O Mundo Multipolar 2º Ma

2,742 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,742
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
235
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Mundo Multipolar 2º Ma

  1. 1. ASPECTOS DO MUNDO MULTIPOLAR<br />ATIVIDADE DOS ALUNOS DO COLÉGIO JESUS CRISTO REI – 2º MA <br />
  2. 2. Frase 1<br />ONU- Organização das Nações Unidas, possui entre seus principais objetivos: criar e manter o espírito de manutenção de paz entre os países no mundo. Seus representantes devem tomar decisões de imparcialidade nos países em guerras ou em combates, primando pela proteção da população mais carente.<br />
  3. 3. Comentário<br /> A ONU é uma entidade criada por vários representantes de diversos países. Seus soldados usam capacetes azuis, representando uma organização mundial, com o objetivo de proteger às nações, não podem ser parciais assumindo um lado, e sim imparciais, atendendo a todos, mas com o objetivo de proteção, ajudar.<br />Exemplos:<br />Positivo: quando interferem e não ocorre matança.<br />Negativo: conflito em um país, Ruanda por exemplo, que a ONU não tomou iniciativa, como conseqüência, ocorreu matança. <br />
  4. 4.
  5. 5. Frase 2<br />A ONU foi criada no final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, estabelecida em um documento assinado por 51 países, nomeado “Carta das Nações Unidas”. Atualmente, são membros da ONU 192 países, com o intuito de resolver conflitos, combater a miséria e suas conseqüências. O Conselho de Segurança, a Assembléia Geral, o Conselho Econômico e Social, o Conselho de Tutela, o Secretariado e o Tribunal Internacional de Justiça constituem a ONU, tendo sedes em Nova Iorque e uma na Holanda. Além desses seis órgãos, a ONU conta com dezesseis agências especializadas em vários setores.<br />
  6. 6. A ONU é uma organização que conta com a participação de 192 países. Ela tem como objetivo manter a paz mundial, proteger os direitos das pessoas, a estimulação que os povos dependentes precisam ter de autonomia, a promoção do desenvolvimento econômico, além de reforçar a boa convivência entre os países mais ricos e que se sobressaem no mundo. Isso é muito importante, pois a ONU pode amenizar e tentar resolver tantos problemas existentes no mundo. A ajuda que a população de países pobres recebem em diversos setores sociais é muito importante, pois na grande parte das pessoas que recebem essas ajudas não possuem condições nem conhecimento de seus direitos. O órgão FAO promove campanhas para melhorar a distribuição de alimentos, além da ajuda para uma melhor alimentação da população e a atuação nas áreas agrícolas. Esse órgão é apenas um que está presente na ONU e já mostra a grande importância dessa organização no mundo. O papel da ONU como entidade ficou muito abalada com a invasão sofrida no Iraque pelos EUA e alguns aliados, pois não conseguiu impedir essa ação e os Estados Unidos alegando que a invasão foi por legítima defesa.<br />
  7. 7. Sede da ONU em NY<br />FAO<br />ACNUR <br />
  8. 8. Frase 4<br />O G-8 é formado pelos sete países mais ricos e industrializados do mundo, sendo a Itália, Alemanha, Grã-Bretanha, Canadá , EUA, Japão, mais a Rússia. E o principal objetivo do G-8 é aumentar a cooperação em comércio e finanças, promover a paz e a democracia e evitar e resolver conflitos. O G-8 atrai críticos por ter uma visão favorável a globalização.<br />
  9. 9. Comentário <br />O G-8 tem uma grande importância para o mundo, como todos nós podemos perceber. Pois ele é responsável por fazer os países crescerem, tanto no comércio, quanto financeiramente, e também é responsável por promover a paz, ou seja, evitar os conflitos, por isso o G-8 é muito importante para o mundo.<br />
  10. 10. Imagem<br />
  11. 11. FRASE 5 <br />A OMC é responsável pelas regras dFRASE 5: <br />o comércio internacional, buscando facilitar o comércio. Apesar da cúpula da OMC ser dirigida por representantes dos países ricos, propõe-se que o aumento do comércio global é a melhor solução para prosperidade de todos. Países pobres ou “emergentes” já deram uma grande contribuição ao comércio global, inclusive o Brasil, diminuíram suas barreiras comerciais aos produtos industrializados dos países ricos, e fizeram isso unilateralmente, sem acordo na OMC , sem qualquer reciprocidade. Os países desenvolvidos, apesar de se mostrarem favoráveis ao “destravamento” são protecionistas em relação aos seus mercados agrícolas, não abrindo esse tipo de mercado para os países pobres. Além de proteger seu mercado da importação de bens agrícolas, os países ricos também têm a prática de subsidiar a própria produção agrícola.<br />
