Your SlideShare is downloading. ×
Teoria dos signos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Teoria dos signos

331
views

Published on


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
331
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Texto 03 – FIORIN, José Luiz. Teoria dos signos. In: FIORIN, José Luiz (org.). Introdução à lingüística: objetos teóricos. 2ed. São Paulo: Contexto, 2003 pp 55-74
  • 2. Texto 3 - Questionário 01. "Só percebemos no mundo o que nossa língua nomeia." Explique e exemplifique 02. Por que os signos não podem ser considerados simples rótulos da realidade? 03. Por que um sistema de comunicação baseado em objetos está fadado ao fracasso? 04. O que é valor do signo? 05. Explique porque a língua categoriza o mundo. 06. Esclareça o que é o signo lingüístico. 07. O que é significado e o que é significante segundo Saussure? 08. Qual a relação existente entre significante e significado? 09. O que significa dizer que na língua não existem senão diferenças? 10. Esclareça os conceitos de: forma do conteúdo substância do conteúdo forma da expressão substância da expressão 11. Por que qualquer produção humana dotada de sentido é uma signo? 12. Qual a implicação da arbitrariedade do signo para a diversidade das línguas? 13. Explique os conceitos de absolutamente arbitrário e relativamente arbitrário. 14. O significante pode lembrar o significado? Explique e exemplifique. 15. O que é simbolismo fonético? Ele é um argumento que desautoriza a arbitrariedade do signo? 16. Qual a relação entre poesia e arbitrariedade do signo? 17. O que é linearidade do significante? Que linguagens apresentam significantes lineares e que linguagens apresentam significantes não-lineares? 18. O que é um signo denotado e um signo conotado? 19. Quais são os principais mecanismos de conotação? Explique e exemplifique cada um deles. 20. Apresente exemplos da linguagem cotidiana que façam uso de signos conotados, metonímica ou metaforicamente. 21. Com base no critério da intenção comunicativa, que signos podemos definir? Esclareça-os. 22. Com base no critério da função de interpretação, que signos podemos definir? Esclareça-os. 23. Como se dividem os signos com função derivativa? 24. Como se dividem os signos substitutivos?