• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
18. como estudar a biblía ii
 

18. como estudar a biblía ii

on

  • 684 views

 

Statistics

Views

Total Views
684
Views on SlideShare
674
Embed Views
10

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

4 Embeds 10

http://remanescentedelaodiceia2.blogspot.com.br 4
http://teologiaporexcelencia.blogspot.com.br 3
http://remanescentedelaodiceia2.blogspot.com 2
http://www.teologiaporexcelencia.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    18. como estudar a biblía ii 18. como estudar a biblía ii Document Transcript

    • 1 |Apostila – Como Estudar a Bíblia II COMO ESTUDAR A BIBLÍA IISe quisermos saber a respeito de Deus, o que devemos fazer.. João 5: 39;Rom 2: 17, 18; Mat 25: 46; Luc 24: 44;Nenhum homem, mulher, ou jovem, pode alcançar a perfeição cristãnegligenciando o estudo da Palavra de Deus. Mediante profundo e cuidadosoexame de Sua Palavra obedeceremos à exigência de Cristo: "Examinai asEscrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de Mimtestificam." João 5:39. Esse exame habilita o estudante a observar intimamenteo divino Modelo, pois as Escrituras testificam de Cristo. O padrão deve serexaminado muitas vezes e cuidadosamente, a fim de ser imitado. Ao tornar-sealguém relacionado com a história do Redentor, descobre em si mesmo defeitosde caráter; sua dessemelhança com Cristo é tão grande que ele sente não poderser um seguidor sem que se opere grande mudança em sua vida. Estuda aindaassim, com o desejo de ser semelhante ao seu grande modelo; absorve aexpressão fisionômica, o espírito, de seu amado Mestre; por contemplá-Lo,torna-se mudado. "Olhando para Jesus, autor e consumador da fé." Heb. 12:2.(CSES, 18)Como encontra verdade? João 17: 17. : 15: 3; II Sam 7: 28; I Reis 17: 24.A oração de Cristo por Seus discípulos foi: "Santifica-os na verdade; a TuaPalavra é a verdade." João 17:17. Se devemos ser santificados peloconhecimento da verdade que se encontra na Palavra de Deus, precisamos terum conhecimento inteligente de Sua vontade nela revelada. Precisamosexaminar as Escrituras, não meramente devorando um capítulo e repetindo-o,sem termos o cuidado de entendê-lo, mas procurando a jóia da verdade queenriquece a mente e fortifica a alma contra os enganos e tentações do grandeenganador. (CSES, 19)Como podemos entendê-la? Atos 8: 26 – 31.Os que são inclinados a considerar como supremo seu critério individual,acham-se em grave perigo. É o estudado esforço de Satanás separar a esses dosque são condutos de luz, e por cujo intermédio Deus tem operado para edificare estender Sua obra na Terra. Negligenciar ou desprezar aqueles que Deusdesignou para arcar com as responsabilidades da administração ligadas aoprogresso da verdade, é rejeitar o meio ordenado por Ele para auxílio, animaçãoe fortalecimento de Seu povo. Passar qualquer obreiro na causa do Senhor por
    • Apostila – Como Estudar a Bíblia II |2alto a esses, e pensar que a luz não lhe deve vir por nenhum outro instrumentomas diretamente de Deus, é assumir uma atitude em que está sujeito a seriludido pelo inimigo, e vencido. Em Sua sabedoria, o Senhor tem designadoque, mediante a íntima relação mantida por todos os crentes, cristão estejaunido a cristão, igreja a igreja. Assim estará o instrumento humano habilitado acooperar com o divino. Todo o agente estará subordinado ao Espírito Santo, etodos os crentes unidos num esforço organizado e bem dirigido para dar aomundo as alegres novas da graça de Deus. (AA, 164)Diz o apóstolo Pedro que há nas Escrituras "pontos difíceis de entender, que osindoutos e inconstantes torcem... para sua própria perdição". II Ped. 3:16. Asdificuldades das Escrituras têm sido insistentemente apresentadas pelos céticoscomo um argumento contra elas; longe disso, porém, essas dificuldadesconstituem poderosa evidência de sua divina inspiração. Se elas nãocontivessem a respeito do Senhor senão o que podemos facilmentecompreender; se Sua grandeza e majestade pudessem ser apreendidas porespíritos finitos, então a Bíblia não apresentaria as insofismáveis credenciais deautoridade divina. A própria grandeza e mistério dos temas expostos, deveriaminspirar fé nos mesmos, como sendo a Palavra de Deus.A Bíblia revela a verdade de maneira tão simples, e com tão perfeita adaptaçãoàs necessidades e anseios do coração