Your SlideShare is downloading. ×
Projeto social: primeiro emprego digital
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Projeto social: primeiro emprego digital

581
views

Published on

O projeto Primeiro Emprego Digital tem objetivo de capacitar jovens residentes de áreas que envolvam risco social, que tenham entre 15 e 20 anos e possuem conhecimentos básicos de internet, para atuar …

O projeto Primeiro Emprego Digital tem objetivo de capacitar jovens residentes de áreas que envolvam risco social, que tenham entre 15 e 20 anos e possuem conhecimentos básicos de internet, para atuar no mercado de trabalho.

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
581
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O projeto Primeiro Emprego Digital tem objetivo de capacitar jovens matriculados na rede pública de ensino, residentes de áreas que envolvam risco social, que tenham entre 15 e 20 anos e possuem conhecimentos básicos de internet, para atuar no mercado de trabalho.
  • 2. Premissas
  • 3. Premissas 1. Mercado promissor O mercado de trabalho se mostra promissor para carreiras digitais, a prova disso é a proporção de empresas que utilizam a internet para negócios. Segundo pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet (CGI), 98% das empresas brasileiras já se adaptaram e fazem uso da internet, além disso, para o consultor especializado em mídias digitais, Guilherme Petreche, 80% das empresas no Brasil já têm algum investimento em mídias on-line . De acordo com a empresa global de recrutamento Page Personnel, o analista de mídias sociais/marketing digital está entre os 12 profissionais mais escassos no mercado nacional. Atualmente o setor que mais procura por este tipo de profissional é o de serviços, também conhecido por ser setor que tem a maior participação no PIB brasileiro e na geração de empregos. Estes são alguns dados que evidenciam a necessidade de formação de bons profissionais especializados no mercado digital no Brasil.
  • 4. Premissas 2. Jovens e internet Acostumados com a internet em seu cotidiano e com quase todas as funcionalidades que ela oferece, os jovens que entram no mercado de trabalho estão descobrindo na web uma grande oportunidade para buscar seu primeiro emprego. A facilidade de uso e aptidão nata facilitam na hora do jovem direcionar sua carreira para a área digital. Em pesquisa do Comitê Gestor da Internet (CGI), mais de 70% dos adolescentes brasileiros afirmam saber mais sobre internet do que seus próprios pais.
  • 5. Premissas 3. Áreas carentes de formação O projeto Primeiro Emprego Digital tem caráter social, e consequentemente a premissa de ser realizado em regiões metropolitanas com baixo IDH. Assim, o projeto alcançará uma grande concentração de jovens que não chegaram a concluir seus estudos ou que necessitam de mais instrução proveniente de cursos técnicos, de idiomas, e outras boas graduações com baixo custo. O objetivo do projeto é oferecer uma capacitação diferenciada, baseada em uma nova área de mercado, a digital, com cursos de alta qualidade que até então só estavam disponíveis em grandes metrópoles e instituições privadas de educação a preços inacessíveis para grande parte dos brasileiros. Para chegar até o público desejado, o projeto Primeiro Emprego Digital prioriza regiões periféricas , comunidades carentes e municípios que precisam oferecer mão-de-obra qualificada para as empresas e indústrias de sua região.
  • 6. Premissas 4. Criminalidade Segundo estudo realizado por economistas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e Fundação Getúlio Vargas do Rio (FGV/Rio), boa parte dos homicídios registrados nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais e do ingresso de jovens em atividades criminosas desde a década de 80, deve-se a quedas do salário real das famílias mais carentes e piora na distribuição de renda. O estudo também estabelece uma relação entre queda de salário real e crime, que é mais presente entre jovens de 15 e 19 anos e praticamente desaparece para as faixas etárias acima de 20 anos. Ou seja, o jovem é a parte mais vulnerável da sociedade civil, por isso pretendemos atender exclusivamente este perfil social. Outra pesquisa, esta da Universidade de São Paulo (USP), analisou os prontuários de 2.400 internos da Febem entre 1960 e 2002. Os resultados indicam que a escola por si só não evita a entrada do jovem no mundo do crime. O fator influenciador é a qualidade do ensino aliada a soluções que reduzam a exposição do jovem ao ambiente de criminalidade. As escolas em tempo integral e projetos que se estendem inclusive nos fins de semana, têm conseguido bons resultados em áreas de periferia.
