Aula 6 2014.1 ucam - rsa - carreira verde

301 views
172 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
301
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 6 2014.1 ucam - rsa - carreira verde

  1. 1. 28/01/2014 Aula 6 – Responsabilidade Socioambiental. Tema da Aula: O Mercado de Trabalho Verde e as Práticas Responsáveis em GP, na Perspectiva da RS. O Mercado de Trabalho Verde e/ou as Carreiras Verdes. Prof. Angelo Peres O tema sustentabilidade cada vez mais faz parte do mundo corporativo. Ou seja, o tema vai cada vez mais fazer parte do mundo corporativo; e, consequentemente, vai afetar a carreira de todos. Fonte: Revista VOCESA. MUNDO DO TRABALHO EMPRESAS CARREIRAS Essa preocupação está fazendo com que as empresas busquem engajar seus funcionários no debate. E fazendo-os entender a importância do tema. Fonte: Revista VOCESA. 1
  2. 2. 28/01/2014 Fora isso, essas empresas estão fazendo desta preocupação (a sustentabilidade) uma competência a ser buscada. MUNDO DO TRABALHO CARREIRAS COMPETÊNCIAS Fonte: Revista VOCESA. As profissões nesse campo são promissoras e nem de longe tem a característica de serem passageiras. Um levantamento da Organização Profuturo de Pesquisas Sociais revelou que as carreiras nas áreas ambientais (e aquelas que oferecem serviços que facilitem a vida das pessoas) estão entre as que prometem até 2020. Fonte: Vilamulher.terra.com.br Os empregos verdes não são apenas àqueles ligados ao meio ambiente, mas, sim, com a questão do desenvolvimento sustentável, ou seja, com o crescimento econômico aliado a RS. Fonte: Vilamulher.terra.com.br MUNDO DO TRABALHO EMPREGOS MEIO AMBIENTE DESENVOLVIME NTO SUSTENTÁVEL CARREIRAS EM ALTA NESTE SEGMENTO. 2
  3. 3. 28/01/2014 Engenheiros ambientais, florestais e químicos. Além de profissionais das áreas correlatas, como biologia, economia, geologia, geografia, química. O mercado também já está de olho em gestores e administradores ambientais e profissionais de outras áreas com especialização. Fonte: Vilamulher.terra.com.br Há, também, o Avaliador de Créditos de Carbono, Gestor de Empresas do Terceiro Setor e Gestor de Manejo Ambiental (incluindo as especificações em Manejo Florestal, Hídrico e Geológico). Fonte: Vilamulher.terra.com.br POR QUÊ? Fonte: Vilamulher.terra.com.br A população vem pressionando as empresas a ampliarem os cuidados com o meio ambiente e, com isso, na opinião dessas pessoas, acabará refletindo no crescimento do mercado de trabalho. PRESSÕES SOCIAIS PESSOAS EMPRESAS 3
  4. 4. 28/01/2014 Para trabalhar na área tem que se especializar. Há um um campo bastante promissor a trilhar. Mas claro é preciso preparo e perfil. Ainda, o profissional deverá ter domínio de outros idiomas, habilidade para trabalhar em equipe, para desenvolver projetos e ter domínio dos principais programas computacionais. Fora que deverá ter disponibilidade para viagens e capacidade de inovação. Atributos como capacidade de diálogo, dedicação e persistência são bastante valorizados. GESTÃO DE RH. Na Perspectiva das Práticas Responsáveis. Pelo que se lê em revistas especializadas no assunto, os profissionais de RH ainda não estão usando suas condições e habilidades para impulsionar os funcionários à promover estratégias ambientalmente responsáveis. Para estas publicações há uma falta de liderança de RH nas iniciativas ambientais, em relação aos demais gestores que ele atende. Por exemplo, embora os executivos pesquisados tenham relatado que as estratégias ambientais atraem e retêm talentos, a metade disse que as operações deveriam ficar responsáveis pelo comando dessas estratégias. As Novas Estratégias do RH do Século XXI, no Campo da Sustentabilidade. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. 4
