Your SlideShare is downloading. ×
0
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Reunião Pública 3T12
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Reunião Pública 3T12

372

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
372
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1
  • 2. Essa apresentação foi preparada pela Profarma S.A. (“Profarma” ou “Companhia”) pode conter declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscose incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração e informações a que a Companhia atualmente tem acesso.Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre nossas intenções, crenças ou expectativas atuais, assim como aquelas dos membros doConselho de Administração e Diretores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informaçõessobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita","poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro nãosão garantias de desempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstânciasque poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ousugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da capacidade de controleou previsão da Profarma. 2
  • 3. Profarma Overview 3
  • 4. Profarma | Institucional da Companhia Overview da Companhia o Desde 1961, a Profarma distribui produtos farmacêuticos, higiene pessoal e cosméticos para farmácias e hospitais no Brasil; o Única empresa de capital aberto no setor; o Profarma está entre as distribuidoras líderes no Brasil; o Market Share de 9,3% nas vendas de produtos farmacêuticos no terceiro trimestre de 2012 (IMS Health); o Distribui nos estados que representam aproximadamente 93,5% do mercado consumidor de produtos farmacêuticos no Brasil com doze Centros de Distribuição: RJ, MG, ES, SP (capital e interior), PR, BA, PE, CE, RS, GO e DF; o Cerca de 18,0 milhões de unidades vendidas por mês para 25.500 pontos de venda, num total de 65.000 pontos de venda no Brasil. Destaques operacionais Cobertura Geográfica Métricas Operacionais Fornecedores Parceiros 140 Itens oferecidos 9.500 Cidades atendidas / mês 2.550 Clientes 25.500 Veículos na distribuição 450 Centros de Distribuição 12 Pedidos por dia 16.500 Colaboradores 2.400 4
  • 5. Profarma | Principais Eventos Timeline Mercado CAGR (97-00) = 12% Mercado CAGR (04-11) = 13% Aquisição do CD da Dimper Aquisição Aquisição Aquisição Hospitais (RS) da Prodiet da ArpMed Minas da K+F Hospitais em SP Gerais São Paulo DF CE Espírito em RJ IPO GO Santo Bahia PE Paraná Vacinas 1996 1998 1999 2001 2003 2004 2005 2006 2007 2009 2011 2012 5
  • 6. Fundamentos Favoráveis do Setor 6
  • 7. Fundamentos Favoráveis do Setor | Mercado GlobalAs vendas do Segmento Farmacêutico Global atingiram $890bi em 2011, mantendo a taxa de crescimento Globalem torno de 4%. Vendas Globais – Medicamentos / Crescimento, 2001-2011 Em US$ bilhões 856 890 819 12,1% 788 720 651 9,1% 9,1% 605 560 500 7,6% 7,2% 7,0% 7,1% 434 6,9% 397 6,1% 4,1% 4,0% 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Fonte IMS 7
  • 8. Fundamentos Favoráveis do Setor | Mercado GlobalOs chamados pharmerging markets estão redefinindo a ordem mundial estabelecida anteriormente – Até 2015 umanova ordem mundial se instalará no mercado farmacêutico: China se tornará o segundo maior mercado e o Brasil oquinto. Haverá queda dos mercados maduros e teremos 4 países latinoamericanos entre os Top 20. Fonte IMS 8
