Este material foi concebido para apoiar você na apresentação dos slides.Para começar a apresentação, um bom caminho é ente...
O turismo é o setor da economia que mais cresce no mundo, com enorme potencialde gerar novos negócios e investimentos, val...
O turismo é um instrumento transformador de economias e sociedades - para o bemou para o mal. O lado bonito do turismo est...
Para que as vantagens perdurem e as praias, montanhas, cachoeiras e mesmocidades continuem a causar as melhores impressões...
O objetivo da apresentação é introduzir o tema e mostrar alguns caminhos. Mas hámuito mais a ser estudado e há muitas solu...
Importante destacar essa ideia de “benefícios hoje e amanhã”. Alguns atores envolvidos no negócioturístico encaram essa at...
Turismo Sustentável não é um segmento do turismo. É importante que se apliquemos princípios do Turismo Sustentável em toda...
O turismo pode fazer parte da nossa vida pessoal e profissional.Aqui vale questionar o público sobre a forma como eles enx...
Neste momento, cabe propor às pessoas outra reflexão. Proponha que eles assumamo papel de um personagem da cadeia de valor...
Proponha ao grupo: “imagine receber uma visita na sua casa que mudasse o seuprograma favorito da televisão, tirasse sarro ...
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
Nos próximos slides, serão apresentados temas e ações que se direcionam a todas aspessoas envolvidas na cadeia de valor do...
Veículos e embarcações seguem os regulamentos técnicos definidos pelo Programade Acessibilidade do Inmetro.Ressalte que co...
Aproveite o tema para lembrar que outra questão muito importante de sercombatida é a exploração do trabalho infantil como ...
As mudanças climáticas são uma preocupação mundial, mas lembre o público quequando o assunto é meio ambiente os temas vão ...
25
A cadeia de valor do turismo tem alta capacidade de comunicação com os turistas e ascomunidades locais, o que a torna uma ...
Ao selecionar o que você consome e revende, considerando práticas socioambientaisem toda a cadeia de fornecimento e valori...
Como já citado, existem diretrizes que podem ajudar no entendimento do turismosustentável e oferecer alguns caminhos para ...
Reforce que, se planejada de forma sustentável, a atividade turística pode ser umgrande instrumento de transformação de no...
30
Aproveite para instigar a criatividade e o senso de empreendedorismo do público daapresentação. Instigue-os a pensar sobre...
Práticas como eficiência energética, uso racional de água, manejo de resíduos econstrução sustentável são importantes para...
Aqui são apresentadas alguns exemplos de soluções que podem ser financiadas.Relembre o público de que, para saber mais sob...
34
Nas referência são apresentados links com mais informações sobre as certificações.                                        ...
Este e o próximo slides são alguns exemplos de clientes do Santander que, aofinanciar sua reforma, passaram a economizar r...
Para mais informações sobre este e outros casos, acesse o Banco de Práticas:http://sustentabilidade.santander.com.br/banco...
Estimule o aprofundamento no tema!                                     38
39
40
41
42
43
44
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Turismo Sustentável: Apresentação Guiada

2,120

Published on

Uma nova forma de pensar nas suas férias e nos seus negócios! Saiba mais, pratique e compartilhe com a ajuda da apresentação em versão guiada!