  • 7. Premissas 5. Novas profissões O surgimento e rápida popularização da internet fizeram dela o ambiente ideal para se fazer novos negócios, se relacionar e oferecer serviços. Com o desenvolvimento desses negócios surgiram novas profissões relacionadas ao ambiente digital, e os analistas de mídia social são parte importante do que costumamos chamar de revolução digital. Atualmente, os analistas de mídia social podem ser divididos em diversas funções específicas. As mais comuns e importantes são: analista de monitoramento, analista de relacionamento e analista de pesquisa. O treinamento do Primeiro Emprego Digital é focado nessas três áreas de atuação, justamente para treinar os jovens para áreas que o mercado digital necessita de mão-de- obra especializada.
  • 8. Premissas 6. Falta de formação técnica Por se tratar de um mercado novo, a área digital sofre com a falta de formação técnica para atender suas necessidades e preencher as novas profissões (analistas de mídia social)que o mercado demanda. Atualmente é comum que um iniciante na área não tenha nenhum treinamento prévio. Assim, o novo profissional acaba aprendendo suas funções ao mesmo tempo em que executa suas tarefas, estando mais sujeito a falhas que acabam prejudicando todo o processo de uma empresa. Outro fator que contribui significativamente para o “amadorismo” desta área do mercado é a falta de regulamentação do setor. Isso facilita a entrada de cursos sem certificações e profissionais sem conhecimento, o que prejudica ainda mais o desenvolvimento da área digital no Brasil.
  • 9. Proposta
  • 10. Treinamento desenvolvido para capacitar jovens, de acordo com seu perfil psicossocial, para as funções de Analista de Pesquisa, Analista de Monitoramento e Analista de Relacionamento. Possibilitando ao aluno ingressar no mercado de trabalho com salário inicial entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, dependendo da região onde atuará. Proposta
  • 11. Conteúdo
  • 12. Conteúdo No primeiro dia de treinamento teremos um overview sobre comunicação digital para nivelar o entendimento dos alunos sobre internet, suas ferramentas e possibilidades. Os tópicos abordados serão: Conceitos web Diferenças entre a mídia social e a tradicional Características dos canais utilizados na mídia social Uso profissional da mídia social Produção de conteúdo Identificação de tendências Dia 1
  • 13. Conteúdo Dia 2 No segundo dia de treinamento teremos workshops mais específicos e práticos. Nesta etapa a turma receberá conteúdos diferentes para cada área de trabalho: monitoramento, relacionamento e pesquisa. Tópicos que serão tratados: Ferramentas Metodologias de trabalho Influenciadores Qualificação Linguagem e abordagem Relatórios
  • 14. Como funciona
  • 15. Disseminação através das escolas da rede pública de ensino e/ou meios de comunicação regionalizados que a prefeitura tenha acesso. Como funciona Divulgação
  • 16. Como funciona Inscrição Será realizada exclusivamente via internet, através de endereço com formulário para preenchimento.
  • 17. Como funciona Seleção Individual, com avaliação das respostas inseridas no formulário de inscrição, com organização de fila baseada em critérios psicossociais, perfil comportamental e aptidão ao conteúdo. Nesta etapa são aplicados os testes psicológicos para orientação de cada perfil profissional.
  • 18. Como funciona Treinamento Os alunos receberão o conteúdo em 16h presenciais, divididas em dois sábados, com duração de 8h cada. A primeira etapa contempla uma imersão no mundo digital e na segunda etapa os alunos são divididos de acordo com seus interesses e perfis para receberem treinamentos específicos das seguintes áreas: monitoramento, pesquisa e relacionamento.
  • 19. Como funciona Avaliação Realizado em duas etapas, uma no segundo dia do treinamento e outra após 15 dias da conclusão.
  • 20. Como funciona Pós-treinamento Cadastramento dos presentes em banco de currículos compartilhado com banco de empresas do Sebrae SP.
  • 21. Como funciona Certificação Envio de certificado impresso para cada um dos alunos.
  • 22. Escopo
  • 23. Escopo Contratar e qualificar os instrutores e ajudantes Selecionar os alunos de acordo com os critérios previamente estabelecidos Preparar conteúdo programático das aulas (slideshow e exercícios) Criar, imprimir e distribuir apostila com o conteúdo Estabelecer banco de dados para armazenamento dos currículos e notas Elaborar e imprimir o certificado Prover assistência Presença Online
  • 24. Escopo Divulgar o projeto Prover infraestrutura (sala, datashow, computadores, internet banda larga) Disponibilizar um profissional de psicologia para elaboração dos testes de perfil Arcar com o custo do projeto Parceiros
  • 25. Custo do projeto R$ 17.000,00 por turma de até 100 alunos
  • 26. Apoio Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo Secretaria De Políticas De Promoção Da Igualdade Racial
  • 27. Obrigado presencaonline.com contato@presencaonline.com Responsáveis Marcelo Vitorino – (11) 98314.0660 Natália Mateus – (11) 96586.4486 Luiz Gallo – (11) 98145.6964