Your SlideShare is downloading. ×
Grupo 3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Grupo 3

4,182
views

Published on

PRIMEIRO ANOS - MA - GRUPO 03

PRIMEIRO ANOS - MA - GRUPO 03

Published in: Education

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,182
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
106
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. - O que é o Mercosul ? MERCOSUL significa Mercado Comum do Sul, que é a União Aduaneira (livre comércio intrazona e política comercial comum) , instituída pela assinatura do Tratado de Assunção, em 26 de março de 1991. O aprofundamento do processo de integração, com a consolidação do livre comércio e da política comercial comum na região, pretende alcançar, no futuro, um Mercado Comum. O Mercado Comum é o estado de integração econômica que compreende a União Aduaneira e o livre movimento de fatores produtivos (Capital e Trabalho).
  • 2. - O que é o Mercosul ? Na foto acima aparece a bandeira do Mercosul. A bandeira do Mercosul é formada pelo Cruzeiro do Sul e o horizonte do qual emerge. O Cruzeiro do Sul foi escolhido porque representa o principal elemento de orientação do Hemisfério Sul, e para o Mercosul simboliza o rumo otimista de integração regional que se pretende dar aos países partes.
  • 3. - Quando foi criado ? O Mercado Comum do Sul ( Mercosul ) foi criado em 26/03/1991. Embora tenha sido criado apenas em 1991, os esboços deste acordo datam da década de 1980, quando Brasil e Argentina assinaram vários acordos comerciais com o objetivo de integração. No ano de 1995, foi instalada a zona de livre comércio entre os países membros. A partir deste ano, cerca de 90% das mercadorias produzidas nos países membros podem ser comercializadas sem tarifas comerciais. Alguns produtos não entraram neste acordo e possuem tarifação especial por serem considerados estratégicos ou por aguardarem legislação comercial específica. Em julho de 1999, um importante passo foi dado no sentido de integração econômica entre os países membros. Estabelece-se um plano de uniformização de taxas de juros, índice de déficit e taxas de inflação. Futuramente, há planos para a adoção de uma moeda única, a exemplo do fez o Mercado Comum Europeu.
  • 4. - Quem são, economicamente, os países do Mercosul ? Em sua formação original o bloco era composto por quatro países: Argentina , Brasil , Paraguai e Uruguai . Desde 2006, a Venezuela depende de aprovação dos congressos nacionais para que sua entrada seja aprovada. Economicamente os Paises do Mercosul são Brasil, Argentina e Venezuela. Uruguai e Paraguai possuem uma economia menor. O mapa mostra os países que componhem o Mercosul.
  • 5. - Quais são os países associados ao Mercosul que poderão entrar no bloco ? Chile, Equador, Colômbia, Peru e Bolívia poderão entrar neste bloco econômico, pois assinaram tratados comerciais e já estão organizando suas economias para tanto. Participam até o momento como países associados ao Mercosul.
  • 6. - Qual é o tamanho econômico do Brasil no Mercosul ? O Brasil, no Mercosul, seria o mais bem colocado economicamente, já que nós temos o PIB (PPC) em milhões e a população mais alta que o dos outros países. Com a tabela, podemos mostrar que os mais bem colocados economicamente no Mercosul são o Brasil e a Argentina. O Brasil tem um PIB (PPC) de R$ 2.013.893 milhões e uma população de 189.011.861 pessoas de acordo com dados de 2007. Falando de PIB (PPC) per capita só perdemos para a Argentina e o Uruguai, e no IDH só perdemos para a Argentina.
  • 7. - Qual é o tamanho econômico do Brasil no Mercosul ? 0,752 6.667.884 5.638 34.014 Paraguai 0,859 3.447.920 13.917 41.334 Uruguai 0,826 26.085.281 8.125 223.430 Venezuela 0,860 40.403.943 14.559 391.054 Argentina 0,807 189.011.861 11.037 2.013.893 Brasil IDH [49] População(2007) PIB (PPC) per capita PIB (PPC) em milhões País
  • 8. - E quanto a moeda comum do Mercosul ? A perspectiva da moeda comum não deve ser descartada ab initio , sobretudo se considerarmos que o Mercosul já estabeleceu um grupo de coordenação de política com vistas a avançar na direção do que o presidente Fernando Henrique Cardoso chamou de "pequeno Maastricht". O princípio básico da moeda única é o seguinte: se o Mercosul desejar se consolidar como mercado unificado, a perspectiva de um instrumento monetário comum aos seus membros é absolutamente lógica e necessária, uma vez que um mercado comum "chama" naturalmente um moeda comum. Os passos iniciais podem ser dados desde já, mas apenas e tão somente no sentido de aperfeiçoar a coordenação de políticas setoriais e monetárias entre pessoas e instituições envolvidas nessas áreas e fazê-las trabalhar conjuntamente na busca daqueles objetivos "unificacionistas".
  • 9. - E quanto a moeda comum do Mercosul ? Aos otimistas da área econômica caberia advertir, porém, que tal objetivo não parece perto de realizar e vários anos passarão até que se logre alcançar as condições requeridas para se pensar em estabelecer o calendário da união monetária. Num mundo que deixou para trás, há muito tempo, o padrão ouro ou qualquer outra garantia emissionista, o critério básico da moeda é essencialmente uma questão de confiança; a esse título caberia perguntar que confiança inspiram em seus respectivos povos, na atualidade, as moedas dos países do Mercosul. Quando as repostas forem maioritariamente positivas, estaremos perto da moeda comum.