  12. 12. Os países emergentes e a OMC<br /><ul><li>O aumento do comércio global é a melhor saída para o comércio dos países ricos e emergentes. Porém, como o mundo é totalmente baseado no capitalismo, os países ricos são protecionistas e protegem seus bens, e fazendo isso eles impedem uma maior comercialização, fazendo com que não aconteça favorecimento para os países emergentes. Esses países emergentes já abriram o mercado, e tentam muitas vezes fazer com que aconteça uma certa reciprocidade em suas negociações, o que não acontece. A OMC deveria propor um possível equilíbrio de esforços entre países ricos e emergentes, insistindo na necessidade de progressos nos países emergentes em matéria de abertura de seus mercados aos produtos industrializados. Fazendo isso com reciprocidade, com certeza haveria um comércio mais amplo, sendo protecionista dos dois lados, sem desfavorecer nenhum país , fazendo isso ela vai provar que a melhor saída para o comércio é mesmo o aumento de um comércio justo, com “pesos” iguais para todos. </li></li></ul><li>
  13. 13. Frase 6<br />Por muitos anos,um dos setores econômicos mais poderosos e influentes do globo foi o da exploração e refino de petróleo,uma atividade que era controlada por um pequeno grupo de empresas(alcunhado de “sete irmãs”)com sedes nos paises ricos.<br />A OPEP surgiu em 1960 como uma iniciativa para garantir melhores direitos de exploração do mineral por parte das principais nações produtoras,a maioria localizada em paises do terceiro mundo.<br />A partir dos conflitos do Oriente Médio(1973),a OPEP passou a funcionar como um cartel,cujo objetivo é a valorização do produto além de pressionar o Ocidente a favor dos paises árabes no conflito contra Israel.<br />Esse foi apenas o “primeiro choque do petróleo”.O “segundo choque do petróleo”ocorreu em 1979, durante a revolução islâmica do Irã.<br />Os paises membros da organização possuem 78% das reservas mundiais de petróleo,suprem 40% da população mundial e 60% das exportações mundiais.<br />A OPEP tem 13 membros,dos quais estes são alguns de maior produção e influencia:Arábia Saudita,Emirados árabes,Venezuela,ira,Iraque e Kuwait. <br />
  14. 14. COMENTARIO<br /> A OPEP tem a função de garantir melhores direitos de exploração do petróleo por parte dos principais países produtores.<br /> O primeiro choque do petróleo ocorreu depois dos conflitos do Oriente Médio.Nessa época a OPEP passou a atuar com o objetivo de valorizar o produto e pressiona o Ocidente a favor dos países Árabes.<br /> O segundo choque do petróleo ocorreu durante a revolução islâmica do Irã.<br /> A OPEP tem 13 membros sendo que os mais importantes são Arábia Saudita,Emirados Árabes,Venezuela,Irã,Iraque e Kuwait. <br />
  15. 15. IMAGEM<br />
  16. 16. Frase 7<br /> A organização do tratado de atlântico norte é considerada , juntamente com o pacto de Varsóvia , um dos símbolos da guerra fria.Apesar de seu caráter aparentemente “internacional” , essa organização é de fato capitaneada pelos EUA , que a estruturaram com a intenção de organizar a defesa do bloco capitalista .<br /> A partir da década de 1980 , o fim do bloco Socialista determinou também o fim da organização militar que organizava os interesses militares dos paises socialistas , o pacto de Varsóvia. <br />
  17. 17. A OTAN , usava a “mascara “ de ser uma organização internacional e promovedora da paz , mas na verdade , ela era capitaneada pelos EUA , e tinha a função de favorecer o lado capitalista , alias , os EUA sempre se favorecem dessas tais “organizações internacionais” , mas a expectativa e que esse domínio internacional dos EUA tende a se enfraquecer , e que o mundo fique cada vez mais verdadeiramente globalizado. <br />
  18. 18. OTAN<br />
  19. 19. Frase 8<br />Davos, Suíça: Reunião anual dos chefes de Estado, empresários e economistas que têm o poder de decisão nos negócios mundiais. Discutem os rumos da política econômica do mundo e influenciam as decisões de organização como a OMC. Conhecido com Fórum Econômico Mundial, os assuntos discutidos são sempre pertinentes aos países ricos e desenvolvidos sem se importar com os rumos da sociedade global. <br /> O Fórum Social Mundial se propõe a debater formas alternativas de desenvolvimento econômico comprometido com o social. O primeiro Fórum Social foi uma contraposição às idéias neoliberais defendidos em Davos.<br />
  20. 20. Comentário<br /> O FEM (Fórum Econômico Mundial) reuni, uma vez por ano, os empresários, economistas e chefes de Estado que têm poder de decisão para decidir os negócios mundiais. Os interesses tratados só pertencem aos países ricos e esse fórum e muito criticado, por esse motivo, de só levar em conta a economia dos ricos.<br /> O FSM (Fórum Social Mundial) reuni, uma vez por ano, nos países mais pobres e cada ano se reúnem em um país diferente. O FSM é uma contraposição às idéias neoliberais defendidas em Davos. A proposta amadureceu e tomou corpo, e nos anos seguintes, o FSM foi reunido cada vez mais interessados em criar novos rumos para a sociedade global: caminhos que passam pela economia, mas não o elegem como prioridade única.<br /> O FEM visa os interesses dos países ricos e o FSM visa os interesses dos países pobres.<br />
  21. 21.
