Há um milagre em sua casa

11,833 views

Published on

1º Trimestre, 10ª aula

0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
11,833
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
522
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Há um milagre em sua casa

  1. 1. HÁ UM MILAGREEM SUA CASA1º Trimestre de 2013 Lição 10 Pr. Moisés Sampaio de Paula 1
  2. 2. TEXTO ÁUREO• "Então, entra, e fecha a porta sobre ti e sobre teus filhos, e deita o azeite em todos aqueles vasos, e põeà parte o que estiver cheio“ (2 Rs 4.4). Pr. Moisés Sampaio de Paula 2
  3. 3. VERDADE PRÁTICA• A história da multiplicação do azeite da viúva mostra claramente que o Senhor é soberano e gracioso para suprir todas as necessidades de seus filhos Pr. Moisés Sampaio de Paula 3
  4. 4. OBJETIVOS• Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Atentar para a real motivação de um milagre. 2. Identificar os instrumentos de um milagre. 3. Especificar os reais objetivos de um milagre Pr. Moisés Sampaio de Paula 4
  5. 5. Esboço da Lição I. A MOTIVAÇÃO DO MILAGRE 1. A necessidade humana. 2. A misericórdia divina. II. A DINÂMICA DO MILAGRE 1. Um pouco de azeite. 2. Uma fé obediente. III. OS INSTRUMENTOS DO MILAGRE 1. O instrumento humano. 2. O instrumento divino. IV. O OBJETIVO DO MILAGRE 1. Uma resposta ao sofrimento. 2. Glorificar a Deus. Pr. Moisés Sampaio de Paula 5
  6. 6. "Mesmo em meio à escassez, você crê que Deus é poderoso para suprir suas necessidades?" Pr. Moisés Sampaio de Paula 6
  7. 7. Observe• Muitas vezes Deus permite um período de escassez para que venhamos nos humilhar perante Ele e reconhecer a nossa dependência dEle.• A fé daquela viúva e dos seus filhos foi fortalecida depois de experimentarem da provisão divina. Pr. Moisés Sampaio de Paula 7
  8. 8. • Você crê em • Você crê em milagres? milagres?Pr. Moisés Sampaio de Paula 8
  9. 9. Definição de Milagre• Um milagre ou miráculo (do latim miraculum, do verbo mirare, "maravilhar-se") é um acontecimento dito extraordinário que, à luz dos sentidos e conhecimentos até então disponíveis, não possuindo explicação científica já conhecida, dá-se de forma a sugerir uma violação das leis naturais que regem os fenômenos ordinários. http://pt.wikipedia.org/wiki/Milagre Pr. Moisés Sampaio de Paula 9
  10. 10. INTRODUÇÃO - Aprederemos que1. Este milagre nos ensina que o pouco com Deus torna-se muito e a escassez pode converter-se em abundância. Pr. Moisés Sampaio de Paula 10
  11. 11. INTRODUÇÃO - Aprederemos que2. Que o Deus de Eliseu é também o nosso Deus. Ele é imutável, e mediante sua graça continua a alcançar os corações daqueles que estão desesperados por um milagre. Pr. Moisés Sampaio de Paula 11
  12. 12. INTRODUÇÃO - Aprederemos que3. Que o Pai Celeste realiza milagres não porque merecemos. Não somos merecedores de nada, sua graça nos basta, mas os milagres em nossa vida são decorrentes da bondade divina. Deus é bom! Pr. Moisés Sampaio de Paula 12
  13. 13. Pr. Moisés Sampaio de Paula 13
  14. 14. Palavra chave: Provisão• Ato ou efeito de prover; provimento, abastecimento, fornecimento. Pr. Moisés Sampaio de Paula 14
  15. 15. I. A MOTIVAÇÃO DO MILAGRE O milagre ocorrido na casa da viúva aconteceu como resposta a uma carência humana e como resultado da compaixão divina 1. A necessidade humana. 2. A misericórdia divina. Pr. Moisés Sampaio de Paula 15