  • 9. Fundamentos Favoráveis do Setor | Mercado GlobalPharmerging continua em evidência – Os mercados emergentes “Pharmerging Market” incrementarão ocrescimento do mercado global, e nos mercados maduros somente os Genéricos terão desempenho positivo. Componentes do Crescimento do Mercado Farma até 2015 Em US$ bilhões 29 150 1.081 119 -120 47 856 2010 Marcas LOE (**) Genéricos Pharmerging Outros (*) 2015 (M. Maduros) (M. Maduros) (M. Maduros) (*) Outros, incluindo demais países + $27 bilhões, crescimento de outros mercados maduros + $17 bilhões, impacto de variação cambial de $15 bilhões. (**) Loss of exclusivity (perda de exclusividade) Fonte IMS 9
  • 10. Fundamentos Favoráveis do Setor | Mercado BrasileiroO mercado farmacêutico brasileiro aumentou 15,9% em 2011, totalizando R$ 38,6 bilhões, mantendo o fortecrescimento dos anos anteriores, atingindo nos últimos nove anos CAGR de 13%. Evolução do Mercado Farmacêutico Brasileiro Em bilhões 62,9 55,7 49,3 43,6 38,6 33,3 29,2 26,1 23,2 20,9 16,6 18,3 14,4 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009** 2010** 2011** 2012* 2013* 2014* 2015* *Os números foram projetados pela Profarma usando o IMS Prognosis 2011 ** Excluindo o efeito dos similares 10
  • 11. Fundamentos Favoráveis do Setor | Ambiente EconômicoManutenção no Crescimento de Medicamentos Genéricos – Ranking de classes do mercado de genéricos irámudar: cerca de 50 moléculas perderão a patente nos próximos anos. Juntas, essas moléculas representam quaseUS$ 500 milhões em valor de mercado. Crescimento no consumo dos medicamentos genéricos, devido a umamaior aceitação da classe médica, podendo levar a uma penetração de 19% em 2015. Estimativa de mercado retail sujeito a término de patente nos próximos anos R$ 2,8 BI* 170 150 242 1.081 479 59 1,771 Patenteado em 2012 LOE em 2013 LOE em 2014 LOE em 2015 LOE em 2016 LOE depois de 2016 (*) Valor considera também as patentes que irão terminar em 2012 (**) Loss of exclusivity (perda de exclusividade) Fonte IIMS 11
  • 12. Fundamentos Favoráveis do Setor | Ambiente EconômicoAlterações substanciais na pirâmide social do Brasil – Contribuindo para expansão do consumo de medicamentose perfumaria. Não existe no Brasil reembolso de medicamentos por parte governo nem por parte dos planos desaúde: 15% da população tem sido responsável por 50% do consumo de medicamentos. Pirâmide Social do Brasil 2005 2010 26 milhões de pessoas + 62% 42 milhões de pessoas (14% do total) A+B A+B (22% do total) 63 milhões de pessoas + 62% 102 milhões de pessoas C C (35% do total) (53% do total) 93 milhões de pessoas - 48% 48 milhões de pessoas D+E (51% do total) D+E (25% do total) Fonte: Cetelem/IPSOS e Raymond James Latin America. Elasticidade do Consumo por Classe Social 1 Alimentos, Bebidas e Tabaco 1,0x 1,7x 3,3x 5,4x Eletrodomésticos 1,0x 1,9x 4,4x 10,1x Classe Classe Classe Classe Vestuário e Calçado D/E 2,3x C 5,4x B 12,6x A 1,0x Medicamentos 1,0x 1,9x 4,3x 9,3x Saúde e Beleza 1,0x 2,3x 5,3x 11,2x(1) Definição de renda brasileira por classes de rendimento mensal: A/B maior que R$3.000; C entre R$1.100 e R$1.700; D/E menor que R$750.Fonte: IBGE, FGV, LCA e Raymond James Latin America. 12