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,120
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
61
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Turismo Sustentável: Apresentação Guiada "

  1. 1. Este material foi concebido para apoiar você na apresentação dos slides.Para começar a apresentação, um bom caminho é entender o nível de conhecimentoe expectativa do público ouvinte sobre o tema. Pergunte aos presentes o que elesentendem por “Turismo Sustentável”. Independentemente das respostas, não oscorrija – o objetivo da pergunta não é avaliá-los, e sim, entender o nível deconhecimento e expectativa do público a quem você se dirige. Dependendo dele,você poderá passar mais rápido ou se aprofundar em alguns tópicos. 1
  2. 2. O turismo é o setor da economia que mais cresce no mundo, com enorme potencialde gerar novos negócios e investimentos, valorizar a identidade dos locais turísticos eo desenvolvimento de uma região. Promove o compartilhamento de experiências econhecimento, tanto para quem viaja quanto para quem hospeda, contribuindo parao entendimento intercultural e para a tolerância.Por isso o turismo, além de um grande negócio, é uma experiência humana e social,que enriquece as pessoas, e que pode contribuir para a promoção de uma cultura depaz e um mundo melhor para todos.Esta reportagem traça um interessante panorama geral sobre o tema:http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/desenvolvimento/conteudo_479443.shtml?func=2 2
  3. 3. O turismo é um instrumento transformador de economias e sociedades - para o bemou para o mal. O lado bonito do turismo está evidente para quem viaja e quemrecebe viajantes, mas existe um lado feio do turismo, que nem sempre o turista vê.Por ignorância ou de olho na possibilidade de ampliar sua margem de lucro no curtoprazo, algumas organizações e pessoas não respeitam a população local ou acapacidade dos destinos turísticos e passam por cima de cuidados básicos, o que geradistúrbios ao meio ambiente, à população e ao próprio negócio. Essa formapredatória e inconsciente de fazer turismo mina, ao longo do tempo, a própriaindústria do turismo, transformando locais de grande potencial turístico em destinosindesejados. 3
  4. 4. Para que as vantagens perdurem e as praias, montanhas, cachoeiras e mesmocidades continuem a causar as melhores impressões e a oferecer as melhoresexperiências aos visitantes e moradores, é preciso praticar o turismo responsável.Reconhecendo essa importância, em 1994, o Ministério da Indústria, do Comércio edo Turismo (MICT), por meio do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), adotou oturismo sustentável como referência de desenvolvimento econômico capaz deassegurar a qualidade de vida da comunidade, proporcionar satisfação ao turista emanter a qualidade do ambiente (do qual dependem a comunidade e o turista).É importante deixar claro aqui que o objetivo desta apresentação NÃO é mostraruma nova modalidade de turismo, relacionada, por exemplo, a destinos rústicos,naturais ou intocados. O Turismo Sustentável é um modo de pensar e planejar oturismo, proporcionando experiências e trocas agradáveis e significativas para todosos envolvidos, gerando ganhos financeiros justos e duradouros para as partesenvolvidas no negócio, preservando o meio ambiente e respeitando as pessoasenvolvidas em toda a cadeia de valor. 4
  5. 5. O objetivo da apresentação é introduzir o tema e mostrar alguns caminhos. Mas hámuito mais a ser estudado e há muitas soluções que não teremos espaço paradiscutir aqui. Algumas alternativas ainda nem conhecemos, afinal todos podem criarnovos caminhos. Os caminhos do Turismo Sustentável estão sendo criados por quemo pratica com responsabilidade e respeito. 5
  6. 6. Importante destacar essa ideia de “benefícios hoje e amanhã”. Alguns atores envolvidos no negócioturístico encaram essa atividade com uma visão de curto prazo, de olho nos ganhos imediatos. Masquando os ganhos não vêm acompanhados de cuidados, não se sustentam com o tempo e podemgerar prejuízos muito maiores, até irreversíveis. A proposta é tornar os destinos ainda melhores paraos próximos visitantes, garantindo que os locais possam continuar se desenvolvendo e atraindoturistas sempre, com ganhos contínuos.Segundo o Ministério do Turismo, turismo sustentável é a atividade que satisfaz as necessidades dosturistas e as necessidades socioeconômicas das regiões receptoras, enquanto a integridade cultural, aintegridade dos ambientes naturais e a diversidade biológica são mantidas para o futuro.Aqui