Your SlideShare is downloading. ×
0
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Espaco industrial brasileiro 2011 prof edu gonzaga

2,659

Published on

Aula de industrialização brasileira. É uma pequena síntese da distribuição, das características e das perspectivas do processo industrial brasileira.

Aula de industrialização brasileira. É uma pequena síntese da distribuição, das características e das perspectivas do processo industrial brasileira.

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,659
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Espaço Industrial Brasileiro Professor Edu Gonzaga
  • 2. <ul><li>Crise de 1929 </li></ul><ul><li>Acarretou grandes dificuldades ao modelo econômico brasileiro agro-exportador </li></ul><ul><li>Até 1930 a industrialização brasileira foi marcada por indústrias tradicionais (alimentos e têxteis) </li></ul><ul><li>Com a crise uma parcela razoável do capital cafeeiro foi reinvestida em atividades urbanas fabris </li></ul>
  • 3. Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) <ul><li>Estimulou a industrialização brasileira, que precisou substituir os produtos importados e dinamizar a sua produção local </li></ul><ul><li>SUBSTITUIÇÃO DE IMPORTAÇÕES </li></ul>
  • 4. Vargas JK Regime Militar Democracia
  • 5. Fatores tradicionais de localização industrial <ul><li>Mão-de-obra farta e barata </li></ul><ul><li>Matéria-prima abundante </li></ul><ul><li>Meios de Transporte </li></ul><ul><li>Comunicação </li></ul><ul><li>Disponibilidade de energia </li></ul><ul><li>Mercado consumidor </li></ul><ul><li>Presença de outras indústrias </li></ul>GERA AGLOMERAÇÃO INDUSTRIAL
  • 6. Distribuição espacial da indústria
  • 7.  
  • 8. 496.519 180.478
  • 9. Distribuição Industrial <ul><li>Eixo Rio - São Paulo </li></ul><ul><ul><li>Diversificação e dinamismo – Deseconomia atual </li></ul></ul><ul><li>Zona Franca de Manaus </li></ul><ul><ul><li>Eletroeletrônica – indústrias maquiladoras (montadoras) </li></ul></ul><ul><li>Centro – Oeste </li></ul><ul><ul><li>Agroindústrias e novas expansões recentes - Hyundai </li></ul></ul><ul><li>Sul </li></ul><ul><ul><li>Novos pólos – Globalização - MERCOSUL </li></ul></ul><ul><li>Nordeste </li></ul><ul><ul><li>Expansão recente - Ford </li></ul></ul>
  • 10. Desconcentração industrial
  • 11. Atividade industrial da Região sudeste no contexto brasileiro
  • 12. Atividade industrial de São Paulo no conjunto do Sudeste
  • 13. Sudeste
  • 14. Minas Gerais: Exportações por região de planejamento - jan-dez 2007
  • 15. Distribuição Espacial da Indústria em Minas Gerais
  • 16. Eixos de expansão urbano-industrial
  • 17. O elevado custo de produção em São Paulo, devido aos elevados impostos e ao alto valor da terra, o que leva á dispersão espacial da indústria A excelente infra-estrutura, como por exemplo as ótimas condições das rodovias, também facilita o escoamento da produção industrial 1 É a principal ligação entre as maiores metrópoles do Brasil: São Paulo e Rio de Janeiro As indústrias que se multiplicaram ao longo do tempo, atraindo mão-de-obra e promovendo o crescimento da população urbana UFMG 2007
  • 18. Extrativa - Carvão Vinícola Automobilística Indústria têxtil Diversificada Sul CURITIBA Gêneros alimentícios, Mobiliário, Minerais não-metálicos, Madeira, Produtos químicos e farmacêuticos, Bebidas e artefatos de couros e peles
  • 19. Nordeste
  • 20. Processo industrial <ul><li>Obstáculos/problemas </li></ul><ul><ul><li>Questão ambiental – poluição do ar, sonora, água etc </li></ul></ul><ul><ul><li>Remessa de lucros para matrizes </li></ul></ul><ul><ul><li>Sindicalização do operário </li></ul></ul><ul><ul><li>Impostos (alta carga tributária) </li></ul></ul><ul><ul><li>Encarecimento da mão-de-obra </li></ul></ul><ul><ul><li>Encarecimento e falta de terrenos nas grandes cidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Mobilidade urbana (engarrafamentos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Violência urbana </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalhador mora longe = ↑ custos </li></ul></ul>GERA DESECONOMIA POR AGLOMERAÇÃO
  • 21. Novos Fatores Locacionais <ul><ul><li>O melhor local é aquele que proporciona o maior lucro </li></ul></ul><ul><ul><li>Mão-de-obra qualificada </li></ul></ul><ul><ul><li>Meios de transporte baratos e eficientes </li></ul></ul><ul><ul><li>Modernos sistemas de comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Renúncia fiscal (Incentivos fiscais) </li></ul></ul><ul><ul><li>Segurança pública </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualidade de vida </li></ul></ul>
  • 22. Industrialização Brasileira (Síntese) <ul><li>Modelo: substituição de importações </li></ul><ul><li>Indústria de base – Vargas ( CSN 41 , CVRD 41 , FNM 42 , BNDES 43 , CHESF 43 e PETROBRAS 54 ) </li></ul><ul><li>Indústria de bens de consumo – JK levou a Internacionalização da Economia - Multinacionais </li></ul><ul><li>Ditadura Militar – Milagre econômico (68 a 73) </li></ul><ul><li>Collor – Abertura às importações = Neoliberalismo , o capital internacional passa a controlar não apenas as indústrias, mas a própria economia do país (privatizações – CSN, EMBRATEL, CVRD, toda malha ferroviária e boa parte da rodoviária do país) </li></ul>
  • 23. Tendências atuais <ul><li>Formação de CLUSTERS - concentração de empresas concorrentes, o que aumenta a competitividade industrial em novos pólos industriais </li></ul><ul><li>Continuação da Internacionalização – maiores investimentos externos = ↑ real X ↓ dólar </li></ul><ul><li>Crescimento de multinacionais do Brasil – Embraer, Petrobrás </li></ul><ul><li>Expansão de TECNOPÓLOS : Campinas, São José dos Campos, Santa Rita do Sapucaí, São Carlos, Vale do software de Blumenau (Possui cerca de 500 empresas de software, mais que o número de padarias) </li></ul>

×