  22. 22. FRASE 9<br />Multinacionais japonesas instalam empresas em Hong-Kong e produzem com matéria prima brasileira para competir no mercado americano. Casas pré-fabricadas canadenses feitas com madeira colombiana. Relógios suíços falsificados no Paraguai vendidos por camelôs no bairro mexicano de Los Angeles. Crianças iraquianas fugidas da guerra não obtém visto no consulado americano do Egito para entrarem na Disneylândia. A tecnologia está se espalhando no mundo, podemos nos comunicar.<br />
  23. 23. COMENTÁRIO<br />A globalização pós-Guerra Fria na década de 1990 tomou seu rumo com um grande avanço tecnológico nos meios de comunicações. Envolvendo a população em um grande consumo e vários movimentos culturais. Com isso aumentou os conflitos entre EUA e Iraque. Mesmo assim os países cresceram economicamente, havendo um contraste de culturas entre os continentes, e surgindo uma maior facilidade de compra. <br />
  24. 24.
  25. 25. Frase 10<br />O mundo multipolar atual, vive uma imensa concorrência entre os blocos econômicos, bem como pela existência de varias corporações econômicas mais importantes que muitos países do mundo, e também possuem elevada influencia política. Como o setor financeiro foi um dos que mais cresceu com essa concorrência dos blocos econômicos, denomina-se de globalização financeira. <br />
  26. 26. Comentário<br /> Atualmente o mundo vive a concorrência dos blocos econômicos. Existe corporações econômicas que tem mais importância que muitos países, pois possuem bastante influência política.<br /> Os setores de comunicação e transporte estão se destacando devido a adoção de novas tecnologias.<br /> Como o mercado financeiro ganhou grande destaque devido a circulação do capital financeiro, denominaram a globalização como globalização financeira.<br />
  27. 27.
  28. 28. FRASE 11:A desigualdade entre países<br />Muitos países nos dias de hoje dependem muito do comércio internacional, mas esse comércio não é realizado entre todos os países do mundo, apenas 25 países do mundo todo o realizam.<br />E com isso acaba havendo desigualdade entre os países.<br />
  29. 29. A conseqüência da desigualdade<br />O comércio mundial é um bem que todos os países querem realizar, mas infelizmente existe um monopólio no comércio mundial, o que só faz 25 países participarem desse comércio. Mas com isso também vem a desigualdade na questão financeira entre esses países, o que acaba gerando desigualdade social, fome miséria. <br />
  30. 30. Frase 12<br />A globalização nos coloca frente a outras questões: de um lado há uma tendência à padronização do consumo. Atualmente mesmo a rebeldia juvenil acaba se tornando objeto de consumo, com patrocínio de grandes marcas. Se falamos em queda do Muro de Berlim(1989), temos de nos lembrar de que existem outros muros representados por aumento das diferenças entre ricos e pobres, entre áreas desenvolvidas e áreas subdesenvolvidas, entre aqueles que têm acesso á água tratada e boa e aqueles que enfrentam cotidianamente a carência de recursos, água e alimentos. E as dificuldades cada vez maiores á imigração, seja ela “legal” ou “ilegal”.<br />
  31. 31. Comentário<br />A frase demonstra as condições em que vivemos. Ao mesmo tempo existe uma sociedade consumidora e uma diferenciada, ou seja, queremos comprar e nos diferenciar dos outros. Produtos de marca são uma prova concreta dessa afirmação que diferencia o pobre do rico no modo de vista. O Muro de Berlim teve como propósito diferenciar ”as sociedades” alemãs causando vários conflitos internos. Isso tudo é resultado de um capitalismo preconceituoso no qual sempre existiu.<br />
  32. 32. Imagem <br />
  33. 33. Frase 13<br />Um fator que sempre significou para um país em relação a seu desenvolvimento foi sua evolução e domínio tecnológico, possibilitando uma expansão econômica, militar, e até ideológica. <br />Esse fator ficou claro a partir da revolução industrial, que provocou uma aceleração nos meios de produção devido as maquinas, diminuindo também as dificuldades de comunicação entre as áreas de produção e consumo.<br />
  34. 34. Comentário <br /> Conforme a frase, uma das características que permite um país se desenvolver é sua evolução e domínio sobre a tecnologia, o que lhe permite, em geral, maior produção de certos produtos e maior facilidade de comunicação, permitindo um melhor intercâmbio cultural e econômico, características que podem ser percebidas exclusivamente após a revolução industrial.<br />
  35. 35.
  36. 36. FRASE 15Os centros de pesquisa ligado ao desenvolvimento tecnológico e uma rede de comunicação são condições necessárias para o surgimento dos pólos de tecnologia, são eles: química fina, biotecnologia, nanotecnologia, informática, cibernética, tecnologia aeroespacial e farmacêutica.<br />
  37. 37. Os pólos de tecnologia são necessários para a produção desses grandes produções de alta energia. Esses pólos dão criação a novos processos. Eles tem a função de atender as necessidades das empresas, como diz a frase os pólos de tecnologia precisam de um alto desenvolvimento tecnológico e uma rede de comunicação para serem gerados.<br />
  38. 38.
