O Brasil pode mais
O Brasil pode mais <ul><li>As eleições constituem uma oportunidade para se provocar o debate em torno das mais importantes...
O Brasil pode mais <ul><li>Arte ou ciência de governar; Forma de estabelecer as relações de poder em uma sociedade ; </li>...
O Brasil pode mais <ul><li>Querer fazer política é, antes de tudo, abdicar de projetos somente pessoais em prol de servir ...
O Brasil pode mais <ul><li>Elitista (cultura da subserviência popular); </li></ul><ul><li>Autoritária (cultura mandonista)...
<ul><li>O descompromisso com os interesses da sociedade;  </li></ul><ul><li>A ação em benefício, único e exclusivo, do ind...
O Brasil pode mais <ul><li>O Estado imperial precedeu à formação da nação brasileira; </li></ul><ul><li>Colônia de um país...
<ul><li>Somos a 5ª maior população mundial (cerca de 200 milhões de habitantes e o 5º maior território do planeta (8 milhõ...
<ul><li>Apenas 1% dos brasileiros detém cerca de 53% do estoque de bens do país; </li></ul><ul><li>A renda dos 10% mais ri...
<ul><li>Analfabetismo chega a 11,1% (pessoas com + de 15 anos); </li></ul><ul><li>E 51,5% dos eleitores brasileiros aptos ...
<ul><li>Até os anos 50, mais da metade da população vivia no campo; </li></ul><ul><li>Em apenas 50 anos, 82,82% dos brasil...
<ul><li>Em 1930, correspondia a 1% da população (cerca de 400 mil pessoas); </li></ul><ul><li>Em 1950, 21% da população (c...
<ul><li>A partir dos anos 70, as mulheres passaram a atuar mais firmemente e hoje representam mais de 43% da População Eco...
<ul><li>Apesar de tudo, os brasileiros obtiveram nas suas lutas duas importantes conquistas: a democracia política e uma c...
<ul><li>Defender e lutar pela promoção da igualdade e da inclusão social, econômica, étnica, de gênero e de pessoas com ne...
<ul><li>Não há cidadania sem acesso à educação de qualidade (esta vinculada à perspectiva de emprego) e cultura; </li></ul...
<ul><li>Só tem valor se acompanhado de um projeto político de cidadania,  </li></ul><ul><li>Em sua representação da vontad...
<ul><li>Manter-se em sintonia permanente com seu partido, a fim de poder corretamente exercer seu mandato; </li></ul><ul><...
<ul><li>Estar filiado a um partido é condição indispensável para concorrer a qualquer eleição e, aí, ser eleito; </li></ul...
O Brasil pode mais <ul><li>O governo Lula, além de se apoiar em uma política social de fundo assistencialista e eleitoreir...
O Brasil pode mais <ul><li>O desenvolvimento não  se reduz a crescimento econômico, mas abriga como dimensões necessárias ...
O Brasil pode mais <ul><li>Propõe o retorno do parlamentarismo à agenda, com a perspectiva de sua adoção em caráter experi...
O Brasil pode mais <ul><li>Para prosseguir nesse rumo precisamos de instrumentos novos de política econômica e social. Daí...
<ul><li>O trabalho autônomo, o trabalho familiar, as pequenas empresas, as cooperativas, respondem em conjunto por um núme...
<ul><li>O PPS defende ainda a continuidade e aprofundamento das políticas de combate às desigualdades de gênero, raça e re...
<ul><li>A sustentabilidade hoje é uma premissa do desenvolvimento  </li></ul><ul><li>- A mudança da matriz energética, o c...
<ul><li>Nesse cenário, fica clara a centralidade da política de ciência, tecnologia e inovação. </li></ul><ul><li>O PPS pr...
<ul><li>Sobre a mudança na matriz de transportes, o  PPS propõe: </li></ul><ul><li>- A transição acelerada para uma nova m...
