Substantivos

8,430 views
8,047 views

Published on

Material de Português sobre Substantivos, apresentado pela professora Isabel Oliveira aos alunos do 1º ano do Ensino Médio do colégio 7 de Setembro.

Published in: Education

Substantivos

  1. 1. SUBSTANTIVOS Professora Isabel oliveira
  2. 2. vidro Paraguai coragem Miguel amor relâmpagoCampo Grande vidraçaria escola boneca
  3. 3. SUBSTANTIVOSEssas palavras estão dando nome alugares, objetos, sensações físicas,fenômenos da natureza, emoções, enfimas coisas em geral.Esses nomes são chamadosSUBSTANTIVOS.Assim, podemos dizer que substantivo é apalavra que dá nome aos seres.
  4. 4. CLASSIFICAÇÃOForma: Os substantivos podem ser classificadosquanto a sua formação em 4 espécies, podendopertencer a duas delas ao mesmo tempo. simples – composto primitivo – derivadoPodemos combinar a classificação de umsubstantivo que não seja o contrário de outro.Exemplo: pedra é um substantivo simples eprimitivo ao mesmo tempo. Fogueira é simples ederivado.
  5. 5. CLASSIFICAÇÃOSIMPLES: São substantivos que possuem apenas um radical(elemento principal). Exemplo: água, flor.É o contrário de composto.COMPOSTO: São substantivos que possuem mais de um radical.Exemplo: água-de-cheiro, couve-flor.É o contrário de simples.PRIMITIVO: São aqueles que têm sua essência própria, que nãoderivam de nenhuma outra palavra para formar-se. Exemplo:pedra, fogo.É o contrário de derivado.DERIVADO: São aqueles que derivam de outra palavra paraformar-se. Não possuem essência própria. Exemplo: pedreira(deriva de pedra), fogueira (deriva de fogo).É o contrário de primitivo.
  6. 6. CLASSIFICAÇÃOSignificado: Os substantivos podem serclassificados de inúmeras maneiras quantoà sua significação, sua semântica,podendo, assim como os substantivosclassificados quanto à formação, possuirmais de uma classificação ao mesmotempo, desde que essas classificações nãosejam inversas. próprios – comuns abstratos – concretos coletivo
  7. 7. CLASSIFICAÇÃOPRÓPRIOS: São aqueles quedeterminam o nome das coisas,pessoas ou seres e SEMPRE sãografados com a primeira letramaiúscula. Exemplo: Paulo, Brasil,Totó, Floquinho, Joana.COMUNS: Todos os outrossubstantivos que não são próprios.Exemplo: cachorro, porta, pneu,advogado, bicicleta, computador.
  8. 8. CLASSIFICAÇÃOABSTRATO: Todos os substantivos quenão possuem uma forma definida.Geralmente usamos para sentimentos,idéias ou conceitos. Exemplo: amor,justiça, explicação, ódio.CONCRETO: Contrariamente aossubstantivos abstratos, os concretospossuem forma e corpo definido. Objetos,pessoas, coisas, seres. Exemplo: Ar, água,pedra, camisa, teclado.
  9. 9. CLASSIFICAÇÃOCOLETIVO: Quando há o agrupamento de mais seres da mesma espécie, existe o que chamamos de Substantivo Coletivo. Exemplo: multidão = pessoas, panapaná = borboletas, bando = pássaros ou delinquentes, matilha = cães.
  10. 10. Alguns substantivos coletivos: Alcatéia » lobos;  Frota » carros, ônibus; Arquipélago » ilhas;  Lustro » período de cinco Banca » examinadores, anos; advogados;  Manada » bois, porcos; Bimestre » período de dois  Milênio » período de cem meses; anos; Boiada » bois;  Pinacoteca » quadros; Cacho » bananas, uvas;  Quadrilha » ladrões; Década » período de dez  Rebanho » gado, ovelhas; anos;  Resma » quinhentas folhas Discoteca » discos; de papel; Enxame » abelha, insetos;  Século » período de cem Esquadrilha » aviões; anos; Fauna » animais de uma  Semestre » período de seis região; meses; Flora » plantas de uma  Triênio » período de três região; anos;  Vocabulário » palavras.
