Aspectos naturais da terra e seus recursos 2º ma

5,536 views
5,415 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
5,536
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • O ser humano vem causando grandes problemas no domínio morfológico da caatinga, com isso gerando alguns impactos ambientais.
  • A retira da vegetação nativa é hoje um dos maiores problemas enfrentados na caatinga, causando um processo de fragmentação da vegetação remanescente e deixando apenas áreas isoladas e de tamanho reduzido na paisagem. Além do alto índice de alteração, as zonas remanescentes estão distribuídas em ilhas isoladas.
  • Aspectos naturais da terra e seus recursos 2º ma

    1. 1. ASPECTOS NATURAIS DA TERRA E SEUS RECURSOS - CREI - 2º MA <ul><li>PROFESSOR MARIO FERNANDO DE MORI </li></ul><ul><li>http://mariodemori.blogspot.com/ </li></ul><ul><li>http://profmariodemori.blogspot.com/ </li></ul><ul><li>http://focosdetensoesinternacionais.blogspot.com/ </li></ul>
    2. 2. Frase 1 A corrente do golfo ou gulf streem, tem por sua vez origem no Golfo do México e se desloca pelo Oceano Atlântico em direção a Europa , aonde pode manter Temperaturas elevadas; não permitir congelamento dos portos da Noruega e também cria a famosa neblina da cidade de Londres.
    3. 4. Comentário <ul><li>Como todos sabemos , as massas de ar são porções da atmosfera que carregam consigo as características de sua área de origem, e com a corrente do golfo não é diferente , ela carrega consigo massas de ar frio em direção aos EUA e por fim a Europa , influenciando sim em seus climas. </li></ul>
    4. 5. FRASE 2 As correntes Marinhas interferem na formação de desertos. Primeiramente As correntes marítimas correspondem às massas de água que migram em distintos rumos ao longo dos oceanos e mares. As massas de água que se locomovem não interagem com as águas dos lugares que percorrem, desse modo detêm suas características particulares como cor, temperatura e salinidade. A formação das correntes marítimas, de acordo com diversas pesquisas, é derivada, dentre outros fatores, pela influência dos ventos. Outro fator determinante na configuração das correntes é em relação aos movimentos terrestres, especificamente o de rotação. Correntes quentes: massas de água originadas de áreas da zona intertropical ou zonas tórridas da Terra, essas deslocam com destino às zonas polares. Correntes frias: correntes marítimas com origem nas zonas polares e migram em sentido às regiões equatoriais.
    5. 6. Deserto de Atacama
    6. 7. Interferência das Correntes Marinhas <ul><li>As correntes marítimas frias, em latitudes quentes, faz com que as massas de ar precipitem sobre o oceano, então essas chegarão secas no continente, formando assim um deserto. A massa oceânica é constantemente deslocada e misturada por movimentos mais ou menos rápidos, provocados pela interferência de dois mecanismos fundamentais: os ventos e as diferenças de densidade, cuja origem se encontra na superfície de contacto entre a atmosfera e o mar. </li></ul><ul><li>Exemplo: Deserto do Atacama, está localizado na região norte do Chile. Com cerca de 200 km de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo, pois chove muito pouco na região, em conseqüência das correntes marítimas do Pacífico não conseguirem passar para o deserto, por causa de sua altitude. Assim, quando se evaporam, as nuvens úmidas descarregam seu conteúdo antes de chegar ao deserto, podendo deixá-lo durante épocas sem chuva. Isso o torna de aridez incrível. Possui clima quente durante o dia e frio à noite, mas ao longo do ano é seco, apresentando variações de temperatura que vão de 0 °C a 40 °C. A falta de chuva nessa região é devida às correntes marinhas do Pacífico. A corrente marinha de Humboldt, deixa o ar muito frio, que ao se chocar com as correntes quentes do Pacífico geram condensação e consequentemente chuva. Porém, até chegar no deserto , as nuvens se descarregam chegando lá já vazias, fazendo com que não chova lá. Já foi registrado como o menor índice pluviométrico do planeta. </li></ul><ul><li>As correntes marinhas mais frias tornam o ar mais úmido, que quando encontram os mais quentes, provocando chuvas. As trocas constantes de calor e umidade na superfície de contato entre as águas marinhas e a atmosfera dão origem a desequilíbrios de densidade, provocando assim os movimentos de conjunto do oceano. </li></ul>
    7. 8. Furacão ou tufão são nomenclaturas utilizadas para designar um ciclone tropical, assim chamado porque se forma quase que exclusivamente em regiões trópicas e também por se originar de massas de ar tropicais marítimas. São redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão atmosférica. Compreendem, às vezes, centenas de tempestades, podendo estender-se por centenas de quilômetros. Quando alcança o continente, provoca chuvas torrenciais de grande intensidade num curto intervalo de tempo, inundando as cidades costeiras. Suas consequências podem ser devastadoras dependendo do local onde ocorrerem, e também de seu nível, sendo que os mais devastadores são os do nível cinco. Os ventos máximos sustentados nos ciclones mais fortes têm sido estimados em cerca de 305 km/h. Frase 3
    8. 9. Imagem
    9. 10. Furacão e tufão são nomes regionais para fortes ciclones tropicais. Embora a formação de ciclones tropicais seja um tema de grandes pesquisas em andamento e ainda não totalmente entendido, sabe-se que compreendem grandes quantidades de ar com baixa pressão atmosférica que se movem de forma organizada e intensa circulação ciclônica à superfície. Formam-se, geralmente, em regiões tropicais do planeta e são eles os responsáveis pelo transporte do calor da região equatorial para as latitudes mais altas. Podem causar grandes estragos dependendo de seu nível e do local onde ocorrem. Em mar aberto causam grandes ondas, chuvas e ventos fortes. Em terra, seus fortes ventos podem danificar ou destruir veículos, edifícios, pontes e outros, transformando detritos soltos em projetos voadores mortais. Quando seu nível é grande, os estragos são devastadores, principalmente em locais onde não há preparo para esse tipo de ocorrência. Comentário
    10. 11. FRASE 4 ELABORE UMA ANÁLISE DO DESASTRE QUE OCORREU NO RIO E EM NITERÓI EM 2010:CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS.
    11. 12. Niterói Rio de Janeiro
    12. 13. COMENTARIO Rio de Janeiro: O desastre ocorreu no dia 05 de abril de 2010.A causa do desastre foi um fator natural a chuva,um tempestade acompanhada de uma ventania de 70 Km/h ,esse desastre trouxe muitas conseqüências para a cidade,muitas pessoas ficaram desabrigadas,pessoas ficaram presas no trânsito e tiveram que abandonar seus veículos para serem resgatadas, muitos alagamentos com o transbordamento do Rio Maracanã.E varias escolas, órgãos públicos,grandes empresas tiveram que ser paralisadas,o alagamento impediu o deslocamento de funcionários e aluno.Segundo aos especialistas, foi a pior enchente em 46 anos (a pior anterior tendo sido registrada em 1964). Um índice pluviométrico excessivo, somado à maré alta, teriam sido os responsáveis pela erosão de encostas e pela demora no escoamento das águas,foi uma fator natural mas automaticamente esses fatores naturais que vem destruindo as cidades são conseqüências dos nossos atos,nos seres humanos sem perceber estamos colhendo tudo aquilo que plantamos ou seja o mal uso da natureza e tudo que temos feito contra ela como a poluição,o buraco na camada de ozônio(devido ao aumento da emissão de CFCs) e o pior é que não caímos na real do que está acontecendo a nossa volta,do que as alterações que estamos fazendo pode nos ocasionar,estamos evoluindo sim,mas o que adianta evoluir e destruir o que nos da a possibilidade de vida.Como o aquecimento global,esses fenômenos anormais, não são anomalias não,pois sabemos muito bem a causa, mas o homem parece vendar os olhos e fingir que nada esta acontecendo por erros humanos,como estará o mundo daqui 20 anos se continuarmos nesse ritmo que estamos,é as chuvas que são violentas de mais,o calor que esquenta de mas e põe em risco a nossa água potável,esse fenômeno que ocorreu no RJ foi uma conseqüência de atos humanos e assim vamos indo de olhos fechados enquanto a situação fica irreversível,e nós venhamos a sofrer conseqüências muito mas drásticas que vivenciamos hoje e esses desastres tende somente a piorar nesse ritmo que a humanidade está indo. Niterói:O desastre que ocorreu no dia 08 de abril de 2010, foi um deslizamento,o ocorrido foi devido as chuvas que vinham acontecendo nos dias anteriores.O deslizamento foi devido a intensidade das chuvas e alagamentos (o deslizamento ocorreu em um lugar onde as Áreas que servem como depósito de lixo ou qualquer matéria orgânica são de pouca sustentação estrutural. As construções nessas áreas ficam mais vulneráveis a qualquer deslizamento).Umas das conseqüências desse deslizamento,foi o soterramento de aproximadamente 200 pessoas, 40 casas soterradas,pessoas feridas e desabrigadas,foi decretada situação de emergência,e com isso a economia do pais foi afetada,pois com o estrago feito pela chuva e pelo deslizamento o governo vai ter que recorrer com ajuda econômica.O deslizamento foi uma conseqüência da chuvas no Rio nos dias anteriores.Um desastre gera o outro e é do mesmo jeito que agredimos a natureza que elas nos agride,primeiro veio a chuva depois o deslizamento devido a intensidade da chuva,e assim vamos indo,a natureza a cada dia que passa vem surpreendendo mas o homem nas suas conseqüências de nossos feitos a ela.Nos seres humanos estamos ficando sem saída e sem como fugir dessa situação que esta ficando irreversível pois a natureza vem nos surpreendendo a cada dia,e mesmo assim muitas pessoas não levam essa situação a serio,e com isso vamos sofrendo todas as conseqüências que plantamos .Até que realmente não tenha mas volta para nós.Isso sim realmente é um problema o qual todos precisam estar unidos para resolver em vez de fechar os olhos e ignorar um problema tão grave que esta colocando nossas gerações e nossa humanidade em risco.