O Brasil pode mais <ul><li>Por fim, lembramos que o estudo e o uso deste manual, permitirá aprofundar o conhecimento e a c...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Poder Local

1,177

Published on

Curso de atualização política - Apresentação sobre poder local

Published in: News & Politics, Travel, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,177
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Poder Local

  1. 1. O Brasil pode mais
  2. 2. O Brasil pode mais <ul><li>As eleições constituem uma oportunidade para se provocar o debate em torno das mais importantes questões do país, e </li></ul><ul><li>ao mesmo tempo para se batalhar sobretudo pela vitória de noss@s candidat@s à Câmara Federal, da qual depende legalmente a criação de condições para fortalecer o partido nacionalmente. </li></ul><ul><li>Elas têm ainda um valor estratégico, orientado pelo princípio de que a consolidação e o aprofundamento da democracia e a implantação dos valores republicanos requerem partidos fortes e representativos do eleitorado assim como cidadãos e cidadãs sempre mais conscientes e participantes da sua nobre missão. </li></ul>Razões deste Curso da Atualização Política
  3. 3. O Brasil pode mais <ul><li>Arte ou ciência de governar; Forma de estabelecer as relações de poder em uma sociedade ; </li></ul><ul><li>Arte de guiar ou influenciar o modo de governo por um partido, pela influência da opinião pública, pela mobilização de pessoas etc ; </li></ul>Política, do grego politikós , originado de polis (cidade), referente à cidade, urbano, civil, público, social, tem vários significados:
  4. 4. O Brasil pode mais <ul><li>Querer fazer política é, antes de tudo, abdicar de projetos somente pessoais em prol de servir ao público. De desejar a partir da nossa efetiva participação, influenciar na construção dos destinos de todos. </li></ul><ul><li>Homens e mulheres de bem, que não se apequenam diante de suas responsabilidades, devem abraçar a política como um forte instrumento para a concretização das aspirações que não são apenas de uma pessoa ou de um grupo ou de um partido, mas de todos, na busca de construção de um pais mais democrático, republicano e com oportunidade para todos. </li></ul>
  5. 5. O Brasil pode mais <ul><li>Elitista (cultura da subserviência popular); </li></ul><ul><li>Autoritária (cultura mandonista); </li></ul><ul><li>Pouco republicana (cultura patrimonialista, na qual os recursos públicos parecem ser do mandatário, não da população); </li></ul>A política no Brasil, como resultado de nossa formação histórica, caracteriza-se por ser:
  6. 6. <ul><li>O descompromisso com os interesses da sociedade; </li></ul><ul><li>A ação em benefício, único e exclusivo, do individuo ou de pequenos grupos políticos; </li></ul><ul><li>Ambiente propício à demagogia e corrupção, levando à impunidade de seus atores; </li></ul>O Brasil pode mais O sistema político brasileiro, resultado do elitismo e do autoritarismo, nutre:
  7. 7. O Brasil pode mais <ul><li>O Estado imperial precedeu à formação da nação brasileira; </li></ul><ul><li>Colônia de um país absolutista (1500-1822), de regime político e sócio-econômico cujo pilar central era a escravidão (1537-1889); </li></ul><ul><li>Pouca escolaridade da população brasileira; </li></ul><ul><li>Ausência de práticas democráticas (República Velha – 1889/1930), Estado Novo de Vargas (1937-1945) e ditadura militar - 1964 a 1985); </li></ul>As possíveis razões desse fenômeno:
  8. 8. <ul><li>Somos a 5ª maior população mundial (cerca de 200 milhões de habitantes e o 5º maior território do planeta (8 milhões e meio de Km²); </li></ul><ul><li>Somos uma das maiores economias do mundo mas a 58ª posição em renda per capita, e há 25 anos campeões mundiais em concentração de riqueza e renda; </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções:
  9. 9. <ul><li>Apenas 1% dos brasileiros detém cerca de 53% do estoque de bens do país; </li></ul><ul><li>A renda dos 10% mais ricos é 28 vezes a obtida pelos 40% mais pobres; </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções: (desigualdades de riqueza e renda)
  10. 10. <ul><li>Analfabetismo chega a 11,1% (pessoas com + de 15 anos); </li></ul><ul><li>E 51,5% dos eleitores brasileiros aptos não concluíram o primeiro grau, ou apenas lêem e escrevem (são analfabetos funcionais); </li></ul><ul><li>Média de 6,7 anos de freqüência escolar (média 3 vezes inferior a da Argentina); </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções: (o obstáculo educacional)
  11. 11. <ul><li>Até os anos 50, mais da metade da população vivia no campo; </li></ul><ul><li>Em apenas 50 anos, 82,82% dos brasileiros incharam as cidades, com todos os problemas daí decorrentes; </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções (o rural e o urbano) :