  5. 5. 28/01/2014 Para estes pesquisadores os executivos ( e os empresários em geral) não conseguem “ver” o RH à frente da gestão de ações ambientalmente responsáveis. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. A estratégia de sustentabilidade não vai muito longe sem o RH até porque as pessoas esbarram em questões inerentes a esta área e nem sempre percebem que são de RH. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. As empresas funcionam a partir de políticas e procedimentos, e se você não formaliza estas iniciativas, elas se perdem. Isto é um ledo engano na opinião destes pesquisadores. As estratégias sustentáveis não podem se restringir somente a área de operações. Muitas delas envolvem educar colaboradores, engajá-los em ideias e inovações, e traduzir a preocupação ambiental em marcas empresariais que atraiam e retenham o talento. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. Os profissionais de RH devem implantar sistemas para incentivar e recompensar trabalhadores e equipes que tenham soluções ecológicas (socialmente responsáveis) no trabalho. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. PRÁTICAS RESPONSÁVEIS EM GESTÃO DE RH. Fonte: Revista MELHOR – Gestão de Pessoas, Fev. 2013. 5
  6. 6. 28/01/2014 Ninguém duvida que o mundo mudou... Assim, mudou também a relação do trabalhador com sua empresa. Toda e qualquer gestão passa por responsabilidade e este princípio é construído por (e com) pessoas. No campo da RS há uma “pequena” mudança de paradigma nesta afirmação: além da responsabilidade encontramos a sustentabilidade. Assim, dificilmente um colaborador que não concordar com a conduta ética e moral (valores, cultura e clima) de sua empresa; e nem se orgulha de seu trabalho, se sentirá motivado a colaborar com esta organização. COMPORTAMENTO CLÁSSICO DE UM TRABALHADOR COMPORTAMENTO CLÁSSICO DE UM TRABALHADOR EMPPRESA POUCO ÉTICA TRABALHADOR POUCO COMPROMETIDO EMPPRESA ÉTICA TRABALHADOR RESPONSÁVEL E COMPROMETIDO 6
  7. 7. 28/01/2014 Ou seja, dificilmente se sentirá motivado a trazer (participar) de uma ação que geração de resultados. No limite, essa gestão (responsável e sustentável) será capaz de construir, com as pessoas, uma inédita prática: UMA VANTAGEM COMPETITVA SUSTENTÁVEL. Um bom ambiente de trabalho e a forma como as organizações tratam seus trabalhadores e a sociedade em geral, é que abrem oportunidades para o crescimento e a sustentabilidade dos negócios. COMPORTAMENTO CLÁSSICO DE UM TRABALHADOR EMPPRESA ÉTICA TRABALHADOR RESPONSÁVEL, COMPROMETIDO E PRODUTIVO COMPORTAMENTO CLÁSSICO DE UMA EMPRESA RESPONSÁVEL E SUSTENTÁVEL EMPPRESA ÉTICA, RESPONSÁVEL E SUSTENTÁVEL TRABALHADOR MOTIVADO. CLIENTE , SATISFEITO: VANTAGEM COMPETITIVA SUSTENTÁVEL. Na gestão de RH a identificação com o lugar que trabalha (os trabalhadores) é fator poderoso na retenção de Talentos. 7
  8. 8. 28/01/2014 Assim, um dos desafios da GP, na perspectiva da responsabilidade e da sustentabilidade, deve começar (iniciar) com a interação interna, isto é, criar políticas de RH para os trabalhadores. Assim, é imprescindível ter comportamentos coerentes com os compromissos adotados na construção do orgulho de pertencer. Nessa alternativa, um dos principais desafios a ser enfrentados pela gestão das empresas é a adoção de programas gerenciais socialmente responsáveis, e privilegiar as políticas internas e externas, e valores culturais que contribuem para um novo comportamento organizacional. INDICADORES ETHOS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL (1) valores, transparência e governança; (2) público interno; (3) meio ambiente; (4) fornecedores; (5) consumidores e clientes; (6) comunidade; (7) governo e sociedade. 8
  9. 9. 28/01/2014 9
  10. 10. 28/01/2014 BALANÇO SOCIAL IBASE. 10
  11. 11. 28/01/2014 BALANÇO SOCIAL – MODELO ETHOS – 2003. Referências: SIMÕES, C.P. Responsabilidade Social e Cidadania. Brasília: SESI, 2008. Sítio: vilamulher.terra.com.br. Sítio: vocesa.com.br. 11

×