    13. 14. FRASE 5 <ul><li>A Diminuição da camada de ozônio é maior na Antártida. A causa desse processo está associado principalmente ao aumento de CFCs, são gases extremamente voláteis e leves, que ao atingirem a estratosfera, combinam-se rapidamente ao ozônio, dissolvendo sua espessura e permitindo maior penetração dos raios ultravioletas na troposfera intensificando o efeito estufa. Essa ampliação da penetração dos raios ultravioletas pode aumentar os casos de câncer de pele e problemas de visão nos homens: nas plantas, diminui a fotossíntese e causa morte da vegetação. </li></ul>
    14. 15. IMAGEM ILUSTRATIVA
    15. 16. COMENTÁRIO SOBRE O TEMA <ul><li>A redução da camada de ozônio causa maior intensidade dos raios ultravioleta, além de provocar o derretimento das geleiras, também afeta os vegetais no modo que diminui sua capacidade de fotossíntese e afeta as espécies animais. Mais de dois terços das espécies vegetais, por exemplo, são danificadas com a sua incidência. Nos seres humanos compromete a resistência do sistema imunológico e causa câncer de pele e problemas na vista, como a catarata. Sofremos a consequência de nossos atos, que no caso se poluímos, prejudicamos nos mesmos! </li></ul>
    16. 17. Frase 6 Causas e Conseqüências do Aquecimento global As causas apontadas pelos cientistas para justificar o aquecimento global,podem ser naturais ou provocadas pelo homem. Contudo, as pesquisas nesta área apontam o homem como o principal responsável pelo aquecimento global.Fatores como a grande concentração de agentes poluente na atmosfera contribui para um aumento bastante significativo do efeito estufa. O Aquecimento global pode trazer consequências graves para todo o planeta incluindo a vegetação, animais e seres humanos. A retenção de calor na superfície terrestre pode influenciar fortemente na diminuição das chuvas que darão conseqüência a secas em várias partes do planeta, afetando plantações e florestas. O resultado disso é saída de animais e seres humanos de algumas regiões,procurando melhores condições de vida em outras, falta de alimento, aumento de extinção de várias espécies vegetais e animais, e aumento do número de mortes por desnutrição. Um dos grandes riscos do aquecimento global é o derretimento das placas de gelo que pode aumentar a massa de água dos mares. Esse derretimento já vinha acontecendo há milhares de anos, por um lento processo natural. Mas a ação do homem e o efeito estufa aceleraram o processo e o tornaram imprevisível, tal derretimento poderá dar resultado a perda de áreas litorâneas pelo mundo e algumas ilhas.
    17. 19. Comentário As emissões de gases pelas industrias, queimadas, carros em geral pelo “homem” é o agravamento do aquecimento global, vendo que uma vez que os raios solares chegam a terra em um processo natural, esses gases impedem a volta dos raios solares, armazenando-os na Terra. O que gera assim o aquecimento do planeta, onde suas consequências são respectivamente, as mudanças bruscas de temperatura,podendo prejudicar as plantações o que irá gerar falta de alimento, aumento do preço deles, e causando assim muitas mortes por desnutrição já que muitas pessoas não terão acesso aos alimentos. Pode gerar a extinção de diversas espécies de animais e plantas, o derretimento das placas de gelo aumento significativamente das massas de água dos oceanos, gerando ondas que poderão cobrir faixas litorâneas e ilhas. O Aquecimento global pode destruir quase tudo o que a Terra nos proporciona para que aqui possamos viver, mas ainda há tempo de mudar esse quadro, basta que cada um faça sua parte.
    18. 20. Frase 9 Explique o uso da água na agropecuária como sendo o responsável pelo maior gasto da água disponível no mundo atualmente.
    19. 22. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>Atualmente a agropecuária concentra cerca de 70% do consumo de água doce do mundo, logo após o uso industrial, e por último o uso doméstico. </li></ul><ul><li>O uso de água na agricultura depende do tipo de solo, do clima, da cultura a ser produzida, e principalmente do desenvolvimento do país. Dentro desses 70%, a perda com irrigação, segundo a FAO é entre 50% e 70% de água, por isso a irrigação é considerada não muito eficiente. </li></ul><ul><li>Além dos dados de água, gastos na agricultura, também temos que considerar a ‘‘água virtual’’, a água que usamos para produzir determinados alimentos, que usamos e exportamos sem ver. </li></ul>
    20. 23. Frase 9 - A A água renovável é aquela que participa do seu ciclo natural (evaporação e precipitação). A reserva primária de água é toda aquela que ocorre numa determinada região geográfica e está disponível ao uso. A água consumida é a que foi utilizada para a produção de um bem ou para a saciedade dos seres vivos. A água retirada é a que foi coletada de seu meio para o uso humano, sendo que parte dela pode ser reutilizada. A água virtual é a que foi necessária para a produção de uma mercadoria, como os produtos agrícolas.
    21. 25. Comentário A água é o mineral mais importante para o ser humano. Ela é indispensável à nossa sobrevivência, mas, infelizmente, não damos valor a ela: poluímos as fontes e os mares, destruímos as matas ciliares e assim, esse recurso precioso vai sendo degradado. Em consequência, a taxa de água potável vai caindo e os processos de tratamento são caros, diminuindo o acesso de muitas pessoas . Logo, devemos alterar nossas atitudes e promover a reconstrução do meio ambiente, para que as próximas gerações tenham condições de sobreviverem e darem continuidade à preservação.
    22. 26. Frase 10 A disponibilidade de recursos hídricos, além dos custos relativamente baixos de produção,fazem com que o Brasil ocupe essa posição de destaque no cenário internacional de exportação de água virtual. A conseqüência disso é que acaba comprometendo os produtores, e as reservas de água no país .
    23. 28. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>A Água Virtual de um produto ou serviço é a quantidade de água necessária para produzir esse produto, e inclui a soma de toda a água usada em toda a cadeia produtiva.Um dos produtos que mais utilizam água virtual é o couro e a carne bovina. </li></ul>
    24. 29. FRASE 11 O efeito da produção pecuária exercem grande peso na oferta de água, pois utiliza mais ou menos 8% do que é consumido pelo homem, principalmente pela irrigação do cultivo de alimentos para o gado. Embora a Terra ter bastante água , 97,5% da água é salgada e encontra-se nos oceanos e mares, 24,93% é doce, mais esta localizada em geleiras, somente 0.007% é doce e está disponível em rios lagos na atmosfera  
    25. 31. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>Para que a economia cresça, agricultura e a industria precisa de água, e a população que é mão de obra também precisa.Dentro desses 0,007% de água doce disponível, 70% vão para a agricultura, isso é, significa que uma grande parte de água que utilizamos estão totalmente concentradas na pecuária com produção de arroz, soja, carnes etc. Hoje ainda há agro pecuaristas que estão desmatando rios para plantar capim, sendo que estamos em épocas de economizar porque daqui a 40 a 50 anos o mundo poderá entrar em crise de água. E quando as pessoas pensarem em economizar já vai ser tarde. </li></ul>
    26. 32. Frase 12 Com menos de 1% de água doce disponível no mundo, os países estão cada vez mais interessados nesse bem que vem se tornando cada vez mais raro e escasso. Segundo a ONU mais de 1.800 situações de relação internacional entre países já ocorreram por conta da disputa por água, e esse número só tende a crescer, já que cada vez mais as nações estão contaminando e destruindo suas fontes potáveis de água, o que as leva a buscar em outros lugares, água para abastecer suas cidades.
