Comunidades de Aprendizagem

  • 1,048 views
Uploaded on

Apresentação sobre Comunidades de aprendizagem do dia 14 de maio de 2009.

Apresentação sobre Comunidades de aprendizagem do dia 14 de maio de 2009.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,048
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
16
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Aprendizagem colaborativa em ambiente virtual Panorama sobre grupos de aprendizagem Junia de Carvalho Fidelis Braga
  • 2.
    • O que é um grupo? Como saber se somos membros de um grupo?
    • A premissa de que as propriedades das partes e as propriedades do todo de um grupo são integradas em um todo dinâmico, caracterizado pela interdependência de suas partes é considerada uma das primeiras e mais significativas iniciativas de se conceituar grupo, originária dos trabalhos de Lewin (1951) na área da Dinâmica de Grupo na Psicologia Social.
    Grupo – Psicologia social
  • 3. Grupo – Psicologia social
    • Johnson e Johnson (1982, p. 7) baseados em estudos na Psicologia Social
    • apresentam a seguinte definição de grupo:
    • Um grupo pode ser definido como dois ou mais indivíduos, os quais: a) interagem uns com os outros; b) são interdependentes; c) se consideram e são considerados como pertencentes ao grupo; d) compartilham de normas relativas a assuntos de interesse comum e participam de um sistema de regras unificadas; e) influenciam-se uns aos outros; f) acham o grupo gratificante e buscam objetivos comuns.
  • 4. Grupo – Psicologia social
    • Arrow, MacGrath e Berdahl (2000, p. 34), expandindo a idéia de grupo, sugerem a
    • seguinte definição para grupos complexos adaptativos:
    •  
    • Grupos são sistemas complexos abertos que interagem com pequenos sistemas imersos nele e com sistemas maiores (ex. organizações) nos quais estão inseridos. Grupos contam com fronteiras tênues que servem tanto para distingui-los quanto para conectá-los com seus membros e os contextos nos quais estão inseridos.
  • 5. Grupo – Psicologia social Grupos de aprendizagem
    • Um grupo de aprendizagem é um tipo de grupo cujo propósito é assegurar que seus integrantes aprendam uma matéria específica, informação, habilidade, um determinado assunto ou procedimentos. A aprendizagem é o propósito principal do grupo. O objetivo de se ter uma discussão em grupo é promover a aprendizagem dos integrantes do grupo, sem a qual o grupo não pode ser considerado produtivo (JOHNSON; JOHNSON, 1982).
  • 6. Grupo – Psicologia social Grupos de aprendizagem
    • De acordo com Johnson e Johnson (1982 ), o desenvenvovimento
    • produtivo de um grupo envolve:
    • objetivo claro e cooperativo;
    • comunicação em ‘via de mão dupla’.
    • distribuição de participação e liderança entre os integrantes do grupo;
    • uso do consenso nas discussões e soluções de problemas;
    • poder e influência com base no conhecimento, acesso à informação e habilidades sociais, e não na autoridade;
    • freqüente ocorrência de controvérsia;
    • negociação aberta de conflitos de interesse entre os integrantes do grupo e coordenador;
    • coerência;
    • confiança entre os integrantes;
    • clima de aceitação e suporte entre integrantes e integrantes e seu coordenador;
    • normas que promovam a responsabilidade individual, o suporte mútuo entre os integrantes e o cumprimento dos objetivos;
    • habilidades interpessoais e de grupo.
  • 7. Grupos de aprendizagem Fases de grupos
    • De acordo com a literatura sobre grupos, os grupos perfazem
    • fases
    • Adaptaçao,
    • Comprometimento,
    • Conflito,
    • Produçao,
    • Termino.
    • Araujo (2003) apresenta expressivas classificações de estágios
    • de grupos na área da Psicologia Social e defende que o conflito
    • pode ocorrer (ou nao) em diversas vezes em diferentes fases do
    • processo de interaçao grupal.
  • 8. Grupos de aprendizagem enfase nas relaçoes
    • A ênfase nas relações, ao invés da ênfase nos elementos de um grupo, idéia central de Lewin (1951), pedra fundamental de estudos sobre grupos funciona como elo condutor entre estudos que rejeitam o pensamento fragmentado e reducionista, em prol de uma perspectiva que preza a dinamicidade, emergência e a não-linearidade de redes interacionais humanas.