  39. 39. Frase 16:<br />Hoje é muito raro ver uma casa que não tenha tecnologia. Ela está crescendo muito. Até em lugares mais pobres, como favelas, usufruem da tecnologia. Há também sua presença nos alimentos, porque é a partir dela que muitos alimentos são gerados.<br />
  40. 40. A tecnologia está presente na vida da grande parte da população. Existe uma busca crescente em produtos cada vez mais avançados, havendo uma busca de ‘status’ entre as pessoas. Com isso também há uma grande produção de produtos eletrônicos, até pessoas sem condições de comprar esses produtos estão comprando. A tecnologia também ajuda na maior rapidez da produção de alimentos e da grande parte dos produtos presentes no mercado. Concluindo, a tecnologia está presente em todo lugar e tomando conta da vida do homem.<br />
  41. 41.
  42. 42. FRASE 17:<br />Mesmo nos meios mais suspeitos a tecnologia está presente, um exemplo é nas industrias alimentícias onde temos uma produção com sementes geneticamente modificadas para que a produção fosse otimizada, também encontramos tecnologia em roupas celulares brinquedos e outros . Essas tecnologias foram desenvolvidas fora do Brasil e daí temos a idéia de quanto nossa economia remete para o exterior em termos de licenças de uso e patente. <br />
  43. 43. A tecnologia está influenciando tanto o homem quanto o meio e cada vez mais fazendo parte de nossas vidas, até mesmo nos alimentos através de OGM’s sem o qual a produção não seria otimizada.<br /> As pessoas se atualizam de acordo com a tecnologia um exemplo é se uma pessoa compra um celular de um modelo, pouco tempo depois surge um modelo mais sofisticado, ai a pessoa para se atualizar compra o modelo novo sem necessidade daí se cria uma sociedade consumista em excesso.<br />
  44. 44.
  45. 45. Frase 18<br />Os países subdesenvolvidos são considerados, na sua grande maioria, dependentes tecnologicamente dos países desenvolvidos, a fim de obterem lucros, mas o que acaba causando vários problemas, para esses países menos desfavorecidos. <br />
  46. 46. Na realidade os países subdesenvolvidos dependem economicamente dos desenvolvidos para poderem exercem sua independência, no qual acaba gerando vários problemas para esses países mais carentes, como: no setor de alimentação, no setor de produção agrícolas, gerando conglomerados e etc.<br /> No entanto esses problemas acabam deixando a economia dos países subdesenvolvidos baixa. <br />
  47. 47. Os intelectuais é o poder.<br />
  48. 48. FRASE 19<br />No ramo dos alimentos, a dominação do comércio e do ciclo afeta ao meio ambiente com o desenvolvimento e uso de alimentos geneticamente modificados, disseminação de monoculturas pelo mundo, e uma dependência cada vez maior de defensivos agrícolas.<br />Já no ramo da medicina, a indústria farmacêutica condiciona todo o ramo da pesquisa humana ao desenvolvimento de produtos que são cada vez mais caros.<br />
  49. 49. Comentário<br />Poucos laboratórios têm a tecnologia necessário a criação de organismos transgênicos com segurança, só eles dominariam esse mercado. Se preocupam mais com a criação de tomates de amadurecimento lento, que possam ser estocados por mais tempo para venda, do que desenvolver colheitas resistentes que possam ser cultivadas em regiões secas do mundo.<br /> Transgênicos podem causar diversas consequências ruins, como alimentos mais artificiais e menos nutritivos. Algumas pesquisas feitas mostram a toxidade, com aumento dos casos de câncer, surgimento de novas viroses. Já ao meio ambiente, estes podem provocar o desequilíbrio, como o empobrecimento da biodiversidade, eliminação até de insetos benéficos.<br /> Enquanto isso, o ramo da medicina condiciona suas pesquisas ao desenvolvimento de produtos cada vez mais caros e restritos, ao invés de fazer o que é correto, a prevenção de doenças.<br /> Ambos os ramos buscam o aumento das vendas e redução de gastos. Essa ganância faz com que não pensem na real importância de ambos, que é preservar a vida com uma boa saúde.<br />
  50. 50.
  51. 51.