    27. 34. <ul><li>A água sempre foi motivo de disputa entre povos e nações, mas agora essa disputa está se tornando mais intensa e visível. O que antes era algo improvável, agora já se está tendo certeza de que um dia o mundo brigará pela posse de água potável. O motivo que leva os países a terem tantos conflitos é a posse de rios que fica na fronteira entra 2 ou mais países (como Israel e a Palestina, que atualmente disputam a posse do Rio Jordão) e talvez futuramente para abastecer seu país . Segundo especialistas, os países que detiverem uma grande quantidade de água doce, como o Brasil, deve começar a fazer a proteção de suas reservas. Esses conflitos podem gerar grandes guerras, a níveis mundiais, quem ficará com a água e os quem ficará privado dela, será uma questão de poder de guerra. </li></ul>Comentário
    28. 35. FRASE 13 O Mar de Aral está localizado na Ásia Central, na antiga União Soviética. Esse mar era abastecido pelos rios Amu Darya e Syr Darya, que ficam nas altas montanhas do sistema do Himalaia, cerca de 2.000Km de distancia da foz. O Mar de Aral já foi o quarto maior lago do mundo, com 68.000Km² de superfície e 1.100Km³ de água salgada. Sendo que a economia da região girava em torno dele. Este mar começou a secar na década de 1960, quando a então União Soviética decidiu desviar as águas dos rios afluentes para irrigar as culturas locais de algodão e arroz. Neste mesmo período, o Uzbequistão tornou-se o terceiro maior exportador de algodão do mundo. Devido a grande retirada de água do Mar de Aral, a salinidade do lago quase quintuplicou, fazendo com que a maioria de sua fauna e flora naturais morressem. Levou também a industria pesqueira da região a falência, assim como as cidades ao longo das margens, gerando o desemprego e dificuldades econômicas. Hoje o Mar de Aral encontra-se dividido em três porções menores, em avançado processo de desertificação. A superfície já reduziu em 60% do seu tamanho e cerca de 80% do seu volume. A região agora é atravessada por nuvens de poeira tóxica que causam inúmeras doenças respiratórias e câncer. Atualmente estima-se que cerca de 200.000 toneladas de sal e areia estão sendo levados pelo vento e espalhados em um raio de aproximadamente 300Km todos os dias, agravando problemas de salinização e arenização até distâncias relativamente grandes desse mar, afetando também as atividades agropecuárias. A desertificação está tomando o lugar do que outrora foi uma rica e diversificada região pesqueira e agrícola.
    29. 37. <ul><li>COMENTÁRIO: </li></ul><ul><li>A experiência do Mar de Aral foi sem duvida malsucedida, tendo em vista tanto a sua perda e os problemas que isso gerou na região. </li></ul><ul><li>É possível perceber com isso que, quando o homem mexe na natureza visando sempre a economia de hoje e nunca a de amanhã, ele acaba destruindo a própria natureza e trazendo para ele destruição, desgraça, doenças, além de que em um futuro bem próximo acaba por perder toda a riqueza que ganhou com aquela ação. </li></ul><ul><li>O que aconteceu com o Mar de Aral segundo o governo soviético da época foi um fenômeno natural, tendo como explicação que este mar já estaria morrendo devido a fatores climáticos. </li></ul><ul><li>Atualmente é defendida a ideia de que o que aconteceu com o Mar de Aral foi sem duvida um fenômeno Antropogênico, tendo como explicação o desvio das águas dos rios que desembocam no Mar. </li></ul><ul><li>O futuro do Mar de Aral é incerto. Não se sabe se é possível, viável ou necessário recuperá-lo. Há diversas sugestões no sentido de ajudar em sua recuperação. Tais como: </li></ul><ul><li>Melhorar a eficiência dos canais de irrigação; </li></ul><ul><li>Instalar estações de dessalinização de água; </li></ul><ul><li>Instruir os agricultores a usar menos as águas dos rios; </li></ul><ul><li>Usar menos produtos químicos nas plantações; </li></ul><ul><li>Reduzir o número de fazendas de algodão próximas ao lago e afluentes; </li></ul><ul><li>Construir barragens para encher o Mar de Aral, entre outras. </li></ul>
    30. 38. FRASE 14   O desastre do golfo do México teve muitas conseqüências, tanto para o meio ambiente, quanto para os animais. Esse desastre foi causado devido a uma ruptura num poço de petróleo em águas profundas. O vazamento já atingiu a costa da Louisiana, e ameaça a exploração de peixes e camarões na região. Esse vazamento pode se tornar o pior desastre ambiental da história dos Estados Unidos. Essas perfurações eram realizados em novos poços de petróleo.
    31. 39. IMAGEM
    32. 40. COMENTÁRIO Através de pesquisas realizadas por mim, pude constatar o quanto o pensamento do homem em relação a esses poços mudou. Eles achavam que tudo estava indo bem. Porém, não estava e ainda não está, pois com todo esse derramamento vários animais sofreram conseqüências, mais de 600 espécies foram ameaçadas. Entre elas, encontramos: peixes, pássaros, mamíferos, répteis e anfíbios. E será muito difícil reverter essa situação. Penso que o homem tinha que ter sempre mais cautela quando se trata de meio ambiente, pois para poluir é questão de segundos. E para despoluir? Questão de dias, meses, anos ou até séculos.
    33. 41. FRASE 15 Com grandes recursos hidrográficos,o Brasil possui problemas em seus rios,consequentes de seu mal uso e contaminação,prejudicando a distribuição de água potável para a população.