  • 13. Fundamentos Favoráveis do Setor | Mercado Brasileiro Tendências para os próximos anos Crescimento composto de 11 ~ 15% ao ano para 2012 - 2015 • Manutenção no Crescimento de Medicamentos Genéricos: Ranking de classes do mercado de genéricos pode mudar: cerca de 50 moléculas perderão a patente nos próximos anos. Juntas, essas moléculas representam quase US$ 500 milhões em valor de mercado. Crescimento no consumo dos medicamentos genéricos, devido a uma maior aceitação da+ classe médica, podendo levar a uma penetração de 19% em 2015. • Mercado de Saúde e Beleza: 3º mercado no mundo. • Medicamentos Similares: Mercado na ordem de US$ 2 bilhões. Em 2004, o governo instituiu programa de phase out que se encerra em 2014.Relevância • Envelhecimento da População e Impacto das Doenças Crônicas: 13,9 milhões de pessoas com mais de 60 anos em 2000, comparando com 28,3 milhões de pessoas esperadas em 2020. • Cenário Econômico: Cenário macroeconômico favorável para o setor. Crescimento PIB acima da média dos mercados maduros e desemprego decrescente. • Renda per Capita: 15% da população tem sido responsável por 50% do consumo de medicamentos. Não existe no Brasil reembolso de medicamentos por parte governo nem por parte dos planos de saúde. • Políticas Públicas de expansão – Farmácia Popular: Através desse programa o governo subsidia 90% do preço de tabela dos medicamentos. Atualmente nas grandes redes, aproximadamente ¾ das vendas dos medicamentos nestas categorias são realizadas dentro do Programa Farmácia Popular, tendo crescido mais de 50%. - 13
  • 14. Supply Chain 14
  • 15. Supply Chain | IndústriaMultinacionais se destacam na Indústria Farmacêutica – As multinacionais estão entre as 10 maiores indústrias nomercado farmacêutico. Nos últimos cinco anos não houveram alterações relevantes no âmbito dos acordoscomerciais com os distribuidores. Ranking de Grupos Econômicos – Mercado Total Ranking Varejo Ranking Não Varejo Ranking Total SANOFI / MEDLEY / GENZYME ROCHE SANOFI / MEDLEY / GENZYME EMS GSK EMS HYPERMARCAS ABBOTT HYPERMARCAS NOVARTIS J&J NOVARTIS ACHE PFIZER GSK EUROFARMA NOVARTIS ACHE PFIZER SANOFI / MEDLEY / GENZYME PFIZER BAYER LILY ROCHE GSK ASTRAZENECA EUROFARMA MDS BMS J&J Fonte: IMS / PMB e NRC - MAT Fevereiro/12 15
  • 16. Supply Chain | IndústriaO modelo atual de distribuição é um composto de vendas diretas e indiretas da Indústria ao Varejo, mas osDistribuidores são a única chave para se atingir níveis de serviço e distribuição equilibrados em todo o Brasil. Distribuição de Produtos Farmacêuticos (Mercado Farma Total R$) Modelo Buy and Hold 20% Redes 50% 30% Paciente / Consumidor 60% 30% Distribuidores Farmácias Indústria 50% Nacionais Independentes 20% Distribuidores 20% ESTIMATIVAS Locais e Regionais Fonte: IMS / PMB e NRC - MAT Fevereiro/12 16
  • 17. Supply Chain | DistribuiçãoExistem sobreposições entre distribuidores nacionais, regionais e locais, mas os regionais e locais tendem a sermais relevantes em pontos de vendas dos independentes de pequeno porte – Distribuidores locais e regionaistipicamente operam com diferentes modelos comerciais envolvendo maiores níveis de descontos e prazos depagamentos mais longos que os nacionais. Segmentação de Farmácias por Tipo de Distribuidor Total 55.471 Atendidos principalmente por distribuidores Atendidos principalmente por distribuidores PDVs Nacionais (PDVs #22.103) locais e regionais (PDVs #33.368) 7.022 PDV 5.593 PDV 20.753 PDV 7.316 PDV 7.054 PDV 7.733 PDV MS % dos Distr. 100 - 75 75 - 62.5 62.5 - 50 50 - 37.5 37.5 - 25 25 - 0 Nacionais Fonte: IMS Health - Estudos Especiais de Distribuição / MAT Nov /11, R$. 17