  16. 16. I. A MOTIVAÇÃO DO MILAGRE 1. A necessidade humana.• As bênçãos de Deus vêm em resposta a uma necessidade humana.• O milagre ocorrido na casa da viúva de um dos discípulos dos profetas confirma esse fato (2 Rs 4.1-7).• A Escritura mostra que o Senhor socorre o necessitado (Sl 40.17; 69.33; Is 25.4; Jr 20.13). Pr. Moisés Sampaio de Paula 16
  17. 17. A situação da mulher1. Perdera o marido, que havia falecido,2. O credor estava na sua porta.3. Não tinha como pagar a dívida e4. Corria o risco de perder também os filhos para os credores se não quitasse uma dívida, pois era costume naqueles dias um credor obrigar um devedor a saldar a sua dívida através do trabalho servil ou escravo (2 Rs 4.1b). Essa mulher, portanto, necessitava Essa mulher, portanto, necessitava urgentemente que alguma coisa fosse urgentemente que alguma coisa fosse feita para tirá-la daquela situação. feita para tirá-la daquela situação. Pr. Moisés Sampaio de Paula 17
  18. 18. • Sabedora que o profeta Eliseu era um homem de Deus, recorreu a ele (v.1). Pr. Moisés Sampaio de Paula 18
  19. 19. I. A MOTIVAÇÃO DO MILAGRE 2. A misericórdia divina.• O texto diz que ela "clamou" ao profeta Eliseu (2 Rs 4.1). O termo hebraico que traduz essa palavra é tsa`aq, que possui o sentido de clamar por ajuda, chorar em voz alta.• O profeta ficou sensibilizado; Deus compadeceu-se daquela mulher sofredora. O Senhor é compassivo, misericordioso e longânimo (Êx 34.6; 2 Cr 30.9; Sl 116.5).• Pr. Moisés Sampaio de Paula 19
  20. 20. O que significa a palavraMisericórdia?• Misericórdia é a virtude que leva-nos a compadecermos da miséria alheia.• É a junção de duas palavras: miséris + córdia ( miséria + coração ). Pr. Moisés Sampaio de Paula 20
  21. 21. II. A DINÂMICA DO MILAGRE Um pouquinho pode tornar-se muito se vem com a bênção de Deus. 1. Um pouco de azeite. 2. Uma fé obediente. Pr. Moisés Sampaio de Paula 21
  22. 22. II. A DINÂMICA DO MILAGRE 1. Um pouco de azeite.• Diante do clamor da viúva, o profeta Eliseu perguntou-lhe: "Que te hei de eu fazer? Declara-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite" (2 Rs 4.2).1. o milagre acontece na esfera familiar: "o que tens em casa". O lar e a família são importantes para Deus.2. Um pouquinho pode tornar-se muito se vem com a bênção de Deus. De fato o texto hebraico destaca que a porção de azeite da mulher era tão minguada que ela quase esqueceu que o possuía. Pr. Moisés Sampaio de Paula 22
  23. 23. As peculiareidades doazeite.I - Como Alimento: – Êxodo 29:2Desde tempos remotos o uso do azeite como alimento é de longe a aplicação mais conhecida mundialmente. Usado como ingrediente de pães e bolos e no tempero de muitos alimentos ao redor do mundo, o óleo de oliva é o preferido entre todos os óleos, mesmo onde ele custa mais caro. II – Como Curativo - Lucas 10:34,35A Bíblia contém diversos registros nos quais o azeite aparece sendo aplicado diretamente sobre feridas com fins medicinais. A passagem mais famosa está em: III – Como Combustível: Êxodo 25:6Antes da invenção da luz elétrica o uso de algum extrato inflamável para se acender uma tocha ou lamparina era a principal alternativa para iluminação. Aqui também se destaca o azeite, como se pode verificar em incontáveis passagens, dentre as quais:IV – Como lubrificante ou umectante– Lucas 7:46,47A propriedade hidratante e umectante do azeite é apreciada desde tempos remotos, mas a aplicação do óleo para o massageamento do corpo é uma terapia muito apreciada pelo estressado homem moderno.V – Como cosmético– Salmo 104:14,15.O azeite também tem efeito cosmético em diversas aplicações, como o seu uso sobre a cabeça ou no rosto.VI - Como moeda no mercado de troca: – Ezequiel 27:17VII – Na Fórmula do óleo da unção Pr. Moisés Sampaio de Paula 23