    34. 43. COMENTÁRIO <ul><li>O principal problema dos rios brasileiros é a poluição,feita através do despejo de resíduos químicos industriais e lixos,contaminando a água,tornando-a imprópria para o consumo. </li></ul><ul><li>Para que esse problema fosse evitado,é fundamental que haja conscientização por parte da sociedade em não jogar lixo nos rios,além de intervir para que as industrias não façam o mesmo. </li></ul>
    35. 44. Frase 16 Elabore uma análise sobre a situação do Rio Itapemirim – E o Projeto de despoluição da empresa “Foz do Brasil”
    36. 46. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>Concessionária do serviço de saneamento básico de Cachoeiro de Itapemirim há cinco anos, a Citágua Águas de Cachoeiro inaugurou a sua Estação de Tratamento de Esgoto - ETE, que resultará em dispor de esgoto tratado para 175 mil habitantes, garantindo saneamento básico integral para 100% da área urbana do município. Há cinco anos, Cachoeiro de Itapemirim experimenta avanços no saneamento básico. Após a concessão do serviço de água e saneamento para Citágua, o município conseguiu modernizar as redes de abastecimento, diminuir todos os índices negativos e alcançar metas como a ampliação de 60% na oferta de água tratada, garantido o fornecimento 24 horas por dia. Em comparação com os índices nacionais, Cachoeiro representa exemplo de solução para os graves problemas de saneamento. A nova estação tem capacidade para tratar 450 litros de esgoto por segundo. </li></ul><ul><li>O Rio Vida Reflorescer é um projeto desenvolvido pela Citágua, O projeto tem como principal objetivo a proteção de dez nascentes no município e o reflorestamento do seu entorno, de forma a aumentar a oferta de água e melhorar a qualidade desse bem tão necessário à vida, envolvendo sempre a comunidade e as escolas da região. </li></ul><ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Recuperação de dez nascentes; </li></ul><ul><li>Recuperação de dez áreas de mata ciliar com três hectares cada uma; </li></ul><ul><li>Construção de aproximadamente três mil metros de cerca; </li></ul><ul><li>Plantio de dez mil mudas de árvores nativas e frutíferas; </li></ul><ul><li>Mobilização e sensibilização ambiental das comunidades envolvidas no projeto. </li></ul>
    37. 47. Domínio Morfoclimático da Amazônia Frase 17
    38. 49. <ul><li>Foco de atenção de todo o mundo, a devastação da Amazônia é um dos responsáveis pelas grandes mudanças na paisagem regional. Consta-se que, até o fim da II Guerra Mundial, não havia intervenções humanas na floresta. A partir desse momento, uma nova política foi implantada, visando a expansão agrícola , industrial e populacional. Atualmente, a floresta virou foco de pesquisa e de preservação de todo o mundo. </li></ul><ul><li>De acordo com o INPE (Institutos Nacional de Pesquisas Espaciais), estima-se que já foi devastado 550 mil km² de florestas, equivalente a 13,7% do seu total. Dessa porcentagem, 200 mil quilômetros foram abandonados assim que os recursos acabaram. </li></ul><ul><li>Mesmo com o crescimento da agricultura predatória, o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) conclui que, alem do solo pobre, 83 % da Amazônia recebe chuva em excesso para que a agropecuária seja rentável. </li></ul>
    39. 50. <ul><li>FRASE 18 </li></ul><ul><li>Fordlândia foi o nome dado a uma área de 14.568 km² (no estado do Pará,às margens do Rio Tapajós)pelo empresário americano Henry Ford,através de sua empresa Companhia Ford Industrial do Brasil,por concessão do estado do Pará. </li></ul><ul><li>Ford tinha a intenção de usar Fordlândia para abastecer sua empresa de látex necessário a confecção de pneus para seus automóveis, então dependentes da borracha produzida na Malásia, na época colônia britânica. </li></ul><ul><li>Entretanto a terra era infértil e pedregosa e nenhum dos gerentes de Ford tinha experiência em agricultura equatorial. As seringueiras, árvores de onde se extrai o látex, plantadas muito próximas entre si, o oposto das naturalmente muito espaçadas na selva, foram presa fácil para pragas agrícolas, principalmente microorganismos do gênero Microcyclus que dizimaram as plantações. </li></ul>
    40. 52. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>Os trabalhadores das plantações recebiam uma alimentação típica norte-americana, como hambúrgueres, instalados em habitações também ao estilo norte-americano, obrigados a usar crachás e comandados num estilo a que não estavam habituados, o que causava conflitos e baixa produtividade. </li></ul><ul><li>Ford ainda tentou realocar as plantações em Belterra, mais para o norte, onde as condições para a seringueira eram melhores mas, a partir de 1945, novas tecnologias permitiam fabricar pneus a partir de derivados de petróleo, o que tornou o empreendimento um total desastre, causando prejuízos de mais de vinte milhões de dólares. </li></ul><ul><li>Com o falecimento de Henry Ford, seu neto Henry Ford II assumiu o comando da empresa nos Estados Unidos e decidiu encerrar o projeto de plantação de seringueiras no Brasil. </li></ul><ul><li>Através do Decreto nº. 8.440 de 24 de dezembro de 1945, o Governo Federal brasileiro definiu as condições de compra do acervo da Companhia Ford Industrial do Brasil: a Ford foi indenizada em aproximadamente US$ 250.000, e o governo brasileiro assumiu as obrigações trabalhistas dos trabalhadores remanescentes, além de receber seis escolas (quatro em Belterra e duas em Fordlândia); dois hospitais; estações de captação, tratamento e distribuição de água nas duas cidades; usinas de força; mais de 70 quilômetros de estradas; dois portos fluviais; estação de rádio e telefonia; duas mil casas para trabalhadores; trinta galpões; centros de análise de doenças e autópsias; duas unidades de beneficiamento de látex; vilas de casas para a administração; departamento de pesquisa e análise de solo; plantação de 1.900.000 seringueiras em Fordlândia e 3.200.000 em Belterra. </li></ul>
    41. 53. Frase 19 O Projeto Jari, um dos projetos mais antigo implantado na Amazônia, empreendimento realizado pelo norte-americano Daniel Ludwig (um homem poderoso, de negócios que visava lucros), próximo a foz do rio Amazonas, ocupando terras de Almerim (PA) e Mazagão (AP). O projeto chegou como uma promessa, com a finalidade de suprir uma demanda na produção de celulose e papel na década de 1985, o mesmo, foi planejado como um grande projeto em várias frentes: florestal, mineral e agropecuário. Ainda na década de 80, a decepção e uma imensa sensação de derrota, sem apresentar resultados, Ludwig abandonou o projeto, passando para um consórcio de empresários brasileiros junto com uma grande divida.
    42. 55. Comentário O resultado foi que acabou sendo criada uma mentira, uma ficção, uma lenda envolvendo o governo estadual e o federal, que terminou emperrando aquele grande empreendimento. Mas preferiram optar por desmatamento criminoso e devastações de grandes áreas, como acontece até hoje em grande parte da Amazônia.
    43. 56. FRASE 20 O ser humano vem causando grandes problemas no domínio morfológico da caatinga, com isso gerando alguns impactos ambientais, prejudicando a vegetação.
    44. 58. COMENTÁRIO FINAL A exploração irracional das caatingas já levou a degradação de aproximadamente 70% da área originalmente ocupada por esse domínio, e apenas 0.28 % de toda sua área são protegidas em unidades ou parques de conservação. Como consequência desse processo, alguma espécies já figuram na lista de espécies ameaçadas de extinção do IBAMA, como onças e gatos selvagens, veado-caatingueiro e capivara, ararinha-azul e pombas-de-arribação(das quais a asa branca é a mais famosa). Em relação a flora, algumas espécies já se encontram protegidas contra o uso como fonte de energia(lenha) pela legislação florestal, tais como a aroeira e o umbanzeiro. Outro importante impacto ambiental que as caatingas vem sofrendo atualmente é a extração de argila, para a produção de tijolos e telhas. De um lado, tira-se a argila dos próprios solos, empobrecendo-os ainda mais; de outro, desmata-se as espécies lenhosas(arvores) da caatinga para usar a madeira como lenha nos fornos na produção de tijolos e telhas.
    45. 59. Frase: 21 Explique o processo de desertificação no Domínio da caatinga: causas e consequências.
    46. 60. Imagem Ilustrativa
    47. 61. Comentário <ul><li>Na caatinga, a terra parece destruída. É imagem típica de lugar onde chove pouco, mas tem muita vida. Dentre as áreas semi-áridas do mundo é a mais rica em plantas, em animais, em diversidade. </li></ul><ul><li>Mas riqueza ameaçada pelo mau uso da terra, as causas quase sempre se referem ao uso inadequado dos recursos (desmatamento), a prática inapropriadas do uso do solo. De 10% da caatinga, equivalente a 15 mil quilômetros, estão em processo de desertificação, a terra já não produz mais nada. </li></ul>
    48. 62. FRASE 22 <ul><li>A transposição do Rio São Francisco, é um antigo e polêmico projeto do Ministério da Integração Nacional – MIA, que começou a ser idealizado desde a época de Dom Pedro II e orçado em R$ 4,5 bilhões, que prevê a transposição de parte das águas do São Francisco para a região Nordeste e semi-árida do Brasil. A polêmica criada por esse projeto tem como base o fato de ser uma obra cara e que abrange somente 5% do território e 0,3% da população do semi-árido brasileiro e também que se a transposição for concretizada afetará intensamente o ecossistema ao redor de todo o rio São Francisco. Há também o argumento de que essa transposição só vai ajudar os grandes latifundiários nordestinos pois grande parte do projeto passa por grandes fazendas.O principal argumento da polêmica dá-se sobretudo pela destinação do uso da água: os críticos do projeto alegam que a água será retirada de regiões onde a demanda por água para uso humano e dessedentação animal é maior que a demanda na região de destino e que a finalidade última da transposição é disponibilizar água para a agroindústria e a carcinicultura. </li></ul><ul><li>Já em contra partida, seriam muitos os beneficios, como a redução de problemas trazidos pela seca, como a escassez de alimentos, baixa produtividade no campo e desemprego rural. Aproximadamente 340 mil pessoas seriam beneficiadas, sobretudo na Bacia do Piranhas-Açu (39%) e na bacia do Jaguaribe (29%). </li></ul>
    49. 63. IMAGEM ILUSTRATIVA
    50. 64. COMENTÁRIO <ul><li>O projeto de Transposição do Rio São Francisco, foi e é um dos mais polêmicos já idealizados pelo Governo Federal, por envolver não só questões econômicas, como uma suposta finalidade particular da transposição, que seria para a irrigação de grandes latifúndios e não para saciar a seca do nordeste, mas também por envolver uma questão ambiental; tem-se a idéia que muitos ecossistemas que lá existem seriam seriamente transformados para se adaptar a novas condição de vida e muitos não resistiriam. </li></ul><ul><li>Contudo, esse projeto beneficiaria muitos as famílias nordestinas, que são castigadas pela seca no semi árido brasileiro e poderiam com esse projeto ter uma esperança de uma vida um pouco melhor, tendo em vista que grande parte dos problemas nordestinos estão relacionados a falta de água. </li></ul>
    51. 65. Frase: 23 Domínio Morfoclimático de Mares de Morros É neste domínio que estão as duas maiores cidades brasileiras – São Paulo e Rio de Janeiro. Localizado em grande parte da porção leste, o domínio dos mares morro é assim chamado por causa de sua forma, oriunda da erosão, gerada principalmente pela ação das chuvas. Encontram-se na região a floresta tropical, Mata Atlântica, caracterizada pela presença de uma grande variedade de espécies, a planície litorânea, largamente devastada, onde ainda se destacam as dunas, os mangues e as praias, e serras elevadas, como a Serra do Mar, a Serra do Espinhaço e a Serra da Mantiqueira. Possui vegetação: originariamente recoberto pela floresta latifoliada tropical e relevo: acidentado, correspondente à unidade de relevo denominada Planaltos e Serras do Atlântico Leste e Sudeste.
