Hamas, PKK, Hesbollah Terrorismo e Guerrilhas
O Hamas
O Hamas (Movimento de Resistência Islâmica) é uma organização paramilitar e partido político sunita palestino que mantém a...
Hamas, grupo terrorista, situa-se na Palestina
Em três anos, o Hamas lançou 3000 foguetes contra Israel e tem como objetivo riscar o país judeu do mapa. O Hamas surgiu e...
Ações do Hamas, como, disparar foguetes contra crianças dormindo ou explodir bombas em ônibus com mulheres idosas.
PKK
O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), grupo clandestino formado por militantes armados, iniciou uma luta armada ...
 
O PKK tem por objetivo a criação de um estado curdo independente socialista no território que alega como Curdistão, uma ár...
Soldados turcos no 2° dia de ataque, que matou 35 soldados do PKK
Hesbollah
Hes bollah "partido de Deus" é uma organização política e paramilitar islâmica xiita sediada no Líbano.  Para el...
 
<ul><ul><li>O Hezbollah  responsável por diversos serviços sociais, além de operar escolas, hospitais e serviços agricultu...
Mortes de civis israelenses, devido aos ataques do Hezbollah assim como lançamento deliberado de milhares de foguetes; des...
<ul><li>Grupo:  Raysa, Fernanda Vilela, Betina, Rafaella, Nilo e  Joana </li></ul><ul><li>Série:  2º MB </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

2º Mb Grupo 03

964

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
964
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2º Mb Grupo 03