  • 10. - O Mercosul vai ou não aceitar a Alca ? Admitindo-se que a opção pelo estabelecimento de um espaço integrado em seu imediato entorno geográfico, tal como evidenciado na experiência do Mercosul, constitui uma das principais vertentes da estratégia brasileira de inserção econômica internacional na atualidade, pode-se perguntar em que o desenvolvimento dessa modalidade restrita de interdependência econômica contribui para o fortalecimento de sua economia e como a irrupção da proposta da Alca pode, ao contrário, enfraquecer a "soberania" econômica do Brasil e colocar em perigo as fundações do Mercosul. Registre-se que as questões acima já comportam uma opção de princípio pelo Mercosul e uma recusa apriorística da Alca, como parece ocorrer com a maior parte dos atuais comentaristas da economia brasileira.
  • 11. - Comparar o países do Mercosul, nos aspectos humanos, sociais e econômicos destacando o Brasil. Na Venezuela predomina o elemento mestiço do branco europeu e do indígena. A religião predominante é a cristã. Na cultura dela a uma influência indigna. É um país desenvolvido com grande desigualdade social, com a maior parte da população pobre e com baixa qualidade de vida. A Venezuela tem como destaque o petróleo, explorado pela PETROVEN no baixo curso do rio Orenoco e na região do Lo Maracaibo. É grande exportadora e membro da OPEP. Secundariamente poderíamos destacar o minério de ferro e o café. A renda é mal distribuída e a pobreza é expressiva nesse país. De acordo com dado de 1997, a Venezuela tem uma média de vida de 70 anos, uma taxa de 4% de analfabetismo, uma taxa de 21% de mortalidade infantil e um IDH de 0,792. Argentina, Paraguai e Uruguai fazem parte da América Platina, então vamos falar deles juntos.
  • 12. - Comparar o países do Mercosul, nos aspectos humanos, sociais e econômicos destacando o Brasil. Na América Platina apresenta maioria de cristãos católicos, predomínio de brancos na Argentina e Uruguai e mestiços e indígenas no Paraguai. A Argentina e o Uruguais, apesar de ter um padrão de vida e de IDH bom, tem problemas sociais e econômicos. Paraguai é considerado o país mais pobre da América do Sul. Seu IDH é baixo refletindo-se em maior analfabetismo e mortalidade infantil e em uma menor expectativa de vida. O Paraguai apresente um a economia de base primária e uma industrialização muito limitada. O Uruguai tem como base econômica a pecuária extensiva de corte, com a criação de bovinos e ovinos. O Uruguai é exportador de produtos como a carne, lã, couro e derivados. A Argentina apresenta a economia mais complexa na América Platina.
  • 13. - Comparar o países do Mercosul, nos aspectos humanos, sociais e econômicos destacando o Brasil. O norte do país, região do Chaco, produz gêneros tropicais, além de atividades extrativas e também a pecuária. Já se falando do Brasil e comparando aos outros países do Mercosul, digamos que estamos um pouco melhor que eles. Temos uma distribuição de renda ruim, mas não somos país pobre, ao contrário, o Brasil é um país com uma arrecadação de renda ótima. Temos um IDH elevado, uma boa expectativa de vida, um nível alto de exportações. O Brasil tem uma desigualdade social que pode ser bem vista em certas cidades, como por exemplo no Rio de Janeiro, onde há favelas perto de bairros nobres. Porém, nosso PIB é o mais elevado de todos do Mercosul.
  • 14. - Como está o Mercosul atualmente ? No Mercosul atual, a Venezuela marcou a sua entrada como membro pleno no dia 4 de agosto de 2006. Em 2012, exportações brasileiras e argentinas, exceto produtos sensíveis, entram com tarifas zero na Venezuela. Atualmente o MERCOSUL possui um PIB de mais de 3 trilhões de dólares (base PPC), sendo que cerca 70% deste valor corresponde ao Brasil. Logo as assimetrias de mercados existentes no bloco são grandes. Isso vem causando uma série de atritos dentro do bloco, além de ser um dos fatores que dificultam a criação de uma moeda única para o bloco econômico. A grave crise econômica mundial, que já produz efeitos substanciais na maior parte das economias reais do planeta.
  • 15. - Como está o Mercosul atualmente ? De acordo com dado do comércio exterior brasileiro e argentino, os fluxos comerciais intra-Mercosul estão se contraindo a uma taxa quase duas vezes maior que a da diminuição verificada no comércio do bloco com o mundo, o que é um contracenso. Dada a importância do processo de integração para o presente e o futuro dos Estados Partes, tal tendência de contração maior dos fluxos comerciais intra-bloco poderá, se mantida, comprometer a viabilidade e o significado estratégico do Mercosul.
  • 16. - Conclusão. Este trabalho mostra as características fundamentais do Mercosul, além de mostrar como o Brasil está qualificado dentro dele. Assim podemos perceber que o Brasil é um dos países mais bem qualificado e que tem uma boa participação dentro do Mercosul juntamente com a Argentina. A Alca é muito prejudicial ao Mercosul, principalmente porque, o maior objetivo da ALCA é acabar com o com o bloco e fazer dos Estados Unidos o monopólio das Américas. O Mercosul atualmente está decorrendo com a crise mundial que abalou as estruturas econômicas do mundo todo, e como todos estão sofrendo com a crise, este bloco também está.

×