    52. 67. Comentário. <ul><li>Desde o princípio de sua história o homem tem exercido intensa atividade sobre a natureza extraindo suas riquezas florestais, essas têm sido as mais atingidas, devido ao aumento demográfico elas vêm sendo derrubadas para acomodar as populações, ou para estabelecer campos agricultáveis. </li></ul><ul><li>A devastação na região dos Mares de Morros foi resultado da expansão da agricultura comercial, principalmente a cafeicultura, do desmatamento seletivo de madeiras nobres, do turismo predatório nas regiões litorâneas e, em período mais recente, da constituição das manchas urbano-industriais no Sudeste brasileiro pois quanto maior a industrialização de uma área, mais devasta sua vegetação vai se tornando. </li></ul>
    53. 68. Os manguezais são áreas de vegetação de grande importância: Mantém a qualidade da água, protegem a costa e servem de berçário pra muitos animais marinhos. No entanto, esse também é um dos ecossistemas mais ameaçados pela pressão e degradação ambiental. A degradação dos manguezais tem ocorrido de várias formas. Desde a carcinicultura (criação de camarões) até a pressão turística. Mas os fatores que mais implicam em degradar esse ecossistema são, sem dúvida, o desmatamento (principalmente para uso da madeira), a ocupação imobiliária, a expansão urbana, a poluição dos rios e oceanos e até mesmo a um desconhecimento desse ecossistema. Frase 24
    54. 69. Imagem Ilustrativa
    55. 70. Como sabemos, os mangues são áreas de extrema importância para diversos fatores. A fauna e a flora desse ecossistema dependem muito da estrutura natural dele para se manterem vivas. Porém estão cada vez mais visíveis as ações antrópicas nestes locais. E, cada vez mais irreversíveis. Os mais prejudicados com a devastação são os mangues que se localizam próximo s aos assentamentos urbanos e industriais das grandes cidades. Por quê? Ora! É simples. É na cidade grande que está o maior dos problemas: a ocupação inadequada dos mangues. Entretanto, a combinação de diversos outros fatores está resultando na desestabilização dos manguezais. Podemos incluir nesse contexto a poluição dos rios e oceanos e até mesmo o desconhecimento desse ecossistema. Os danos estão cada vez mais graves e os manguezais estão seriamente ameaçados de extinção. Comentário
    56. 71. Frase 25 Na época em que os portugueses chegaram ao Brasil, a Mata Atlântica, floresta tropical de extrema importância, apresentava cerca de 1,3 milhões de km de extensão; Com uma flora predominante de palmeiras, bromélias, figueiras, pau brasil, bananas e etc., além da Flora, com os mais diversos tipos de animais. Desde então, sua exploração e devastação foi crescendo gradativamente. Inicialmente, pela madeira e pelo corante extraído do pau brasil. Nos dias de hoje, de maneira geral, o desmatamento ocorre devido à especulação imobiliária, expansão agrícola e utilização de pastagens, esta que pode ser vista como área perdida, pelo fato do relevo ser inadequado para este tipo de atividade. Como conseqüência, a floresta resume-se em apenas 7% da mata original, sendo que menos de 2% são protegidos em unidades de conservação oficiais. Antigamente, os índios não possuíam direitos para exigir a preservação, mas hoje, não há mais justificativa para permitirmos que nosso patrimônio seja destruído de tal forma, colocando em risco a vida de animais e, podendo afetar a vida de grande parte da nossa própria população.
    57. 73. Comentário <ul><li>Exploração econômica. Esse é o motivo pelo qual a Mata Atlântica foi e continua sendo destruída. Como sempre, o homem, com toda sua ambição, fica cego às possibilidades e às previsões reais apresentadas para ele, e por sua vez, acaba se fazendo de ignorante ou, pessoa inconsequente. </li></ul><ul><li>Há muitas formas de desenvolvimento sustentável que por serem mais difíceis, ou por necessitarem de uma disponibilização maior de renda, são postas de lado. Nosso país gasta dinheiro com tantas coisas, muitas vezes não necessárias para a nossa infra-estrutura e economia, e tem receio em gastar cuidando do que nós mesmos destruímos e acima de tudo, PRECISAMOS. </li></ul><ul><li>A solução para a conservação dos 7% de mata que nos restou, e a forma de evitarmos tipos de espécies em extinção, é a consciência ecológica acima dos planos econômicos. Nos tornamos seres mal acostumados e achamos que todos os recursos serão eternos, quando não são! A conservação ambiental parte do individual. Devemos começar a usar a nossa voz através da exigência do cumprimento de leis e, claro, fazendo nossa parte, evitando a degradação direta e indiretamente à Mata Atlântica e às demais florestas. </li></ul>
    58. 74. Frase 26 Quais são os impactos ambientais causados pelo homem no domínio morfoclimático das araucárias.
    59. 75. Imagens
    60. 76. Comentário <ul><li>O domínio morfoclimático das araucárias esta bastante comprometida e corre sério risco de entrar em extinção, fato decorrente das atividades produtivas há varias décadas na região, especialmente na extração de madeira e ocupação de madeira e ocupação agropecuária,reduzindo a 3% a forma original. </li></ul>
    61. 77. Frase 27 O cerrado atraiu muita atenção para a agricultura, o que lhe tornou uma região de grande produção de grãos como exemplo a soja. Por causa disso, o solo nativo foi retirado e alterado por outra vegetação, fazendo que o solo tenha uma maior facilidade aos processos erosivos, devido a falta de cobertura vegetal. Sendo o ecossistema brasileiro que mais sofreu alterações com a ocupação humana. Um dos impactos ambientais mais graves na região foi causado por garimpos, que contaminaram os rios com mercúrio e provocaram o assoreamento dos cursos de água. A erosão causada pela atividade mineradora tem sido tão intensa que, em alguns casos, chegou até mesmo a impossibilitar a própria extração do ouro rio abaixo.
    62. 79. <ul><li>Comentário </li></ul><ul><li>As ações humanas no cerrado transformaram a vegetação nativa por outra, e com isso a uma maior facilidade de processos erosivos. </li></ul><ul><li>Só com isso percebemos que o próprio homem se prejudica, porque com as erosões também causadas pele mineração acaba impossibilitando a extração de ouro pelo rio devido ao assoreamento dos rios(bloqueio por terra). </li></ul><ul><li>Para recuperar toda essa área demoraria anos de trabalho, mas mesmo assim o solo não seria fértil como já foi. </li></ul>
    63. 80. FRASE 28 Os impactos ambientais presentes no pantanal mato grossense são, as contaminações dos recursos do solo e as águas na região, além de animais, desmatamento, degradação dos solos, erosão, assoreamento dos rios, diminuição das áreas alagadas e diminuição dos estoques de peixes e animais.