humano, que tem inspirado admiração eencanto aos espíritos mais cultos, ao mesmo tempo que habilita o humilde eignorante a discernir o caminho da salvação. Não obstante, essas verdadessingelamente declaradas se prendem a assuntos tão elevados, de tão vastoalcance, tão infinitamente além da capacidade de compreensão humana, quenão as podemos aceitar senão por haverem sido declaradas por Deus. Assim senos expõe o plano da salvação, de maneira que toda pessoa possa ver os passosque lhe cumpre dar em arrependimento para com Deus e fé para com nossoSenhor Jesus Cristo, a fim de salvar-se pela maneira indicada por Deus;todavia, sob essas verdades, tão facilmente compreendidas, jazem mistérios quesão o esconderijo de Sua glória - mistérios que se acham para além do alcancede nosso espírito em suas indagações, inspirando, no entanto, reverência e fé aosincero pesquisador da verdade. Quanto mais ele pesquisa a Bíblia, tanto maisprofunda se torna sua convicção de que ela é a Palavra do Deus vivo, e a razãohumana dobra-se perante a majestade da divina revelação.
    • 3 |Apostila – Como Estudar a Bíblia IIReconhecer que nos não é possível compreender plenamente as grandesverdades da Bíblia, é simplesmente admitir que a mente finita é incapaz deabranger o infinito; que o homem, com seu limitado conhecimento humano,não pode entender os desígnios do Onisciente. (CC, 107/ 108)Qual a maneira correta de estudar a Bíblia? Isa 28: 10.O apóstolo Paulo sentia profunda responsabilidade por essas pessoasconvertidas sob seu trabalho. Acima de tudo, ansiava que permanecessem fiéis,"para que no dia de Cristo", disse ele, "possa gloriar-me de não ter corrido nemtrabalhado em vão". Filip. 2:16. Ele estremecia pelo resultado de seuministério. Sentia que mesmo sua própria salvação estaria em perigo se falhasseem cumprir seu dever, e se a igreja fracassasse em cooperar com ele na obra desalvar almas. Sabia que apenas a pregação não bastava para educar os crentespara expor a Palavra da vida. Sabia, que, mandamento sobre mandamento,regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali, eles precisavam serensinados a fazer progresso na obra de Cristo. (AA, 206)Os que sentem sobre si o fardo de almas saiam de casa em casa fazendo otrabalho, e ensinem o povo mandamento sobre mandamento, um poucoaqui, um pouco ali, levando-os gradualmente à plena luz da verdade bíblica.Isto foi o que tivemos de fazer nos primeiros tempos da mensagem. Ao serempostos em ação ferventes esforços, o Senhor fará que Suas bênçãos repousemsobre os obreiros e sobre os que estiverem buscando a compreensão da verdadecomo se encontra na Palavra de Deus. (BS, 77)Podem progredir, avançando passo a passo nesse conhecimento. Mas antes detudo o mais, devem ser ensinados que o temor do Senhor é o princípio dasabedoria. Devem ser instruídos em mandamento sobre mandamento,regra sobre regra, um pouco aqui, um pouco ali. Mas o único objetivo doprofessor deve ser educar as crianças no sentido de conhecerem a Deus, e aJesus Cristo a quem Ele enviou. (CPPE, 169)A Bíblia contém todos os princípios que os homens necessitam compreender afim de se habilitarem tanto para esta vida como para a futura. E tais princípiospodem ser compreendidos por todos. Quem quer que possua espírito capazde apreciar seus ensinos, não poderia ler uma simples passagem da Bíbliasem adquirir dela algum conceito auxiliador. Todavia, os mais valiosos
    • Apostila – Como Estudar a Bíblia II |4ensinos da Bíblia não serão obtidos com um estudo ocasional ou fragmentado.Seu grande conjunto de verdades não é apresentado de modo a ser descobertopelo leitor apressado ou descuidoso. Muitos de seus tesouros jazem muitoabaixo da superfície, e só se podem obter por uma pesquisa diligente e contínuoesforço. As verdades que irão perfazer o grande todo, devem ser pesquisadas ereunidas "um pouco aqui, um pouco ali". Isa. 28:10. (Educação, 123)Que beneficio vem do estudo da Bíblia? João 16: 13; 8: 32.O meio por que podemos vencer o maligno, é aquele pelo qual Cristo venceu -o poder da Palavra. Deus não nos rege a mente sem nosso consentimento; masse desejamos conhecer e fazer Sua vontade, pertence-nos a promessa:"Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:32. "Se alguémquiser fazer a vontade dEle, pela mesma doutrina conhecerá." João 7:17.Mediante a fé nessas