Your SlideShare is downloading. ×
TRANSPORTE POR BICICLETA EM CIDADES CATARINENSES:                 METODOLOGIA PARA LEVANTAMENTO DA REALIDADE E            ...
• Foi procurado o Hospital Celso Ramos, informado pelo Samu e pela Polícia Militar  como sendo o hospital que acolhe acide...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Levant. acidentes fpolis [cn pq udesc]

175

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
175
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Levant. acidentes fpolis [cn pq udesc]"

  1. 1. TRANSPORTE POR BICICLETA EM CIDADES CATARINENSES: METODOLOGIA PARA LEVANTAMENTO DA REALIDADE E RECOMENDAÇÕES PARA INCREMENTO DA SUA PARTICIPAÇÃO NA MOBILIDADE URBANA Projeto de Pesquisa financiado pelo CNPq Edital MCT/CNPq nº 18/2009 Processo nº 402399/2009-9 Título do LEVANTAMENTO DE ACIDENTES COM CICLISTAS EM Documento FLORIANÓPOLIS Pesquisa sobre possibilidade de levantamento de acidentes de trânsito Descrição com ciclistas em instituições públicas; levantamento realizado por André Geraldo Soares entre Out/2010 e Mai/2011RESULTADOS• Não existem informações sistematizadas (pesquisas, banco de dados etc.) de acidentes envolvendo ciclistas em Florianópolis;• Não existem sistemas de cadastro de acidentes envolvendo ciclistas em Florianópolis;• Os seguintes dirigentes públicos consultados para o item da pesquisa “Opinião de gestores e lideranças” (vide respectivo documento) afirmaram que não existem informações coletadas ou sistema de coleta de informações de acidentes com ciclistas: IPUF – Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis; SMTMT – Secretaria Municipal de Transportes Mobilidade e Terminais; GM – Guarda Municipal;• As seguintes lideranças comunitárias consultadas para o item da pesquisa “Opinião de gestores e lideranças” (vide respectivo documento) afirmaram que desconhecerem a existência de informações coletadas ou sistema de coleta de informações de acidentes com ciclistas: ViaCiclo - Associação dos Ciclousuários da Grande Florianópolis; UFECO – União Florianopolitana de Entidades Comunitárias; CDL – Câmara de Dirigentes Logistas;• As mesmas lideranças comunitárias e gestores públicos afirmaram, no preenchimento do item da pesquisa “Indicadores de qualidade de mobilidade ciclística” (vide respectivo documento) que não existem (Ufeco informou de desconhece) tais informações quando indagadas no item “Registro e monitoramento de acidentes com Ciclistas”;• Foi procurado o COPOM/PM - Centro de Operações da Policia Militar de Santa Catarina, cujos dirigentes afirmaram não haver código de registro para acidentes envolvendo ciclistas;• Foi procurado o Departamento de Relações Públicas da Polícia Militar, que informou que a instituição não realiza o registro de acidentes com ciclistas;;• Foi procurado o SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Anexo 2), que afirmou que os acidentes com ciclistas não são registrados e que as fichas de atendimento são de caráter sigiloso;
  2. 2. • Foi procurado o Hospital Celso Ramos, informado pelo Samu e pela Polícia Militar como sendo o hospital que acolhe acidentes de trânsito em Florianópolis; a direção do Hospital informou que: não existe sistematização do registro de pacientes, apenas fichas individuais de pacientes e de atendimentos; que tais fichas não contém, necessariamente, a causa específica da lesão como “acidente com bicicleta”, apenas, genericamente, ocasionalmente, como “acidente de trânsito”; e que, finalmente, o Hospital está em reformas e que não pode ceder acesso às tais fichas de registro individuais;• Foi procurado o IML – Instituto Médico Legal, que informou que não existe sistematização do registro de mortes, apenas fichas individuais de cada óbito; que tais fichas não contém, necessariamente, a causa específica da lesão como “acidente de trânsito”, mas genericamente informações como “traumatismo craniano” ou similar.

×