  52. 52. Frase 20<br /> “A medicina ligada ao sistema cardiovascular cresce cada vez mais em faturamento (com cirurgias e medicamentos caros), enquanto a população do mundo desenvolvido se “entope” de alimentos cada vez mais calóricos e gordurosos”<br />
  53. 53. Comentário<br />A medicina cardiovascular, ela apenas conserta os erros que sempre ocorrem, não tentando “cortar o mal pela raiz”, conscientizando, eles apenas consertam para estragarem de novo se “entupindo” de gorduras e açucares destruindo seus órgãos, veias e artérias, fazendo com que os cardiologistas fiquem cada vez mais ricos com as cirurgias.<br />
  54. 54. Fotos<br />
  55. 55. Frase 21<br />Os grandes conglomerados mundiais e as redes de conexões possuem um conjunto de interesses econômicos que vai da produção agrícola até a indústria cultural, abrangindo todos os meios de comunicação (TV, rádio, internet, jornais, revistas...)<br />
  56. 56. Frase 21<br />Os grandes conglomerados mundiais influenciam todos os setores social-econômico do mundo, principalmente o de comunicação. Por isso que atualmente vemos tantas propagandas, produtos, programas..., vindos destes conglomerados.<br />
  57. 57. IMAGEM<br />
  58. 58. Frase 23 <br />As guerras atuais dos estados mais poderosos estão sofrendo avanços tecnológicos indo além do campo de batalha, também nos meios de comunicação, contribuindo não só para informação, mas como transmissor de uma boa imagem dos países em conflitos, manipulando a mentalidade humana. Entretanto a tecnologia fez com que milhares de noticias percorressem o mundo, mantendo dois papéis: informar e influenciar manipulando. <br />
  59. 59. Comentário <br />A tecnologia está invadindo e tomando conta da formação das pessoas, por meio de varias formas, o marketing faz com que a ilusão que é transmitida contribua na crença de todos elevando os interesses superiores (guerras, conflitos, economia) como maior importância que a vida. É através de uma boa imagem passada que soldados de guerra ficavam encorajados de lutar, deixando muitas informações importantes de lado, colocando-se em risco em busca de benefícios para poucos. Na guerra do Vietnã, por exemplo; as famílias das pessoas que foram lutar tiveram de sofrer assistindo o massacre de, contribuindo para a perca da legitimidade da ação do estado. Atualmente essas ações não são aceitáveis, as imagens que são transmitidas para os telespectadores são primeiramente autorizadas pelo governo, e só assim assistidas.<br />
  60. 60.
  61. 61. FRASE 24<br />A superioridade militar está intimamente ligada ao desenvolvimento de tecnologias de ponta do complexo militar-industrial. Sem esse poder, seria impossível à potência hegemônica mundial (EUA), manter o controle dos fluxos comerciais e financeiros dos quais participa. Os EUA acumulam crescente déficits comerciais com o resto do globo, ou seja, todos esses mercados financiam os prejuízos da economia do país. Isso também só é possível devido à potência militar do país, assim mantendo suas fontes de economia, as quais tanto precisa.<br />
  62. 62. COMENTÁRIO<br /> A tecnologia da indústria bélica de cada país é o que rege seu poder em um âmbito mundial. Os EUA, por exemplo, usam deste poder parta controlar seus negócios comercias e financeiros, sua tecnologia é a mais avançada neste quesito, esse fator ajuda a manter-se como uma potência. O controle dos prejuízos do país é financiado por países devedores e, o forte poder armamentista contribui para manter essas fontes.<br />
  63. 63.
  64. 64. Frase 25:<br /><ul><li>A globalização e o avanço tecnológico fez com que a população em qualquer parte do planeta fique sabendo o que acontece no mundo todo. Os paises que possuem uma tecnologia mais avançada estão dominando o mundo dentro do cenário tecnológico. Esses paises que tem o privilégio de contar com uma grande tecnologia possuem sedes dos conglomerados. </li></li></ul><li>Comentário<br />A frase foi bem elaborada, as idéias principais foram bem formuladas de acordo com o contexto apresentado no livro, a frase ficou resumida, mas contendo todos os assuntos .<br />
  65. 65. Imagem<br />
  66. 66. FRASE 26<br />Internet, um meio de comunicação aberto que possibilita o contato imediato de usuários e sistemas com idéias e organizações por todo o mundo, mesmo com seus aspectos muito negativos favorecendo cada dia mais a mídia, a política, entre outros... Do que os próprios interessados nas notícias fieis e verdadeiras da sociedade em geral, os cidadãos comuns, mais de 1,1 bilhão de pessoas conectadas direta ou indiretamente com tudo isso.<br />
  67. 67. COMENTÁRIO<br /> Hoje, vivemos em uma grande sociedade da informação, e as pessoas ligadas aos meios de comunicação acreditam que estão sendo bem informados e nem suspeitam que as idéias chegadas até elas são de uma outra tendência ou instância, não suspeitam também que essas notícias, muitas das vezes retorcidas, são apenas produtos comerciais e políticos.<br />Entretanto, esses meios de comunicação, principalmente a internet (liga o mundo inteiro) são utilizados por milhões de pessoas, e serve para manter todo o mundo por dentro de tudo que acontece até mesmo em minutos, e, realmente, é isso o que mais importa.<br />
  68. 68. Com a internet a informação pública pode chegar até sua casa.<br />Você pode fiscalizar.<br />Pode dar idéias.<br />Pode ajudar.<br />Pode estudar e ter boas propostas.<br />
  69. 69. Frase 27:<br />As corporações transnacionais, podem ser definidos com as empresas que possuem, pelo menos 10% da participação nos negócios em filiais localizada em território estrangeiro.<br />
  70. 70. Comentário da frase:<br />Os grandes conglomerados mundiais ou corporações transnacionais, as empresas que possuem pelo menos, 10% da participação nos negócios em filiais no exterior.<br />Isso em conta no mundo, existem mais de 60 mil conglomerados que emprega mais de 54 milhões de pessoas. Essas empresas abarcam nada menos do que dois terços de todo o comércio internacional do mundo no início do século XXI.<br />
  71. 71.
