Your SlideShare is downloading. ×
Validação da análise telma mendonça
Validação da análise telma mendonça
Validação da análise telma mendonça
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Validação da análise telma mendonça

468

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
468
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Validação da Análiserealizada pela TelmaMendonça Daniela Santos 5 em Rede U. C. Metodologias de Investigação em Educação Docente: António Moreira Ano letivo de 2011/2012
  • 2. Universidade Aberta Daniela Santos Validação da análise feita por Telma Mendonça da entrevista realizadaDe acordo com o Tema 3: Análise de dados, e a terceira etapa onde nos foi proposto pelo docente AntónioMoreira arranjar um par para trocar as nossas entrevistas e validar a análise realizada anteriormente,apresento a minha validação, bem como algumas considerações sobre o tema em questão “Análise dedados”.Segundo Bardin, L. (1977), a análise de conteúdo visa: “Analisar as características de uma mensagem através da comparação destas mensagens para recetores distintos, ou em situações diferentes com os mesmos recetores; Analisar o contexto ou o significado de conceitos sociológicos e outros nas mensagens, bem como caracterizar a influência social das mesmas; Analisar as condições que induziram ou produziram a mensagem”.Tendo em conta estes pontos principais focados por Bardin, irei então fazer a apresentação da minhavalidação da entrevista.A colega com que fiz troca de entrevistas para fazer a minha análise, foi a colega Telma Mendonça e umavez que fazemos parte do mesmo grupo de trabalho na elaboração do Guião, seguimos as mesmasquestões nas entrevistas realizadas. Contudo, obtivemos resultados diferentes, tendo em conta asdiferenças dos nossos entrevistados, nomeadamente a faixa etária dos mesmos, bem como o nível deensino que também é diferente, pois enquanto um é professor do 1º ciclo do ensino básico, outro é doensino secundário, logo as respostas foram diferentes o que nos levou a preencher a matriz da análise deconteúdo de forma diferente, selecionando categorias, subcategorias, indicadores/unidades de registo eunidades de contexto, distintas.Irei indicar resumidamente quais os pontos em que me encontro em concordância com a colega e quais asalterações possíveis eu faria. Desta forma, de seguida apresento as minhas sugestões seguindo os temasque a Telma definiu aquando a sua análise de conteúdo-matriz.Para começar, quanto à Transcrição da Entrevista, fizemos de forma idêntica, pois eu optei por colocar asquestões com uma cor diferente das respostas da pessoa entrevistada, enquanto a colega salientou etambém muito bem as respostas com outra cor. Estando ambas as opções corretas no meu ponto de vista.Já na análise de conteúdo que cada uma efetuou, já fomos mais divergentes, pois eu considerei para temas,os mesmos que utilizei ao fazer divisão de questões no meu guião. Já a Telma optou por dividir de outraforma, considerando mais temas que os meus, mas que também concordo. Assim sendo, o primeiro temadefinido é igual nas duas matrizes, no entanto já as categorias bem como as subcategorias foram definidasde forma diferente, apesar que apresentamos ambas subcategorias muito semelhantes. 1- Identificação pessoal Neste tema eu considerei logo os dados da atividade profissional, assim como o nível de ensino e localidade, que refletindo melhor e fazendo a análise de outra entrevista, chego à conclusão que efetivamente não faz parte diretamente da identificação pessoal do entrevistado, pois num ano pode lecionar numa escola e no ano seguinte ser diferente e na identificação pessoal devem ser considerados dados que não se alteraram, por isso concordo com a escolha das categorias e subcategorias da Telma para este tema. Metodologias de Investigação em Educação 1
  • 3. Universidade Aberta Daniela Santos 2- Perfil profissional do entrevistado Aqui considerou uma categoria com o nome “Formação” na qual incluiu as habilitações académicas da pessoa entrevistada, enquanto eu considerei no tema “As TIC na prática docente”, mas escolhi este, apenas por uma questão do entrevistado ser licenciado na área de informática e ser professor também de informática, pois no caso da Telma concordo com a divisão dela, pois o perfil do entrevistado não se enquadra especificamente com as TIC. 3- Recursos TIC Este tema que a Telma definiu, eu considerei também num tema mais abrangente “As TIC na prática docente”. Pois considero que os recursos existentes na escola e que o docente utiliza, fazem parte das TIC como prática docente. 4- Redes Sociais A Telma dividiu este tema em cinco categorias, eu faria apenas a divisão por três categorias, pois integraria a “Influência no contexto educativo” e as “Vantagens e desvantagens” dentro da categoria “As redes sociais no contexto educativo” que foi definida pela Telma, assim como na minha análise enquadrei estes pontos apenas na categoria “Conhecer as expetativas e uso de redes sociais no ensino”, considerando apenas este como essencial.Nos indicadores/unidades de registo e unidades de contexto, seguimos os mesmos critérios, acrescentandoapenas eu na minha análise as próprias questões do guião, no ponto relativo às unidades de contexto, paraquem apenas visualizar a matriz, ter acesso também às questões efetuadas e poder fazer uma análise maisimediata.Salientei apenas as categorias que achei mais pertinentes, pois concordo com todas as restantes categoriase subcategorias que foram estabelecidas na análise efetuada pela Telma. Considerações FinaisNa análise feita por mim, considerei as categorias como se fossem objetivos a atingir com as respostas daentrevista.Verifiquei ainda que a colega fez uma excelente condução da entrevista, coagindo o seu entrevistado a darrespostas de forma mais completa, o que dessa forma permitiu obter dados mais conclusivos e abrir novospontos de reflexão. Pois o meu entrevistado limitava-se a dar respostas curtas e apenas tentava responderao essencial. E por outro lado, teve ainda como vantagem o entrevistado ter uma participação ativa emredes sociais, que não foi o meu caso.Termino com uma frase de Bardin, L. (1977), sobre a análise de conteúdo onde refere que “A análise deconteúdo se constitui num conjunto de instrumentos metodológicos que asseguram a objetividade,sistematização e influência aplicadas aos discursos diversos” e esta é mesmo a conclusão que obtive, nestecaso ao comparar apenas duas entrevistas, a minha e de outra colega. Referências BibliográficasBardin, L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70 Metodologias de Investigação em Educação 2

×