    64. 81. Imagens:
    65. 82. Comentário: <ul><li>Nas últimas três décadas a degradação do pantanal tem aumentado muito, os principais causadores dessa degradação são, a expansão desordenada da agropecuária que junto com a produção de carvão vegetal tem gerado grandes índices de desmatamento, além de contaminar os recursos de solo e as águas da região, devido ao grande uso de pesticidas. </li></ul><ul><li>Outro impacto que afeta significativamente as águas da região é a contaminação por mercúrio usado nos garimpos, contaminando peixes e jacarés. </li></ul><ul><li>Associado ao processo de desmatamento ocorre a aceleração nos índices de degradação do solo, aumento das taxas de erosão e o assoreamento dos rios, que dificultam a navegação e levam a enchentes. </li></ul><ul><li>A implementação de hidrovias requer algumas alterações no leito dos rios, além de aprofundá-los, esse aprofundamento aumenta a velocidade do escoamento das águas e diminuí as áreas alagadas trazendo grandes prejuízos para os solos a flora e fauna regionais. </li></ul>
    66. 83. Frase 30 O rios brasileiros, que são muito importantes para a população, vem sofrendo constantemente agressões feitas pelo homem. Nós poluímos os rios de varias maneiras como o lixo jogados pelas pessoas, os esgotos e os produtos químicos jorrados pelas industrias. Além disso, a poluição dos rios pode gerar doenças que afetam geralmente as camadas mais pobres da população. Com isso, a qualidade de vida vai ficando cada vez pior nos grandes centros urbanos, por onde passam a maioria dos rios poluídos.
    67. 84. Imagem
    68. 85. Comentário <ul><li>Os rios brasileiros são uma enorme fonte de vida e de riquezas para o Brasil, porém, atualmente estão sendo poluídos de maneira desordenada e podem e estão gerando inúmeros problemas para a população, já que muitos utilizam da água dos rios algum tipo de uso. Poluímos os rios como se fosse algo sem a menor importância, contudo, um dia não terá mais como reverter esse problema e aí perceberemos o grande erro que estamos cometendo. </li></ul>
    69. 86. Frase 31 O Aqüífero Guarani é um dos maiores reservatórios de águas subterrâneas do mundo. Os impactos da atividade humana na superfície desde manancial de água doce são uma ameaça a sua integridade. Na cidade de Ribeirão preto ( SP ), já foram identificados indícios de contaminações do solo pelo uso indiscriminado de fertilizantes de agrotóxicos na agricultura, tornando evidente o risco de comprometimento das águas do reservatório. A Embrapa identificou cinco áreas de risco potencial de contaminação do aqüífero. Em área de afloramento do Aqüífero Guarani, revelaram a presença de agrotóxicos como tebutiuron, hexazinone e ametrina em níveis crescentes de um ano para o outro na água subterrânea.
    70. 87. Imagem:
    71. 88. Comentário:     Estudos têm revelado que as águas do aqüífero Guarani ainda estão livres de contaminação. Contudo, a região onde este está localizado é caracterizada por intensa atividade agropecuária, todas com uso intensivo de venenos (agrotóxicos e fertilizantes ) . Devido a este fato, esse grande manancial de água doce corre risco de ser contaminado, comprometendo assim a sua integridade. Já foram identificadas algumas áreas onde há risco de contaminação das águas do reservatório. É importante lembrar que os aqüíferos representam uma alternativa potencial à escassez de água, e a contaminação deste pode ser até mesmo irreversível, agravando problemas para as futuras gerações.
    72. 89. FRASE 32 <ul><li>O processo de crescimento econômico mundial das últimas décadas se sustenta no desmatamento das florestas, extinção de espécies e poluição das águas foi acompanhado pela degradação do meio ambiente e pelo uso excessivo de recursos naturais. </li></ul>
    73. 90. IMAGEM
    74. 91. CONCLUSÃO <ul><li>Se as atuais tendências de crescimento da população mundial – industrialização, produção de alimentos, poluição e diminuição de recursos naturais continuarem, os limites de crescimento no planeta serão alcançados dentre dos próximos anos e resultarão em declínio súbito e incontrolável da capacidade industrial. </li></ul>
    75. 92. Frase 33 O município de Cachoeiro de Itapemirim é considerado um pólo econômico do sul do Espírito Santo. E um dos fatores que tornaram o município um pólo econômico, é a extração do mármore e do granito. Porém, se essa extração for feita de forma errada, ela pode causar erosão no solo da cidade.
    76. 94. Comentário: <ul><li>Sabemos que a principal atividade econômica de Cachoeiro de Itapemirim é a extração e exportação de rochas ornamentais. </li></ul><ul><li>Essa atividade traz grande renda para o município, mas ela também pode trazer impactos ambientais como a erosão e a poluição das águas. A erosão é causada pela retirada de rochas de locais indevidos. A poluição das águas é causada pela lama abrasiva, substancia usada no polimento das rochas. </li></ul><ul><li>Logo, o povo cachoeirense tem que ter consciência de suas ações em relação ao meio ambiente, pois de nada adianta uma boa economia, sem uma cidade saudável para se viver. </li></ul>
    77. 95. Frase 34 O Brasil possui um substrato geológico muito antigo devido as eras passadas pois com os resíduos de árvores e plantas ou até mesmo de rochas apresentando assim uma grande diversidade de recursos minerais importando principalmente cobre, enxofre e mercúrio. Encontrados em diversos lugares do país a retirada desses minerais que influenciam bastante no desenvolvimento do país, mesmo que eles não sejam tão valorizados por nós brasileiros. Além dos recursos minerais podem ser encontrados também recursos naturais como o petróleo, onde o seu consumo é muito grande em diversas produções no mercado de consumo.
    78. 96. Imagem
    79. 97. Comentário: <ul><li>O Brasil como já foi dito, apresenta ricos recursos minerais que se destacam no desenvolvimento do país. Todo o petróleo que apesar de ser um recurso natural que é extraído é consumido na maior parte para produção de materiais de borracha e combustíveis por exemplo. Recentemente o Brasil conquistou sua auto-suficiência no petróleo ou seja, produz internamente todo o petróleo que consome. Com esse consumo e extração o país que pode ser considerado em desenvolvimento, pois consequentemente pode ser exportado e vendido para os outros países, como por exemplo o manganês para fabricação de aços, e entre outros, ocorrendo assim pelo menos um aumento na economia do país. Um exemplo disso é a exploração mineral do Quadrilátero Ferrífero ou Central encontrado em Minas Gerais, sendo retirado ferro, manganês e bauxita. Alguns lugares do Brasil podem ser encontrados esses recursos : </li></ul><ul><ul><li>Serra do Navio – produção de manganês, (atualmente escassa) voltada para o mercado externo; construção da estrada de ferro Amapá pela ICOMI. </li></ul></ul><ul><ul><li>Carajás – entre os rios Tocantins e Xingu; maior reserva de ferro do mundo; hidroelétrica de Tucuruí no rio Tocantins; estrada de ferro Carajás; construção e ampliação dos portos de Ponta da Madeira e Itaqui em são Luiz (MA). </li></ul></ul><ul><ul><li>Vale do Rio Trombetas – em Oriximiná (PA), produção de bauxita. Projetos Albrás e Alumar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Serra Pelada – no vale do rio Tapajós (PA); ouro. </li></ul></ul>
    80. 98. Frase 35 <ul><li>O Brasil é o terceiro produtor mundial de bauxita , e isso pode gerar implicações para o desenvolvimento do país, tais como: A geração de empregos na área de mineração e ao longo da cadeia produtiva. O desenvolvimento de infra-estrutura, principalmente na região amazônica, possibilitaria o desenvolvimento de outros depósitos de bauxita atraindo multinacionais e acarretando no desenvolvimento da industria mineral, proporcionando o desenvolvimento da indústria brasileira de alumínio no cenário mundial e o aumento PIB do país, gerando riqueza e poupança interna. </li></ul>
    81. 99. Imagem Vista aérea da extração de bauxita no meio da Amazônia
    82. 100. Comentário <ul><li>Conforme apresentado na frase 35, é explicito que o fato do Brasil ser o terceiro produtor mundial de bauxita, implicaria num grande favorecimento no desenvolvimento do país, transformando em parte o caráter econômico do Brasil devido as grandes possibilidades de melhor infra- estrutura, empregos e desenvolvimento da econômia perante ao cenário mundial. </li></ul>
    83. 101. FRASE 42 <ul><li>Elabore uma análise sobre a oferta de energia renovável do Brasil, comparando-a com outros países. </li></ul>
    84. 103. COMENTÁRIO As energias renováveis no Brasil representam mais de 85,4% da energia produzida internamente e utilizada no Brasil. Já as ofertas de energias renováveis produzidas globalmente representam menos que 20%, pois o Brasil trabalha pouco com as energias não renováveis, como a energia do gás natural, derivada do petróleo, carvão mineral e a energia nuclear.