promessas, todo homem poderá ser libertado dos ardis doerro e do domínio do pecado.Todo homem é livre para escolher que poder o regerá. Ninguém caiu tão fundo,ninguém é tão vil, que não possa encontrar libertação em Cristo. Oendemoninhado, em lugar de uma oração, só pôde proferir as palavras deSatanás; todavia, foi ouvido o mudo apelo do coração. Nenhum grito de umaalma em necessidade, embora deixe de ser expresso em palavras, ficarádesatendido. Os que consentirem em entrar com o Deus do Céu num concerto,não serão deixados entregues ao poder de Satanás, ou às fraquezas de suaprópria natureza. São convidados pelo Salvador: "Que se apodere da Minhaforça, e faça paz comigo; sim, que faça paz comigo." Isa. 27:5. Os espíritos dastrevas hão de combater pela alma que uma vez lhes caiu sob o domínio, masanjos de Deus hão de contender por aquela alma com predominante poder. Dizo Senhor: "Tirar-se-ia a presa ao valente? Ou os presos justamente escapariam?... Assim diz o Senhor: Por certo que os presos se tirarão ao valente, e a presado tirano escapará; porque Eu contenderei com os que contendem contigo, e osteus filhos Eu remirei." Isa. 49:24 e 25. (DTN, 258/259)Quem dirigiu os profetas para escrever a Bíblia? II Pedro 1: 21; II Tim 3:16; II Sm.23: 2; Atos 1: 16; 3: 18; I Pe 1: 11;."Porque não vos fizemos saber a virtude e a vinda de nosso Senhor JesusCristo, seguindo fábulas artificialmente compostas, mas nós mesmos vimos aSua majestade, porquanto Ele recebeu de Deus Pai honra e glória, quando da
    • 5 |Apostila – Como Estudar a Bíblia IImagnífica glória Lhe foi dirigida a seguinte voz: Este é o Meu Filho amado, emquem Me tenho comprazido. E ouvimos esta voz dirigida do céu, estando nóscom Ele no monte santo. E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qualbem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, atéque o dia esclareça, e a estrela da alva apareça em vosso coração, sabendoprimeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particularinterpretação; porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homemalgum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo."II Ped. 1:16-21. "Porque tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foiescrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamosesperança." Rom. 15:4. "Medita estas coisas, ocupa-te nelas, para que o teuaproveitamento seja manifesto a todos." I Tim. 4:15. "Toda carne é erva, e todaa sua beleza, como as flores do campo. Seca-se a erva, e caem as flores, mas aPalavra de nosso Deus subsiste eternamente." Isa. 40:6 e 8 (FEC, 445)É toda a Bíblia inspirada? II Tim 3: 16; II Pe, 1: 20, 21; Rom 4: 23, 24;Deut, 29: 29;."Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, pararedargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deusseja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." II Tim. 3:16. Umdos profetas de Deus exclama: "Enquanto eu meditava se acendeu um fogo."Sal. 39: 3. Se os cristãos examinassem fervorosamente as Escrituras, maiscorações arderiam com as verdades vívidas aí reveladas. Suas esperançasbrilhariam com as preciosas promessas disseminadas como pérolas através detodos os Sagrados Escritos. Na contemplação da história dos patriarcas, dosprofetas, dos homens que amaram e temeram a Deus e com Ele andaram, ocoração manifestará o mesmo sentimento que animou esses dignospersonagens. Ao demorar-se a mente sobre a virtude e piedade dos santoshomens do passado, o espírito que os inspirou acenderá uma chama de amor efervor no coração de todos os que desejam ser semelhantes a eles no caráter.(CSES, 18)Homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. II Ped.1:21.Antes que o pecado entrasse no mundo, Adão desfrutava plena comunhão comseu Criador. Desde, porém, que o homem se separou de Deus pela transgressão,a raça humana ficou privada desse alto privilégio. Pelo plano da redenção,entretanto, abriu-se um caminho mediante o qual os habitantes da Terra podem