  12. 12. <ul><li>Em 1930, correspondia a 1% da população (cerca de 400 mil pessoas); </li></ul><ul><li>Em 1950, 21% da população (cerca de 11 milhões) podiam votar; </li></ul><ul><li>Hoje, 2/3 da população está apta a votar (cerca de 128 milhões de pessoas); </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções: (Eleitorado)
  13. 13. <ul><li>A partir dos anos 70, as mulheres passaram a atuar mais firmemente e hoje representam mais de 43% da População Economicamente Ativa (PEA); </li></ul><ul><li>Apesar de tudo, permanecem ainda muitas distorções entre homens e mulheres; </li></ul><ul><li>Enquanto a taxa de desemprego aberto das mulheres é de 12,4%, a dos homens é de 9,2%; </li></ul><ul><li>O salário delas corresponde, em média, a 60% do salário deles; </li></ul>O Brasil pode mais O Brasil e suas distorções: (emprego e salário)
  14. 14. <ul><li>Apesar de tudo, os brasileiros obtiveram nas suas lutas duas importantes conquistas: a democracia política e uma certa estabilidade econômico-financeira, além da abertura para políticas sociais distributivistas; </li></ul><ul><li>Entretanto, os governos FHC e Lula, sobretudo este, foram marcados pela predominância dos interesses do setor financeiro, e a ausência de projetos realmente estruturadores de novos rumos para a sociedade brasileira. </li></ul>O Brasil pode mais A responsabilidade de cada um
  15. 15. <ul><li>Defender e lutar pela promoção da igualdade e da inclusão social, econômica, étnica, de gênero e de pessoas com necessidades especiais; </li></ul><ul><li>Dinamizar formas de participação efetiva e organizada dos cidadãos; </li></ul><ul><li>Resgatar o caráter ético da política (abdicar de projetos apenas pessoais e realizá-los em prol do todo, da coletividade); </li></ul><ul><li>Combater o conformismo com desigualdade, miséria, injustiça, corrupção e impunidade; </li></ul>O Brasil pode mais Desafios
  16. 16. <ul><li>Não há cidadania sem acesso à educação de qualidade (esta vinculada à perspectiva de emprego) e cultura; </li></ul><ul><li>Não há cidadania sem serviços de saúde acessíveis; </li></ul><ul><li>O exercício desses direitos condiciona a qualidade da habitação, o acesso ao emprego e a dignidade da vida familiar; </li></ul>O Brasil pode mais Algumas lições:
  17. 17. <ul><li>Só tem valor se acompanhado de um projeto político de cidadania, </li></ul><ul><li>Em sua representação da vontade popular, deve ser para ajudar as organizações sociais visando envolvê-las no processo de inclusão e participação; </li></ul><ul><li>Formular e defender políticas e programas sociais, que fortaleçam a inclusão social, sem possibilitar sua manipulação e o populismo; </li></ul><ul><li>Defesa rigorosa da separação dos poderes </li></ul>O Brasil pode mais Mandato Popular:
  18. 18. <ul><li>Manter-se em sintonia permanente com seu partido, a fim de poder corretamente exercer seu mandato; </li></ul><ul><li>Cumprir seus compromissos, com eficiência, sempre contando com ajuda e acompanhamento do partido; </li></ul><ul><li>Contribuir de forma direta na formulação, desenvolvimento e acompanhamento das políticas públicas; </li></ul><ul><li>Procurar articular-se com várias instâncias da sociedade (mov. sociais, sindicatos, clubes, conselhos, ONGs etc.) </li></ul>O Brasil pode mais Deveres d@s eleit@s.
  19. 19. <ul><li>Estar filiado a um partido é condição indispensável para concorrer a qualquer eleição e, aí, ser eleito; </li></ul><ul><li>Apenas 27 deputados federais em 513 se elegeram com o seu próprio quociente eleitoral. Todos os demais dependem dos votos partidários (dos vários candidatos e de legenda); </li></ul><ul><li>A fidelidade precisa ser uma via de duas mãos. Partido – Filiado; </li></ul><ul><li>A relação precisa ser cultivada. Integrar-se à atividade partidária é o primeiro passo; </li></ul>O Brasil pode mais Fidelidade partidária:
  20. 20. O Brasil pode mais <ul><li>O governo Lula, além de se apoiar em uma política social de fundo assistencialista e eleitoreiro, mantém um modelo macroeconômico, que impede um crescimento nacional a taxas capazes de absorver o contingente de desempregados,(a cada ano 1,5 milhão de jovens se preparam para tentar entrar no mercado de trabalho). </li></ul><ul><li>Ao privilegiar o equilíbrio financeiro em detrimento dos equilíbrios social e econômico, tem levado o país a um impasse ao exigir taxas elevadas de juros. </li></ul><ul><li>Por isso é que a eleição de outubro próximo será crucial para definir os rumos do país, e para avançar é preciso mudar. </li></ul>
  21. 21. O Brasil pode mais <ul><li>O desenvolvimento não se reduz a crescimento econômico, mas abriga como dimensões necessárias a ampliação da democracia, a redução das desigualdades e a sustentabilidade; </li></ul><ul><li>A reforma política tem seu ponto inicial na mudança da legislação eleitoral e partidária, para que haja partidos efetivos e legislativos atuantes </li></ul><ul><li>O PPS propõe a implantação do voto distrital misto, com lista fechada, alternância de sexos na lista e financiamento público de campanha </li></ul>Propostas do PPS ao candidato José Serra
