Your SlideShare is downloading. ×
0
DUKC ® <ul><li>O que é ? </li></ul><ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Demo(nstração) </li></ul>
O que é o DUKC ®? ESTÁTICO Regras tradicionais baseadas em dados  estáticos , referidas  como  SUKC . DUKC ®  medidas base...
Objectivos +   OPERACIONALIDADE -  Aumento da segurança nas manobras e garantia da manutenção do resguardo sob a quilha, e...
Factores do Resguardo sob a Quilha A animação seguinte descreve os factores que afectam o Resguardo sob a Quilha … Demo(ns...
Profundidade do canal, Tolerância da Sondagem & Margem de Assoreamento Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – To...
Altura de Maré e Maré Residual Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento ...
Calado do Navio Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Mar...
Squat Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Maré  ±  Maré...
Resposta à Ondulação Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura d...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

III Encontro de Portos da CPLP – DUKC – Resguardo Dinâmico sob a Quilha

659

Published on

Apresentação, por Luís Barroso, membro do Conselho de Administração do Porto de Lisboa, APL (Portugal), do sistema DUKC (Resguardo Dinâmico sob a Quilha – Dynamic Under keel Clearance), sistema adoptado pela APL.
Apresentação no III Encontro de Portos da CPLP, que decorreu nos dias 1 e 2 de Dezembro de 2010, no Centro de Convenções do Hotel Talatona, em Luanda.
Intervenção integrada no painel “Segurança e Protecção (Safety and Security) nos Portos”, moderado por Marta Mapilele, Administradora Executiva da CFM (Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique).
A organização do Encontro coube ao Porto de Luanda, com o apoio institucional do Ministério dos Transportes em nome do Governo de Angola.
A magna reunião reuniu responsáveis das administrações portuárias dos seguintes países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal.
Aprofundar as relações de trabalho e de cooperação, incrementar as relações comerciais entre os portos e contribuir para melhorar as relações de transporte e comerciais entre o conjunto de países de língua portuguesa foram os objectivos primaciais do encontro, cujas conclusões se encontram disponíveis em
http://www.portosdeportugal.pt/sartigo/index.php?x=4349

Site oficial do III Encontro de Portos da CPLP disponível em http://www.cplpportos.com/

Published in: Business, Sports, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
659
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "III Encontro de Portos da CPLP – DUKC – Resguardo Dinâmico sob a Quilha"

  1. 1. DUKC ® <ul><li>O que é ? </li></ul><ul><li>Objectivos </li></ul><ul><li>Demo(nstração) </li></ul>
  2. 2. O que é o DUKC ®? ESTÁTICO Regras tradicionais baseadas em dados estáticos , referidas como SUKC . DUKC ® medidas baseadas em dados em tempo real para cada factor . DINÂMICO RESGUARDO DINÂMICO SOB A QUILHA Dynamic Underkeel Clearance
  3. 3. Objectivos + OPERACIONALIDADE - Aumento da segurança nas manobras e garantia da manutenção do resguardo sob a quilha, em todas as situações + PRODUTIVIDADE - Aumento do calado dos navios e janelas alargadas de manobra, reduzindo os tempos de espera dos navios - DRAGAGEM – Racionalização do volume e perfil das dragagens, com redução dos impactes ambientais e custos operacionais
  4. 4. Factores do Resguardo sob a Quilha A animação seguinte descreve os factores que afectam o Resguardo sob a Quilha … Demo(nstração)
  5. 5. Profundidade do canal, Tolerância da Sondagem & Margem de Assoreamento Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento Demo(nstração)
  6. 6. Altura de Maré e Maré Residual Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Maré ± Maré Residual Zero Hidrográfico Demo(nstração)
  7. 7. Calado do Navio Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Maré ± Maré Residual – Calado Navio Demo(nstração)
  8. 8. Squat Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Maré ± Maré Residual – Calado Navio – Squat – Balanço Balanço Transversal Demo(nstração)
  9. 9. Resposta à Ondulação Resguardo sob a Quilha = Profundidade do Canal – Tolerância Sondagem – Margem Assoreamento + Altura de Maré ± Maré Residual – Calado Navio – Squat – Balanço – Ondulação Resguardo sob a Quilha Resguardo sob a Quilha Demo(nstração)
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×