Your SlideShare is downloading. ×
0
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
CRASE
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

CRASE

9,934

Published on

Estudo do fenômeno da crase e sua aplicação em Língua Portuguesa.

Estudo do fenômeno da crase e sua aplicação em Língua Portuguesa.

Published in: Education
3 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
9,934
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
544
Comments
3
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Crase Prof. Jorge Henrique 2009
  • 2. REVISANDO CONCEITOS PREPOSIÇÃO PALAVRA INVARIÁVEL QUE RELACIONA DOIS TERMOS DE UMA ORAÇÃO DE MODO TAL QUE O SENTIDO DO PRIMEIRO SEJA EXPLICADO OU COMPLETADO PELO SEGUNDO. SAÍRAM DE CASA NOÇÃO DE LUGAR CHEGOU A ROMA NOÇÃO DE MOVIMENTO FERIU COM UMA FACA NOÇÃO DE INSTRUMENTO Prof. Jorge Henrique
  • 3. REVISANDO CONCEITOS ARTIGO DENOMINA-SE ARTIGO A PALAVRA “O” (COM AS VARIAÇÕES “OS”, “A”, “AS”) E A PALAVRA UM (COM AS VARIAÇÕES “UNS”, “UMA”, “UMAS” QUANDO AO SEREM EMPREGADAS (DIRETA OU INDIRETAMENTE) ANTES DE UM SUBSTANTIVO, INDICAM-LHE UM SENTIDO DEFINIDO OU INDEFINIDO. A MULHER ESQUECEU A BOLSA SOBRE A MESA UMA MULHER ESQUECEU A BOLSA SOBRE A MESA Prof. Jorge Henrique
  • 4. REVISANDO CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS ADMITEM O EMPREGO DO ARTIGO, OUTRAS NÃO, OBSERVE: ESCOLA A FEIRA A CLUBE O MERCADO O BAHIA A ITÁLIA A COPACABANA ROMA SÃO PAULO SALVADOR ARACAJU PERNAMBUCO Prof. Jorge Henrique
  • 5. REVISANDO CONCEITOS ALGUMAS PALAVRAS EXIGEM EMPREGO DE PREPOSIÇÕES, OUTRAS NÃO, OBSERVE: GOSTO DE ESCREVER VOU PARA O ESCRITÓRIO CONTO COM VOCÊ QUERO ÁGUA COMPREI UM CARRO FIZ O TRABALHO Prof. Jorge Henrique
  • 6. APLICANDO CONCEITOS VOU PARA O ESCRITÓRIO VOU A O ESCRITÓRIO VOU A O ESCRITÓRIO VOU PARA A ESCOLA VOU A A ESCOLA VOU A A ESCOLA VOU À ESCOLA COMBINAÇÃO CRASE Prof. Jorge Henrique
  • 7. CRASE É A FUSÃO DE “A” (PREPOSIÇÃO) + “A” (ARTIGO) ESTA FUSÃO É REPRESENTADA NA ESCRITA PELO ACENTO GRAVE ( ` ) SOBRE A VOGAL “A” = À. APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  • 8. VOU PARA A FEIRA VOU A A FEIRA VOU A A FEIRA VOU À FEIRA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  • 9. VOU PARA O CLUBE VOU A O CLUBE VOU A O CLUBE APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  • 10. VOU PARA ROMA VOU A ROMA VOU A ROMA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  • 11. VENHO DE A BAHIA VENHO DE A BAHIA VENHO DA BAHIA APLICANDO CONCEITOS CONTRAÇÃO Prof. Jorge Henrique
  • 12. VOU A A BAHIA VOU A A BAHIA VOU À BAHIA APLICANDO CONCEITOS Prof. Jorge Henrique
  • 13. AMARRANDO IDÉIAS PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRAS MASCULINAS: </li></ul>ELE ESTÁ NO RIO A SERVIÇO. <ul><li>ANTES DE VERBOS: </li></ul>COMEÇARAM A DISCUTIR O PLANO DE METAS. <ul><li>EM EXPRESSÕES FORMADAS POR PALAVRAS REPETIDAS: </li></ul>OS CANDIDATOS FICARAM FRENTE A FRENTE. Prof. Jorge Henrique