  11. 11. FLEXÃO (GÊNERO)Os substantivos podem ser classificados em doisgêneros: masculino e feminino. Exemplo:menino - menina.Podem ser:Biformes: Flexões originadas de um mesmoradical (de uma mesma base). Exemplo: meninoe menina, cabeçudo e cabeçuda, médico emédica.Heterônimos: Possuem radicais totalmentediferentes quando flexionados em gênero.Exemplo: homem e mulher, cavaleiro e amazona.
  12. 12. FLEXÃO (GÊNERO)Uniformes: Usam o mesmo substantivo para os doisgêneros, tendo também as suas classificações:1. Epicenos: Usado apenas em animais ou emplantas, seguidos de -macho ou -fêmea, dependendodo gênero empregado na frase. Exemplo: foca macho,jacaré fêmea.2. Comum de dois gêneros: O artigo queantecede o substantivo determinará se ele é femininoou masculino. Exemplo: o idiota ou a idiota, odemente ou a demente, o besta ou a besta, odentista ou a dentista, o policial ou a policial.3. Sobrecomum ou Incomum: Substantivos quenão variam quanto ao gênero. Exemplos: a criança, apessoa, o indivíduo.
  13. 13. Flexão de gênero dos substantivosTerminação Feminino Exemplos(regras gerais)-o átono muda para -a aluna, gata-consoante acrescenta -a autora, burguesaTerminação Feminino Exemplos(particularidades) muda para leoa, patroa, -oa,-ão aldeã, cidadã, -ã, comilona, sabichona -ona-or muda para -ora Professora, doutora-dor, Imperatriz, muda para -triz-tor (alguns casos) atriz-eu muda para -eia ateia, europeia não muda (exceção:-e cliente, amante elefanta, infanta)
  14. 14. A maioria dos aumentativos e o emprego dodiminutivo ressalta um valor depreciativo, pejorativoou indica uma linguagem afetiva: Aquele rapaz tem uma bocarra, sempre falademais. Meu benzinho, faça a sua parte e não pise nagrama. Veja aquela moça... Que gatona! Uma belezoca! Meu filhinho é o melhor aluno da turma!
  15. 15. Masculinos e femininos de radicais diferentes Masculino FemininoBode CabraBoi VacaCão CadelaCarneiro OvelhaCavalheiro DamaCavalo ÉguaCompadre ComadreFrei Sóror ou sororGenro NoraHomem MulherMacho FêmeaMarido MulherPadrasto MadrastaPadrinho MadrinhaPai Mãe
  16. 16. FLEXÃO (GRAU)Os substantivos podem ser classificados em:Aumentativo (cabeçorra), Diminutivo (cabecinha) ouNormal (cabeça).Podem ser divididos em 2 espécies:1. Analítico: Adjetivos acompanham o substantivo paraindicar assim sua proporção. Exemplo: cabeça grande,corpo pequeno.2. Sintético: Modifica os substantivos através dasterminações que especificarão, por senso comum, se elessão grandes ou pequenos. Exemplo: cabecinha, corpão,bocarra, pedregulho.
  17. 17. Grau dos substantivosGrau Formação ExemplosAumentativo sintético acrescentam-se os ricaço; bigodaça; sufixos: -aço, -aça; casarão; mulherona; -ão, -ona; -alhão; dramalhão; montanha; -anha; -alha; -eiro muralha; mexeriqueiro casa enorme; grandeAumentativo analítico associa-se um adjetivo homemDiminutivo sintético fogacho; cançoneta; acrescentam-se os ramalhete; burrico; sufixos: -acho; -eta, pecadilho; anilha; -ete; -ico; -ilho, garotelho; varandim; -ilha; -elho, -elha; mocinho; casinha; -im; -inho, -inha; cãozito; pequenita; -ito, -ita; -ola; -ulo criançola; montículo casa minúscula;Diminutivo analítico associa-se um adjetivo pequeno jardim
