Your SlideShare is downloading. ×
0
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais"

1,389

Published on

Apresentação do Porto de Aveiro no Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais", organizado pela Agência Europeia de Segurança Marítima …

Apresentação do Porto de Aveiro no Seminário "Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais", organizado pela Agência Europeia de Segurança Marítima
Lisboa, 18.09.2006

Visite-nos em www.portodeaveiro.pt, www.youtube.com/portodeaveiro , http://www.portodeaveiro.pt/portofolio/, http://www.portodeaveiro.pt/navegantes2005/ , e http://www.portodeaveiro.pt/natal/

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,389
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Seminário Partilha de Experiências entre a AESM e os Agentes Portuários Nacionais Lisboa,18 de Setembro de 2006 Agência Europeia de Segurança Marítima
  • 2.
    • Porto de Aveiro: O Passado
    • O Presente (2000-2006)
    • Estratégia Futura
    Agência Europeia de Segurança Marítima Lisboa,18 de Setembro de 2006
  • 3. PORTO DE AVEIRO: O Passado (Séc. XV a Séc. XX) Agência Europeia de Segurança Marítima Lisboa,18 de Setembro de 2006
  • 4.
    • Evolução da barra 1500-1584
    Ano 1500 - Período de esplendor da actividade económica e marítima de Aveiro. - Canais navegáveis para embarcações de alto bordo. Ano 1584 - Barra mudava muitas vezes ao ano. - Colocação de mastros para assinalar a sua entrada. - Vila de Aveiro dá sinais de decadência.
  • 5. Ano 1808 - Abertura da barra de Aveiro (local actual) a 3 de Abril pelo Eng. Luis Gomes de Carvalho. Ano 1858 a 1863 - Construção do molhe norte e sua conservação e manutenção pelo Eng. Silvério Pereira da Silva. Ano 1874 - Desenho e construção do dique regulador de correntes pelo Eng. Von Haff. Evolução da barra 1808-1874
  • 6. Primeiros passos de Comércio no Porto Bacalhoeiro Primeiro Navio Comercial “Spurt” entra no Porto Bacalhoeiro, acosta na antiga ponte cais 13, para carregar 600 ton. de granito com destino à Bélgica. Dezembro de 1953
  • 7. Primeiras Mercadorias – partir do ano 1950
    • Vinho em Garrafão das Caves da Bairrada;
  • 8. Primeiras Mercadorias – partir do ano 1950 Carregamento de pasta de papel
  • 9. Construção do Terminal Químico -1957 Procura crescente da Sacor
  • 10. Construção do Terminal Sul -1959 Procura Crescente da Portucel para exportação de pasta de papel.
  • 11. Construção do Terminal Norte – 1985
  • 12. PORTO DE AVEIRO: O Presente (2000-2006) Lisboa,18 de Setembro de 2006
  • 13. Plano de Expansão 2000-2006
  • 14. Plano de Investimentos: o presente
    • Investimento Global de 175 milhões de euros
    • (já realizado em 60%)
    • 2008: Via de Cintura Portuária
    • 2008: Projecto ferroviário (Plataforma Multimodal em Cacia – fase final do concurso e a ligação ao Porto de Aveiro – lançamento previsto em Setembro 2006)
  • 15.
    • Sector Comercial
      • Terminal Norte
        • Carga Seca;
        • Cais total de 900 m;
        • Cais de serviços: 250 m;
        • Fundos -12 m Z.H.
  • 16.
        • Carga Seca;
        • Cais de 400 m;
        • Fundos -7m Z.H.
    • Sector Comercial
      • Terminal Sul
  • 17.
        • Carga Ro-ro;
        • Cais de 450 m;
        • Fundos -12 m Z.H.;
    • Sector Comercial
      • Terminal Ro -Ro
  • 18.
        • 3 postos de acostagem
        • (Fundos - 12 m Z.H.)
        • 3 postos de acostagem
        • (Fundos - 8 m Z.H.);
    • Sector Comercial
      • Terminal de Granéis Líquidos
  • 19.
        • Cais Total 750m:
        • - Sector Agroalimentar
        • - Outros Granéis
        • Fundos -12 m Z.H.)
    • Sector Comercial
      • Terminal de Granéis Sólidos
  • 20.
        • 18 postos de acostagem;
        • Fundos -6 m Z.H. ;
    • Sector de Pesca
      • Porto de Pesca do Largo
  • 21.
        • Cais Total 1620m;
        • Fundos -5 m Z. H.;
    • Sector de Pesca
      • Porto de Pesca Costeira
  • 22. Hinterland actual 90% do Mercado Entre o Douro e Tejo Fonte: APA,S.A. - 2005
  • 23.
    • 90% das mercadorias movimentadas no porto de Aveiro têm origem/destino nos países mediterrânicos e do norte da Europa;
    • O tráfego com os portos espanhóis em 2005 registou um crescimento de 200% em relação ao ano homólogo;
    • PA é um porto de short sea .
    Foreland
  • 24. Evolução do Tráfego: 1980-2005
    • Em 2005, o tráfego no porto de Aveiro atingiu 3,3 milhões de ton = máximo histórico;
    • Porto Nacional, Líder na movimentação de produtos metalúrgicos e um importante porto na movimentação de carga fraccionada;
    • Aumento do tráfego de carga seca no Terminal Norte em 150% de 1988 para 2005;
    O porto de Aveiro: Porto dinâmico, com um crescimento médio anual de 4%, nos últimos 10 anos
  • 25. PORTO DE AVEIRO: Estratégia Futura Lisboa,18 de Setembro de 2006
  • 26. Plano Estratégico: o Futuro Visão Estratégica para 2015 “ O porto de Aveiro será um dos mais dinâmicos e competitivos portos da Faixa Atlântica da Península Ibérica no transporte de curta e média distância, e possuirá um amplo pólo de desenvolvimento logístico e industrial”.
  • 27. Objectivos Estratégicos
    • Alargar e Potenciar o Hinterland;
    • Realizar o potencial de Capacidade em Reserva Portuária;
    • Melhorar a Oferta de Serviços Portuários;
  • 28. Linhas de Orientação Estratégica
    • Melhoria dos Acessos (marítimo, Rodo- ferroviário;
    • Ordenamento Territorial (ZALI – Zona de Actividades Logísticas);
    • Passagem para um novo modelo de gestão - Landlord Port (concessão portuária e reorganização da Autoridade Portuária);
  • 29. Linhas de Orientação Estratégica
    • Melhoria do Enquadramento Regulamentar e Organizacional;
    • Promoção da Actuação Comercial (Estudo de Marketing e Plano Comercial);
    • Envolvimento da Comunidade Portuária (Parcerias e Carta de Qualidade do Porto).
  • 30.
        • © APA, S.A. 2006
    Obrigado pela Vossa Atenção

×