    • Apostila – Como Estudar a Bíblia II |6ainda ter ligação com o Céu. Deus Se tem comunicado com os homensmediante o Seu espírito; e a luz divina tem sido comunicada ao mundo pelasrevelações feitas a Seus servos escolhidos. "Homens santos de Deus falaraminspirados pelo Espírito Santo." II Ped. 1:21.Durante os primeiros vinte e cinco séculos da história humana não houvenenhuma revelação escrita. Aqueles dentre os homens que haviam sido feitosreceptáculos das revelações divinas comunicavam estas verbalmente aos seusdescendentes, passando assim o seu conhecimento para gerações sucessivas. Arevelação escrita data de Moisés, que foi o primeiro compilador dos fatos atéentão revelados, os quais enfeixou em volume. Esse trabalho prosseguiu porespaço de mil e seiscentos anos - desde Moisés, o autor do Gênesis, até João ovidente, que nos transmitiu por escrito os mais sublimes fatos do evangelho.A Escritura Sagrada aponta a Deus como seu autor; no entanto, foi escrita pormãos humanas, e no variado estilo de seus diferentes livros apresenta oscaracterísticos dos diversos escritores. As verdades reveladas são dadas porinspiração de Deus (II Tim. 3:16); acham-se, contudo, expressas em palavrasde homens. O Ser infinito, por meio de Seu Santo Espírito, derramou luz noentendimento e coração de Seus servos. Deu sonhos e visões, símbolos efiguras; e aqueles a quem a verdade foi assim revelada, concretizaram ospensamentos em linguagem humana. (MM, Exaltai-o 118)Que parte da Bíblia não escrita por autor humano? Ex 31: 18; 19: 11; 24:12; II Cor 3: 3; Heb 9: 4; Ex. 32: 15,16; 34: 1, 28; Det 4: ‘3; 9: 10;.Só os dez mandamentosEstá alguém autorizado a alterar a Bíblia? Mal 3: 6; Apoc 22: 18, 19.Não. Esta revelação foi dada para guia e conforto da igreja através dadispensação cristã. No entanto, mestres religiosos têm declarado que este é umlivro selado e seus segredos não podem ser explicados. Em conseqüência,muitos se têm desviado do relato profético, recusando devotar tempo e estudo aseus mistérios. Mas Deus não deseja que Seu povo tenha este livro emsemelhante conta. Ele é a "revelação de Jesus Cristo, a qual Deus Lhe deu, paramostrar aos Seus servos as coisas que brevemente devem acontecer". "Bem-aventurado aquele que lê", declara o Senhor, e "os que ouvem as palavras destaprofecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo estápróximo." Apoc. 1:1 e 3. "Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras daprofecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, fará vir sobreele as pragas que estão escritas neste livro; e, se alguém tirar quaisquer palavras
    • 7 |Apostila – Como Estudar a Bíblia IIdo livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidadesanta, que estão escritas neste livro. Aquele que testifica estas coisas diz:Certamente cedo venho." Apoc. 22:18-20. (AA, 583 e 584)E Deus mudaria a Bíblia com passar do tempo? Mat 5: 17, 18; João 10: 34,35; Rom 3: 31; .Não. "Até que o céu e a Terra passem", disse Jesus, "nem um jota ou um til seomitirá da lei, sem que tudo seja cumprido." Mat. 5:18. O Sol que brilha nocéu, a sólida Terra sobre que habitamos, são testemunhas de Deus, de que Sualei é imutável e eterna. Ainda que passem, perdurarão os divinos preceitos. "Émais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei." Luc. 16:17. O sistemade tipos que apontavam para Cristo como o Cordeiro de Deus, devia serabolido por ocasião de Sua morte; mas os preceitos do decálogo são tãoimutáveis como o trono de Deus. (DTN, 308)Satanás tem sido perseverante e incansável em seus esforços por levar a cabo aobra que iniciou no Céu - mudar a lei de Deus. Ele tem sido bem-sucedido emfazer o mundo crer na teoria que apresentou no Céu antes de sua queda - de quea lei de Deus era defeituosa e necessitava de revisão. Grande parte da professaigreja cristã, por sua atitude, se não por suas palavras, mostra que aceitou omesmo erro. Mas se a lei de Deus foi mudada em um jota ou um til, Satanásconseguiu na Terra aquilo que não pôde obter no Céu. Ele preparou suaenganosa cilada, esperando levar cativos o mundo e a igreja. Mas nem todoscairão na armadilha. Uma linha de distinção está sendo traçada entre os filhosda obediência e os filhos da desobediência, entre os leais e fiéis e os desleais einfiéis. Dois grandes grupos se formam, os adoradores da besta e sua imagem, eos adoradores do Deus vivo e verdadeiro. Manuscrito 32, 1896 (ManuscriptReleases, vol. 17, págs. 8 e 9) (MM, CT, 338)"Até que o céu e a Terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei." Mat.5:18. A lei de Deus, sendo a revelação de Sua vontade, a transcrição de Seucaráter, deve permanecer para sempre, "como uma fiel testemunha no Céu".Nenhum mandamento foi anulado; nenhum jota ou til se mudou. Diz osalmista: "Para sempre, ó Senhor, a Tua palavra permanece no Céu." São "fiéistodos os Seus mandamentos. Permanecem firmes para todo o sempre". Sal.119:89; 111:7 e 8. (CS.Santuário, 106 )