  72. 72. Frase 28<br />Não é atoa, portanto, que tantas unidades territoriais, entende-as como países inteiros e mesmo as suas subdivisões políticas (províncias e estados) disputem entre si os investimentos diretos feitos pelos conglomerados econômicos. Mas, muitas vezes, as exigências feitas pelas grandes empresas aos territórios que as queiram receber acabam fazendo com que o negócio seja satisfatório somente para elas. Veja, no quadro seguinte, algumas informações sobre um projeto executado em um estado brasileiro:<br />
  73. 73. Algumas condições exigidas por uma montadora de automóveis (a Ford) aos estados brasileiros que se candidataram a receber uma unidade industrial para a produção de veículos:<br />Doação do terreno onde a montadora iria se instalar.<br />Completa infra-estrutura (água, luz, gás, energia, pavimentação, etc.)<br />Financiamento feito pelo estado para ajudar na construção de instalações, importação de maquinários, contratação de mão de obra, etc.<br />Isenção fiscal (não cobrança de impostos) por vários anos. <br />
  74. 74. Comentário:<br /> As muitas exigências feitas por parte dos conglomerados é um grande desafio para alguns países, pelo fato de não terem a básica. Com relação ao Brasil, muitas barreiras foram quebradas, pois hoje podemos encontrar uma dominação econômica por parte de empresas internacionais que investem em bens industrializados. Com tudo , essas empresas acabam saindo em desvantagem,pois as indústrias nacionais não conseguem competir com os produtos estrangeiros, assim todo o lucro são das transnacionais que possuem mão-de-obra mais barata, e uma maior durabilidade dos seus produtos, desbancando a concorrência que em muitas vezes acabam na falência.<br />
  75. 75. Frase 29<br />Os megablocos influenciam na economia de cada país, através das chamadas “deterioração dos termos de troca”, tendo um constate aumento do seu valor. Alguns megablocos concentram sua atuação em bens ligados a telecomunicações e tecnologias.<br />
  76. 76. Comentário <br />Os megablocos tem a maior parte do fluxo global de mercadoria concentrado,e a tendência é que essa concentração aumente. Os bens manufaturados estão aumentando seu valor de troca comercial, devido ao aumento do uso de tecnologia na produção.<br />Países pobres, de segundo mundo, estão vivendo uma realidade contraria, estão vendo as suas produções diminuírem no setor primário e no secundário.<br />“Deterioração dos termos de troca” é o nome dado ao problema da diminuição do valor internacional de troca.<br />
  77. 77.
  78. 78. FRASE 30<br />Desse modo, enquanto os grandes conglomerados globais,quase todos sediados em áreas territoriais dos megablocos, aumentam a sua participação no mercado global, o conjunto de países pobres extrai desse âmbito cada vez menos resultados. Algumas das consequência disso para os países pobres: competição a qualquer custo pelos investimentos gerados pelos conglomerados internacionais (muitas vezes desvantajosos para os estados que os recebem ). <br />Necessidade de ampliar a exploração de seus produtos primários para poder pagar por bens tecnológicos com valores cada vez mais altos. Isso resulta no maior comprometimento dos recursos naturais e do equilíbrio ecológico: aumento da exploração de minérios, aumento da destruição de florestas para a instalação de passagem e monoculturas .<br />Comprometimento de recursos naturais e energéticos para suprir a produção de bens semi industrializados para exportação. O caso mais exemplar é o da produção de alumínio que, por exigir uma grande produção de energia, resulta em elevados custos ambientais e financeiros para o estado. Cada vez mais o alumínio deixa de ser produzido entre os países participantes dos megablocos, eles preferem deixar os prejuízos desse setor para os países subdesenvolvidos como o Brasil<br />Sujeição política o poder econômico dos conglomerados mundiais, facilmente, traz para esses grupos o poder de controlar as opiniões e o poder político. A respeito do poder dos conglomerados mundiais, pode se dizer que, atualmente, eles tem se relacionado com o status hierárquico cada vez mais<br />
  79. 79. FRASE 30<br />Próximo do estado. As grandes empresas transnacionais possuem orçamentos que cada vez mais se aproximam dos valores manipulados por diversos estados do mundo. E, como capital em grande quantidade influencia sistemas e pessoas, frequentemente, o poder público corre o risco de ser corrompido pelos interesses das grandes empresas através de diversos extratagemas (concorrências públicas desleais, políticas e econômicas que favorecem determinados grupos – podendo ser automotivos, nucleares, ou de saúde, por exemplo).<br />
  80. 80. Nas áreas territoriais dos megablocos se encontram grandes conglomerados globais, onde aumentam sua participação no mercado mundial e fazendo com que certo conjunto de países pobres não consigam absorver tantos benefícios.<br /> As consequências dessa atitude são variadas, como:<br />Grande competição pelos investimentos produzidos pelos conglomerados<br />Necessidade de ampliação da exploração de produtos primários, causando impactos ambientais<br />Controle político feito por parte dos conglomerados mundiais, por serem “poderosos”, os países mais pobres acabam sendo subordinados às decisões políticas dos países ricos.<br />
  81. 81.
