Demografia e Dinâmica
Populacional: Analise de
Fatores k
Sumário
Construa um modelo de mudança entre as gerações
Desenvolva um programa de amostragem e estime o número de
indivídu...
Mudanças na Abundancia
Causas externas e internas. As flutuações de abundancia
podem ter causas externas e internas
Fatore...
Estudo de caso de analise
de fatores k
Espécie focal. Leptinotarsa decemlineata
(Col: Chrysomelidae)
Pesquisador. Harcourt...
Leptinotarsa decemlineata
(Coleoptera: Chrysomelidae)
Historia vital
• Univoltino
• ‘os adultos de primaveira
emergem da h...
Myiopharus doryphorae (Diptera:
Tachinidae): Parasitoide de
Leptinotarsa decemlineata
Ciclo vital
É uma espécie endêmica e...
Técnica Clássica: Analise de
Fatores Chaves
Estudar a historia vital e desenvolver métodos de contagem
para cada estágio
C...
Conceitos
Fator principal de mortalidade – contribuía mais a
mortalidade dentro de uma geração (k grande)
Fatores chaves c...
Passo 1: Estudar a historia vital e
desenvolver métodos de
contagem para cada estágio
Historia Vital
Emergência dos adulto...
Passo 2: Construir uma
tabela de vida tão
completa como possível
Designa os intervalos de estágio – como?
Estima a mortali...
Parasitoide, Myiopharus (Dorpyphorophaga) doryphorae
O fator principal da
mortalidade é a
emigração de adultos no
verão
Ta...
Passo 4: Acumular Muitos
Tabelas de Vida
Os fatores principais da mortalidade contribuem
muito a mortalidade da geração
Ne...
Passo 4: Gráficos das curvas
de geração e mortalidade
Os fatores chaves contribuem as
mudanças de abundancia de geração a
...
Passo 4: Gráficos das curvas
de geração e mortalidade
k6 = emigração dos adultos
k3 = inanição larval
k4 = parasitismo
kto...
Resumo da Analise de Tabelas de
Vida
fatores principais da mortalidade e fatores chaves
Fator principal da
mortalidade
Fat...
Passo 5. Teste a
Dependência
de Densidade
Força
Signo
Retardia
temporal
(Population sizes for each time are serially
Equilíbrio: Linha
cruza o eixo x
onde a taxa de
crescimento é
zero
DD direita:
tangente
negativa
Royama 1992
Regulação
Pop...
Passo 5: Gráfico do valor de K
com a Densidade do estágio no
qual a mortalidade atua
Não linear
Emigração InaniçãoParasiti...
Resumo da Analise de Tabelas de Vida
Fatores de mortalidade, fatores chaves, e fatores dependentes da densidade
Fator prin...
Problema da Escala
Se a população local é regulada pela
emigração dependente da densidade, o
que acontece com os emigrante...
Outro estudo de
caso
Operophtera
brumata
Geometridae
Passo 6: Conduzir estudos
intensivos dos Fatores Chaves
(Operophtera brumata)
Por que geralmente o “fator chave” é o
menos...
Passo 7: Comparar as
Populações Observadas e
Previstas
Observado e Previsto
Critica da Analise de
Fatores Chaves
Pode não detectar os fatores que atuam de forma
irregular no tempo
Os fatores realmen...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Fatores chaves

547

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
547
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fatores chaves

