• Save
O Teatro Na GréCia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

O Teatro Na GréCia

on

  • 55,232 views

teatro grego_teatro na grécia_história_história 7º ano

teatro grego_teatro na grécia_história_história 7º ano

Statistics

Views

Total Views
55,232
Views on SlideShare
54,929
Embed Views
303

Actions

Likes
26
Downloads
0
Comments
2

6 Embeds 303

http://www.slideshare.net 240
http://agape-katallasso.blogspot.com.br 37
http://agape-katallasso.blogspot.com 15
http://turmadehistoria.grouply.com 6
http://prof.historia.mendonca.googlepages.com 3
http://politicacomunicacaoeleicoes.blogspot.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

O Teatro Na GréCia Presentation Transcript

  • 1. O Teatro na Grécia Autoria Sílvia de Mendonça
  • 2. Origens do teatro
    • O teatro nasceu na Grécia ligado às festas religiosas em honra do deus Dionísio, deus do vinho através de cânticos e danças religiosas.
    • Era muito apreciado pelos gregos que assistiam com frequência a este tipo de espectáculos.
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 3. Máscaras
    • As mulheres assistiam ao teatro mas não podiam representar.
    • Os actores eram sempre do sexo masculino.
    • As personagens femininas eram interpretadas por actores, que recorriam ao uso de máscaras.
    • O uso de máscaras permitia que o mesmo actor representasse vários papéis, masculinos e femininos.
    • A máscara permitia aumentar a expressividade da representação.
    • Os actores usavam roupas coloridas e sapatos altos, coturnos.
    In, Custódio Lagartixa, Helena Pereira e José Gomes Viver a história 7º ano Autoria Sílvia de Mendonça
  • 4. Máscaras Autoria Sílvia de Mendonça Comédia Está é uma máscara da comédia grega. Havia duas para cada papel a desempenhar Tragédia Os actores usavam máscaras de linho enrijecido. Esta é uma máscara da tragédia grega. Máscaras Femininas Os homens usavam máscaras como estas para desempenhar papéis femininos.
  • 5. Tragédia In, Custódio Lagartixa, Helena Pereira e José Gomes Viver a história 7º ano Autoria Sílvia de Mendonça
  • 6. Comédia - Aristófanes
    • Aristófanes dedica a peça Os Cavaleiros a Cleon. O nome da peça provém de uma divisão militar de origem aristocráticas na qual Aristófanes põe as esperanças de desmoralizar Cleon. A peça resume -se à luta entre Panfletário (Cleon) e um salsicheiro que, segundo os oráculos, seria o sucessor do demagogo no poder de Atenas. No diálogo entre o salsicheiro e Panfletário, desenvolve-se uma corrosiva crítica aos sistema democrático de escolha dos governantes. Críticas, aliás, à democracia é que não faltam n´ Os Cavaleiros . Aristófanes denuncia o oportunismo de Cleon no episódio do ataque à ilha e o oportunismo dos políticos em geral.
    • Um exemplo disto é o diálogo travado entre um escravo -uma caricatura do general Demóstenes e o salsicheiro. No diálogo, o escravo tenta convencer o salsicheiro de que este pode e deve entrar na política para enfrentar Panfletário .
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 7. Excerto de obra Os Cavaleiros de Aristófanes
    • Salsicheiro Mas, diga-me uma coisa: como é que eu, um salsicheiro, vou me tornar um político, um líder? Primeiro Escravo (general Demóstenes) Mas é precisamente nisso que está a sua grandeza: em você ser um canalha, um vagabundo, um ser inferior! Salsicheiro Pois eu não me julgo digno de tamanho poder! Primeiro Escravo (general Demóstenes) Ai, ai, ai, ai, ai, ai! O que é que te faz dizer que não te achas digno? Está parecendo para mim que tens alguma coisa de bom a pesar-te na consciência. Serás tu filho de boa família? Salsicheiro Nem de sombra! De patifes, mais nada! Primeiro Escravo (general Demóstenes) Homem ditoso! Que sorte a sua! Tens todas as qualidades para a vida pública! Salsicheiro Mas, meu caro amigo, instrução não tenho nenhuma. Conheço as primeiras letras e, mesmo estas, mal e porcamente! Primeiro Escravo (general Demóstenes) Isso não é problema! Que as conheças mal e porcamente! A política não é assunto para gente culta e de bons princípios: é para ignorantes e velhacos!
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 8. Géneros teatrais Autoria Sílvia de Mendonça Comédia , vem do grego komos - troça Tragédia - τραγῳδία, composto de τράγος "bode" e ᾠδή "canto" é uma forma de drama Crítica social a nível político, social e religioso. Tem um fim dramático Fazia críticas à sociedade e costumes da época. Procurava ridicularizar pessoas e situações e provocar o riso na assistência História dramática que se baseava nas relações entre homens e deuses, nos conflitos e paixões humanas. Comédia Tragédia
  • 9. Aristóteles
    • Aristóteles, em sua Arte Poética faz a seguinte diferença de:
    • tragédia trata essencialmente de homens superiores (heróis).
    • comédia fala sobre os homens inferiores (pessoas comuns da pólis).
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 10. Reconstituição de teatro – capacidade para alguns milhares de espectadores Autoria Sílvia de Mendonça In, Custódio Lagartixa, Helena Pereira e José Gomes Viver a história 7º ano
  • 11. Teatro grego
    • O próprio significado da palavra teatro tem referência a sua forma física original, podemos traduzir como: contemplo, vejo, visão por onde se vê um espectáculo.
    • O teatro grego era um verdadeiro edifício, e seu tecto era o céu azul.
    • As apresentações ocorriam durante o dia, dependendo sobretudo, do clima para serem confirmadas e realizadas.
    • Todos os detalhes eram estudados para que o público não perdesse qualquer parte dos espectáculos.
    Autoria Sílvia de Mendonça In, http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=660
  • 12. Teatro Grego
    • As representações eram feitas ao ar livre, em anfiteatros ( espaços semi – circular), construídos na encosta de um monte, de maneira a aproveitar o seu declive.
    • Tinham óptima acústica e visibilidade.
    • As bancadas dos maiores teatros podiam receber mais de 10 mil espectadores.
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 13. Autores de peças de teatro
    • Tragédia
    • Ésquilo, Sóflocles e Eurípedes
    • Comédia
    • Aristófanes
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 14. Bibliografia
    • Lagartixa, Custódio
    • Pereira, Helena
    • Gomes, José
    • Viver a História, 7º ano
    • Santillana, Constância
    Autoria Sílvia de Mendonça
  • 15. Autoria
    • Professora SÍLVIA DE MENDONÇA