    85. 104. Frase 43 Após a descoberta do petróleo nas camadas de rochas localizadas abaixo das camadas de sal que se estende desde o estado do Espírito Santo até Santa Catarina. Estima-se que a camada do pré-sal contenha o equivalente a cerca de 1,6 trilhão de metros cúbicos de gás e óleo. O número supera em mais de cinco vezes as reservas atuais do país. Com essa exploração o Brasil pode atingir um status de potência petrolífera e econômica e ainda tornar o nosso país uma das maiores potências do aquecimento global.
    86. 105. Imagem
    87. 106. Comentário <ul><li>A camada pré-sal é um gigantesco reservatório de petróleo e gás natural, localizado nas Bacias de Santos, Campos e Espírito Santo (região litorânea entre os estados de Santa Catarina e o Espírito Santo). Estas reservas estão localizadas abaixo da camada de sal (que podem ter até 2 km de espessura). Portanto, se localizam de 5 a 7 mil metros abaixo do nível do mar. Os técnicos da Petrobras ainda não conseguiram estimar a quantidade total de petróleo e gás natural contidos na camada pré-sal. Em setembro de 2008, a Petrobras começou a explorar petróleo da camada pré-sal em quantidade reduzida.   </li></ul><ul><li>Se forem confirmadas as estimativas da quantidade de petróleo da camada pré-sal brasileira, o Brasil poderá se transformar, futuramente, num dos maiores produtores e exportadores de petróleo e derivados do mundo. Porém, os investimentos deverão ser altíssimos, pois, em função da profundidade das reservas, a tecnologia aplicada deverá ser de alto custo. Acredita-se que, somente por volta de 2016,  estas reservas estejam sendo exploradas em larga escala. Os recursos obtidos pela União com a renda do petróleo serão destinados ao Novo Fundo Social (NFS), que realizará investimentos no Brasil e no exterior. Os impactos ambientais potenciais da indústria petrolífera são variados, sendo os mais conhecidos da população aqueles associados aos vazamentos nos petroleiros e terminais de petróleo, que provocam a contaminação e degradação ambiental de mares e praias. Além disso, ocorre a poluição por meio do uso dos derivados do petróleo e gás natural, como o consumo no setor de transportes que corresponde por quase 90%. </li></ul><ul><li>Portanto, a exploração do Pré-sal é hoje nossa esperança para o desenvolvimento do Brasil, basta que o governo faça de forma correta para não nos arrependermos depois. </li></ul>
    88. 107. FRASE 44 <ul><li>O Brasil, no ano de 2001, passou por uma crise de energia elétrica, o que gerou o chamado “ apagão ” e, até o ano de 2003, o país não tinha jazidas de gás natural necessárias para suas necessidades. Foi no mesmo ano que descobriram o megapoço natural em Santos (SP), mas essa bacia não duraria por muito tempo. O gás natural boliviano foi visto como a solução de médio prazo. Foi assim que surgiu a construção do gasoduto Bolívia –Brasil (Gasbol). </li></ul>
    89. 109. Comentário: <ul><li>A crise do Brasil vem ocorrendo há anos, desde que o país fez um acordo com a Bolívia em 1996 chamado “O Tratado de La Paz”, cuidando do fornecimento de energia elétrica. No ano de 1994 já se observavam os riscos que acabaram resultando na crise de energia elétrica que o Brasil passou em 2001, o chamado “apagão”, que aterrorizou o país. Mas no Brasil, até 2003, não havia jazidas suficientes, mesmo com a descoberta da bacia de Santos feita pela Petrobrás (que só será aproveitada em 2012 e 2013, depois que houver maturação da bacia), a mesma duraria por pouco tempo. Foi então que o Brasil fez a construção do gasoduto Bolívia – Brasil (Gasbol). O gás foi usado na movimentação de carros de passeio, táxis e outros. Mas essa construção aumentou a oferta de energia e gerou desperdício por transformar gás em energia para o uso de aparelhos de aquecimento. Hoje em dia as indústrias poderiam usar esse gás para o aquecimento de caldeiras e produtos. </li></ul>
    90. 110. Frase 45 O Brasil possui um amplo programa de Energia Nuclear para fins pacíficos, hoje o país utiliza fontes de urânio dispostas em inúmeras jazidas encontradas por todo o território nacional. Este investimentos estão baseados em si dentro do financiamento, nas áreas de saúde, indústrias e pesquisas! Embora a produção de energia nuclear dentro do país, não seja grandiosa como outras nações o Brasil cresce neste ramo progressivamente, porém as faltas nacionais implicam no atraso desta evolução. Um exemplo disto é a contínua paralisação da usina nuclear Angra 1, que foi apelidada de vagalume, será que isto colabora para o aspecto evolutivo nacional? Deixemos esta resposta com o governo, e vejamos o que deles provém.
    91. 112. Comentário Com base nos dados apresentados, podemos observar que apesar do grande avanço nacional na indústria nuclear este bem não é em si tão bem aproveitado, e de grande interesse por parte de muitos, mas ainda sim o Brasil caminha de modo significativo rumo a modernização na produção deste ramo, necessitamos de saber aproveitar estas oportunidades e usufruir dela de maneira coerente e com fins benéficos. Estes fins Serão muito bem aproveitados e irão gerar desenvolvimento se bem explorados e financiados forem.
    92. 113. Questão 46 No Brasil,o carvão mineral é encontrado principalmente na região sul do país,contendo uma grande quantidade de carvão do tipo hulha,que é o penúltimo tipo de carvão entre os quatro existentes,e é considerado um tipo de qualidade baixa.
    93. 115. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>O carvão mineral é encontrado no Brasil principalmente no sul do país,onde pode-se destacar as cidades de Criciúma,Uruçanga e Lauro Muller em Santa Catarina,que é onde existe a maior concentração desse hidrocarboneto,que é originado de florestas recobertas por sedimentos,no tempo geológico. </li></ul><ul><li>Existem quatro tipos de carvão mineral,são esses:Turfa,Linhito,Hulha e o Antracito.O que é encontrado no Brasil,é o do tipo hulha,que é considerado de baixa qualidade,por conter alto teor de impurezas. </li></ul>
    94. 119. FRASE 48 A usina hidrelétrica de belo montes projetada a ser construída no Rio Xingu no estado do Pará. Ela poderá ser a maior usina hidrelétrica inteiramente brasileira.
    95. 120. Imagem
    96. 121. Comentário <ul><li>A previsão é que, quando concluída, a usina será a terceira maior hidrelétrica do mundo, atrás apenas de a chinesa Três Gargantas e da binacional Itaipu. Seu custo é estimado hoje em R$ 19 bilhões. A energia assegurada pela usina terá a capacidade de abastecimento de uma região de 26 milhões de habitantes.O movimento contrário à obra, encabeçado por ambientalistas e acadêmicos, defende que a construção da hidrelétrica irá provocar a alteração do regime de escoamento do rio, com redução do fluxo de água, afetando a flora e fauna locais e introduzindo diversos impactos socioeconômicos. </li></ul>
    97. 122. Frase 49 Inaugurada no final da década de 1980 a usina de Balbina é citada como um erro histórico por cientistas e gestores pela baixa geração em relação à área alagada, e pelas consequências disso. Ela é apontada como problemática também no que diz respeito à emissão de gases de efeito estufa, considerados causadores do aquecimento global. Com um lago de 2.360 quilômetros quadrados, o potencial energético da usina é de 250 megawatts. A liberação de dióxido de carbono e metano é superior à de uma usina térmica de mesmo potencial energético. O índice de emissão de Balbina é dez vezes maior que o de uma termelétrica a carvão. Ela emite 3 toneladas de carbono por megawatt-hora!
    98. 124. Comentário Desde o início desse projeto, muitos cientistas reclamaram, mostrando os erros, mas foram ignorados pelo governo. Quando a usina entrou em funcionamento, em 1988, até mesmo o governo reconheceu que ela é uma verdadeira tragédia econômica, ecológica e social. Afinal, o custo da energia que produz é altíssimo. Ela também destruiu uma área enorme de floresta e prejudicou os habitantes da região.