  • 18. Supply Chain | VarejoLojas independentes continuam a desempenhar um papel importante no setor de varejo – Principais cadeias noBrasil estão se consolidando pela expansão geográfica e ao mesmo tempo cadeias médias estão consolidandoregionalmente. % de vendas (R$) por tipo de ponto de venda Presença de redes por região do Brasil 100% % 1,8 2017 Independente 35-39 55% 47% 3% Supermercado 4-6 3% Rede 57-61 42% 50% 2008 2012 Fonte: IMS 18
  • 19. Divisão Novos Negócios 19
  • 20. Novos Negócios | Aquisição Prodiet Farmacêutica - Overview da Companhia Overview da Companhia Prodiet Farmacêutica Cobertura Geográfica o A Prodiet Farmacêutica foi constituída em 1990; o A Companhia atua na distribuição de produtos para o segmento hospitalar; o A empresa está sediada em Curitiba / Paraná e possui cinco centros de distribuição em São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco, Porto Alegre, além de Curitiba; o Atua nos estados do PR, SC e RS com uma carteira de mais de 3.500 clientes ativos entre hospitais, clinicas e prefeituras. No setor público, a atuação da empresa se estende por todo o território nacional, motivo pelo qual a empresa conta com um Departamento de Licitação, que atende exclusivamente a este segmento; o Em 2010, a Prodiet Farmacêutica registrou receita de R$ 200 milhões, distribuída entre o setor privado e o setor público. A taxa composta de crescimento anual da receita bruta, entre 2007 e 2010, foi de 37% a.a.; o A margem Ebitda no ano de 2010 foi de 4,6%; o Aquisição de 60% da empresa com valor de R$ 26,0 milhões, sendo R$ 8,0 milhões em primária e R$ 18,0 milhões em secundária; Centros de distribuição o O múltiplo EV/Ebitda relativo a aquisição dos 60% iniciais foi de 4,6x (2011E), representando Unidades de atendimento aos um desconto de 29,2% em relação ao múltiplo da Profarma; hospitais, clínicas e prefeituras Unidades de atendimento ao setor público (licitações) o Compromisso dos sócios de não-concorrência pelo prazo de 5 anos após sua saída, previsto em contrato. 20
  • 21. Novos Negócios | Aquisição Arpmed - Overview da CompanhiaFundada em 1998, a ArpMed está voltada a distribuição de medicamentos especiais de alto valor agregado, atravésde 2 unidades de negócios complementares que proveem serviços a indústrias, atuando em especialidades.Unidades de Negócios: Comercialização Atuação em sinergia Serviços e ConsultoriaDiferenciais:• Negócio possibilita redução das etapas de distribuição (Indústria – Pontos de Venda – Cliente), aumentando a velocidade nos processos, reduzindo custos e aumentando as margens;• Otimização do abastecimento com política de reposição automática;• Entrega domiciliar ou no consultório médico, com foco na conveniência do cliente;• Conformidade com as Normas e Diretrizes da Anvisa em todas as etapas logísticas;• Processo de rastreamento aplicado a cada unidade comercializada;• Relacionamento com laboratórios e empresas do segmento nutricional fornece sólida base para ampliação do volume, bem como do portfólio de produtos de alto valor agregado. Soluções em gestão, logística, comercialização e inteligência de mercado para produtos de nicho, especiais, alto custo, cadeia fria ou produtos de linha Rx, que necessitem de reposicionamento ou informações de mercado. 21