  1. 1. Demografia e Dinâmica Populacional: Analise de Fatores k
  2. 2. Sumário Construa um modelo de mudança entre as gerações Desenvolva um programa de amostragem e estime o número de indivíduos que passam por cada estágio do ciclo de vida Construa uma tabela de vida, calcule e interprete lx, mx, rm, Ro, λ Compare a analise de fatores k e os Experimentos de Resposta a Tabela de Vida como maneiras de descobrir fatos de mudança populacional Distinga os fatores principais da mortalidade, fatores chaves, e os fatores de regulação de densifdde Distinga a dependência direta da densidade (supercompensação, compensação perfeita, ou subcompensação), dependência de densidade inversa, dependência de densidade retardada, e a independência de densidade Avalie criticamente os métodos para avaliar o papel dos fatores dependentes da densidade e independentes de densidade na dinâmica populacional
  3. 3. Mudanças na Abundancia Causas externas e internas. As flutuações de abundancia podem ter causas externas e internas Fatores dependentes da densidade (DD) e independentes da densidade (IDI). As abundancias refeitam os fatores dependentes e independentes da densidade, mas a importância relativa e frequência desses fatores podem variar muito Evidencia de DD ou ID. Não existe concordância sobre a força relativa e a frequência de DD ou ID, e da confiabilidade das técnicas para detectar a DD. Requer dados estruturados no espaço e no tempo Escalas de observação. Descrição das relações de densidade depende da escala de observação. Próximo ao equilíbrio  ID, mais longe de equilíbrio DD
  4. 4. Estudo de caso de analise de fatores k Espécie focal. Leptinotarsa decemlineata (Col: Chrysomelidae) Pesquisador. Harcourt (1964, 1971) veja Begon et al. 1996 Metas do exemplo – Distinção entre a determinação e a regulação da abundancia – Modelagem de mudanças de abundancia em termos de mudanças das taxas vitais (sobrevivência, fecundidade e migração específicas ao estágio)
  5. 5. Leptinotarsa decemlineata (Coleoptera: Chrysomelidae) Historia vital • Univoltino • ‘os adultos de primaveira emergem da hibernação em junho • Oviposição é máxima no julho • 4 instars de larvas e pupa • Emergência de ‘adultos de verão’ das puparias
  6. 6. Myiopharus doryphorae (Diptera: Tachinidae): Parasitoide de Leptinotarsa decemlineata Ciclo vital É uma espécie endêmica e proporciona algum controle de L. decemlineata ao fim da estação de crescimento
  7. 7. Técnica Clássica: Analise de Fatores Chaves Estudar a historia vital e desenvolver métodos de contagem para cada estágio Construir uma tabela de vida tão completa como possível e que expressa o “poder de matança" dos fatores de mortalidade como valores de k Acumular muitos tabelas de vida Faz gráficos de gerações e mortalidades Avaliar os fatores chaves que mais contribuem a mudança da mortalidade da geração Determinar a relação das mortalidades do componente com a densidade Faz estudos mais intensivos dos fatores chaves Faz previsões usando o modelo
  8. 8. Conceitos Fator principal de mortalidade – contribuía mais a mortalidade dentro de uma geração (k grande) Fatores chaves contribuem as mudanças de abundancia entre gerações (componente k mais correlacionado com a Ktotal da geração) Fatores que regulam a densidade são aqueles valores de k que aumentam com densidade do estágio sobre qual atuam. Regulação populacional. Uma população regulada tende retornar a densidade de equilíbrio ou demonstrar ciclos quando perturbada desse nível ou clico. Uma DD precisa requer que os fatores da DD não sejam muito fraços ou fortes.
  9. 9. Passo 1: Estudar a historia vital e desenvolver métodos de contagem para cada estágio Historia Vital Emergência dos adultos da hibernação Oviposição Larvas e Pupas Emergência dos adultos Decisões de amostragem Subdivisão do habitat Seleção da unidade de amostragem Número de amostras Localização das amostras Timing da amostragem
  10. 10. Passo 2: Construir uma tabela de vida tão completa como possível Designa os intervalos de estágio – como? Estima a mortalidade com a premissa de que os fatores atuam sequencialmente, e não simultaneamente – quais são as implicações? Estima os valores de k como a diferencia dos logaritmos da população antes e depois da mortalidade
  11. 11. Parasitoide, Myiopharus (Dorpyphorophaga) doryphorae O fator principal da mortalidade é a emigração de adultos no verão Tabela de vida de Leptinotarsa decemlineata
  12. 12. Passo 4: Acumular Muitos Tabelas de Vida Os fatores principais da mortalidade contribuem muito a mortalidade da geração Nesse exemplo, o fator principal da mortalidade é a emigração dos adultos no verão Como a emigração pode regular a população local? O que acontece com os emigrantes? Quais são as implicações ao conjunto de populações locais na região?
  13. 13. Passo 4: Gráficos das curvas de geração e mortalidade Os fatores chaves contribuem as mudanças de abundancia de geração a geração Avalie o fator chave pela inspeção Avalie o fator chave pela regressão…,mas com cautela
  14. 14. Passo 4: Gráficos das curvas de geração e mortalidade k6 = emigração dos adultos k3 = inanição larval k4 = parasitismo ktotal k6 k3 k4 Local 1 Local 2 Local 3 Ano
  15. 15. Resumo da Analise de Tabelas de Vida fatores principais da mortalidade e fatores chaves Fator principal da mortalidade Fator chave Supercompensação direta Dependente da densidade
  16. 16. Passo 5. Teste a Dependência de Densidade Força Signo Retardia temporal (Population sizes for each time are serially
  17. 17. Equilíbrio: Linha cruza o eixo x onde a taxa de crescimento é zero DD direita: tangente negativa Royama 1992 Regulação Populacional Processo dinâmico Estrutura de Retroalimentação Crescimento exponencial Crescimento exponencial Dinâmica Populacional com Ruído Caminhada Aleatória
  18. 18. Passo 5: Gráfico do valor de K com a Densidade do estágio no qual a mortalidade atua Não linear Emigração InaniçãoParasitismo DD direta DD diretaDD inversa
  19. 19. Resumo da Analise de Tabelas de Vida Fatores de mortalidade, fatores chaves, e fatores dependentes da densidade Fator principal da mortalidade Fator chave Supercompensação direta Dependente da densidade
  20. 20. Problema da Escala Se a população local é regulada pela emigração dependente da densidade, o que acontece com os emigrantes? Formam populações novas ou aumentam as populações existentes? Como são reguladas o conjunto de populações da região (Metapopulação)?
  21. 21. Outro estudo de caso Operophtera brumata Geometridae
  22. 22. Passo 6: Conduzir estudos intensivos dos Fatores Chaves (Operophtera brumata) Por que geralmente o “fator chave” é o menos conhecido e o mais difícil de manipular? Sumiço no inverno (Ob)? Emigração dos adultos (Ld)?
  23. 23. Passo 7: Comparar as Populações Observadas e Previstas Observado e Previsto
  24. 24. Critica da Analise de Fatores Chaves Pode não detectar os fatores que atuam de forma irregular no tempo Os fatores realmente são transições no ciclo vital e não fatores abióticos ou bióticos Amplitude limitada de espécies a quais essa técnica pode ser aplicada (insetos univoltinos com gerações que não sobrepõem) Pode não detectar a DD quando as densidades são variáveis no espaço e no tempo
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×