    99. 125. FRASE 50 Devido a localização tropical do Brasil temos um grande nível de radiação solar o que ajudaria em muito a utilização de energia solar, no entanto, no momento não há vontade política nem grandes vantagens econômicas, lembrando que a nossa principal matriz energética que são as hidroelétricas também é uma matriz limpa ( não polui, igualmente a energia solar ).
    100. 126. Sistema de Captação da Energia Solar
    101. 127. <ul><li>COMENTÁRIO </li></ul><ul><li>A energia solar não é utilizada por muitas casas </li></ul><ul><li>e industrias no Brasil, devido ao alto custo de </li></ul><ul><li>implantação, pois as placas fotovoltaicas, </li></ul><ul><li>necessárias para captação da energia do sol são </li></ul><ul><li>muito caras. </li></ul><ul><li>Outro fator que impede a utilização desse </li></ul><ul><li>recurso em residências, é o fato da dificuldade </li></ul><ul><li>de implantação em prédios, uma vez que, os </li></ul><ul><li>andares de baixo, teriam que quebrar paredes </li></ul><ul><li>de todos os apartamentos acima, para passar a </li></ul><ul><li>tubulação. </li></ul>
    102. 128. FRASE 51 <ul><li>A expansão dos Agrocombustíveis traz investimentos e desenvolvimento ao Brasil, porém, junto com o desenvolvimento, vem também sérios problemas em relação a agropecuária e a indústria alimentícia do país. </li></ul>
    103. 129. IMAGEM ILUSTRATIVA <ul><li>A imagem ilustra a expansão da produção dos agrocombustíveis tomando o espaço da agricultura e da pecuária. </li></ul>
    104. 130. Comentário: <ul><li>O aumento da produção dos agrocombustíveis no Brasil vem trazendo problemas para a agricultura e a pecuária, que vem perdendo o seu espaço tanto em terras quanto em produção para os agrocombustíveis. Os fazendeiros estão vendendo suas terras para as novas indústrias e deixando de produzir alimentos e gado, o que prejudica até a economia do país. </li></ul>
    105. 131. Frase 52 Os Necrocombustíveis são fonte de energia para motores de carro, ou seja, a um plantio de cana-de-açúcar para a produção do etano, soja, girassol e entre outros para produção do biodiesel, o qual essa fonte de energia vem sendo muito utilizada pelo baixo custo, porém sempre tem o lado ruim desta cultura alem de trazer capital através do combustível também traz prejuízo como, por exemplo, reduz a produção de alimentos, e expansão do latifúndio, ocorre a degradação da flora, fauna, solos e água entre outras.
    106. 132. Imagem
    107. 133. Comentário sobre o Tema <ul><li>O Brasil sempre acha um jeito novo de se expandir e crescer economicamente é com se “Deus fosse brasileiro”, temos umas intensas reservas de petróleo, achamos uma camada enorme de Pré-Sal, uma das maiores hidrelétricas do mundo, e temos os Bicombustíveis, porém sempre tem algo que traz um probleminha que se torna um problemão, que o caso dos Bicombustíveis que podem ser chamados também de Necrocombustíveis o qual prejudica o meio ambiente, a cultivação de alimentos através do milho, soja e outros que são prejudicados por essa cultura que também trás benefícios até por que não polui o ar atmosférico como o petróleo. </li></ul>
    108. 134. FRASE 53   Gasolina ou álcool, qual dos dois combustíveis é mais vantajoso? Tanto gasolina quanto álcool possuem suas vantagens e desvantagens. A gasolina, um combustível fóssil produzida a partir do petróleo, ocasiona um melhor desempenho do motor. Mas, por se tratar de um combustível fóssil, a queima da gasolina provoca a emissão de gases poluentes, responsáveis pelo efeito estufa e aquecimento global. Já o uso do álcool, apesar de gerar um consumo maior, garante dois benefícios que o mundo busca hoje. O primeiro é ter um combustível renovável. O segundo é a redução da emissão de dióxido de carbono na atmosfera, que está causando mudanças climáticas terríveis. Portanto, a idéia de o álcool substituir a gasolina tem sido estudada e abraçada cada vez mais por diversos países, porque ela é real. A consciência ecológica é inseparável da consciência social, como a luta pela proteção da natureza é inseparável da luta pela realização da condição humana. É dessa consciência que depende tanto a realização da condição humana quanto a sobrevivência de outras espécies.
    109. 135. IMAGEM ILUSTRATIVA
    110. 136. COMENTÁRIO SOBRE O TEMA A substituição da gasolina pelo álcool combustível apresenta vantagens e desvantagens que precisam ser analisadas. A gasolina, um dos combustíveis mais usados no mundo, possui as seguintes vantagens: Pode ser encontrada facilmente nos postos de abastecimento; Garante bom rendimento do motor mesmo nos dias frios e pelo maior poder calorífico que o álcool torna os motores mais econômicos. Enquanto suas desvantagens são: Atualmente, é o combustível mais caro encontrado nos postos de abastecimento; Dissolve parte da película lubrificante de óleo do interior dos cilindros; Pela alta taxa de enxofre, facilita a formação de ácido sulfúrico dentro do motor, o que provoca desgastes das peças internas e em comparação com o álcool, é o combustível que gera maior emissão de poluentes, causando sérios problemas ambientais. Já o álcool é uma das alternativas mais usadas para a gasolina. O combustível é feito, principalmente, da cana-de-açúcar, fonte renovável e muito produzida pelo Brasil. Dentre suas inúmeras vantagens, pode-se destacar: Abastecer com álcool sai mais barato do que com gasolina; Sua origem é biológica e renovável. Diferentemente dos combustíveis derivados do petróleo, sua fonte não é extraída da natureza e sim plantada; Há Menor dependência de combustíveis fósseis; Menor emissão de poluentes, já que grande parte dos poluentes resultantes da queima do combustível no motor são re-absorvidos no ciclo de crescimento da cana de açúcar, e os resíduos das usinas são totalmente reaproveitados na lavoura e na indústria e maior geração de empregos, sobretudo no campo, diminuindo a evasão rural e o &quot;inchamento&quot; das grandes cidades. E,as desvantagens se resumem em: Ficar atento ao nível do reservatório de partida a frio; Tem maior poder corrosivo que a gasolina; Pelo menor poder calorífico, gera um consumo maior e com o crescimento da produção do álcool, as áreas de cultivo da cana podem tomar outros espaços ainda preservados, derrubando florestas. Dessa forma, percebe-se que o álcool é mais vantajoso do que a gasolina, principalmente, no que diz respeito à preservação do meio ambiente e da própria vida humana.
    111. 137. Frase 54 A utilização da energia por parte da humanidade tornou-se indispensável. Devido ao grande uso deste recurso, novas alternativas energéticas estão surgindo para serem usadas e permitirem resultados similares aos das já utilizadas. Podem ser citadas como fontes renováveis: a Energia Solar, Energia Eólica - dos ventos -, Energia Hidráulica - dos rios -, Biomassa - matéria orgânica -,Geotérmica - calor interno da Terra- , e Maremotriz - das ondas de mares e oceanos. O uso de tais fontes energéticas implica em fazer, com elas, a substituição das demais energias utilizadas.
    112. 139. Comentário <ul><li>Tornou-se necessária a substituição das energias não renováveis pelas energias renováveis decorrente do uso desregrado deste recurso. Novas alternativas que não interferem de maneira muito degradante para o meio ambiente estão sedo buscadas para que surjam fontes mais “limpas”,porém com a mesma eficiência das atuais matrizes energéticas. </li></ul><ul><li>A Energia Hidráulica é umas das fontes de maior uso renovável de energia. Assim como ela, a Energia Eólica- obtida pela ação do vento-e a Energia Solar- obtida pela luz do Sol- são as fontes mais propícias para a garantir a substituição das energias não renováveis pelas energias renováveis, ou pelo menos uma parte delas. </li></ul><ul><li>Diferentemente das demais energias, as energias renováveis ocasionam um pequeno impacto ao meio ambiente. Tendo em vista esse fato, podemos concluir que elas são excelentes alternativas ao sistema energético tradicional, principalmente no que diz respeito a valorização ambiental. </li></ul>

    ×