  18. 18. FLEXÃO (NÚMERO) A variação dos substantivos por número se dá por PLURAL ou SINGULAR. Substantivos simples: a última letra, quando vogal, simplesmente recebem o -s. Exemplo: controle - controles, lata - latas. Para os que terminam em consoantes, temos algumas regras especiais que variam de acordo com a consoante que terminam. Para S, R e Z acrescenta-se o -ES no final. Exemplo: gás - gases, motor - motores, sagaz - sagazes.
  19. 19. FLEXÃO (NÚMERO)Terminados em L troca-se por IS, acrescenta-se ES ou, no caso de palavras provenientesde língua saxã, acrescenta-se o S.Exemplo: vogal - vogais, mal - males, gol -gols.Por fim, palavras terminadas em ÃO variamem ãos, ões ou ães.Exemplo: pão - pães, caixão - caixões, mão -mãos.Atenção: Há alguns plurais terminados emÃO que podem ser tanto de um jeito como deoutro. Exemplo: ancião - anciãos, anciães ouanciões.
  20. 20. Plural dos substantivosTerminação (regra geral) Formação do plural Exemplosvogal mesas acrescenta sditongo paisConsoante: flores,-r acrescenta -es países,-s raízes-zTerminação (particularidades) Formação do plural Exemplos muda para mãos, -ãos,-ão cães, -ães leões -ões-m muda para -ns homens, tons muda para-al, casais, -ais,-ul pauis -uis muda para-el, anéis, -éis,-ol faróis -óis-il tônico muda o l em s funis, barris-il átono muda para -eis répteis, fósseis-ás gases acrescenta es-ês franceses-s, lápis, pires, não mudam-x pirex, inox Importante: Há substantivos que só se empregam no plural. Ex.: arredores, férias, núpcias, óculos, Minas Gerais, Alagoas, Filipinas...
  21. 21. 1 (FEI-SP) 2. Indique a alternativa em que todos osLeia, atentamente, o texto e responda: substantivos são abstratos: a) tempo – angústia – saudade – ausência –"Depois, Iracema quebrou a flecha homicida deu a esperança– imagem;haste ao desconhecido, guardando consigo a pontafarpada." (José de Alencar) b) angústia – sorriso – luz – ausência – esperança –inimizade;Em qual das alternativas todas as palavras são c) inimigo – luz – esperança – espaço – tempo;substantivos? d) angústia – saudade – ausência – esperança –a) homicida - farpada - ponta - deu - Iracema;b) ponta - Iracema - desconhecido - flecha - haste; inimizade;c) desconhecido - depois - Iracema - flecha - ponta; e) espaço – olhos – luz – lábios – ausência –d) flecha - consigo - guardando - Iracema - quebrou; esperança.e) Iracema - farpada - consigo - ponta – flecha;3. O plural dos substantivos “couve-flor”, “pão- 4. Assinale a alternativa que contiver todos osde-ló” e “amor-perfeito”, é: termos com plural correto:a) couve-flores; pães-de-ló; amores-perfeitos; a) luso-brasileiras; rosas-chá; sapatos-areia;b) couves-flores; pães-de-ló; amores-perfeitos; decretos-lei;c) couves-flores; pão-de-ló; amor-perfeitos; b) guardas-marinha; prócers; procônsules; totens;d) couves-flores; pão-de-lós; amores-perfeitos; c) grã-cruzes; chefes-de-seção; surdo-mudos;e) couves-flores; pães-de-ló; amor-perfeitos. primas-donas; d) saias-calças; ouvidores-mor; baixos-relevos; gatos-pingados; e) sapatos-de-cristais; coronéis-de-barrancos; olhosde-gatos
  22. 22. fim

×