  82. 82. Frase 32<br />O controle do senso comum e do processo político não é apenas um caso norte-americano. Por todo o mundo as organizações de cunho popular e nacional perderam seu poder e influência, coincidindo com a ascensão das ideologias neoliberais que, favoreceram que se estabelecesse uma “opinião pública” mais convincente com os planos das empresas transnacionais. <br />
  83. 83. O controle das opiniões e da política não acontece apenas nos EUA, acontece em todo o mundo, a minoria rica tem o seu poder elevado. Os sindicatos dos trabalhadores, partidos com plataformas sociais, perderam amplamente o seu lugar na sociedade, e acontecendo paralelo com as idéias liberais lançadas na Nova Ordem Internacional que tem muito mais influência, tendo as empresas transnacionais como base formam uma opinião pública muito mais sólida, pois se da por influência da mídia. <br />
  84. 84.
  85. 85. Frase 33<br />A entrada de empresas automobilísticas em um país, é um processo de grande importância evolutiva e econômica, como por exemplo, a Ford, uma empresa que fez algumas exigências para entrar no Brasil, porem estas valeriam a pena, já que trariam junto, suas tecnologias, por exemplo: o contato com o mercado internacional, novos empregos, e impostos diretos e indiretos a serem arrecadados. São muitos os países que disputam estas empresas, felizmente o Brasil possui condição bastante para ter varias destas.<br />
  86. 86. Comentário<br />A entrada das empresas automobilísticas só geram benefícios a um país, por isso, são sempre bem vindas, e no Brasil, a venda destes veículos é muito grande, gerando lucro bastante para se manter, logo podemos pensar que quando uma destas empresas quebra, é por que não somente as pessoas não estão comprando, como também percebe - se que o país em que está instalada, não possue suporte para recebe – la.<br />
  87. 87. Imagens<br />
  88. 88. Frase 35<br />O verdadeiro comprometimento dos conglomerados mundiais é feito com seus acionistas e o mundo das bolsas de valores. As ações de todos os conglomerados mundiais são negociadas nas principais bolsas de valores das praças financeiras mais importantes. Os critérios para essa demonstração de saúde empresarial são: rentabilidade da produção, rentabilidade do patrimônio, domínio do mercado, faturamento bruto, lucro, etc. Mostrando que os seus acionistas têm em suas mãos o melhor negocio possível, todas as estratégias são permitidas, inclusive pedir dinheiro para estados e municípios de países pobres e endividados como o Brasil. <br />
  89. 89. Explicação <br /> Os grandes conglomerados mundiais, também chamados corporações transnacionais, abarcam nada menos do que dois terços de todo o com um status hierárquico cada vez mais próximo do estado. As grandes companhias ganham ou perdem o seu valor de negociações nas bolsas globais. A necessidade é a de manter a rentabilidade (ou lucratividade) do conglomerado em níveis máximos, em face da implacável concorrência internacional. <br />
  90. 90. Imagem <br />
  91. 91. FRASE 36:As empresas ligadas ao setor de produção de petróleo e as montadoras de veículos,são compostas de grupos de acionistas que formam uma grande teia global.essas empresas são produtivas como a Ford que possui um “braço financeiro”<br />
  92. 92. No mundo,as grandes empresas que comandam o mercado financeiro,gerando a globalização financeira,a teia global.sempre o setor financeiro global que controla as empresas e alem de controlar as empresas controlam ainda os bancos centrais.<br />
  93. 93.
  94. 94. Frase 37<br />Um dirigente do capital financeiro decide a taxa de juros oficial de um país, uma questão que pode beneficiar - e muito – as organizações que o originam.Além de todo esse poder – dado pelo estado aos diretos dos BC’s de todo o mundo e o setor financeiro – constantemente reivindicam a “independência total dos Bancos Centrais nos Governos. <br />
  95. 95. Comentário<br />Como é um dirigente do capital financeiro que assume a diretoria do Banco Centra eles podem tomar medidas para beneficiar um grupo e prejudicar outro e para aumentar ainda mais o poder desses dirigentes eles reivindicam a independência total do estado mesmo o Banco Central sendo uma estatal.<br />
  96. 96. Imagem<br />
  97. 97. Frase 39<br />O capital financeiro tem amplo domínio e influência nas sociedades de todo o mundo e toma decisões em nome do governo ou seja que o acúmulo de capital é acompanhado do acúmulo de influência política <br />
  98. 98. Comentário<br />O capital financeiro produz taxas elevadíssimas de transições comerciais como: cartões de credito, assim concentrando nas mãos de poucos onde acaba gerando o aumento do custo de produção.<br />O capital financeiro é o que mais circula com maior rapidez pelo mundo partindo dos desenvolvimentos tecnológicos.<br />Mas o dinheiro aplicado no capital especulativo mundial é 40 vezes maior do que o financeiro <br />
  99. 99.