  • 22. Novos Negócios | Aquisição Arpmed - Especialidades e Destaques Operacionais Principais Especialidades Destaques Operacionais Cobertura Geográfica • Cirurgia Plástica (próteses mamárias); • 121.000 pedidos em 2011; • Ticket médio superior a R$ 600,00; • Dermatologia; • 260 itens comercializados; • Endocrinologia (hormônios e insulinas); • Aproximadamente 170 colaboradores. • Ginecologia; • Oftalmologia; Abertura das Vendas Vendas Call Center Próprio - % Vendas com Serviço Agregado - % • Ortopedia; • Reumatologia. 46% 47% 53% Sem Call 54% Sem Com Center Call Serviço Serviço Center 22
  • 23. Novos Negócios | Aquisição Arpmed - Racional da Transação • Uma das empresas líderes do mercado de venda direta de especialidades e medicamentos de Liderança alto custo; • Forte presença no sudeste, disputando a liderança em São Paulo e Rio de Janeiro; e • Atuação em diversos estados através de rede de parceiros. • Crescimento de 24% no ano de 2011 em comparação a 2010; Potencial de • Crescimento coordenado em mercados existentes; e Crescimento • Ingresso em novos mercados. • Aumento do volume de compras permitindo melhor relacionamento com a indústria; Sinergia • Capturas de sinergias administrativas e operacionais. • Guilherme Porto e Guilherme Rocha ambos com mais de 10 anos de experiência no setor; e Experiência • Fortalecimento do corpo executivo e da estrutura combinada de gestão. 23
  • 24. Novos Negócios | Aquisição Arpmed - Modelo de AquisiçãoAquisição imediata de 80% do capital total. Fluxo de PagamentoOferta Primária:• 40% pagos na Data de Fechamento, 30% pagos após 1 ano da Data de Fechamento e 30% pagos após 2 anos da Data deFechamento.Oferta Secundária:• 50% pagos na Data de Fechamento e 50% pagos em 12 parcelas mensais a partir da Data de Fechamento.Earn-out:• Pagamento de oferta secundária adicional, durante os três primeiros anos atrelados às métricas de Ebitda e Ciclo de Caixa. Cobertura de Contingências e Descrição das GarantiasCobertura de Contingências:• Os Atuais Acionistas da ArpMed serão responsáveis por 100% das contingências decorrentes de fatos geradores anterioresà Data de Fechamento.Descrição das Garantias:• Ajuste de Participação via Bônus de Subscrição, Escrow Account / Imóveis e Retenção de Pagamentos. 24
  • 25. Performance Financeira 25
  • 26. Destaques Financeiros | 3T12 e 9M12 Em R$ milhões 3T11 3T12 % 9M11 9M12 % Receita Bruta 830,3 957,7 15,3 2.388,6 2.831,7 18,6 Receita Líquida 702,7 812,6 15,6 2.017,6 2.388,3 18,4 Lucro Bruto + 70,6 87,2 23,6 204,0 264,9 29,8 Receita de Serviços a Fornecedores % Receita Líquida 10,0% 10,7% 10,1% 11,1% EBITDA 19,2 22,1 14,7 50,8 73,4 44,4 % Margem EBITDA 2,7% 2,7% 2,5% 3,1% Lucro Líquido 8,5 10,8 27,4 20,2 32,8 62,7 % Margem Líquida 1,2% 1,3% 1,0% 1,4% Dívida Líquida 119,8 203.1 69,6 119,8 203,1 69,6 Dívida Líquida / Ebitda 1,7 2,1 1,7 2,1 Patrimônio Líquido 537,4 569.5 537,4 569,5 Total Ativo 982,6 1.205,7 982,6 1.205,7 Ciclo de Caixa (dias) 56,3 56,1 56,3 56,1 26