sugerimos 7 diretrizes, compiladas a partir de diferentes fontes, com o intuito de nortear esseentendimento. Ao longo do material vamos apresentar referências complementares a essas diretrizes.Sobre o primeiro item, vale a pena destacar que em alguns locais turísticos é comum observar umexcesso de padronização, com pouco contato com a realidade local. Todos queremos um bomatendimento, mas isso não significa dar a mesma cara, o mesmo molde, a lugares diferentes. É maisrico o local turístico desenvolvido a partir de suas características próprias, dando o devido respeito evalor à autenticidade local e suas comunidades tradicionais. Além de ser bom para as pessoas daregião, é isso que dá o charme e diferencia o destino.Reforce também para o grupo que o turismo envolve muitos setores, por isso é fundamental contarcom a participação ativa de todos os públicos envolvidos e de uma liderança política e participativaforte para garantir que a sustentabilidade faça parte de um processo contínuo, com constantemonitoramento de impactos, tomando medidas de prevenção, correção e reavaliação sempre quenecessário. 6
  7. 7. Turismo Sustentável não é um segmento do turismo. É importante que se apliquemos princípios do Turismo Sustentável em todas as formas de se praticar turismo, sejacom finalidade de lazer ou de negócios. No turismo ecológico - ou ecoturismo - omeio ambiente está mais exposto, mais evidente. Mas até nas viagens de negócios ea centros urbanos é importante tomar cuidados socioambientais, afinal o turismoenvolve uma complexa cadeia produtiva, que não se encerra no destino da viagem.A definição de turismo sustentável da Organização Mundial do Turismo (OMT ouWTO, em inglês) reforça esse aspecto. O conceito definido em 2004 pela Organizaçãoestabelece que as diretrizes e práticas de gestão do turismo sustentável são aplicáveisa todas as formas de turismo em todos os destinos, incluindo o turismo de massa etodos os diferentes segmentos e nichos do turismo. Os princípios da sustentabilidadese referem aos aspectos ambientais, econômicos e socioculturais dodesenvolvimento do turismo. Um equilíbrio adequado deve ser estabelecido entreessas três dimensões para garantir sustentabilidade no longo prazo. 7
  8. 8. O turismo pode fazer parte da nossa vida pessoal e profissional.Aqui vale questionar o público sobre a forma como eles enxergam a si própriosquando fazem turismo: quais são as suas atribuições? Quais são seus objetivos nestepapel? Quais são seus direitos e deveres? Quais são seus ganhos?Em seguida, peça para que eles pensem na última viagem que fizeram e nomeiem aspessoas envolvidas. Qual é o papel de cada uma?Após apresentar o slide, você pode concluir dizendo que o Turismo Sustentávelinteressa a todas as pessoas envolvidas na cadeia produtiva do turismo, afinal todosestão conectados. 8
  9. 9. Neste momento, cabe propor às pessoas outra reflexão. Proponha que eles assumamo papel de um personagem da cadeia de valor do turismo em que ninguém respeitacuidados com a sustentabilidade.Depois de cada um descrever seu comportamento, peça para que pensem que opersonagem assumido por eles resolveu mudar de comportamento, adotandopráticas de sustentabilidade. Como essa mudança de comportamento afeta a cadeiatoda?Existem muitas pessoas e setores envolvidos na cadeia do turismo. Aqui vamos focarem alguns dos principais elos dessa cadeia. Lembre que, embora não haja espaçopara abordar cada elo, todos são importantes, incluindo o governo e a sociedade civilorganizada , que têm papéis fundamentais!Nos próximos slides serão apresentadas algumas ações práticas que turistas, agênciase operadoras, transportes e meios de hospedagem e alimentação podem fazer parapromover o turismo sustentável. A cada slide você pode instigar os participantes adarem outros exemplos do que cada elo pode fazer. Sempre peça para que elestentem se colocar no lugar dos personagens envolvidos em cada ação. Ter uma visãoglobal do cenário em situações práticas (como as que você verá a seguir) ajuda aentender a importância das práticas de sustentabilidade. 9