  100. 100. Frase 40<br />Um dos maiores problemas do mundo hoje, é a liberdade dos fluxos de capital, que só estão se agravando cada vez mais por dois motivos, o da existência de dominação tecnológica, e o interesse que os grandes conglomerados tem por essa situação.<br />
  101. 101. Comentário<br />A multinacional instalada no Brasil , gera um fluxo de capital, e esse fluxo é graças a exploração da mão de obra barata dos brasileiros. Como exemplo um pais médio, que não tem desenvolvimento tecnológico tem uma empresa, mas essa empresa esta quebrando, ai vai um país rico como os EUA, compra essa empresa por um preço muito baixo , refina essa empresa e joga os produtos no mercado com os preços altamente caros.<br />
  102. 102. Essa imagem mostra os preços caindo e subindo , os fluxos de capitais como uma das principais causas das crises mundiais .Eles tentam melhorar a economia , mas acabando piorando e agravando a situação.<br />
  103. 103. FRASE 41<br />A total liberdade de mercado de capitais, ou seja, a rapidez, o anonimato, a eficiência, a falta de controle, e a grande segurança desse mundo financeiro, fortalecem tipos de redes ligadas ao comércio imoral, ilícito e ilegal, o que aumenta a prostituição, a pedofilia, a corrupção, tráfico de armas, tráfico de entorpecentes, terrorismo, etc.<br />
  104. 104. COMENTÁRIO<br /> A liberdade dos fluxos do capital trazem benefícios para os grandes conglomerados e as economias desenvolvidas. Mas, essa total liberdade favorece também o comércio ilegal, devido as características de tal liberdade, como o anonimato, a rapidez, a falta de controle, a segurança e etc.<br /> Através de tal liberdade do mercado de capitais, percebemos a aparição e a proteção de redes ligadas ao comércio ilicito, ilegal e imoral, como: a prostituição, terrorismo, máfias, tráfico de armas, tráfico de entorpecentes, corrupção, lavagem de dinheiro, pedofilia, contrabando, etc.<br /> Ou seja, são tantos os benefícios de tal ato para os grandes conglomerados mundiais, e também é a partir do mesmo ato que o comércios como estes vem surgindo e se fortalecendo.<br />
  105. 105.
  106. 106. Frase 42<br />O sigilo bancário e a passividade dos Estados atrapalham a fiscalização do dinheiro internacional, que facilita práticas ilegais. Como por exemplo, a lavagem de dinheiro, tráfico de armas, terrorismo, prostituição. Isso ocorre com mais concentração na Europa, na América do Norte e Central.<br />
  107. 107. Comentário<br /> Tudo isso ocorre por causa da falta do controle do fluxo dos capitais, um assunto não muito discutido, isso acaba por beneficiar o comércio ilegal, que gera vários problemas para o país, mesmo assim, o mundo financeira dão total apoio a essas ilegalidades.<br />
  108. 108.
  109. 109. FRASE 43:<br />As discussões sobre o tema de controle dos fluxos de capitais nos domínios tecnológicos e políticos,praticamente não é mencionado e acaba virando um assunto marginalizado e as pessoas que defendem o assunto quase nunca demonstram suas opiniões a respeito desse assunto e quando falam a respeito alegam que o capital fugiu dos meios de controle,onde mais existe controle.<br />
  110. 110. Comentário:<br />A minha frase fala que o fluxo de capitais é praticamente não é mencionado e vira um assunto marginalizado e os defensores do assunto quase não demonstram a opinião a respeito e quando falam alegam que o capital fugiu dos meios de controle,onde mais existe controle.<br />
  111. 111. Imagem:<br />
  112. 112. Frase 44:<br />Mas isso não é verdade. O país que mais tem recebido investimentos internacionais é a China, onde existe um Estado que praticamente não dá liberdade ao fluxo de capitais (nem os bancos internacionais tiveram autorização para funcionar lá).<br /> Outro país que restringe o movimento do capital especulativo é a Índia, que tem visto a sua economia crescer com segurança a taxas muito mais altas do que a média dos países pobres do mundo, inclusive o Brasil<br />
  113. 113. Ao contrário do que se pensa sobre o capital especulativo, ele pode ser o gerador de crescimento de renda e empregos, desde que seja severamente controlado, como é o caso da Índia e da China.<br />
  114. 114.
  115. 115. Frase 47<br /> * “Os países desenvolvidos subsidiam as suas produções agrícolas e geram mais miséria nos países pobres fazendo com que mais camponeses queiram migrar para o primeiro mundo. A “solução”: os países criam mais barreiras para impedir a entrada de imigrantes.”<br />
  116. 116. Comentário<br /> Com a denominação econômica mundial das empresas, e o “jogo” de relações internacionais buscando lucro fácil, acaba prejudicando setores como a classe social.<br /> Países desenvolvidos tem uma característica econômica muito semelhante, como visar mais a parte tecnológica, industrial, deixando a economia do setor primário (meio rural, agricultura, pecuária) mais extinto, menos valorizada, assim os países de terceiro mundo ocupando esse espaço econômico. E com esse valor imenso de pessoas não especializadas, dentro de um país cria um caos, começa haver desemprego, aumentam o número de tráfico de drogas, favelas, violência, concentrando desses países, já que os de primeiro mundo criam barreiras para que esses problemas não afeta-os com a entrada desses imigrantes.<br />
  117. 117. Imagens<br />

×