  24. 24. Feche a porta para a dúvida• Eliseu lhe disse: Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos...• Sempre haverá muitas pessoas para dizer ao contrário.• Há os que replicam: Os antecedentes são contra isso. Tentamos antes e falhamos.• Há também os que se queixam: Não podemos suportar isso. Eliseu simplesmente insistiu para que ela deixasse de fora os incrédulos, e fechasse os ouvidos para a dúvida.• Os vizinhos que estavam cientes de sua situação talvez fossem levados a pensar que as atitudes eram excêntricas e, com certeza, a ridicularizariam. Tachariam-na de tola por acreditar em algo tão impossível como que lhe propusera o profeta. Pr. Moisés Sampaio de Paula 24•
  25. 25. • No entanto, foi esse pouco que o Senhor usou para operar o grande milagre. O que possuímos pode ser bem pouco, mas é suficiente para Deus operar os seus propósitos. Pr. Moisés Sampaio de Paula 25
  26. 26. II. A DINÂMICA DO MILAGRE 2. Uma fé obediente• A dinâmica desse milagre (2 Rs 4.3-5).1. o profeta chamou a mulher à ação: "Vai, pede para ti vasos emprestados". A fé é demonstrada pela ação (Tg 2.17). Jesus também viu a fé do paralítico e dos homens que o conduziram em Cafarnaum (Mc 2.1-12).2. o milagre deveria acontecer de portas fechadas: "Fecha a porta", disse o profeta. A mulher obedeceu ao profeta, e o azeite começou a fluir.3. E, assim, pôde ela salvar os filhos, pagar as dívidas e viver dignamente. É possível que uma das causas da escassez de milagres hoje esteja na publicidade desenfreada. Deus quer privacidade, mas os homens gostam de notoriedade. Gostam de aparecer e vangloriar- se (Lc 12.15). Deixam a porta aberta para serem vistos! Pr. Moisés Sampaio de Paula 26
  27. 27. Observe osdetalhes do milagre1. O AZEITE FOI DERRAMADO SEM LIMITES.2. O FOI DERRAMADO DE FORMA SOBRENATURAL3. O AZEITE ERA PRA TODOS OS VASOS.4. O AZEITE É PRA ENCHER TODO O VASO5. O AZEITE ERA DERRAMADO CONFORME A MEDIDA Q TINHA VASOS6. O AZEITE SÓ PAROU QUANDO TODOS OS VASOS ESTAVAM CHEIOS Pr. Moisés Sampaio de Paula 27
  28. 28. Pr. Moisés Sampaio de Paula 28
  29. 29. Pr. Moisés Sampaio de Paula 29
  30. 30. III. OS INSTRUMENTOS DO MILAGRE A Palavra do Senhor foi o agente causador do milagre na vida da viúva. O que o Senhor faz, Ele o faz através da sua Palavra 1. O instrumento humano. 2. O instrumento divino. Pr. Moisés Sampaio de Paula 30
  31. 31. III. OS INSTRUMENTOS DO MILAGRE 1. O instrumento humano.1. Eliseu era um instrumento de Deus para a operação de milagres.2. Deus usa homens! Esse é um fato fartamente demonstrado na Bíblia. Pr. Moisés Sampaio de Paula 31
  32. 32. Deus deseja usar você! 1. Para formar uma nação e através dela revelar seu plano de salvação à humanidade, o Senhor chamou Abraão (Gn 12). 2. Para tirar os israelitas do Egito, Deus usou Moisés (Êx 4.1-17). 3. Para levar a mensagem do Evangelho aos gentios, o Senhor usou a Pedro (At 10 - 11). Deus também chamou a Paulo para ser "um instrumento escolhido" para levar seu nome perante os nobres (At 9.15). 4. Para salvar-nos, Deus humanizou-se na pessoa bendita de Jesus Cristo (Jo 1.1,18; Fp 2.1-11). 5. E para sua obra missionária, Ele conta com você! (Mt 28.19) Pr. Moisés Sampaio de Paula 32