  10. 10. Proponha ao grupo: “imagine receber uma visita na sua casa que mudasse o seuprograma favorito da televisão, tirasse sarro de você e dos seus parentes ecomeçasse a estabelecer novas regras para a casa? Como você se sentiria? Nãogostariam, não é mesmo?” Utilize esse exemplo para mostrar a importância de serespeitarem os costumes locais. E lembre-os que, quando viajamos para outrospaíses, somos o cartão de visita do nosso próprio país!Sugira ao público pensar no seu último destino turístico. Em seguida, peça para quetentem responder para si mesmos as perguntas apresentadas no slide. Saberãoresponder (o intuito não é obter as respostas e sim promover a reflexão)? Você podedizer que, fazer perguntas como essas, além de possibilitar conhecer melhor aspráticas desses lugares, é uma forma de colocar essa preocupação no radar defuncionários e donos dos diferentes estabelecimentos. Passando a mensagem queesses temas são importantes para você e para cada vez mais turistas. 10
  11. 11. 11
  12. 12. 12
  13. 13. 13
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17
  18. 18. 18
  19. 19. 19
  20. 20. 20
  21. 21. Nos próximos slides, serão apresentados temas e ações que se direcionam a todas aspessoas envolvidas na cadeia de valor do turismo, sejam turistas, empresários,investidores, governo ou sociedade civil. Afinal, são questões em que todos têmimpacto, ao mesmo tempo em que são impactados, direta ou indiretamente.São chamados de temas transversais justamente porque cruzam o caminho de todosos personagens. 21
  22. 22. Veículos e embarcações seguem os regulamentos técnicos definidos pelo Programade Acessibilidade do Inmetro.Ressalte que construir espaços acessíveis é mais barato do que adaptar os existentes!E lembre que acessibilidade é apenas um dos temas quando o assunto édiversidade! Atender públicos específicos, como de terceira idade, GLBT e menorrenda, pode ser um bom negócio e certamente agradará os turistas. 22
  23. 23. Aproveite o tema para lembrar que outra questão muito importante de sercombatida é a exploração do trabalho infantil como um todo. 23
  24. 24. As mudanças climáticas são uma preocupação mundial, mas lembre o público quequando o assunto é meio ambiente os temas vão além. É fundamental para oturismo analisar o seu impacto sobre a biodiversidade como um todo e como aoperação dos negócios pode ter o menor impacto ambiental possível, compensandoo que não for possível reduzir. Enfatize que planejar, gerenciar e reduzir devem serpriorizados a compensar. No caso das emissões, por exemplo, emitir menos CO2 émais importante do que compensar! Ajuda a diminuir riscos e pode sair mais barato.Para fazer isso é essencial conhecer e monitorar o seu desempenho!A boa notícia é que buscar por processos e produtos ambientalmente corretosestimula a inovação e a eficiência, podendo gerar mais receita e reduzir custos.Sugira para o público que conheça as outras apresentações disponíveis, assim comoesta, no Espaço de Práticas de Sustentabilidade(www.santander.com.br/sustentabilidade): eficiência energética, uso racional daágua e gerenciamento de resíduos que apresentam caminhos para eficiência eeconomia de recursos.Lembre que que diminuir o impacto ambiental não é exclusividade de empresas.Turistas podem fazer o mesmo, analisando suas atitudes e escolhas, desde otransporte que usam e as hospedagens que escolhem até os produtos que compram. 24
  25. 25. 25
  26. 26. A cadeia de valor do turismo tem alta capacidade de comunicação com os turistas e ascomunidades locais, o que a torna uma ferramenta efetiva de multiplicação de boas práticas.As atividades turísticas podem e devem estimular a educação continuada, capacitando amão-de-obra local, aumentando o grau de instrução e escolaridade dos atores envolvidos,promovendo uma educação cívica de respeito a diferentes culturas, povos, costumes evalores.Alguns pontos são importantes de se questionar: quantos moradores locais estão em cargosde gerência? Onde estão na hierarquia da empresa? O ponto aqui é investir no pessoal localpara que possam crescer profissionalmente e pessoalmente e não deixá-los restritos aalgumas atividades de menor responsabilidade e prestígio.É por isso que empoderar é importante. Significa desenvolver as pessoas para que elas setornem autônomas, capacitar para que possam decidir na ponta, por si mesmas, qual amelhor decisão a ser tomada frente a diferentes situações.O Espaço de Práticas em Sustentabilidade oferece uma série de conteúdos, como cursos evídeos, que podem ser utilizados para educação e sensibilização. Confira:www.santander.com.br/sustentabilidade. Não deixe de checar os vídeos do curso online desustentabilidade. Acompanhando a vida do personagem Roberto fica fácil entender o que asustentabilidade tem a ver com o dia a dia de todos nós:www.santander.com.br/novojeitodeveeagirAlém da educação, é fundamental a cooperação e participação de todos os atores nasdecisões que afetem seu dia a dia e o próprio destino turístico. E nisso, as empresas, ogoverno e as entidades da sociedade civil podem ter um importante papel na articulação eengajamento dos diferentes atores. Juntos podem a chegar a melhores soluções para osdesafios comuns. 26