  22. 22. O Brasil pode mais <ul><li>Propõe o retorno do parlamentarismo à agenda, com a perspectiva de sua adoção em caráter experimental em municípios e estados. </li></ul><ul><li>Propõe a Reforma Democrática do Estado, com a redução imediata de 50% do número de cargos de livre provimento e fortalecimento simultâneo dos instrumentos participativos da gestão pública. </li></ul><ul><li>Propõe limites de atuação de agências reguladoras e órgãos do Poder Executivo (generalização do e-governo) </li></ul>Propostas do PPS ao candidato José Serra
  23. 23. O Brasil pode mais <ul><li>Para prosseguir nesse rumo precisamos de instrumentos novos de política econômica e social. Daí o PPS propor, em primeiro lugar, </li></ul><ul><li>- A continuidade das políticas de transferência de renda existentes, com controle maior sobre a seleção de beneficiários e a corresponsabilidade com os governos municipais </li></ul><ul><li>O PPS propõe ainda: </li></ul><ul><li>- A educação em tempo integral como meta nacional, acompanhada de uma política rigorosa de avaliação de resultados, base para o incremento progressivo da qualidade do ensino. </li></ul>Propostas do PPS ao candidato José Serra
  24. 24. <ul><li>O trabalho autônomo, o trabalho familiar, as pequenas empresas, as cooperativas, respondem em conjunto por um número cada vez maior de trabalhadores, no Brasil e no mundo </li></ul><ul><li>O PPS propõe: </li></ul><ul><li>A formulação e implementação de uma política nacional de trabalho, que contemple o aumento do emprego, o apoio à pequena e micro-empresa, o estímulo ao associativismo e a promoção do empreendedorismo, com participação importante dos governos municipais, e forte viés de transferência e renovação tecnológica, além de políticas específicas de capacitação profissional. </li></ul>O Brasil pode mais Propostas do PPS ao candidato José Serra
  25. 25. <ul><li>O PPS defende ainda a continuidade e aprofundamento das políticas de combate às desigualdades de gênero, raça e região. </li></ul><ul><li>Para esta última questão propõe </li></ul><ul><li>- A definição e implantação de uma política de desenvolvimento regional, com prioridade para a Amazônia e a região Nordeste, nos marcos da nova economia da sustentabilidade. </li></ul>O Brasil pode mais Propostas do PPS ao candidato José Serra
  26. 26. <ul><li>A sustentabilidade hoje é uma premissa do desenvolvimento </li></ul><ul><li>- A mudança da matriz energética, o caminho na direção de uma economia não dependente do consumo de carbono é irreversível </li></ul><ul><li>O Brasil detém vantagens excepcionais nesse campo, com destaque para a matriz energética limpa e o seu estoque de biodiversidade </li></ul>O Brasil pode mais Propostas do PPS ao candidato José Serra
  27. 27. <ul><li>Nesse cenário, fica clara a centralidade da política de ciência, tecnologia e inovação. </li></ul><ul><li>O PPS propõe: </li></ul><ul><li>- Uma política de C&T, voltada para as exigências do novo tempo, que aumente os investimentos no setor, priorize a articulação com o setor produtivo e supere o gargalo em termos de inovação </li></ul><ul><li>- Prioridade para a expansão do uso de energias alternativas </li></ul>O Brasil pode mais Propostas do PPS ao candidato José Serra
  28. 28. <ul><li>Sobre a mudança na matriz de transportes, o PPS propõe: </li></ul><ul><li>- A transição acelerada para uma nova matriz de transportes, com prioridade para a ferrovia e a hidrovia, em detrimento da rodovia; para o transporte coletivo em detrimento da locomoção individual </li></ul><ul><li>- No tocante a agropecuária brasileira, deve -se prosseguir no desenvolvimento científico e tecnológico com o objetivo simultâneo de aumentar a produtividade e preservar a terra e os recursos naturais, sobretudo os recursos hídricos </li></ul><ul><li>O PPS propõe ainda : </li></ul><ul><li>- Elevar o investimento em pesquisa e transferência de tecnologia, com ênfase na sustentabilidade e foco especial na agricultura familiar. </li></ul>O Brasil pode mais Propostas do PPS ao candidato José Serra
  29. 29. O Brasil pode mais <ul><li>Por fim, lembramos que o estudo e o uso deste manual, permitirá aprofundar o conhecimento e a compreensão da política, e de seu exercício, melhor desenvolver sua campanha eleitoral e fazê-la de acordo com as exigências legais e orientações partidárias. </li></ul><ul><li>Desejamos sucesso em sua – que é nossa – campanha! </li></ul>Obrigado! Este material também está disponível na área de eleições 2010 no portal do PPS http://eleicoes.pps.org.br
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×