arriba ou falésia Arriba ou falésia Arribas são formas de erosão marinha Agente: mar Acção: erosão 1
  2. 2. Praia Duna Praias são formas de Dunas são formas de acumulação marinha acumulação eólica Agente: mar Agente: ventoAcção: deposição Acção: deposição Farilhão Tômbolo (Peniche) Tômbolo (Peniche) Tômbolo 2
  3. 3. “Haff-Delta” de Aveiro Haff-Delta (Aveiro)Recuo do marDeposição de sedimentos / areias - Marinhos - FluviaisFormação de uma restinga (cordão de areia) Restinga e lagoa costeira (La Manga del Mar Menor) Restinga e lagoa costeira (La Manga del Mar Menor) Lido de Faro Concha ou baía de S. Martinho do Porto Ria Formosa 3
  4. 4. Lagoa costeira (Lagoa de Óbidos) Lagoa costeira (Lagoa de Albufeira) Enseada (Portinho da Arrábida) Exercício escrito: Descreve a evolução da costa que está representada na sequência de imagens, utilizando o vocabulário geográfico apropriado. Escreve a resposta no teu caderno. Processo de Recuo de uma Arriba Instabilidade da costa portuguesa (S. Bernardino)Quando o mar contacta com o litoral em zona de costas dearriba dão-se fenómenos de recuo da arriba.As ondas escavam a base da arriba esta torna-se instáveldevido à perda da sua base de sustentação. Essainstabilidade origina a fragmentação e queda de blocos. Sea arriba tem fissuras, o ar situado nessas fissuras écomprimido. Quando a onda recua, dá-se um processo dedescompressão. Desta forma os interstícios da rocha sãoalargados e a rocha vai-se fragmentando. Este desgasteprovoca um escavamento no sopé das arribas, que , semapoio, se vão desmoronando. Assim, a arriba vai recuando,desenvolvendo-se, assim, uma plataforma de abrasão (faixa entre o mar e a arriba ), que fica a descoberto namaré baixa. 4

×