    • Apostila – Como Estudar a Bíblia II |8A família humana transgrediu a lei de Deus e Lhe desafiou a vontade. Essa leirevela ao mundo os atributos do caráter de Deus, e nem um jota ou til se pôdemudar dela para justificar a humanidade em sua condição caída. Mas Deus deua homens e mulheres evidências inequívocas de que os ama, e de que a justiça éo fundamento de Seu trono e a evidência de Seu amor. Ele executou apenalidade da transgressão, mas permitiu que recaísse sobre um Substituto, seupróprio Filho unigênito. (MM, CT, 278)O sábado não se destinava meramente a Israel, mas ao mundo. Fora tornadoconhecido ao homem no Éden, e, como os demais preceitos do decálogo, é deimutável obrigatoriedade. Dessa lei de que o quarto mandamento é uma parte,declara Cristo: "Até que o céu e a Terra passem, nem um jota ou um til seomitirá da lei, sem que tudo seja cumprido." Mat. 5:18. Enquanto céus e Terradurarem, continuará o sábado como sinal do poder do Criador. E quando oÉden florescer novamente na Terra, o santo e divino dia de repouso seráhonrado por todos debaixo do Sol. "Desde um sábado até ao outro", oshabitantes da glorificada nova Terra irão "adorar perante Mim, diz o Senhor".Isa. 66:23. (DTN, 283)Por meio de Jesus, foi a misericórdia divina manifesta aos homens; amisericórdia, no entanto, não pôs de parte a justiça. A lei revela os atributos docaráter de Deus, e nem um jota ou til da mesma se podia mudar, para ir aoencontro do homem em seu estado caído. Deus não mudou Sua lei, massacrificou-Se a Si mesmo em Cristo, para redenção do homem. "Deus estavaem Cristo reconciliando consigo o mundo." II Cor. 5:19. (DTN, 762)Como são chamados os praticantes da Bíblia? João 13: 17; Tiag 1: 22 – 25;Mat 7: 24, 25; Luc 11: 28.Assim foram os gálatas ensinados no que respeita às verdades fundamentaisconcernentes a "Deus Pai" e a "nosso Senhor Jesus Cristo, o qual Se deu a Simesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo avontade de Deus nosso Pai". Gál. 1:3 e 4. "Pela pregação da fé", receberam oEspírito de Deus, e tornaram-se "filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus."Gál. 3:2 e 26. (Atos dos Apóstolos, 208)
    • 9 |Apostila – Como Estudar a Bíblia IICOMO ERA A TERRA ANTES DA CRIAÇÃO? Gen 1: 2Que a expressão "abismo" representa a Terra em estado de confusão e trevas, éevidente de outras passagens. Relativamente à condição da Terra "noprincípio", o relato bíblico diz que "era sem forma e vazia; e havia trevassobre a face do abismo". Gên. 1:2. A profecia ensina que ela voltará, em parteao menos, a esta condição. Olhando ao futuro para o grande dia de Deus,declara o profeta Jeremias: "Observei a Terra, e eis que estava assolada e vazia;e os céus, e não tinham a sua luz. Observei os montes, e eis que estavamtremendo; e todos os outeiros estremeciam. Observei e vi que homem nenhumhavia e que todas as aves do céu tinham fugido. Vi também que a terra fértil eraum deserto, e que todas as suas cidades estavam derribadas." Jer. 4:23-26.(MM, O Senhor Logo Vem, 305)Pretendem geólogos achar prova na própria Terra de que ela é muitíssimo maisvelha do que ensina o registro mosaico. Ossos de homens e animais, bem comoinstrumentos de guerra, árvores petrificadas, etc., muito maiores do quequalquer que hoje exista, ou que tenha existido durante milhares de anos, foramdescobertos, e disto conclui-se que a Terra foi povoada muito tempo antes daera referida no registro da criação, e por uma raça de seres grandementesuperiores em tamanho a quaisquer homens que hoje vivam. Tal raciocínio temlevado muitos crentes professos na Bíblia a adotar a opinião de que os dias dacriação foram períodos vastos, indefinidos. (PP, 112)Fez que "das trevas resplandecesse a luz". II Cor. 4:6. Quando "a Terra era semforma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus Semovia sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz. E houve luz". Gên. 1:2 e3. Também na noite das trevas espirituais a Palavra de Deus diz: "Haja luz." ASeu povo, diz Ele: "Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glóriado Senhor vai nascendo sobre ti." Isa. 60:1. (PJ, 415)