• Save
População brasileira e mundial professor edu 2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

População brasileira e mundial professor edu 2012

on

  • 6,362 views

Aula sobre população mundial e brasileira. Professor Edu Gonzaga

Aula sobre população mundial e brasileira. Professor Edu Gonzaga

Statistics

Views

Total Views
6,362
Views on SlideShare
6,361
Embed Views
1

Actions

Likes
2
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1

https://twitter.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

População brasileira e mundial professor edu 2012 População brasileira e mundial professor edu 2012 Presentation Transcript

  • População Edu Gonzaga
  • Crescimento populacional mundial
  • Crescimento populacional mundialPrimeiro Bilhão (1800)número de anos para adicionar cada novo bilhão Segundo 123 (1923) Terceiro 33 (1956) Quarto 15 (1971) Quinto 12 (1983) Sexto 12 (1995) Sétimo 16 (2011) Oitavo 17 (2028) Nono 26 (2054)Fonte: ONU – Bureau de referencias populacionais
  • Teorias demográficas1 - Teoria Malthusiana - 17982 - Teoria Neomalthusiana oualarmista - 2ª G.M.3 - Teoria Marxista oureformista - 2ª G.M.
  • Transição demográfica Expansão populacional Envelhecimento I Equilíbrio primitivo Emergentes II África África Europa subsaariana setentrional 1ª fase 2ª fase 3ª fase↑ TN ↑ TM ↑ TN ↓ TM ↓ TN ↓ TM ↓ CV ↑ CV ↓ CV
  • Transição demográficaModelo do demógrafo americano Warren Thompson de 1929
  • Cruz Russa
  • Transição demográficaPaíses desenvolvidos
  • Transição demográfica - Países subdesenvolvidos
  • Distribuição geográfica da população 344,4 9 4,1 BI 141,9 10 761,3 1 127,4 3 6 310,3 1,35 BI 162,5 7 7 2 154,1 148,1 1,14 BI 569,1 ± 1 BI 4 5 237,3 190,7
  • Brasil distribuição da população 190 732 694(Censo 2010)DD BRASIL =22,4 hab./Km2
  • Estrutura da população  Setorial / Profissional / Econômica  Social  Etária / Sexual Importante para o planejamento,condução, perspectivas e destinos da nação.
  • Estrutura profissional em países subdesenvolvidos/emergentes Estrutura profissional em países desenvolvidos
  • Pirâmide etária
  • Pirâmide etária Tipos clássicos
  • Média mundial 67,2 - H 65,0 - M 69,5 75,3 81,1 72,1 75,4 77,7 84,2 73,1 78,8Fonte: Atlas 2000 – La France et le monde. Paris, Nathan, 1998 – Dados de esperança de vida - 2008 – fonte: www.indexmundi.com, acessado em 12/11/2008
  • 76,5 anos 82,1 anos 1ª GM Incentivo do Nazismo 2ª GM Baby boom Redução natural da natalidadeMédia mundial 67,2 - H 65,0 - M 69,5
  • Média mundial 67,2 - H 65,0 - M 69,5 1980 62,8 1991 66,0 2000 68,6 59,6 66 62,6 69,8 64,9 72,7 Pop. total Pop. total Pop. total 119.002.706 157.070.163 169.799.170Fonte: Anuário estatístico do Brasil - IBGE
  • 73,48 anos 73 anos, 5 meses e 24 dias Pirâmide etária do Brasil - 2010 Com a maior parte da população em idade ativa, o Brasil ganha rara oportunidade de acelerar o desenvolvimento econômico = 69,73 anos 77,32 anos JANELA DE OPORTUNIDADE OU JANELA DEMOGRÁFICA Os jovens e adultos em idade ativa são hoje a maior parte da população brasileira. É o momento de dar um salto no desenvolvimento e preparar o país para o envelhecimento. A estrutura em forma de gota, com predominância de adultos jovens, representa um BÔNUS DEMOGRÁFICO para o país: maiorFonte: IBGE – Censo 2010 contingente para trabalho. Distrito Federal 75,7 anos - Alagoas 66,4 anos
  • Pirâmide Etária do Brasil – 2010
  • Proporção de crianças e de idosos dependentes, para cada grupo de 100 adultos UFMG 2008 59 31 28Fonte: Folha de S. Paulo, Sao Paulo, 22 jan. 2006. Caderno Dinheiro, p. B5. Adaptado.
  • Proporção de crianças e de idosos dependentes, para cada grupo de 100 adultos UFMG 2008 Janela demográfica brasileira 59 31 28Fonte: Folha de S. Paulo, Sao Paulo, 22 jan. 2006. Caderno Dinheiro, p. B5. Adaptado.
  • UFMG - 2004
  • Fonte: IBGE
  • Fonte: ONU
  • BrasilEstatísticas do Século XXInstituto Brasileiro de GeografiaEstatística (IBGE)
  • Taxa de Fecundidade Brasil – 1940/2010
  • Estrutura social Brasil
  • Índice de desenvolvimento humano - 2011
  • Fonte: ONU – PNUD
  • Embora existam causas religiosas, naturais, político- As migraçõesideológicas e guerras, predominam as causas econômicas.
  • Migrações externas•Sul-norte (Econômicas) (Conferência de Sevilha - Junho de 2002) •Políticas Refugiados REPATRIADO •Imigrante clandestino DEPORTADO
  • Crise ecológica / Guerra / Qualidade deUFMG Instabilidade política / Perseguição vida / Crise econômica2000 Deslocament o forçado Conflitos étnicos, religiosos e tribais Refugiados / Imigrantes legais / Imigrantes Exilados Trabalhadores legais ilegais Imigrantes legais / Imigrantes ilegais Trabalhadores legais
  • Migração decubanos(balseros)
  • Xenos, em grego, significaestrangeiro; e phobos, aversão.
  • Migração noEm linhas gerais, considera-se que as pessoas que entraram no Brasil até 1808, ano da chegada da Família Real, foram colonizadores. A partir de então, as que entraram no país foram considerados imigrantes.
  • Abertura dos portos às nações amigas 200 anos da chegada da Abolição da escravidão Família Real – 1808/2008 Europa – pós unificações EUA mais atraente ↑$ 1ª G.M. industriais mão-de-obra nas lavouras cafeeiras e nos Necessidade de centros urbano- Crise econômica mundial japonesa – 1908/2008100 anos da imigração 2ª G.M. Industrialização brasileira Regime militar Milagre econômico brasileiro
  • Brasil: Migrações internas 1940 -1970 1970 -1990 HojeA viagem dos A marcha A atração dospaus-de-arara para o oeste pólos regionais