  27. 27. Ao selecionar o que você consome e revende, considerando práticas socioambientaisem toda a cadeia de fornecimento e valorizando o comércio local, você garante acoerência da sua atuação em relação ao desenvolvimento sustentável e promove umefeito positivo em cadeia. 27
  28. 28. Como já citado, existem diretrizes que podem ajudar no entendimento do turismosustentável e oferecer alguns caminhos para ação. No Brasil e no mundo, estudiosose organizações vêm pesquisando e analisando formas de operacionalizar odesenvolvimento sustentável na atividade turística.A publicação “Turismo e Sustentabilidade”, da série Roteiros do Brasil do Programade Regionalização do Turismo, desenvolvido pelo Ministério do Turismo, apresenta,em linguagem simples, conceitos, princípios e passos para que os municípios dasregiões turísticas brasileiras se organizem com base nos princípios dasustentabilidade. Além de outros conteúdos, nele você pode conferir os 7 princípiospropostos pelo Conselho Brasileiro para o Turismo Sustentável:http://www.turismo.gov.br/export/sites/default/turismo/o_ministerio/publicacoes/downloads_publicacoes/conteudo_fundamental_turismo_e_sustentabilidade.pdfLembre-se de citar também a Organização Mundial do Turismo, que oferecediretrizes e publicações (inglês ou espanhol): http://sdt.unwto.org/en/content/about-us-5Vale destacar que critérios e selos podem ser um importante guia e fonte deaprendizado, mas o mais importante é que cada uma avalie e busque seu própriocaminho com o compromisso genuíno. O turismo sustentável é um processo contínuoe é preciso estar sempre atento à mudanças e necessidade de ajustes de rota! 28
  29. 29. Reforce que, se planejada de forma sustentável, a atividade turística pode ser umgrande instrumento de transformação de nossa sociedade, promovendo oempreendedorismo, a inclusão social, a geração de empregos, novos investimentosem infraestrutura, além da preservação da biodiversidade e das diferentes culturasque fazem deste país um destino turístico extraordinário! 29
  30. 30. 30
  31. 31. Aproveite para instigar a criatividade e o senso de empreendedorismo do público daapresentação. Instigue-os a pensar sobre o que podem fazer para aproveitar aocasião da Copa do Mundo no Brasil e das Olimpíadas como oportunidade denegócio turístico, tendo em vista o enorme fluxo de turistas e, claro, a possibilidadedesse negócio gerar efeitos duradouros para todos os brasileiros. 31
  32. 32. Práticas como eficiência energética, uso racional de água, manejo de resíduos econstrução sustentável são importantes para a sustentabilidade. Algumas dessassoluções podem parecer caras ou inviáveis à primeira vista, mas podem serfinanciadas e gerar melhorias econômicas, sociais e ambientais. 32
  33. 33. Aqui são apresentadas alguns exemplos de soluções que podem ser financiadas.Relembre o público de que, para saber mais sobre os benefícios da eficiênciaenergética, uso racional da água e gerenciamento de resíduos, eles podem conheceras outras apresentações disponíveis, assim como esta, no Espaço de Práticas deSustentabilidade (www.santander.com.br/sustentabilidade).Sugira que conheçam também o Guia de Boas Práticas da construção civil.http://sustentabilidade.santander.com.br/oquefazemos/produtoseservicos/Documents/os_guiaboaspraticas.pdf.pdf 33
  34. 34. 34
  35. 35. Nas referência são apresentados links com mais informações sobre as certificações. 35
  36. 36. Este e o próximo slides são alguns exemplos de clientes do Santander que, aofinanciar sua reforma, passaram a economizar recursos, além de gerar ganhos sociaise ambientais.Complemente contando que a reforma incluiu as seguintes ações: Implantação de sistema de coleta e reciclagem de resíduos; Iluminação de escadas de serviço com energia solar; Sistema de captação de água da chuva, tratamento da água das lavanderias, reaproveitamento da água de pias e chuveiros nos sanitários; Substituição da fachada de vidro por outra que reduz a necessidade de ar condicionado e o consumo de energia; Instalação de lâmpadas LED em 500 apartamentos. 36
  37. 37. Para mais informações sobre este e outros casos, acesse o Banco de Práticas:http://sustentabilidade.santander.com.br/bancodepraticas/default.aspx 37
  38. 38. Estimule o aprofundamento no tema! 38
  39. 39. 39
  40. 40. 40
  41. 41. 41
  42. 42. 42
  43. 43. 43
  44. 44. 44

×