  1. 1. Hamas, PKK, Hesbollah Terrorismo e Guerrilhas
  2. 2. O Hamas
  3. 3. O Hamas (Movimento de Resistência Islâmica) é uma organização paramilitar e partido político sunita palestino que mantém a maioria dos assentos no conselho legislativo da Autoridade Nacional Palestina. Após a Segunda Guerra Mundial, a maioria dos judeus foram reunidos em Israel, medida tomada pela ONU. Porém, para isso ela expulsou da terra todos os que não eram judeus, ou seja, árabes, mulçumanos e outros, para o estado da Palestina. Mas, alguns judeus não satisfeitos com a divisão, suas conseqüência e também por que a cidade de Jerusalém ficou do lado Palestino, guerrearam e anexaram ao território de Israel, Jerusalém e a metade do território palestino. Por meio de guerra e pela ONU, foram devolvidos alguns territórios. Mas o Hamas, que é uma seqüência dos primeiros grupos terroristas separatistas da região, quer tudo de volta, à força. O Hamas descreve seu conflito com Israel como político e não religioso ou antissemita. Entretanto, sua carta fundamental, escritos e muitas de suas declarações públicas refletem a influência de teorias conspiratórias antissemitas.
  4. 4. Hamas, grupo terrorista, situa-se na Palestina
  5. 5. Em três anos, o Hamas lançou 3000 foguetes contra Israel e tem como objetivo riscar o país judeu do mapa. O Hamas surgiu em 1987, notório pelos seus ataques suicidas e outros ataques sobre civis e as forças armadas israelenses, o Hamas também mantém extensivos programas sociais e ganhou popularidade na sociedade palestina ao estabelecer hospitais, escolas, bibliotecas e outros serviços através da Cisjordânia e Faixa de Gaza. A Carta Fundamental do Hamas exorta à recaptura do Estado de Israel e sua substituição pela República Islâmica Palestina na área que hoje é conhecida internacionalmente como Israel, a Cisjordânia e a Faixa de Gaza. Comanda a Palestina desde que venceu as eleições parlamentares de 2006. No poder, o grupo ignorou todos os tratados de paz que vinham sendo realizados desde 2000, esmagou belicamente a oposição e aderiu à luta armada. Em 2 de Janeiro de 2009 - O Hamas informou que Nizar Rayyan, importante líder político do grupo, foi morto em ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza. Milhares de palestinos se manifestam na Cisjordânia e em Jerusalém, onde os confrontos opõem manifestantes às forças da ordem israelenses. Em 3 janeiro: Israel lança uma ofensiva terrestre contra o Hamas na Faixa de Gaza para pôr fim aos lançamentos de foguetes. No dia 4 de janeiro, &quot;mais de 510 palestinos morreram, entre eles 87 crianças, e o de feridos soma mais de 2.450.
  6. 6. Ações do Hamas, como, disparar foguetes contra crianças dormindo ou explodir bombas em ônibus com mulheres idosas.
  7. 7. PKK
  8. 8. O Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), grupo clandestino formado por militantes armados, iniciou uma luta armada na Turquia há 23 anos. A ideologia do PKK é o marxismo e o nacionalismo curdo. Criado em 1978, o PKK reivindica a criação de um Estado curdo independente no sudeste da Anatólia, a península onde fica a porção asiática da Turquia. Desde seu primeiro ataque em 15 de agosto de 1983, a violência relacionada ao conflito causou mais de 37 mil mortes. Curiosidades: A força do PKK é de uns 10.000 a 15.000 membros dedicados exclusivamente à guerrilha, 5.000 a 6.000 dos quais estão na Turquia; 60.000 a 75.000 militantes que se dedicam parcialmente à guerrilha; e centenas de simpatizantes na Turquia e Europa. Atua na Turquia e Europa Ocidental.
  9. 10. O PKK tem por objetivo a criação de um estado curdo independente socialista no território que alega como Curdistão, uma área que compreende partes do sudeste da Turquia, nordeste do Iraque, nordeste da Síria e noroeste do Irã e é contra qualquer mudança do tamanho do território alegado como Curdistão. O partido é uma organização secessionista que utiliza da força e ameaça de força tanto contra civis quanto militares afim de alcançar seu objetivo político. A luta do PKK em favor da independência da região curda na Turquia se transformou em exigências por autonomia no seio de um sistema federal, por uma anistia para os rebeldes que garanta sua participação na vida política e pela libertação de seu líder, Abdullah Ocalan, preso em uma ilha do noroeste do país. Em 01 de junho de 2009- O grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) anunciou que ampliará seu cessar-fogo unilateral até o dia 15 de julho para favorecer o ambiente de solução do conflito curdo pelo diálogo, informou a agência pró-curda &quot;Firat&quot;, que cita a cúpula da organização. Em recente entrevista publicada pelo jornal turco &quot;Milliyet&quot;, o líder do PKK, Murat Karayilan, afirmou que seu objetivo já não é a formação de um país curdo independente, o Curdistão, mas sim o respeito dos direitos culturais e étnicos dos curdos.
  10. 11. Soldados turcos no 2° dia de ataque, que matou 35 soldados do PKK
  11. 12. Hesbollah
  12. 13. Hes bollah &quot;partido de Deus&quot; é uma organização política e paramilitar islâmica xiita sediada no Líbano. Para eles os EUA e Israel são os opressores, enquanto xiitas libaneses e palestinos são os oprimidos. O hesbolllah , surgiu quando da invasão Israelense no Líbano , na década de 70 , por motivos semelhantes ao atuais, só que a época Israel combatia outros grupos terroristas.  Ao desocupar o Líbano , após um acordo patrocinado pela ONU , Israel manteve o controle sobre uma pequena parte do sul do país , como medida de segurança , ocasião em que se estruturou o hesbollah , com o intuito de expulsar o Exército de Israel da região . O Hizbollah surgiu inicialmente como uma milícia, em resposta à invasão israelense do Líbano de 1982, também conhecida como Operação Paz para a Galileia, e continuou a resistir contra a ocupação israelense do Líbano por toda a Guerra Civil Libanesa. Seus líderes se inspiraram nas ideias do aiatolá Khomeini, e suas forças foram treinadas e organizadas por um contingente da Guarda Revolucionária Iraniana .
  13. 15. <ul><ul><li>O Hezbollah responsável por diversos serviços sociais, além de operar escolas, hospitais e serviços agriculturas para milhares de xiitas libaneses, possui três metas principais como &quot;colocar um fim a qualquer entidade colonialista&quot; no Líbano, levar os Falangistas à justiça &quot;pelos crimes que perpetraram&quot;, e estabelecer um regime islâmico no país; lutam para que Israel desocupe o Líbano e, mesmo depois, para defender os palestinos. Excelentes estrategistas de marketing, não usam uniforme militar de forma que, quando morre um deles, gritam para o mundo que Israel matou um civil. Porém é considerado, uma organização terroristas por países como EUA, e Reino Unido que instalou forças armadas para combater essa organização. Apesar de ganharem um território dado por Israel em data recente, continuaram a enviar &quot;homens-bomba&quot; que se explodem no meio da população civil, matando consigo dezenas de pessoas. </li></ul></ul><ul><li>-Em 05 de junho de 2009 O deputado do movimento xiita libanês Hezbollah Nawar el-Sahali qualificou hoje como &quot;teórico&quot; e alheio à realidade regional a mensagem ao mundo muçulmano do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, feita no Cairo. </li></ul><ul><li>-Em 14 de março de 2009 o Egito divulgou na segunda-feira novos detalhes sobre o que disse ser um plano do Hezbollah para contrabandear armas para a Faixa de Gaza, atacar pontos turísticos na península do Sinai e disparar contra navios no Canal de Suez. As autoridades disseram que a polícia procura por 10 suspeitos libaneses que se esconderam na região montanhosa do Sinai central. </li></ul>
  14. 16. Mortes de civis israelenses, devido aos ataques do Hezbollah assim como lançamento deliberado de milhares de foguetes; destruição de Israel;
  15. 17. <ul><li>Grupo: Raysa, Fernanda Vilela, Betina, Rafaella, Nilo e Joana </li></ul><ul><li>Série: 2º MB </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×