  • 27. Cobertura de Analistas 27
  • 28. Profarma | Cobertura de Analistas Companhia Analista Telefone Email Morgan Stanley Fernando Amaral (55 11) 3048-6088 fernando.amaral@morganstanley.com Merrill Lynch Mauricio Fernandes (55 11) 2188-4236 mauricio.fernandes@baml.com Credit Suisse Marcel Moraes (55 11) 3841-6302 marcel.moraes@credit-suisse.com Itaú BBA Juliana Rozenbaum (55 11) 3073-3040 juliana.rozenbaum@itausecurities.com Banco Fator Gabriel Gaetano (55 11) 3049-9480 ggaetano@bancofator.com.br Guilherme Assis (55 11) 3513-8706 guilherme.assis@raymondjames.com Raymond James Joseph Giordano (55 11) 3513-8704 joseph.giordano@raymondjames.com BTG Pactual João Carlos dos Santos (55 11) 3383-2384 joaocarlos.santos@btgpactual.com Andre Parize (55 11) 5171-5870 andre.parize@votorantimcorretora.com.br Votorantim Marco Richieri (55 11) 5171-5873 marco.richieri@votorantimcorretora.com.br 28
  • 29. Anexo 29
  • 30. Anexo | Destaques FinanceirosEm R$ MM Em R$ MM e em % Receita Líquida Evolução da Receita Bruta Ebitda e Margem Ebitda 4,3 3.317 2.940 3.133 3,1 110,7 3,0 2.832 2,7 2,5 2.389 79,9 75,9 73,4 50,8 2009 2010 2011 9M11 9M12 2009 2010 2011 9M11 9M12 Ebitda Margem Ebitda (%) 30
  • 31. Anexo | Destaques FinanceirosEm R$ MM e em % Receita Líquida Em R$ MM e em % Receita Líquida Lucro Bruto e Receita de Serviços a Fornecedores Lucro Líquido 11,7 11,1 2,1 10,7 1,3 1,4 10,2 10,1 1,0 1,0 53,2 37,9 123,9 34,4 32,8 100,3 110,9 28,9 78,9 20,2 263,6 181,1 163,7 154,0 125,1 2009 2010 2011 9M11 9M12 2009 2010 2011 9M11 9M12 Lucro Bruto Receita de Serviços a Fornecedores Margem Bruta (%) Lucro Líquido Margem Líquida (%) 31
  • 32. Anexo | Destaques Financeiros Ciclo de Caixa e Capital de Giro 20,9 19,5 18,4 18,1 17,5 17,3 16,7 16,3 15,7 15,7 16,2 15,7 16,0 15,9 16,1 15,9 14,8 14,8 13,8 14,1 15,4 580,9 570,7 577,1 507,0 507,2 522,5 512,4 549,3 499,0 490,1 510,8 511,2 511,3 488,8 491,5 455,1 457,7 449,5 435,4 442,6 428,4 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11* 2T11* 3T11* 4T11* 1T12* 2T12* 3T12*Ciclo de Caixa - Dias 67,8 64,3 68,8 67,2 61,8 65,8 67,9 58,7 51,6 52,7 64,9 66,2 48,8 49,0 64,5 60,4 56,3 48,0 54,6 59,1 56,1Dias Contas a Receber 50,9 51,7 50,7 49,2 47,0 45,9 42,4 40,5 38,4 41,1 43,4 42,2 43,3 43,6 43,9 39,4 39,9 46,0 50,7 47,4 48,8Dias Estoque 41,3 48,6 47,9 45,7 42,5 49,9 54,0 46,5 38,5 49,6 56,2 45,0 40,6 52,0 59,3 53,1 46,1 48,9 49,7 48,9 41,9Dias Fornecedores 24,5 36,0 29,8 27,7 27,7 29,9 28,5 28,4 25,3 38,0 34,7 21,0 35,1 46,6 38,7 32,0 29,7 46,8 45,8 37,1 34,5 Capital de Giro % Capital de Giro (sobre Receita Bruta) * Base IFRS 32
  • 33. Anexo | Endividamento Dívida Líquida / Ebitda Perfil da Dívida 3T12 - Perfil da Dívida: 2.1x 1.9x 1.6x 42% 58% 1.5x 1.4x Longo Prazo 1.1x Curto Prazo 1.0x - Indexador: CDI - Garantias: 94% Clean Disponibilidade atual de R$ 519 milhões de garantias em duplicatas. (1) Dez 06 Dez 07 Dez 08 Dez 09 Dez 10 Dez 11 Set12 (1) Posição de Caixa Líquido. 33
  • 34. Max Fischer | Diretor Financeiro e de RI Beatriz Diez | Gerente de RI www.profarma.com.br/ri Telefone.: 55 (21) 4009-0276 E-mail: ri@profarma.com.brFormador de Ticker Auditores Mercado: BM&FBOVESPA: Independentes: 34
  • 35. 35
  • 36. 36

×