  33. 33. III. OS INSTRUMENTOS DO MILAGRE 2. O instrumento divino.1. Geralmente a realização de um milagre é antecedida por uma aparencia de que é pouco provável que ele aconteça.2. Palavra do Senhor é o agente causador do milagre.3. O que o Senhor faz, Ele o faz através de sua Palavra. Pr. Moisés Sampaio de Paula 33
  34. 34. Pr. Moisés Sampaio de Paula 34
  35. 35. IV. O OBJETIVO DO MILAGRE Todos os milagres realizados por Eliseu ocorreram em resposta a uma necessidade humana e também ao sofrimento 1. Uma resposta ao sofrimento. 2. Glorificar a Deus. Pr. Moisés Sampaio de Paula 35
  36. 36. IV. O OBJETIVO DO MILAGRE 1. Uma resposta ao sofrimento.1. Todos os milagres realizados por Eliseu deixam bem claro que eles ocorreram em resposta a uma necessidade humana e também ao sofrimento (2 Rs 4.1-38; 5.1-19; 6.1-7).2. O Novo Testamento mostra-nos que o Senhor Jesus libertava e curava porque se compadecia do sofrimento humano (Lc 13.10-17; Mc 1.40-45). Pr. Moisés Sampaio de Paula 36
  37. 37. Pr. Moisés Sampaio de Paula 37
  38. 38. IV. O OBJETIVO DO MILAGRE 2. Glorificar a Deus.1. Os milagres, são uma resposta de Deus ao sofrimento humano.2. Eles não se centralizam no homem, mas em Deus.3. Os milagres narrados nas Escrituras objetivam a glória de Deus.4. Em nenhum momento, encontramos os profetas buscando chamar a atenção para si através dos milagres que realizavam nem tirar proveitos deles. Pr. Moisés Sampaio de Paula 38
  39. 39. • Deus, e não os homens, é quem deve ser glorificado através dos milagres (At 3.8,12; 14.14,15). Pr. Moisés Sampaio de Paula 39
  40. 40. Conclusão• O milagre da multiplicação do azeite é um testemunho do poder de Deus, que se compadece dos sofredores que o buscam de todo o coração.• O foco, portanto, dessa bela história não é a viúva nem tampouco o profeta Eliseu, mas o Senhor que através da instrumentalidade do seu servo abençoa essa pobre mulher. Ele foi, é e sempre será a resposta a todo sofrimento humano. Pr. Moisés Sampaio de Paula 40
  41. 41. Pr. Moisés Sampaio de Paula 41
  42. 42. O que vem a ser a Escola de profetas?• O ofício profético organizado em Israel remonta aos dias do profeta Samuel. Foi ele quem deu origem ao ofício de profeta como uma ordem ou classe organizada. Nesse sentido, ele é “o primeiro dos profetas” – distinção que as Escrituras neotestamentárias reconhece perfeitamente: “E todos os profetas desde Samuel, todos quantos depois falaram, também anunciaram estes dias” (At 3.24 cf. 13.20; Hb 11.32).• As escolas de profetas foram fundadas a partir dos dias de Samuel e não anteriormente. A primeira menção dessa classe organizada é a escola por ele fundada, que ficava em Ramá (1 Sm 19.20). Essas escolas eram centros de vida religiosa, onde se buscava a comunhão com Deus mediante a oração e meditação. É evidente que estudavam as profecias, inquirindo sobre o tempo de seu cumprimento (1 Pd 1.10-12), além de recordarem os grandes feitos de Deus no passado. Através dessas escolas, cresceu em Israel uma ordem profética reconhecida (2 Rs 2.3,5).[1] Pr. Moisés Sampaio de Paula 42
  43. 43. “Hoje o meu milagre vai chegar “Hoje o meu milagre vai chegar Eu vou crer, não vou duvidar Eu vou crer, não vou duvidarO preço que foi pago, ali na CruzO preço que foi pago, ali na Cruz Me dá vitória, nesta hora” Me dá vitória, nesta hora” Pr. Moisés Sampaio de Paula 43

×