  • 14. PORTANTO, NÃO PODE NUNCA HAVER CRASE: <ul><li>ANTES DE PALAVRA NO PLURAL SE O “A” ESTIVER NO </li></ul><ul><li>SINGULAR: </li></ul>CHEGAMOS A CONCLUSÕES IMPORTANTES. REFERIU-SE ÀS CONCLUSÕES DA COMISSÃO. <ul><li>ANTES DE PRONOMES PESSOAIS, DEMONSTRATIVOS </li></ul><ul><li>( ESTE, ESTA, ESSE, ESTA ) E DE TRATAMENTO: </li></ul>DIRIGI-ME A ELA. ELE ASPIRA A ESSA POSIÇÃO. INFORMEI A SUA EXCELÊNCIA. AMARRANDO IDÉIAS Prof. Jorge Henrique
  • 15. OBSERVAÇÃO: <ul><li>OS PRONOMES DE TRATAMENTO SENHOR , SENHORA E </li></ul><ul><li>SENHORITA DEVEM SER CONSIDERADOS, PARA EFEITO </li></ul><ul><li>DE CRASE, COMO PALAVRAS COMUNS: </li></ul>OFERECEU AO SENHOR SEUS FAVORES. OFERECEU À SENHORA SEUS FAVORES. REFERIU-SE À SENHORITA QUE CHEGARA. AMARRANDO IDÉIAS Prof. Jorge Henrique
  • 16. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>SE, AO TROCARMOS “ AQUELE ”, “ AQUELA ”, “ AQUILO ’ </li></ul><ul><li>POR ESTE , ESTA , ISTO , RESULTAR A ESTE , A ESTA , </li></ul><ul><li>A ISTO : </li></ul>REFERIU-SE A ESTE PROCEDIMENTO. REFERIU-SE ÀQUELE PROCEDIMENTO. FEZ A PROPOSTA A ESTA OPERÁRIA. FEZ A PROPOSTA ÀQUELA OPERÁRIA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  • 17. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>TOPÔNIMOS ACOMPANHADOS DE ELEMENTOS </li></ul><ul><li>DETERMINANTES ADMITEM ARTIGO: </li></ul>REFERIU-SE A ROMA. REFERIU-SE À ROMA DOS CÉSARES. FUI A SÃO PAULO. FUI À GRANDE SÃO PAULO. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  • 18. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>QUANDO SUBENTENDIDA A PALAVRA MODA , MANEIRA , </li></ul><ul><li>HAVERÁ CRASE: </li></ul>ESTAVA VESTIDO À INDIANA. ESTAVA VESTIDO À (MODA) INDIANA. ESCREVIA À MACHADO DE ASSIS. ESCREVIA À (MANEIRA) DE MACHADO DE ASSIS. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  • 19. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DA PALAVRA CASA , HAVERÁ CRASE SE ESTA </li></ul><ul><li>VIER ACOMPANHADA DE ELEMENTOS DETERMINANTES: </li></ul>DIRIDIU-SE A CASA CAUTELOSAMENTE. DIRIGIU-SE À CASA DE SUA MÃE. <ul><li>ANTES DA PALAVRA TERRA , HAVERÁ CRASE SE ESTA </li></ul><ul><li>VIER EMPREGADA COMO SINÔNIMO DE PAÍS NATAL, </li></ul><ul><li>PLANETA: </li></ul>VIAJOU À TERRA NATAL. O NAVIO DIRIGIU-SE A TERRA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  • 20. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>DIANTE DE PRONOMES POSSESSIVOS, A CRASE SERÁ </li></ul><ul><li>FACULTATIVA: </li></ul>ENTREGUEI A ENCOMENDA A SUA SECRETÁRIA. ENTREGUEI A ENCOMENDA À SUA SECRETÁRIA. <ul><li>TAMBÉM DIANTE DE PRONOMES PESSOAIS, A CRASE </li></ul><ul><li>SERÁ FACULTATIVA: </li></ul>FIZERAM A PERGUNTA A PATRÍCIA. FIZERAM A PERGUNTA À PATRÍCIA. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique
  • 21. ATENÇÃO PARA OS CASOS SEGUINTES: <ul><li>ANTES DE HORAS PODE HAVER OU NÃO A CRASE: </li></ul>COMPARECEU ÀS DEZ HORAS À REUNIÃO. VIRÁ DAQUI A UMA HORA AO ENCONTRO. A REUNIÃO ESTÁ MARCADA PARA AS DEZ HORAS. CASOS ESPECIAIS Prof. Jorge Henrique

×